A A A C
email
Todos os posts escritos por Angela Regina de Freitas, Representante da 3ª CRE
Retornando 39 resultados para o autor 'Angela Regina de Freitas, Representante da 3ª CRE'

Sexta-feira, 05/10/2012

Uma História Especial

Tags: 3ªcre, entrevistas, diadoprofessor.


 

A professora Fátima França já completou 40 anos de magistério e continua cheia de ideias e vontade de ensinar. Sua História é marcada com um toque especial. Confira!

 

 

Mais um outubro chegou. Hora de homenagear o profissional que forma todos os outros e merece nosso carinho sempre. É o trabalho dos professores que faz a revolução acontecer e estamos aqui para registrá-lo. Hoje, vamos conhecer a professora Fátima França, que chamou minha atenção pelas atividades publicadas no grupo da E. M. João Kopke, escola em que está lotada. Mas a história dela começa muito antes.

 

 

 

 

 

 

Potiguar de nascimento, mas de família cearense, ela viveu sua primeira infância às margens do Rio Purus, no Amazonas. Longe das lojas de brinquedos e de escolas regulares, ela aprendeu a ler com sua mãe e tias e a brincar com o que tivesse à mão em um seringal chamado Igualdade.
Daí vem seu olhar especial sobre tudo que a maioria considera lixo. Ela acredita que tudo pode encontrar uma nova finalidade e recorda com carinho das atividades produzidas com suas turmas regulares e especiais. A Árvore de Natal, feita de guirlandas individuais reciclando CDs e o mural intitulado Cantarolendo por sua colega da Educação Especial Ana Viola são seus xodós. O Cantarolendo foi uma maneira de interagir com seus alunos através de músicas infantis ou folclóricas, dobraduras e trechos das músicas como ela mesma nos explica: “ Trabalhamos músicas e ritmos e pra cada música eu criava uma dobradura. Enquanto ia fazendo a dobradura, íamos cantando com eles e pra eles, usando vários sons, batendo palmas, fazendo mímicas, gestos, dançando, balançando o corpo etc. Depois, eu escrevia parte da música e colava a dobradura. Montamos o mural com músicas folclóricas e mais tarde repetimos a dose com músicas e dobraduras natalinas.”

 

 

 

 

 

 

 

Depois de anos trabalhando na E. M. Joaquim Ribeiro com turmas regulares, ela disse ter sido escolhida pela Educação Especial, segmento a que se dedica desde 2006, na E. M. João Kopke, ambas na 3ª CRE. A paixão transparece ao postar os progressos de seus alunos. Cada pequena vitória é comemorada e cada produção exposta com orgulho.

 

 

 

 

 

 

 

O depoimento de sua amiga professora Rita Lusiè Velozo nos conta um pouco de sua personalidade:

“ Fátima França traduz a verdadeira essência do professor por vocação e que gosta daquilo que faz. Está sempre de bem com a vida, em alto astral. Gosta de agregar as pessoas. Mesmo não estando mais na E. M. Joaquim Ribeiro, mantém a memória da escola reunindo as pessoas todo mês e mantendo em dia o grupo da escola na rede social. É muito criativa. Não me esqueço das sugestões de jogos e brinquedos que ela me passava, quando eu estava com o Acelera e Progressão, feitos com papel, sucata, caixinha de fósforo, palitos...Ela já fazia reciclagem quando isto nem era moda! Já dá aula há muitos anos e nunca perde o “pique”. E nos últimos anos abraçou uma missão belíssima que é o seu trabalho com alunos especiais. Ela sempre fala deles com muito carinho e é visível o resultado positivo obtido com estes alunos. Fátima é uma pessoa de fé, 'fé em Deus, ' na vida, no homem e no que virá ...'(parafraseando o poeta ) e merece os nossos parabéns por sua trajetória de vida!”

 

 

 

 

 

 

 

Ela diz que não é muito de tecnologia, mas, nas redes sociais, encontrou o prazer de registrar seu trabalho e lamenta não ter guardado lembranças dos livros feitos com as produções de seus alunos coladas em catálogos de cosméticos. O significado daquelas produções sobre os colegas de classe e sobre a turma como um todo se perderam ou estarão guardados no fundo das gavetas daqueles meninos e meninas. Esse risco ela não corre mais, pois a tecnologia jamais substituirá o professor na vida dos alunos e  nos ajuda a conhecer gente que cumpre sua missão com dedicação todos os dias.

Professora Fátima França, prazer em conhecê-la! Parabéns por sua carreira!

 

 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 03/10/2012

Prato do Dia: Poesia

Tags: 3ªcre, riodeleitores, jogos, blogsdeescolas.


 

A Poesia já foi chamada muitas vezes de alimento da alma. A E. M. Maranhão, da 3ª CRE, está servindo este alimento de bandeja. Você também está com fome de poemas?

 

 

Ela foi a primeira maneira de guardarmos no coração (de cor) as narrativas que nos eram contadas por nossa família ou tribo. A poesia, com sua escolha arbitrária de palavras, alimentou-nos os ouvidos de beleza e nossa imaginação, de personagens. A Ilíada, a Odisseia, a Eneida e o nosso Os Lusíadas nutriram a mente de tantos e tantos com suas histórias fantásticas e seus belos versos. Pois é este alimento privilegiado que está sendo servido no almoço da E. M. Maranhão.

