A A A C
email
Todos os posts escritos por Angela Regina de Freitas, Representante da 3ª CRE
Retornando 39 resultados para o autor 'Angela Regina de Freitas, Representante da 3ª CRE'

Sexta-feira, 30/11/2012

Valorizando Nossas Conquistas

Tags: 3ªcre, troféurioeduca.



 

 

Um projeto pode durar um ano, um semestre, um mês, uma semana ou mesmo um dia. Ele precisa ser significativo para quem nele atua e ter sua relevância pedagógica reconhecida. Foi o que fizemos na noite de 21 de Novembro, no Troféu Rioeduca. A 3ª CRE também marcou presença.

 

 

Em sua segunda edição, o Troféu Rioeduca premiou 9 projetos e 3 blogs que participaram das três etapas do processo. Inicialmente, se inscreveram 219 blogs e 162 projetos. A primeira fase do concurso envolveu a triagem dos concorrentes a partir do regulamento. Na etapa seguinte, alunos e funcionários escolheram seus favoritos em votação realizada pelo Portal Rioeduca. A competição chegou ao número de três finalistas por categoria após uma seleção feita por especialistas em educação, como a doutora em Educação Andrea Ramal, a professora Mary Sue Carvalho Pereira e o escritor Marcos Cordiolli. (Fonte: SME - Secretaria Municipal de Educação)

 

 

 

 

 

 

 

 

A 3ª CRE esteve entre os finalistas em quatro categorias representando os vinte e nove projetos apresentados no portal Rioeduca ao longo do período selecionado. Chegar à final de uma premiação assim, na maior rede de educação da América Latina, é motivo de orgulho e muita alegria.

 

 

 

 

 

 

 

Ficamos entre os finalistas na categoria Rio Aquarela do Brasil que contemplou os projetos de valorização, produção e proteção da cultura nacional. A Escola Municipal Félix Pacheco, com seu trabalho Identidade do Povo Brasileiro na E.M. Félix Pacheco, valorizou o folclore nacional em diversas atividades integradas ao projeto.

 

 

 



 


 

 


A Escola Municipal Hermenegildo de Barros valorizou a história do bairro em que se encontra sua comunidade escolar: Engenho da Rainha. A apropriação do bairro, com seus problemas e potencialidades, foi registrada aqui em Resgatando Valores com a E. M. Hermenegildo de Barros e indicada como finalista da categoria Rio Cidadania.

 

 

 

 

 

 

 

Nosso terceiro representante entre os projetos foi na categoria Rio Saudável que analisou os projetos relacionados à saúde e bem-estar da comunidade escolar. A Escola Municipal Suécia, no Projeto Recreio Legal da E. M. Suécia, buscou a valorização da convivência saudável entre os alunos durante os horários de recreio.

 

 

 



 

 

 

 

Na categoria Blog de Educadores, a representante da nossa CRE foi a prof.ª Ana Cristina Côrrea, de Educação Física, que registra as atividades realizadas por ela nas escolas em que atua (atualmente, na E.M. Suécia e na E.M. Pernambuco).

 

 

 

 

 

 

 

Ainda não foi dessa vez que o Troféu Rioeduca veio se juntar às outras premiações da 3ª CRE, mas sabemos da importância em valorizar o trabalho pedagógico de qualidade. Conheça detalhes desses e outros projetos nos blogs citados.

Seu projeto ainda não apareceu por aqui? Entre em contato pelo e-mail abaixo. Ano que vem pode ser o seu projeto no Troféu Rioeduca!

 

 

 

 

E.M. Suécia E.M. Pernambuco E.M. Félix Pacheco Prof.ª Ana Cristina E.M. Hermenegildo de Barros Image Map
 

Parabéns aos nossos finalistas e a todos os inscritos!
 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 28/11/2012

Aprender e Ensinar

Tags: 3ªcre, capacitação.

 

 

 

Todo profissional precisa rever suas práticas e assimilar novas maneiras de conduzir seu trabalho. No magistério, o aprender faz parte do ensinar. A equipe de Tecnologia Educacional da 3ª CRE encontrou um jeito prático para ajudar os professores em sua busca pelo saber.

