A A A C
email
Todos os posts escritos por Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE
Retornando 54 resultados para o autor 'Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE'

Quinta-feira, 28/03/2013

O Encanto Desta Cidade é Meu. Excelente!

Tags: 4ªcre, concursos.


 

O texto produzido para o Concurso Cultural "O Encanto Desta Cidade é Meu", embora não tenha sido premiado, foi considerado excelente. Hoje, temos a alegria de compartilhar essas palavras tão bem tecidas pelo aluno Cristiano Gomes Custódio da Silva da E.M. Joracy Camargo.

 

 

"Cristiano Gomes Custódio da Silva é aluno da E.M. Joracy Camargo desde a Educação Infantil. Participativo e amigável, sempre consegue notoriedade em suas realizações.
Prestes a completar 12 anos de idade, usa seu tempo livre para navegar na internet e fazer novos amigos, mas sem deixar os estudos de lado; o que alegra e enche de orgulho a Professora Zaira Florinda e todos os membros da família Joracy Camargo."

 

Relato enviado pela Equipe da Escola Municipal Joracy Camargo

 


 

 

Com a palavra, o aluno Cristiano Gomes Custódio da Silva, autor do texto  "O Encanto da Cidade do Rio de Janeiro"

 

"Céu Azul, pássaros voando, cantando, distribuindo felicidade. Pessoas passeando, desfilando, requebrando em escolas de samba, animando a cidade. Há vida na alegria carioca.

 

Andando pelo Morro do Corcovado, vemos o Rio de Janeiro, sua paisagem deslumbrante, sua beleza inconfundível. No Cristo Redentor recebemos todos de “braços abertos sob a Guanabara”, como dizia Tom Jobim. Além, naturalmente, do calçadão de Copacabana, de Ipanema, onde conseguimos ver o nosso belo mar, com águas gostosas de sentir. Sem falar na Floresta da Tijuca, mata densa, intensa, cheirosa, rochas lisas, cascatas e águas cristalinas descendo pela encosta.

 

Esta é a minha cidade, onde nasci, cresci e me orgulho dela, que cada vez está ficando mais, mais, mais bonita, mais maravilhosa com sua nova urbanização.

 

Passado e presente se fundem; nosso Rio antigo está presente e sendo conservado com nosso novo Rio. Ao redor, o sol cintilante traz esperança, alimentos, e arco-íris colorindo o entardecer.

 

Com sorriso no rosto, sem saber ao menos o porquê, estarei correndo entre becos e vielas, esquinas e pontos de ônibus, vou caminhando em direção ao meu mundo. Moro no morro, sinto o vento no meu rosto ao subir a ladeira, sinto a luz do sol que faz raiar o dia e, ao anoitecer, a luz da lua clareando a noite. É essa multidão de pessoas que combina com a cidade maravilhosa em diversos idiomas.

 

Este é o encantamento do meu Rio de Janeiro. Tenho orgulho da minha cidade, tenho orgulho de ser um cidadão carioca."

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 28/03/2013

Alunos Brilhantes, Escolas Inesquecíveis

Tags: 4ªcre, .

 

 

Ao terminar o 9º ano do Ensino Fundamental, o estudante vive um período de grande ansiedade, pois o ingresso no Ensino Médio de uma Unidade Escolar Pública é muito concorrido. Algumas escolas, como o Colégio Pedro II, o CEFET e a FAETEC, realizam provas específicas de Matemática e Língua Portuguesa, em que o aluno deve atingir uma média cada vez mais alta.

 

Assim, a passagem para o Ensino Médio é um tempo de desafios, em que os jovens estão mudando a forma de ver as coisas. Estão começando a assumir responsabilidades com sua própria vida e escolhendo o que querem ser depois de formados. Esta é a fase em que os jovens se preparam para a vida adulta e, por isso, a escola precisa ser um lugar de aprendizado e vivência, com diálogo voltado sobre esta nova postura para consigo e com o outro.

 

Conheçam algumas das escolas que foram inesquecíveis para os alunos da 4ª CRE e saibam o que eles têm a dizer sobre isso:

 

 

 

Escola Municipal Brant Horta

 

"Nossa escola se orgulha em ter quatro alunos aprovados no NAVE, onde três deles hoje cursam o CEFET: Hennan Higino do Vale, Miguel Ãngelo do Couto Ferreira e Sergio Wallace Siker de Oliveira. A quarta aluna, Gabriella Pereira da Silva Menezes (na foto entre amigos do JK, de casaco azul com corações), também obteve aprovação na FIOCRUZ, mas no momento está matriculada no JK, aguardando resultado da Escola de Química, sua primeira opção. Além destes, temos duas alunas aprovadas (Fernanda e Joseane, turma 1501/2012, Prof. Alba) para o segundo segmento do Pedro II , com destaque para Joseane Amorim Silva, que ficou entre as primeiras colocadas.


