A A A C
email
Todos os posts escritos por Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca 6ª CRE
Retornando 31 resultados para o autor 'Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca 6ª CRE'

Sexta-feira, 31/08/2012

Semana de Educação Infantil da 6ª CRE

Tags: 6ªcre, creches, educaçãoinfantil, eventos.

 

As Unidades Escolares, Creches e EDI's da 6ª CRE realizaram, durante a Semana de Educação Infantil, a exposição dos projetos desenvolvidos no bimestre. A culminância  foi realizada no dia 25 de agosto, na praça da E. M. Max Fleiuss; onde todas as escolas reuniram seus trabalhos, apresentaram danças e teatros e participaram de oficinas pedagógicas.

 

A Semana de Educação Infantil do Município do Rio de Janeiro foi um marco no calendário e nas ações de promoção e valorização da Educação Infantil, que é um espaço privilegiado para o desenvolvimento global da criança. Com isso, a Gerência de Educação Infantil, juntamente com as CRE's implementaram ações específicas para o fortalecimento de políticas públicas relacionadas à infância.

 

Assim, a Semana de Educação Infantil privilegiou a integração entre a instituição educativa e a comunidade, tendo como promessa os diferentes olhares dos sujeitos envolvidos no cotidiano e a valorização da primeira infância na constituição da ser-sujeito.

 

A culminância da Semana de Educação Infantil aconteceu no dia 25 de agosto, na praça da E. M. Max Fleiuss. Neste dia, as escolas e creches apresentaram os projetos que foram desenvolvidos com suas crianças que promoveram a aprendizagem da leitura e da escrita.

 

 

Semana de Educação Infantil na 6ª CRE

 

 

As professoras Patrícia Lopes e Flávia Sardinha, responsáveis pela Educação Infantil na 6ª CRE, organizaram a Semana de Educação Infantil com muita competência e dedicação, para que ela fosse um sucesso.

 

No sábado, o sol nos presenteou com um lindo dia! A prof.ª Kátia Barboza, Gerente de Educação da 6ª CRE, e a prof.ª Rejane Faria, Coordenadora da 6ª CRE, fizeram a abertura da culminância. A praça da E. M. Max Fleiuss estava lotada! Responsáveis, alunos, professores, diretores, coordenadores pedagógicos e elementos da CRE prestigiaram este evento tão importante para a Educação Infantil carioca.

 

 

Rejane Faria e Kátia Barboza fazem a abertura da culminância  da Semana de Educação Infantil

 

 

O coral da E. M. Grandjean de Montigny fez uma belíssima apresentação do Hino Nacional acompanhado pela Banda Marcial da escola.

 

 

Banda da E. M. Grandjean de Montigny se apresenta na Semana de Educação Infantil

 

 

O PSE apresentou um teatro falando da importância da amamentação para o desenvolvimento da criança. Os responsáveis ficaram atentos e várias mães se emocionaram com a apresentação.

 

Várias oficinas foram oferecidas às crianças durante o evento. Tivemos a Oficina de Contação de Histórias realizada pelo CIEP Augusto César Sandino, pela E. M. Ana Maria Cristina Marques Ribeiro e pela E. M. Frota Pessoa.

 

 

Escolas fazem exposição  de trabalhos realizados durante a Semana de Educação Infantil

 

 

 

Escolas apresentam os trabalhos realizados nos projetos do bimestre

 

 

A Oficina de Artes com sucata foi realizada pelo CIEP Adão Pereira Nunes e pela C. M. Zilka Salaberry. A Oficina de Ciências foi ministrada pelas professoras da C. M. Yara Amaral. O EDI Prof.ª Rosenice Rocha Roque, a C. M. Zuzu Angel e a E. M. Dep. Pedro Fernandes relizaram a Oficina de Corpo e Movimento. As crianças ficaram encantadas! Todos faziam questão de participar de todas as atividades oferecidas!

 

A Oficina de Matemática foi oferecida pela E. M. Isaías Alves e pela E. M. Firmino Costa. As professoras prepararam um circuito de atividades divertidas e educativas. Esta oficina fez o maior sucesso!

