A A A C
email
Todos os posts escritos por Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE
Retornando 54 resultados para o autor 'Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ª CRE'

Segunda-feira, 12/11/2012

2ª Mostra Folclórica da E. M. São Paulo

Tags: 4ªcre projetos.

 

A aprendizagem é dinâmica e assim também devem ser os espaços para que os alunos se sintam motivados a produzir e expor seus conhecimentos, sua cultura.  Mais importante do que a quantidade é a preocupação em valorizar as produções, contribuindo para o bom desempenho escolar dos alunos.

 

 

 

 

Com essa atitude, o trabalho dos alunos será reconhecido, ajudando na construção da identidade de cada um, efetivando o sentimento de integração ao ambiente e, por fim, promovendo a socialização dos conhecimentos adquiridos.

 

 

"AO LONGO DA 2ª MOSTRA DE TRABALHOS DA ESCOLA MUNICPAL SÃO PAULO, OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL, DA CLASSE ESPECIAL E DO 1º AO 5º ANO EXPLORARAM O FOLCLORE BRASILEIRO, MOSTRARAM TODA A SUA CRIATIVIDADE  E TUDO O QUE APRENDERAM DURANTE O TERCEIRO BIMENSTRE"

 

 

 

 


A EDUCAÇÃO INFANTIL E O 1º ANO TRABALHARAM A REGIÃO NORTE: BOI BUMBÁ, CERÂMICA MARAJOARA, BOITATÁ, CURUPIRA, IARA, TUDO COM BASTANTE CRIATIVIDADE.


O 2º ANO E A CLASSE ESPECIAL APRENDERAM MUITO SOBRE A REGIÃO SUDESTE.
O 3º ANO EXPLOROU A REGIÃO NORDESTE E APRESENTOU AOS VISITANTES DA MOSTRA, E DENTRE OUTRAS COISAS, UM POUCO DE LUIZ GONZAGA.

 

 

 


O 4º ANO APRENDERAM SOBRE A REGIÃO SUL. TEVE ATÉ CHÁ PARA OS VISITANTES. "HUM!"


O 5º ANO TRABALHOU A REGIÃO CENTRO-OESTE: TRAVA-LÍNGUAS, FRASES DE CAMINHÃO, ADIVINHAÇÕES, COMIDAS TÍPICAS...


TODO O 6º ANO APRENDEU UM POUCO DE MITOLOGIA GREGA. A TURMA 1602 APROVEITOU A MOSTRA E FALOU SOBRE VULCÕES.


A TURMA ACELERAÇÃO 2 FALOU SOBRE AS OLIMÍADAS.


O 7º ANO EXPLOROU A INFLUÊNCIA DOS POVOS INDÍGENAS NA FORMAÇÃO DA CULTURA BRASILEIRA. A TURMA 1701 APRESENTOU UMA PEQUENA PEÇA E UM TRABLHO ATRAVÉS DE SLIDES NO DATA SHOW.


O 8º ANO TRABALHOU A CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL E MOSTROU TRABALHOS FEITOS COM PEDRAS (ED. ARTÍSTICA).


O 9º ANO FALOU SOBRE A INFLUÊNCIA AMERICANA NA CULTURA BRASILEIRA E A EVOLUÇÃO DO VOTO NO BRASIL.


DURANTE A MOSTRA, OS VISITANTES PUDERAM ASSISTIR OS FILMES DA COLEÇÃO " JURO QUE VI".

 

 


OS PROFESSORES DE ARTES COLOCARAM EM EXPOSIÇÃO OS TRABALHOS DESENVOLVIDOS NO PERÍODO.


A 2ª MOSTRA DE TRABALHOS DA NOSSA ESCOLA FOI UM SUCESSO! AGRADEÇO A PARTICIPAÇÃO E O EMPENHO DE TODOS."

 

Texto: Professora MARIANA SOBRAL - COORDENADORA PEDAGÓGICA

 


Ana Accioly
Professora e Representante Rioeduca.net da 4ªCoordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

 

                               

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 08/11/2012

Como Contar Histórias na Era da Tecnologia?

Tags: 4ªcre projetos riodeleitores.