 

 

 

 

“Mestre não é quem sempre ensina, mas quem, de repente, aprende.”
João Guimarães Rosa

 

 

Na profissão em que ensinar é a missão, aprender não pode ficar de fora. Como tantas outras profissões em que só a formação básica não dá conta das diferentes situações com que nos deparamos em nosso cotidiano, no magistério, é necessária a atualização profissional. Ainda mais com o advento das tecnologias educacionais e o uso das redes sociais na educação.
A equipe de Tecnologia Educacional da 3ª CRE, formada pelos professores Andréa Fonseca, Eduardo Miguez e Luciene Vales, estudou a melhor maneira de proporcionar uma formação que contemplasse as funcionalidades das tecnologias à nossa disposição de modo a envolver um número significativo de professores.
Como nos conta a equipe: “o oferecimento de cursos online é uma importante estratégia para atender a um número maior de professores, em seus variados horários de centro de estudos. Ao mesmo tempo, os cursos nessa modalidade utilizam a própria tecnologia no processo de aprendizagem, o que possibilita, também, aos professores a aprendizagem através das vivências e experiências online.
As avaliações dos cursos têm sido bastante positivas, pois a plataforma de cursos online da 3ª CRE se tornou um canal para conhecimento de novas ferramentas, troca de ideias e  percepção da possibilidade de autonomia na produção de mídias.”

 

 

 

 

 

 

 

Os primeiros cursos online Educação Digital e Refletindo sobre o uso das TICs na Educação apresentaram a professores, coordenadores e gestores as potencialidades das novas tecnologias na dinamização da aprendizagem. Eles puderam produzir materiais para uso em sala de aula ou nas reuniões de pais e professores. Apresentações, mapas mentais, bate-papos virtuais e outras ferramentas de estudo e interação online que possibilitam uma reflexão sobre a prática pedagógica diária. A formatura dessa primeira turma foi abrilhantada pelos trabalhos apresentados. O professor aprendeu e aplicou seus conhecimentos, levando-os aos seus alunos e comunidades escolares.

 

 

 

 

 

 

 

O depoimento da professora Mônica Fonseca nos mostra como a oportunidade refletiu em sua prática pedagógica: “Os cursos a distância proporcionados pela 3ª CRE foram uma conquista para nós professores. O 1º curso "Refletindo sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação" me fez conhecer questões atuais envolvendo o uso das novas tecnologias na escola, permitindo assim que acrescentasse subsídios para desenvolver na minha prática profissional. Daqui por diante, poderei preparar minhas aula, com maior riqueza de detalhes. A resposta para tudo que aprendi com os cursos é poder compartilhar esse aprendizado com todos os meus alunos. Espero que esses cursos continuem em 2013. Obrigada e parabéns para as minhas professoras Luciene e Andréa."

 

 

 

 

 

 

Para o segundo semestre, já estão online os cursos “Edição e Produção de Vídeos Educativos” e “Histórias em Quadrinhos na Sala de Aula". Mas as ações presenciais não deixaram de ocorrer. Depois do Café com Tecnologia, os encontros dos cursos online, as oficinas da Educopédia e Transformação 3.0 aumentaram a interação entre os professores da 3ª CRE, que conta ainda contam com os espaços virtuais da rede social e do blog. Aproveitem o convite das professoras Andréa Fonseca (andreaafonseca@rioeduca.net) e LucieneVales (lucienevales@rioeduca.net): "O conhecimento produzido pode e deve ser compartilhado, por isso convidamos a visitarem a plataforma de cursos da 3ª CRE, onde encontram-se disponíveis os primeiros cursos, bem como fornecemos nossos contatos para trocas de experiências." 

 

 

 

 

Texto adaptado enviado pela equipe AIT 3ª CRE


 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 23/11/2012

Ler e Cantar na Educação Infantil

Tags: 3ªcre, riodeleitores, educaçãoinfantil.

 

 

A Educação Infantil é feita de música, leitura e fantasia. O EDI Padre Nelson Del Mônaco contemplou este três pilares em seu projeto Leitura desde cedo e... para sempre. Vamos conferir?

