A A A C
email
Todos os posts escritos por Liliane Ravani (texto de Laura Fantti Davilla)
Retornando 1 resultado para o autor 'Liliane Ravani (texto de Laura Fantti Davilla)'

Terça-feira, 14/01/2014

Ginásio Experimental Poliglota

Tags: 11ªcre.

 

Falar Árabe agora não soa tão estranho para alunos da rede municipal da Ilha do Governador, zona norte do Rio. Isso porque o Ginásio Experimental Carioca Anísio Teixeira criou, no primeiro bimestre deste ano, o projeto Poliglotas – que além da língua semítica, ministra inglês e espanhol.

 

A iniciativa teve início com a parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Fundação Qatar, que fomenta o desenvolvimento da pesquisa científica, esportiva e educacional em diversos países.

 

Representantes da própria fundação procuraram a SME com o objetivo de realizar uma parceria de ensino do Árabe, língua oficial do país localizado no noroeste da Península Arábica.
  

De acordo com a diretora da unidade pertencente à 11ª CRE, Celi Conceição, o projeto é pioneiro na metodologia dos GECs. “Inicialmente, 11 Ginásios foram escolhidos para desenvolver a mesma programação.

 

Ao iniciar o trabalho cada um tomou uma identidade própria e assim surgiram os GEC´s temáticos: Novas Tecnologias (GENTE), Artes, Olímpico e o Poliglota”, afirmou.

 

 

 

Alunos do programa Poliglotas: Da esquerda para a direita: Laura, Yuri e Palloma.

 

Ainda de acordo com Celi, as aulas são ministradas após o horário de funcionamento normal da escola. O curso de Árabe é realizado diariamente; já os idiomas de Inglês e Espanhol, duas vezes por semana.

 

“A aceitação do Árabe foi ótima. Por isso expandimos para os funcionários e professores da escola, que já estão cursando”, disse Celi.

 

O grande interesse foi tanto uma surpresa para a direção, como para a Fundação Qatar, conforme analisou a professora Marcela Cordeiro, que também é educadora global da instituição.

 

“O Árabe não pertence ao tronco linguístico das línguas latinas. O alfabeto é diferente, escrito da direita para esquerda, e não faz parte do dia a dia dos alunos. Mas vejo como algo desafiante e desenvolvo a habilidade dos alunos usando métodos interativos”.

 

Novas Tecnologias


Os cursos de Inglês e Espanhol também contam com o uso das novas tecnologias. Os materiais são confeccionados exclusivamente pelos próprios professores do programa Poliglota, com uso de vídeos, músicas - seguindo uma metodologia baseada na abordagem comunicativa.

Esse método permite que o aluno se comunique na língua estrangeira, mesmo com possíveis erros.
 

“O professor utiliza técnicas variadas e corrige em momentos específicos, sem interromper o aluno, para não inibir sua produção oral”, explicou Tatiana de Almeida, professora de inglês.

 

A professora de espanhol Roseana Guimarães, que foi interprete da Colômbia no Panamericano de 2007, também acredita na força das Novas Tecnologias na educação.

 

“É muito importante durante o processo de aprendizagem criar um ambiente com intercâmbio entre os alunos e pessoas nativas de outros países, através de palestras em sala de aula, com o uso de programas como o Skype e as redes sociais”.

 

Vídeo: Aula de Árabe, Inglês e Espanhol no GEC Anísio Teixeira, alunos do programa Poliglota. http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=2u4TC0aP_JY

 

Além da metodologia baseada na plataforma tecnológica, a direção acredita que o interesse aumentou devido à proximidade dos eventos esportivos de 2014 e 2016. “O ganho cultural é evidente. Soma-se a isso a localização do aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim na Ilha do Governador, o que facilita a troca cultural e possibilidades de emprego”.

 

O projeto promete reforçar o sentido do seu próprio nome: no futuro há possibilidade de serem integrados os idiomas Francês e Mandarim.

 

Da esquerda para direita: Coordenadora Angela Calmon, Professoras Roseana Guimarães, Marcela Cordeiro e Tatiana Almeida, e diretora Celi Conceição.

 

 

Parabéns à equipe do GEC Poliglota! Pelo excelente trabalho desenvolvido com os alunos, propiciando convivência e estreitamento entre culturas, através da interatividade, do fomento à expressão pessoal e intercomunicação com o uso da tecnologia!

 

 

Laura Fantti Davilla, lotada no CIEP Dr. João Ramos de Souza, é candidata à representante Rioeduca da 11ª CRE.
 

 

                               

 

 

 

 

 

 


   
           



Yammer Share