A A A C
email
Todos os posts escritos por Márcia Cristina Alves (Texto Prof. Mario Mangabeira)
Retornando 16 resultados para o autor 'Márcia Cristina Alves (Texto Prof. Mario Mangabeira)'

Quarta-feira, 12/03/2014

Visitas no GENTE

Tags: gente, visitas, inovação.

Nesta semana, o GENTE recebeu a visita do Prefeito e Secretário de Educação de Jaraguá do Sul e Jolanta Gatecka, da empresa de Tecnologia Educacional “Young Digital Planet” da Polônia.

 


 

Os visitantes sendo recebidos pelos visitantes.

 

Jolanta percebeu que, no GENTE, o aluno é protagonista de sua história. E, por isso, espaços mais amplos e abertos foram criados, que estimulam o trabalho coletivo de alunos e professores. A nova arquitetura oferece ambientes mais atrativos para a aprendizagem, com identidade visual e mobiliários próprios.


 


Conversando sobre a escola com a Coordenadora Pedagógica Renata.

 


 

No GENTE, a biblioteca tem uma coleção atrativa, com um vasto material de investigação. As estantes se deslocam para qualquer ambiente. Assim, o contato com a leitura se dá de forma mais personalizada e agradável.

 


Observando os alunos na aula de Artes Cênicas.

 


Conhecendo a concepção de Itinerário Formativo. No GENTE, cada aluno tem seu mapa pessoal, onde elenca as competências e habilidades que já possuem e as que precisam desenvolver.



Temos a certeza de que observações feitas em relação ao desenho pedagógico do GENTE irão contribuir para a disseminação de práticas educativas inovadoras de êxito em outras secretarias de educação do país.

 

 

Saiba mais sobre o Programa do GENTE

 


 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 05/03/2014

A E. M. Professor Helton Veloso na Sapucaí

Tags: 9ªcre, escoladebamba.

Mais uma vez a Escola Municipal Professor Helton Álvares Veloso de Castro, da 9ª CRE, participa do desfile da Escola de Samba Mirim G.R.E.S.M. Corações Unidos do Ciep, compondo a ala “Portugueses”

 

 

O Escola de Bamba é um projeto educativo com ênfase na cultura popular, que segue a dinâmica de uma agremiação de samba. A culminância é o desfile, no carnaval carioca, da Escola de Samba, composta por cerca de dois mil alunos da Rede Municipal do Rio de Janeiro, que desfilam na Marquês de Sapucaí na terça-feira de carnaval. A agremiação, presidida por Marilene Monteiro, tem sede no Ciep, que funciona ao lado do Sambódromo, e, assim como a escola mirim Golfinhos da Guanabara, não é ligada a uma escola de samba principal.


Na concentração para o desfile, a escola Helton Veloso registrou o que viu de interessante por lá. Confira:

 

O professor Mario Mangabeira, da Assessoria de Inovação e as intérpretes do samba da escola, Juliana Siqueira e Natália Siqueira.

 

Alunos da E.M. Profº Augusto Motta e E.M. Brant Horta (4° CRE) com a coreógrafa Lívia Malaspina , do programa Mais Educação.

 

Comissão de frente com a diretora da E.M. P. Augusto Motta. (4° CRE)

 

Casais de Mestre sala e porta bandeira.

 

 

“Alguma coisa acontece no meu coração...” O primeiro verso da música Sampa, de Caetano Veloso, foi a inspiração e o pontapé inicial da professora Inara Telles e da turma 1.502 (hoje, no 6º ano) da Escola Municipal Rotary, na Freguesia (Ilha do Governador – 11ª CRE), para a criação de um samba-enredo para a disputa no projeto Escola de Bamba, que, neste ano, teve a cidade de como tema.

 


COM O ESPÍRITO BANDEIRANTE, O SAMBA RESPLANDECE NA TERRA DA GAROA


SERRA DO MAR, A VILA CONHECEU A PRECE
O MOVIMENTO ACONTECE,
O OURO AQUECE A AMBIÇÃO DO LUGAR
NO SUOR DO NEGRO A EXPANSÃO,
NO CICLO DO CAFÉ, O PROGRESSO DESSE CHÃO
LAVOURANDO ELE SONHOU COM A LIBERDADE
ENQUANTO ERGUIA A CIDADE

VEM, VEM IMIGRAR
A FERROVIA LEVA O SONHO MAIS ALÉM
SEJA BEM-VINDO, MINHA CASA É SEU LAR
PIUÍ, LÁ VEM O TREM

SÃO PAULO CRESCEU ARRANHANDO O CÉU
COM ARTE E CULTURA SE MODERNIZOU
TEATROS, MUSEUS, SUA NOITE É FELIZ
DESPERTA BEM CEDO ACORDANDO O PAÍS
DA LUTA E TRABALHO VIROU CAPITAL
DE TODAS AS TRIBOS MULTINACIONAL
TEU SAMBA, TUA BOLA E TUA GAROA
ME FAZEM TE CURTIR NUMA BOA

ALGUMA COISA ACONTECE NO MEU CORAÇÃO
VAMOS BRASIL TÁ NA HORA DE CRESCER
SOU ESCOLA DE BAMBA
SOU RIO SOU SAMPA
O CIEP CONVIDA VOCÊ

 

Confira o vídeo com os melhores momentos da participação da E.M. Prof. Helton Veloso na Sapucaí.

 

 

 

A diretora da E.M. Prof. Helton Veloso, Lídia Pedro, agradece a colaboração do prof. Mario Mangabeira, dos alunos da escola envolvidos no projeto e seus responsáveis , representados pela funcionária Anita .