 

 

Professores e Diretores da  6ª CRE levam os trabalhos de seus alunos para a praça da E. M. Max Fleiuss

 

 

 

A leitura e a escrita estavam presentes nos trabalhos levados pelas escolas da 6ª CRE

 

 

 

O folclore marcou presença na culminância da Educação Infantil

 

 

 

Música e teatro fizeram parte das atividades da Semana de Educação Infantil

 

 

Foi uma manhã prazerosa, agradável e de muita aprendizagem! Este sucesso se deu por conta da competência das professoras Flávia Sardinha e Patrícia Lopes e pelo apoio incondicional que a equipe da GED empenhou neste evento.

 

 

Equipe da Gerência de Educação da 6ª CRE

 

 

O encerramento do evento foi emocionante! Todos os presentes reuniram-se no centro da praça em um grande círculo. Uma bela mensagem foi passada para todos e muitos agradecimentos foram feitos pela participação de toda comunidade escolar. A 6ª CRE demonstrou que reponsáveis e professores estão unidos em prol da aprendizagem da Educação Infantil.

 

 

Professora Rejane faz o encerramento da Semana de Educação Infantil

 

 

Parabéns  a todos da 6ª CRE! Apesar de todas as dificuldades que envolvem o trabalho realizado pelos professores, devido à violência, o sucesso é visível! Nós somos a seXta CRE!

 

Envie o seu projeto para ser publicado no Portal Rioeduca! Utilize este espaço para divulgar o seu trabalho! Ele merece ser conhecido por todos da rede!

 

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/08/2012

Estagiária Capacita Professores da E. M. Rose Klabin no uso da Educopédia

Tags: 6ªcre, capacitação, educopédia.

 

No final do 1º semestre, a estagiária Juliana de Almeida, da  E. M. Rose klabin, capacitou os professores da Unidade Escolar no uso da Plataforma Digital Educopédia. Esta ação foi realizada para dar a oportunidade de os professores conhecerem e aplicarem  os conteúdos da Educopédia e seus planejamentos.

 

A Educopédia é uma plataforma online colaborativa de aulas digitais, onde alunos e professores podem acessar atividades autoexplicativas de forma lúdica e prática, de qualquer lugar e a qualquer hora.

 

David Albury, Diretor de Design e Desenvolvimento Global Education Leader's Program (GELP) e Abel Caine, Especialista da Unesco para recursos educacionais reconhecem publicamente  a importância da Educopédia  para a educação Carioca.

 

 

Especialistas falam sobre a importância da Educopédia para a educação

 

 

Para que esta evolução realmente aconteça, é necessário que alunos, estagiários e professores estejam de pleno domínio desta plataforma para que possam utilizá-la e incentivar o seu uso.

 

Em parceria com a MSTech, a Educopédia realizou, no período de 28 de maio a 1º de junho, capacitação para os estagiários que atuam nas escolas da Rede Municipal  de Ensino, com o objetivo de habilitá-los a apresentar em suas escolas os recursos digitais que a SME desenvolve atualmente.

 

Para dar  continuidade ao trabalho iniciado com a formação, a equipe da Educopédia sugeriu que cada equipe pedagógica organizasse, no mês de julho, um momento para que os estagiários pudessem fazer o repasse para os professores da U. E. em que atuam, pois é preciso garantir que todos os envolvidos no processo educacional tenham a oportunidade de conhecer e aplicar os conteúdos da Educopédia e seus planejamentos.

 

A E. M. Rose Klabin não perdeu esta oportunidade e organizou um momento no dia 11 de julho para a estagiária Juliana de Almeida fazer o repasse da capacitação que participou para os professores da escola. Foi um momento muito rico, de aprendizagem e de grandes ensinamentos.

 

 

Juliana de Almeida, estagiária da E. M. Rose Klabin capacita professores no uso da Educopédia

 

Vamos ver alguns momentos da capacitação realizada pela estagiária Juliana de Almeida no laboratório de Inforrmática da E. M. Rose Klabin.