 

A prática de contar história se desenvolveu bastante desde o fim do século passado até os nossos dias. Porém, contar uma história não é atividade simples. É indispensável que haja um feed back entre contador e ouvinte.   Pensando nisso, utilizar diversos recursos para a contação de histórias (principalmente os tecnológicos) pode se somar ao importante ato de contar uma história que vem enriquecer ainda mais uma ação que por si só já é repleta de significado para ambas partes.

 

Acompanhem o relato da Professora Raquel e verifiquem como algumas  atividades propostas podem desafiar o aluno a raciocinar, utilizando o que ele já sabe e ao mesmo tempo exigindo um nível de abstração maior. 

 

É importante pensar a tecnologia como uma nova visão de mundo que possibilita a construção "on-line" de experiências. Não é apenas contar histórias com outra ferramenta, mas  um somatório de ações diversificadas que promovem o desenvolvimento do ser humano em sua totalidade!

 

 

 

 

 

"Meu nome é Raquel, professora da E. M. Eurico Dutra.
Gostaria de compartilhar a agradável experiência que foi contar duas histórias no dia 25 de outubro, utilizando a aparelhagem que temos na sala, na qual faço uso da educopédia. Baixei no youtube as histórias "Menina Bonita do Laço de Fita" e "O velho, o menino e o burro". As crianças gostaram muito. A história foi contada, enquanto as imagens dos livros eram mostradas, página à página.
 Outra experiência bem legal que estamos vivendo é a construção de um livro de pano, aproveitando retalhos jogados fora.

 

 

 

 

Mais uma vez a provamos que podemos dar nova vida para aquilo que foi deixado para trás. As professoras Marta e Miriam são as "arteiras" do GREIP que colocaram as crianças para "trabalhar" nesta criação. O projeto da nossa escola chama-se "CONECTADOS À VIDA SUSTENTÁVEL". A construção deste livro tem tudo a ver com o projeto.

 

 

 

 

 

As crianças bordam os desenhos na página do livro de pano e depois fazem a montagem do livro. Elas aprendem a fazer arte e ajudam a preservação  do planeta." Professora Raquel Pereira

 

 

Parabéns à Professora Raquel por compartilhar ações que reforçam o fato de que os recursos como computadores, DVD's etc, podem não só ajudar na melhoria da educação, como também tornar as nossas aulas muito mais atrativas.

 

Contatos:
Ana Accioly
Professora e Representante Rioeduca.net da 4ªCoordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

                               

 

 

 

x


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 05/11/2012

Feira Literária da Barros Hurtado

Tags: 4ªcre eventos projetos.

 

 

Reconhecer a importância da literatura infantil e incentivar a formação do hábito de leitura são tarefas da escola. Nesse processo, temos como grande aliada a literatura infantil.  Ela é um caminho que leva a criança a desenvolver a imaginação, as emoções e os sentimentos de forma prazerosa e significativa.

 

“O desenvolvimento de interesses e hábitos permanentes de leitura é um processo constante, que começa no lar, aperfeiçoa-se sistematicamente na escola e continua pela vida afora.” Richard Bamberger

 

 

Equipe de direção, Professora Claudia (autora do Projeto) e Professor Pereira visitando a Feira

 

 

"Somos da Escola Municipal Embaixador Barros Hurtado.
Nossa escola vem desenvolvendo, há uns dois meses, um projeto de confecção de livros, elaborado pela professora de Artes Visuais, Claudia Santos.
Cada aluno escolheu o tipo de livro que gostaria de criar: Romance, Poesias, Piadas e charadas, Beleza, Culinária...

 

Princesa Thais, da turma 1.802, contando histórias aos alunos

 

 

Aproveitamos, então, a Maratona de Histórias e fizemos uma Feira Literária, com personagens de contos de fadas em suas tendas, contando histórias aos outros alunos, duas peças de teatro (A Barata diz que tem e Chapeuzinho Vermelho) e a exposição dos livros confeccionados com seus autores falando sobre seus livros.

 

"A Barata diz que tem"...alunos da turma 1.501

 


Tivemos também a grata parceria com a escola Odilon Braga, nossa vizinha que trouxe seus alunos para participar de nosso evento com seus livros. 