É uma história de sucessos, que vem aumentando a cada ano, e que muito nos alegra. Anexei também foto de nossa faixa comemorativa pelo desempenho do IDEB. O segredo? Uma equipe altamente capacitada, com o apoio da comunidade escolar, que busca oferecer à sua clientela o que de melhor podemos dar! Conhecimento, dedicação e parceria são as marcas registradas da Brant Horta. E eu muito me orgulho de fazer parte dessa equipe!"

Texto da Professora Eliana Maria

 

Escola Municipal Ary Barroso
 

Começo o texto utilizando um verso de um poema de Rubem Alves...



"Educar é construir pontes..."



O trabalho pedagógico realizado desde 1997 pela escola Ary Barroso é fundamentado na filosofia do SONHO que se CONSTRÓI.


As histórias de contos de fadas não são apenas aquelas que nos fazem dormir, mas as que nos dão coragem para enfrentar quaisquer dificuldades, como os cavaleiros que derrotam seus dragões.


Cada aluno que conquistou seu espaço nas renomadas Instituições Federais (Colégio Pedro II, CEFET e aguardando IFRJ), Estaduais (FAETEC e Colégio Estadual José Leite Lopes - Nave) e particulares (PH, parceria ISMART) acreditaram nisto.

 

A equipe pedagógica, a estrutura escolar, o sempre "repensar educacional" e a presença efetiva da FAMÍLIA foram as pontes erguidas para que tais sucessos acontecessem.


O ponto de partida para todo e qualquer trabalho pedagógico é mostrar ao aluno que o sucesso é algo que não se ganha, é conquistado. E que essa conquista é fruto de uma busca constante a partir da necessidade de definir e redefinir princípios e objetivos.


Nossos alunos não pertencem à elite, mas fazemos com que acreditem que toda sua vida pode mudar para melhor!

 

Utilizo uma frase que traduz o resultado obtido: "somente encontraremos a palavra SUCESSO antes da palavra TRABALHO no dicionário".

Texto da Professora Rosane Ferreira, Diretora adjunta

 

Aprovações da Escola Municipal Ary Barroso

 

Texto da Rosane Ferreira, Diretora adjunta

 

  • Maria Lousada Fernandes (CPII São Cristóvão - 2º lugar);
  • Max de Carvalho (Nave - 5º lugar; FAETEC - 5º lugar - Ferreira Vianna, Edificações);
  • Ana Clara Reis ( Nave - 10º lugar; FAETEC - 10 lugar; Juscelino K, Eletrotécnica);
  • Karoline Campos Calheiros (Nave - 4º lugar ; PH - Parceria ISMART);
  • Isadora Albuquerque (Nave; PH - Parceria ISMART);
  • Artur Soares (FAETEC; CEFET Maria da Graça - 32º lugar)
  • Ágata Cristine (CEFET Maracanã - INTEGRADO - Segurança do Trabalho; FAETEC - Juscelino K);
  • Juliana Pedrosa (Nave - 16º lugar);
  • Vinícius Dias (CEFET Maracanã - INTEGRADO - Eletrotécnica);
  • Guilherme de Melo André (PH - Parceria ISMART);
  • Ana Fardilha (CE Horácio de Macedo - Administração);
  • Juliana Marques (FAETEC; Juscelino K - Administração);
  • Lael Belchior (NAVE).

 

Escola Municipal República do Líbano
 

O aluno Wendell Machado da E. M. República do Líbano obteve aprovação para o Ensino Médio no Colégio NAVE. Wendell sempre foi um bom aluno, estudioso e aplicado.

 

NAVE (Núcleo Avançado em Educação) é um programa do Oi Futuro voltado para a pesquisa e desenvolvimento de soluções educativas que usa de forma diferenciada as tecnologias da informação e da comunicação no ensino médio e capacita jovens para profissões na área digital.


Desde 2007, quando foi criado, tem o objetivo de contribuir para a qualidade e a inovação da educação no Brasil, formando jovens para atuar com as novas tecnologias do mundo contemporâneo, utilizando a programação de games, a elaboração de roteiros e o web design como ferramentas de aprendizado que aproximam das áreas de interesse do jovem no ambiente escolar.


Desenvolvido em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco, o NAVE foi construído sobre três pilares: Escola Estadual de Ensino Médio integrada ao profissionalizante, um Núcleo de Pesquisa e Inovação, e um Centro de Disseminação. Atualmente, tem em suas escolas do Rio de Janeiro e Recife cerca de alunos 960 e 102 educadores.


O projeto chamou a atenção da Microsoft que, em 2009, incluiu o NAVE como umas das 30 escolas mais inovadoras do mundo e, em 2010, dentro do Programa “Escolas Inovadoras da Microsoft”, o elegeu como “Escola Mentora”. Os frutos vêm sendo colhidos também no Brasil: no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2010, divulgado em setembro de 2011, o Colégio Estadual José Leite Lopes ficou em 2º lugar entre as 268 escolas do município do Rio de Janeiro ligadas à Secretaria de Estado de Educação/RJ. Ao passo que a Escola Técnica Estadual Cícero Dias ocupou a 4ª posição entre as 111 escolas de Recife ligadas à Secretaria Estadual de Educação/PE. 

Fiquei muito feliz com essa aprovação, pois Wendell fez parte da minha primeira turma de alfabetização em 2004 na E. M. República do Líbano!"