 

 

Aprender na Educação Infantil não pode passar longe da ludicidade, do jogo e da brincadeira. A fantasia ajuda a elaborar as ações do cotidiano e a inserir a criança no mundo real sem deixar a imaginação de lado. A música alegra e facilita a memorização e a leitura abre as portas do mundo de histórias que esperam por eles. Unir essas três ferramentas em um só projeto garante o prazer de aprender.
O Espaço de Desenvolvimento Infantil Padre Nelson Del Mônaco tem apenas dois anos de vida e já percebeu a importância de apresentar a leitura em voz alta desde a mais tenra idade. No primeiro semestre, as crianças ouviram histórias da turma da Mônica, lendas e parlendas e ficaram ligados nas ações da Rio+20. A inauguração da Sala de Leitura Maurício de Sousa foi o ponto alto deste período e cada sala de aula foi batizada com o nome de um de seus personagens.

 

 

 

 

 

 

 

No segundo semestre, depois de vôos em tapetes, galinhas e seus ovos de ouro, princesas e príncipes e até o Lobo Mau foram apresentados às turminhas. Em outubro, o destaque é o subprojeto Leitura através da Música. As cantigas de ninar, de roda e os jogos musicais se transformaram em livrinhos musicais. As crianças leram as canções e ilustraram em grandes livros que eles próprios podem folhear e reler. As cantigas tradicionais foram cantadas e dramatizadas e tornaram-se parte da rotina deles.

 

 

 

 

 

 


O trabalho continua. Está prevista a leitura crítica da fábula A Cigarra e A Formiga, uma ótima oportunidade para que os alunos soltem a sua imaginação. O EDI Padre Nelson Del Mônaco está iniciando sua vida pedagógica com a leitura como guia. Com certeza, o objetivo de que seus alunos “tornem-se cidadãos capazes de conviver socialmente de forma saudável“ tem tudo para ser atingido. O blog também é recém-nascido, mas já podemos conferir as atividades realizadas por eles. Acessem e conheçam o empenhado trabalho dessa equipe.

 

 

 

 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 21/11/2012

Escola e Comunidade

Tags: 3ªcre, protagonismojuvenil, blogsdeescolas, blogsderioeducadores.

 

 

A escola está sempre inserida em uma comunidade e com ela interage para o crescimento de todos. Conhecer as necessidades e potencialidades do bairro faz parte do processo educativo dos alunos. A professora Joice Pinter e toda a comunidade escolar da E. M. Levy Neves da 3ª CRE comemoraram os 30 anos da escola estreitando estes laços.

 

A professora Joice Pinter, de Língua Portuguesa, já vinha desenvolvendo um trabalho voltado para a ação dos alunos sobre os temas estudados, como vimos na postagem Protagonismo Tirando a Droga de Cena. Com a proximidade da comemoração dos 30 anos da escola, ela propôs que os alunos escrevessem reportagens que mostrassem os bairros atendidos pela escola: Tomás Coelho e Engenho da Rainha. A partir das atividades previstas pelo caderno pedagógico dos alunos e das pesquisas realizadas por eles, as reportagens retratariam os problemas do bairro, mas também a busca de soluções. A apropriação do bairro pelos alunos conscientiza e mobiliza uma aprendizagem aplicada diretamente para a vida. Confiram as melhores reportagens publicadas no blog Escrevinhar pra Valer.

 

 

 

 

 

 


Esta e outras atividades foram destaque da celebração dos 30 anos da E.M. Levy Neves e marcam também a estreia do blog da escola. A exposição dos trabalhos realizados durante todo o ano letivo apresentou a história da escola e de seu entorno, suas modificações ao longo do tempo e o reconhecimento do ambiente, através de maquetes, artesanato e outras representações. Em toda a amostra, está presente o resgate da relação afetiva entre aluno e escola e a valorização de um histórico de serviços prestados neste período.

 

 

 

 

 

 

Além disso, a partir das perguntas dos alunos da turma 1602 e com as imagens registradas por eles na escola, a professora Jo Joice elaborou o Game do Patrono. É um jogo de perguntas e respostas sobre a história de Levy Neves, cirurgião-dentista que empresta o nome à escola. O objetivo é que o jogo possa ser utilizado por outras turmas para que todos conheçam mais sobre seu patrono. No blog da escola, você pode encontrar a maioria das respostas e jogar  também.

 

 

 

 

 

 

Em vídeo publicado no blog da escola, podemos conferir as imagens e os trabalhos expostos na festa. Leiam também as poesias da turma 8801 da professora Solange sobre a marca que a escola deixa na vida de seus alunos. Comunidade e escola “Plantando Sonhos e Colhendo Realidades”, como pretende o projeto político pedagógico desta unidade escolar, só podem render bons frutos.

 

 

 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share