 

 

Professores assistem atentos às explicações dadas pela estagiária Juliana Almeida

 

 

 

Professores colocam em prática o que estão aprendendo na plataforma digital

 

 

 

Professores conhecem a Educoteca, a Biblioteca Virtual da Educopédia

 

 

 

Professores conhecem os livros da Educoteca

 

 

Muitas vezes a união da educação com a tecnologia  ainda é encarada de forma delicada. Um dos problemas que posso citar é a dificuldade dos professores em utilizar a tecnologia em benefício de suas aulas, pois requer desses profissionais novas competências e habilidades.

 

Este problema não é enfrentado pela E. M. Rose Klabin, que conta com uma equipe gestora, Aline Menduiña e Andréa Casadonte que incentiva de forma total a introdução das novas tecnologias no ambiente escolar, assim como a capacitação de seus professores.

 

Parabéns às Diretoras Aline Menduiña e Andréa Casadonte, por proporcionarem aos seus professores momentos de formação e discussão de novas práticas pedagógicas em prol  da melhoria do ensino e da aprendizagem.

 

Parabéns à estagiária Juliana de Almeida por oportunizar uma formação voltada para o uso das novas  tecnologias que a SME oferece, objetivando a integração do educador no processo de aprendizagem, desempenhando o papel de facilitador entre aluno e a construção do conhecimento.

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 10/08/2012

Pequenos Leitores de Música

Tags: 6ªcre, creches, educaçãoinfantil, artesmusicais.

 

A C. M. Zuzu Angel trabalhou com os alunos, no 1º semestre de 2012, o projeto Pequenos Leitores de Música com o objetivo de desenvolver em seus alunos uma melhor expressão corporal e interação entre as crianças. Este projeto foi realizado a partir do centenário de aniversário de Luiz Gonzaga.

 

A fascinação  que a música exerce sobre a criança é visível! Basta tocar um CD infantil para vermos despertar na criança a alegria, a vontade de cantar, de dançar e de interagir com as outras crianças. Ao fazer isso, a criança aumenta sua capacidade corporal e a percepção do espaço que a cerca.

 

A musicalidade como recurso pedagógico é muito importante, pois é uma finalizadora do processo de ensino e aprendizagem. A sala de aula que tem a música como recurso pedagógico é um ambiente mais propenso à tranquilidade, ao entretenimento e à interação social.

 

Na C. M. Zuzu Angel, as professoras entendem que a Arte conduz à compreensão do próprio indivíduo, que a atividade lúdica, tão natural na vida da criança, é fundamental no desenvolvimento da vida afetiva e intelectual e que não existe cultura superior à outra, e sim, vivências diferentes, tradições e costumes próprios dos múltiplos segmentos da sociedade e que a musicalização é um processo de construção do conhecimento.

 

As atividades de musicalização permitem que a criança conheça melhor a si mesma, desenvolvendo sua noção de esquema corporal e também permitem a comunicação com o outro. Weigel (1988) e Barreto (2000) afirmam que atividades podem contribuir de maneira indelével como reforço no desenvolvimento cognitivo/ lingüístico, psicomotor e sócio-afetivo da criança.

 

Sendo assim, a Creche tem por objetivo propiciar um ambiente desafiador, estimulador e rico na construção e respeito às diversidades através do Subprojeto Pequenos Leitores de Músicas.

 

No projeto, foi abordada  a biografia de Luís Gonzaga, que comemora, neste ano de 2012, o centenário de seu nascimento, ressaltando as tradições e costumes do povo nordestino, que muito têm a ver com a família das crianças de nossa comunidade

 

 

Luís Gonzaga inspirou o projeto Pequenos Leitores de Música da C. M. Zuzu Angel

 

 

Os professores realizaram com os alunos um aula passeio à Feira de São Cristóvão. O Centro Municipal Luís Gonzaga de Tradições Nordestinas sintetiza o nordeste e oferece ao visitante tudo de que a região dispõe, exibindo, nas suas quase setecentas barracas, sua riqueza tradicional e proporcionando, ainda, a aniimação caracterísitica da terrinha: o som do Nordeste.

 

 

Alunos da C. M. Zuzu Angel visitam a Feira de São Cristóvão

 

 

A culminância aconteceu na comemoração do Dia das Mães, onde as professoras aproveitaram para difundir as tradições nordestinas e a musicalidade na comunidade escolar através de belas apresentações musicais e atividades envolvendo crianças e responsáveis.