 

 

Um projeto cultural tão grandioso só é possível com o empenho de toda a comunidade escolar.

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 27/02/2014

Alfabetização: Pesquisa e Ensino.

Tags: 9ªcre, alfabetização, linguaportuguesa, educopedia.

A professora Camila Coelho, da E.M. Professor Helton Álvares Veloso de Castro, da 9ª CRE, vem colaborando para o desenvolvimento de pesquisas relacionados ao processo de Ensino e Aprendizagem no processo de Alfabetização.

O trabalho da professora Camila vem sendo pesquisado pelos mestrandos do PROFLETRAS (UFRRJ) Mario Mangabeira e Janne Braga, professores de Língua Portuguesa da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.
 

 

O público-alvo do Profletras é constituído por docentes de todas as gerações de egressos de cursos de graduação em letras e que lecionam língua portuguesa no ensino fundamental. Alguns objetivos principais do programa são:


• O aumento da qualidade do ensino dos alunos do nível fundamental, com vistas a efetivar a desejada curva ascendente quanto à proficiência desses alunos no que se refere às habilidades de leitura e de escrita;

• O desenvolvimento de pedagogias que efetivem a proficiência em letramentos compatível aos nove anos cursados durante o ensino fundamental.

 

Desse modo, a prática de ensino da escrita, em turmas de alfabetização, foi um dos temas analisados na turma da professora Camila. O produto da investigação e reflexão de práticas de êxito resultou na produção de um artigo, intitulado “Desvios ortográficos na alfabetização: motivações fonético-fonológicas.”, a ser publicado na comunidade acadêmica em breve.

 

 

O artigo pautou-se na análise das produções de texto dos alunos da turma. A professora organizou o seu planejamento de modo que atividades de escrita significativa sejam garantidas.

 

 

Para atingir o principal objetivo no processo de alfabetização , a professora , além de incluir a produção textual como prática constante nas aulas, a Educopédia, a sala de Leitura e o Rioeduca são recursos constantes para dinamizar a prática de ensino e motivar a garotada.

 

 

Confira um trecho do artigo:

 

 

Acreditamos que, considerando as múltiplas tendências teórico-metodológicas e recursos, como a Educopédia e o Rioeduca , os professores possam se voltar para a inovação na sala de aula, ao mesmo tempo que, de forma crítica e responsável, possam refletir acerca de questões relevantes sobre diferentes usos da linguagem presentes contemporaneamente na sociedade. Sabemos que o professor precisará responder aos desafios educacionais do Brasil contemporâneo, considerando princípios fundamentais da construção de uma educação linguística que vise a práticas sociais mediadas pela linguagem.

 

 

 

 

 

Referências:

http://www.capes.gov.br/educacao-a-distancia/profletras


FARACO, Carlos Alberto. Linguagem escrita e Alfabetização. São Paulo: Contexto, 2012.

 

Agradecimento especial á professora Camila Coelho, pelas excelentes práticas de alfabetização e pela parceria no programa ProfLetras e aos professores pesquisadores.

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 24/02/2014

Mardi Gras, o Carnaval Americano!

Tags: ingles, professores, carnaval.

Um grupo de professores de Inglês da nossa rede, através de redes sociais produziram, de forma colaborativa, a tradução e a legenda do vídeo sobre o Mardi Gras, com o intuito de servir de recurso pedagógico para as aulas de Inglês.

 


Nos Estados Unidos, o carnaval resume-se basicamente na celebração do Mardi Gras (Terça-feira Gorda), vários estados celebram o carnaval.

 

O Estado mais tradicional na comemoração é New Orleans, onde, durante o Mardi Gras, desfilam pelas ruas mais de 50 agremiações. A agremiação mais conhecida é a do Bacchus, que possui gigantescos e originais carros alegóricos, mesmo tendo o Estado da Louisiana, em seu registro, o ano de 1699 como o início das festividades carnavalescas.

 

O glamour do carnaval de Nova Orleans tem sua origem em 1827, quando um grupo de estudantes retornando de Paris, saíram pelas ruas dançando com trajes estranhos. Traziam na memória as celebrações que tinham vivenciado na Europa. A primeira parada ou desfile de carnaval tem o ano de 1837 como marco da celebração carnavalesca pré-quaresmal. Na realidade, o carnaval de Nova Orleans é similar ao Fasching da Alemanha, que começa na décima segunda noite após o Natal e continua até a Shrove, a Terça-feira Gorda, véspera da Quarta-feira de Cinzas. É uma série de diversas festividades, semelhante ao que acontece no Brasil.

 


O Mardi Gras é uma festa carnavalesca que ocorre todo o ano em Nova Orleans, Estados Unidos, sendo um dos mais famosos Carnavais do mundo. Conhecido por suas máscaras de gesso, colares de continhas e paradas com bandinhas durante todo mês antes do Carnaval, na "terça-feira gorda" que significa Mardi Gras em francês.

 

O Mardi Gras começou em Louisiana, feito pelos colonizadores franceses. O primeiro Mardi Gras em registro é datado de 1699.

 

As cores típicas do Mardi Gras são: o dourado, que significa poder; o verde, que significa fé; e o roxo, que significa justiça. Outros símbolos famosos do evento são as máscaras de drama, a flor de lis e os colares de continhas.

 


 


Assista o vídeo que foi traduzido de forma colaborativa por nossos professores.

 

 

 

Agradecimentos especiais aos professores regentes de Língua Inglesa da Secretaria Municipal de Educação, envolvidos no trabalho os quais acreditam que ensinar uma língua estrangeira e sua cultura proporciona um aprendizado mais completo e global.

 


 

 

Fonte do Texto (adaptado): http://www.fernaodias.numberone.com.br/
 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share