 

Texto da Professora Carla Elisa E. M. República do Líbano

 

O Rioeduca parabeniza todas as Unidades Escolares que são inesquecíveis para os seus alunos!

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 21/03/2013

Rio, o Lugar onde Eu Vivo!

Tags: 11ª cre, projetos.


 

A importância da aprendizagem de História e Geografia nos Anos Iniciais, dimensionadas entre o local e o global, reside na possibilidade do aluno se perceber e se posicionar como sujeito dentro dos processos sociais.  Assim, conhecer o Rio de Janeiro é um meio de valorizar a história local dentro do contexto mundial, no que tange a construção  da nossa identidade.

 

 

"O sujeito que se abre ao mundo e aos outros inaugura com seu gesto a relação dialógica em que confirma como inquietação e curiosidade, como inconclusão em permanente movimento da História."

Paulo Freire

 

Mural com as produções dos alunos.

 

A Escola Municipal Holanda valoriza esta temática e entende que o ensino de História e Geografia nos Anos Iniciais devem promover a reflexão do aluno, além de motivá-los a conhecer a história do mundo e do povo que fazem parte. 

 

 

Exposição de maquetes.

 

E o Rio continua lindo...

"Os alunos da Escola Holanda retornaram das férias empolgados com o início de um novo ano e, como primeira tarefa, conhecer melhor o Rio de Janeiro. A culminância foi na comemoração do aniversário da Cidade do Rio de Janeiro, com a exposição dos trabalhos das turmas e com os alunos cantaram o hino da cidade."  Professora Regina, Gestora dessa Unidade.

 

 

Maquetes dos pontos turísticos da cidade.

 

Seguindo essa ótica, a aula de História possibilita a construção do saber histórico através da relação interativa entre educador e educando, transformando essa  prática em ato político, no sentido de transformação consciente do fazer histórico.

Nesse contexto, salienta-se a importância do professor ser também um pesquisador e produtor do conhecimento e não apenas um mero executor de saberes já produzidos. O que enfatiza a compreensão do “sentir-se sujeito histórico” e sua contribuição para a “formação de um cidadão crítico”, ou seja, um cidadão pensante, capaz de analisar e de se posicionar diante das situações vividas em cada momento pela sociedade.

 

Parabéns a todos da equipe Holanda por promover a História Local atuando no resgate da autoestima de sua comunidade escolar como um todo. Afinal, ao desnudar o seu passado histórico, tem-se um novo sentido à questão de pertencimento local para todos que fizeram parte desse projeto. 

 


Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 14/03/2013

Nave do Conhecimento da Penha

Tags: 4ªcre.


 

 

A Nave do Conhecimento da Penha, ou melhor, Nave do Conhecimento Joelmir Beting, está geograficamente localizada nas imediações da 4ª CRE. Assim, os professores e os alunos da Rede Municipal de Ensino ganharam mais um espaço para pesquisa e, desse modo, beneficiando-se com seus serviços e eventos.

 

 

 

O espaço tem como proposta facilitar o ingresso de jovens e adultos no mercado de trabalho através da capacitação por meio das novas tecnologias. O acesso à internet banda larga permite consultar revistas, livros, conteúdos e demais acervos de bibliotecas de outas instituições nacionais e internacionais funcionando como uma Biblioteca Digital, promovendo de forma irrestrita a universalização do conhecimento.

 

 

Nave do Conhecimento da Penha.

 

Nos dias 26 e 28 de fevereiro, aconteceu o minicurso de blog na Nave do Conhecimento da Penha, com profissionais do Extra Online. Nesses dois encontros, o projeto ensinou aos inscritos como escrever em blogs, assim como explorar os recursos multimídia para se contar uma boa história. 

 

 

Dinamização da Oficina.

 

Na quinta-feira, 28/02, na Sala de Multimídia, o fotógrafo e jornalista Pedro Serra contou a sua experiência de blogueiro com o blog "Sem destino". Ele tem um site sobre viagens que lhe rendeu muitas oportunidades de conhecer outros países e outras pessoas, além disso, mostrou como fazer um bom vídeo para a internet.

 

Já o fotógrafo Urbano Erbiste fez uma demonstração de como se fazer uma boa foto para ajudar a contar a história. Como ele mesmo disse, uma foto deve prender a atenção do leitor, deve ser informativa e aguçar a curiosidade dos que leem o jornal.

 

 

Cybercidadãos na Sala de Multimídia.

 

As Naves do Conhecimento são espaços verdadeiros de cultura e conhecimento. Lá podemos fazer várias atividades que nos beneficiarão tanto na vida pessoal, quanto na vida profissional.

 

Além desse, outros cursos serão oferecidos à população, como é o caso do curso de inglês que é gratuito nas  Naves do Conhecimento. As inscrições iniciaram em 8 de março e vão até 15 de março. São 840 vagas e as aulas serão às quartas e sextas-feiras. Fiquem de olho!

 

Outras Oficinas de Blogs acontecerão nas Naves do Conhecimento. Aguardem!

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share