A A A C
email
Todos os posts escritos por Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE
Retornando 54 resultados para o autor 'Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE'

Quinta-feira, 28/02/2013

Com o Samba no Pé

Tags: 4ªcre.

 

 

Alunos dos programas Mais Educação e Escola Aberta participam do desfile do projeto Escola de Bamba da Escola de Samba Mirim G.R.E.S.M. Corações Unidos do CIEP

 

                                                                                                                    

Alunos da Escola Municipal Suíça.

 


"Mesmo com a troca do desfile para a terça-feira, dia 12 de fevereiro, os alunos da Escola Municipal Suíça, que também fazem parte do Programa Mais Educação e do Programa Escola Aberta, participaram com muita empolgação do desfile na Marquês de Sapucaí, juntos com outras escolas da rede municipal.


Durante as férias, estes alunos estiveram na escola ensaiando para fazer bonito na avenida. A participação dos responsáveis também foi fundamental! É o que sempre ressaltamos sobre a importância da parceria do responsável em todos os sentidos na vida do aluno. E, este ano, oferecemos a oportunidade de os alunos levarem algum responsável junto, o que animou mais ainda.


A Escola Municipal Suíça participa desde o ano de 2004. Isto significa que são oito anos nesse projeto. A escola percebe que todos os projetos são significativos para os alunos, pois cada um deles contribuem para o sucesso no processo de construção da aprendizagem.

 

          

Professora Fátima Ramos  com os alunos do Projeto Escola de Bamba.

 


Cada ano, este projeto trabalha com um enredo, que é desenvolvido por toda a escola. Muitas vezes, a escola parte deste tema para fazer o seu Projeto Didático, envolvendo desde a Educação Infantil até o PEJA.

 

                                                                                                                   

        Aluna do Projeto Escola de Bamba.

 

O mais interessante de tudo foi ver o entrosamento destes três projetos e perceber a importância que a escola faz na mudança da vida do aluno. Afinal, são programas e projetos que se entrelaçam completando a formação crítica e construtiva dos nossos alunos."

 

Texto da Professora Fátima

 

        

   Claudia Costin, Secretária de Educação, e a Profesora Fátima Barros, Gestora da E.M. Suiça.

 

Parabéns a todos da equipe da E.M. Suiça por acreditar e apostar no trabalho realizado com base na cultura popular carioca.

 

 

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 21/02/2013

Acolher para Educar

Tags: 4ªcre.


 

É comum que no primeiro contato escolar algumas crianças chorem, afinal é um ambiente totalmente novo. Como atender com atenção e carinho as crianças que demonstram tais sentimentos? Assim, é de extrema importância estarmos atentos a essas mudanças que ocorrem com os pequenos, pois elas podem ser amenizadas de acordo com o bom acolhimento e a segurança passada nesse momento.

 

 

"Acolhe, alguma coisa, ato, pessoa ou situação e, então, reconhece-a como é (diagnóstico), para uma tomada de decisão sobre a possibilidade de uma melhoria de sua qualidade" (Luckesi, 1994:172).

 

 

 

 

Atualmente, a escola deve acolher todas as crianças, deve se comprometer com um percurso educacional a todos e, ainda, tem que garantir aquisições e possibilidades de convivência e cooperação mínimas entre as pessoas das quais dela fazem parte.

 

 

 

Do acolher afetivo para com os alunos, despertamos mais do que o bom andamento do processo de ensino-aprendizagem, já que, além disso, garantimos os elementos constitutivos e integrantes da totalidade desse processo.

 

 

 

 

Para Wallon, a idade adulta será a integração dos resultados da passagem pelos vários estágios. Portanto, a responsabilidade da escola não é só pelo momento que acolhe o aluno, pois sua atuação tem reflexos posteriores.

 

Fiquemos atentos em nosso fazer diário, sempre, para amparar, acolher, educar pelo afeto, e pela amizade na interação com nossas crianças. Pois Educar, antes de mais nada, é convidar a abrir os olhos... os ouvidos... os braços... É convidar a acolher!

 

Nossa atenção, nesse assunto, reflete a qualidade do atendimento escolar, como direito da criança, além da contribuição da universidade em sua formação. Lembremos assim que, a educação é um direito de todas as crianças brasileiras e fazê-la com qualidade é o reconhecimento desse direito.

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 07/02/2013

Pela Boniteza de Ser Professor

Tags: 4ªcre.

 

Ser professor(a) é também reconhecer que somos, acima de tudo, seres humanos e que temos licença para rir, chorar... Um habitante que se confunde com a própria escola, que se torna um espaço de atravessamento dos outros, dos saberes, das culturas. Nós somos os verdadeiros "amantes da sabedoria", os filósofos de que nos falava Sócrates.

Esse é o Professor da Rede Municipal da Cidade do Rio de Janeiro, com Orgulho de Ser Carioca!

 

 

"Sou professor a favor da boniteza de minha própria prática, boniteza que dela some se não cuido do saber que devo ensinar, se não brigo por este saber, se não luto pelas condições materiais necessárias sem as quais meu corpo, descuidado, corre o risco de se amofinar e de já não ser o testemunho que deve ser de lutador pertinaz, que cansa mas não desiste. Boniteza que se esvai de minha prática se, cheio de mim mesmo, arrogante e desdenhoso dos alunos, não canso de me admirar.”


(Paulo Freire em Pedagogia da Autonomia, São Paulo, Paz e Terra, 2011) 

 

 

 

Nós, Professores da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

 

 

Imagens retiradas dos blogs das respectivas Unidades Escolares em homenagem a todos os professores cariocas!