O projeto Almoçando com Poesia tem por objetivo aproximar a poesia do dia a dia como outrora já ocorreu e incentivar a prática da leitura, buscando uma integração com todos os segmentos da comunidade escolar e diversificando os espaços de leitura. Por que não aproveitar o momento em que se alimenta o corpo para suprir as necessidades também da alma?
Os poemas são colocados em suportes que ficam ao alcance do olhar, bem ali sobre as mesas do refeitório. Basta escolher o autor preferido: Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Vinícius de Moraes e outros. O cardápio poético é tão variado e nutritivo quanto a merenda. Em agosto, foram servidos também provérbios, trava-línguas e adivinhas. Até quem não vai almoçar acaba consumindo as iguarias poéticas.

 

 

 

 

 

 

 

 

E como quem se alimenta de leituras enriquece seu imaginário, não demorou nada para que, quem consumia poesia, passasse a ser produtor. E estas produções foram realimentar os famintos de poemas. Então, a equipe pedagógica e a professora da Sala de Leitura Tânia Cristina criaram o Game Show Poético. Foi o momento de partilhar as produções dos alunos e testar o conhecimento de todos sobre os poemas lidos. As equipes foram formadas e quem não foi selecionado ficou na torcida. Claro que no final todo mundo ganhou em conhecimento.

 

 

 

 

 

 

 

Aliás, a E. M. Maranhão é uma Escola de Leitores. Tem sempre uma atividade ligada à leitura acontecendo por lá. Leitura na Janela é o momento de indicar o livro que leu ao colega; Ilustrando seu poema preferido como os alunos do sexto ano fizeram com o Ou Isto ou Aquilo da Cecília Meireles e a releitura dos provérbios trabalhados em agosto.

 

 

 

 

 

 

 

Como Um Tijolo Só não Faz a Maranhão, projeto político pedagógico da escola, eles estão construindo dia a dia uma escola de excelência. Confiram estas e outras ações no blog Maranhão em Ação.

 

 

 

 

Contate-nos

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 28/09/2012

Primavera de Leituras

Tags: 3ªcre, riodeleitores, educaçãoinfantil, blogsderioeducadores, blogsdeescolas.


A leitura para a Educação Infantil e a Primavera para a natureza trazem colorido, riqueza e vida nova. Acompanhe as experiências das professoras Elidia Correia, Mônica Fonseca e Tânia Cruz unindo estas duas forças na 3ª CRE.
 

 

 

A primavera é o renascer da natureza adormecida durante todo o inverno. Ainda que a nossa cidade não tenha as estações tão marcadas como nas regiões temperadas do país, podemos perceber as diferenças sutis que a passagem de uma estação à outra estabelece. Amendoeiras com suas folhas espalhadas pelo chão e as flores que despontam alegres ao final de setembro são algumas delas.
Assim também é a ação da descoberta da mundo da leitura para os alunos da primeira infância. Seu universo já tão imaginativo é enriquecido pelas histórias que vai ouvindo para florescer na alfabetização.

A professora Mônica Fonseca, da Sala de Leitura da E. M. Brício Filho, levou as turmas da Educação Infantil de sua escola a ler a Primavera como época de transformação. E eles reciclaram muito transformando lixo em beleza como a lagarta se torna borboleta. As leituras vieram através de livros e vídeos. Depois de muito trabalho, a beleza toma toda uma parede do pátio.

 

 

 

 

 

Já a professora Tânia Cruz, da E. M. Reverendo Álvaro Reis, escolheu o terreno do folclore para plantar a semente do amor pela leitura. A cantiga de roda A Linda Rosa Juvenil encanta pela ludicidade e possibilita aos alunos viver o que leram. A beleza da natureza (rosa) que adormece e aguarda o tempo correr (inverno) até que um rei (sol) venha despertá-la para a alegria de todos. Esse mergulhar na leitura fazendo-a parte de si é mais uma semente plantada.

 

 

 

 

 

 

 

Mas nem só de natureza vive a Primavera. A tecnologia também está fazendo uma revolução acontecer, trazendo vida nova para a educação.
A professora Elidia Correia, da E. M. Senegal, retratou esta transformação com seus alunos. A leitura em diferentes mídias da Primavera da Lagarta, de Ruth Rocha, enriquecida com vídeos, música, recontação da história aproxima as crianças do mundo que elas vão encontrar. Então desenhar a lagarta no tablet e escrever um e-mail a ela avisando da chegada da primavera passa a fazer parte da leitura de mundo deles.

 

 

 

 

 

 

 

A Primavera e a leitura são um compartilhar de beleza e saber que enriquece a todos. Com estas experiências, elas participaram da Primavera de Ideias organizada pela professora Raphaella Marques, da 7ª CRE, em seu blog Estudando e Navegando. O objetivo era divulgar atividades que envolvessem a magia da leitura e recursos digitais.

Confiram os detalhes, planejamentos e imagens nos blogs citados acima. Seja bem vinda a Primavera!

 

 



 

 

 

Contate-nos

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share