 

 

Amigos e parceiros da Escola Odilon Braga

 

Fizemos tudo para levarmos nossos alunos ao maravilhoso mundo da leitura de uma forma prazerosa e divertida!  Ao final, servimos um pequeno coquetel trazido por nossos alunos.
Foi uma verdadeira festa da leitura!" Professora Shayenne - Coordenadora Pedagógica

 

São  ações como essa que criam o hábito da leitura, ajudando a criança no seu desenvolvimento pleno, aumentando a sua criatividade, a linguagem, o vocabulário e a escrita. Uma criança adepta à leitura terá um futuro com muito mais perspectivas e escolhas. Além disso, a leitura permite você voar com o pensamento sem sair do lugar.

 

Parabéns aos professores da E.M. Embaixador Barros Hurtado por mostrar aos seus alunos que o livro pode dar prazer, e ainda por gerar um momento propício de prazer e estimulação para a leitura.

 

 

Contatos:
Ana Accioly
Professora e Representante Rioeduca.net da 4ªCoordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 01/11/2012

Senta, Que Lá Vem a História!

Tags: 4ªcre projetos.

 

Contar e ouvir histórias assumem a função de despertar sentimentos, provocar, instigar, desafiar elas próprias.  Mesmo sem intenção, acaba também exercendo diferentes papéis na vida tanto de quem lê, quanto de quem ouve.  Mas, para contar uma história é necessário planejar o que se vai contar, saber para quem e de que modo vai contar.

 

 

Quando pensamos em um  texto escrito, sabemos que ele segue as normas da língua escrita que são completamente diferentes daquelas da linguagem falada.  No entanto, quando acriança ouve a leitura de uma história, ela introjeta funções sintáticas da língua, além de aumentar seu vocabulário e enriquecer seu campo semântico.  Nessa pespectiva, a Escola Municipal República do Libano investe em atividades que promovem o hábito de ouvir e ler histórias.

 

 

 

 

 

Nossa Maratona de História

 

 

"Educação Infantil


Painel: Arte e construção
Através da história dos "Três Porquinhos", as crianças recontaram utilizando desenhos.

 

2º Ano


Reconstrução da história (Painel) 
Através da história da"Pequena Sereia", os alunos organizaram em sequência.

 

 

 

 

A receação é um dos principais objetivos de se contar histórias.  Por meio delas podemos, também, enriquecer as experiências infantis, levando a adquirir diversas formas de linguagem, ampliando o vocabulário, formando o caráter, desenvolvendo a confiança na força do bem, proporcionando a ela viver o imaginário.

 

3º Ano


Painel: Era uma vez...
           Certo dia...
           Finalmente...

Através da história do "Peter Pan", os alunos dividiram em início, meio e fim.

 

 

4º e 5º Anos


Painel: Era uma vez
           Era uma outra vez
           Era sempre uma vez...

Os alunos puderam escolher as histórias livremente e no espaço ao ar livre eles desfrutaram da leitura(Piquenique literário).

 

 

 

 

Ouvir histórias recreia, distrai, descarregam as tensões, alivia sobrecargas emocionais e auxiliam, muitas vezes, a resolver conflitos emocionais próprios, forma o gosto pela leitura, cultiva a sensibilidade, educa e estimula o desenvolvimento da atenção, da imaginação, da observação, da memória, da reflexão e da linguagem.

 

 

Classe Especial


Sentaram na lona ao ar livre junto com a professora e escolheram uma colega para fazer a leitura do livro "O Mágico de Oz"."  Texto: Roselene Sales - Professora da Sala de Leitura

 

Parabéns aos professores da E.M. República do Libano por através das atidades desenvolvidas abrirem espaço para a alegria e o prazer de ler, compreender, interpretar a si próprio e à realidade de seus alunos.
 

 

Contatos:
Ana Accioly
Professora e Representante Rioeduca.net da 4ªCoordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

 


* Professor, queremos conhecer e divulgar o blog e os projetos desenvolvidos por sua escola. Aproveite este espaço que é feito para nós! Entre em contato com o representante do Rioeduca em sua Coordenadoria e participe. *

 

 

 

 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share