 

 

 

Ser docente é ensinar uma ciência, arte, técnica ou outro conhecimento e, nessa interação Professor-Aluno, a escola, enquanto instituição educativa, desempenha um papel fundamental, sendo palco das diversas situações que propiciam esta interação, principalmente no que tange sua dimensão socializante, a qual prepara o indivíduo para  a convivência em grupo e em sociedade.  

 

 

 

 

 

Nessa relação professor-aluno, a afetividade, a interação e o olhar atento às diferenças fazem das ações conjuntas do professor e do aluno, onde estarão estimulados a assimilar, consciente e ativamente os conteúdos/métodos e aplicá-los de forma independente e criativa nas várias situações escolares e na vida prática.

O ato de ensinar e aprender não se pauta em somente o professor passar a matéria e o aluno automaticamente reproduzir mecanicamente o que “absorveu”. Somente uma outra maneira de agir e de pensar pode levar-nos a viver uma outra educação. Promover o diálogo entre professor e aluno como elemento norteador para a construção do conhecimento em uma dimensão reflexiva faz toda a diferença nesse processo. Ensinar é uma vocação de amizade, amor, dedicação e, acima de tudo, doação.  

 

 

 

 

 

 

O professor tem necessidades e objetivos pessoais representados pela sua história pessoal, que por sua vez, influi sobre a sua escolha de objetivos para o aluno. Nessa perspectiva, transformaremos o mundo através de pequenas atitudes, primeiramente realizadas por pequenos grupos e depois na  coletividade, pois essa é uma forma de crescer, já que a divisão de tarefas e responsabilidades pode proporcionar qualidade nos resultados de nossas intenções.

 

 

 

 

 

O Rioeduca deseja muita força, luz e sabedoria aos professores para que eles possam continuar  exercendo brilhantemente o seu papel, que é o de simplesmente ensinar.

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly 

 

 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 29/01/2013

Competência, Compromisso e Coragem

Tags: 4ªcre.

A construção de um país mais produtivo e de um mundo melhor passa, inevitavelmente, pela garantia do ensino de qualidade para todos. Portanto, para uma Educação de qualidade é necessário investir na criação da cultura de desenvolvimento contínuo de competência para o exercício de suas funções gestoras e de liderança daqueles que promovem essa Educação.

 


Saiba mais sobre o Novo Coordenador da 4ªCRE

 

 

 

 

 

"Professor da Rede desde 1988, como Professor I de Ciências, fui estudante oriundo dessa mesma Coordenadoria pelas Escolas Municipais Edmundo da Luz e Ministro Afrânio Costa", lembra o professor referindo-se com carinho às Unidades Escolares que contribuíram com a sua formação.

Em 1992, foi trabalhar na Escola Municipal Souza Carneiro e, em 2003, na Escola Municipal Ary Barroso, onde em 2009 tornou-se Diretor da Unidade. Nos seus quatro anos de gestão, a Ary Barroso ficou entre os primeiros lugares do ranking do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Sua trajetória na Rede é marcada por grandes sucessos, pois recebeu por três anos consecutivos  o Prêmio SESI Educação e, em virtude de ter alcançado o 1º lugar no Ideb na Gestão da E.M. Ary Barroso em 2009, ele ganhou a Medalha Pedro Ernesto. 

 

 

Entre as amigas, Professora Luciana (Diretora da E.M. João de Deus), Professora Tânia Bendas (Coordenadora da 11ª CRE) e a Professora Valéria Médici (Coordenadora da 5ª CRE), em dois momentos marcantes da sua Gestão na E.M. Ary Barroso.

 

 

 

 

 

(Imagens cedidas pela Professora Tânia Bendas)

 

O professor Eduardo Alves Fernandes é graduado em Ciências com mestrado em Parasitologia Veterinária e seu lema para garantir uma educação pública de qualidade resume-se em três letras "C", como ele mesmo conta: "Competência, Compromisso e Coragem". E é com essa mesma garra e entusiasmo que ele aceitou, no último 17 de dezembro, o convite para assumir mais esse desafio profissional e, desde 2 de janeiro de 2013, está à frente da 4ª Coordenadoria Regional de Educação.

Texto elaborado em entrevista com o Professor Eduardo Alves Fernandes

 

Um Pouco mais sobre essa História de Qualidade em Educação Pública

 

 

"Prefeito e secretária de Educação visitam duas escolas com as melhores notas no Ideb:


A Escola Municipal Ary Barroso, em Cordovil, conquistou o 1º lugar no ranking do 2° segmento, com nota de 5,9. A unidade obteve uma melhora progressiva nas notas do Ideb, já que, em 2005, alcançou a média 5,0 e, em 2007, 5,6. Segundo o diretor da unidade, Eduardo Alves, a principal preocupação da instituição é com a elevação da qualidade do ensino. Para isso, são desenvolvidos projetos que instigam o interesse dos alunos pela escola.


– Nós sempre vamos exigir mais no ensino. Por isso, em 2009, 50 alunos do 9º Ano inscreveram-se em escolas técnicas e 26 foram aprovados. O diferencial dessa escola também é o apoio da família. Aqui, não há somente um responsável nas reuniões e eventos, pois sempre aparecem o pai, a mãe, e a avó – destacou o diretor.

Fonte: http://www.rio.rj.gov.br/web/sme/exibeconteudo?article-id=933469

 

O Rioeduca deseja  que o  Professor Eduardo continue a fazer assim o seu trabalho, como fez em toda a sua trajetória de sucessos na Educação Carioca, só que agora, à frente da 4ª Coordenodoria Regional de Educação. 

 

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share