 

 

Alunos da C. M. Zuzu Angel fazem apresentações musicais na comemoração do Dia das Mães

 

 

As professoras trabalharam também a língua nordestina. Os nordestinos deram início à saga da Língua Portuguesa no Brasil, adaptando-a a novos hábitos fonéticos, recheando-a de termos de origem indígena e, depois, de origem africana. A língua do nordeste marca uma cultura rica em termos, ritmos e em expressão plástica.

 

 

Trabalhos realizados sobre a linguagem nordestina pelos alunos da C. M. Zuzu Angel

 

 

A culinária nordestina não ficou de fora do projeto! Ela é fortemente influenciada pelas condições geográficas e econômicas ao logo da história, assim como pela antiga mistura da culturas portuguesa, indígena e africana.

 

As comidas quase sempre têm como ingredientes carnes de gado bovino e caprino, peixes, frutos do mar e produtos vegetais, muitas vezes cultivados pelos índios desde muito antes da colonização.

 

 

Alunos da C. M. Zuzu Angel trabalham com os alunos a  culinária nordestina

 

 

Diante do sucesso na apresentação das atividades desenvolvidas durante o projeto Pequenos Leitores de Música na culminância, as professoras perceberam que os objetivos foram alcançados.

 

Com este projeto, a equipe da C. M. Zuzu Angel estimulou e facilitou o processo de aprendizagem e desenvolvimento dos alunos com a utilização da  música e de diversas experimentações. A musicalização é um processo de construção do conhecimento, favorecendo o desenvolvimento da sensibilidade, criatividade, senso rítmico, do prazer de ouvir música, da imaginação, memória, concentração, atenção, do respeito ao próximo, da socialização e afetividade, também contribuindo para uma efetiva consciência corporal e de movimentação.

 

Parabéns aos professores da C. M. Zuzu Angel, por perceber que a  música possui um papel importante na educação das crianças. A escola está contribuindo para o desenvolvimento psicomotor, sócioafetivo, cognitivo e lingüístico, além de ser facilitadora do processo de aprendizagem. É um orgulho ter professores como vocês na 6ª CRE. Não é à toa que estamos crescendo cada vez mais! 

 

Você gostou deste projeto? Deixe uma mensagem para a equipe da C.M. Zuzu Angel! Envie o seu projeto para ser divulgado no Portal Rioeduca! Divulgue o seu trabalho! Nós somos a seXta CRE!

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 08/08/2012

Transformação 3.0 na 6ª CRE

Tags: capacitação, educopédia, 6ªcre.

 

A professora Emyli de Castro trabalha na Gerência de Educação da 6ª CRE e, entre suas responsabilidades, está a capacitação dos professores no uso do sistema Escola 3.0. A formação presencial já vem acontecendo desde o 1º semestre e objetiva apresentar o sistema aos professores da nossa coordenadoria que são regentes em escolas em que o Escola 3.0 foi implantado.

 

Até o fim de 2012, em todas as Unidades Escolares, estará implantado um novo sistema, o Escola 3.0. Seus objetivos são: melhorar a inteligência coletiva da Secretaria e auxiliar a comunidade escolar por meio da integração de dados e da criação de ferramentas e processos pedagógicos, de comunicação e administrativos mais ágeis, modernos e intuitivos.

 

O Escola 3.0 englobará a Educopédia, o Rioeduca e o Sistema de Gestão Acadêmica - SGA, que chega para substituir o SCA. O SGA permitirá o gerenciamento centralizado das atividades acadêmicas das escolas, como matrícula dos alunos, formação de turmas, movimentações, controle de notas e frequência e planejamento de aulas, de qualquer computador conectado à internet e em tempo real. Planejamentos e diários eletrônicos poderão ser acessados e utilizados de forma rápida e fácil.

 

 

 

 

Logomarca do sistema Escola 3.0 retirado do site da Prefeitura Municipal do RJ

 

A rede municipal de ensino é a mais inovadora do país. Contudo, não basta ter este título sem se ter a certeza de que todos  os participantes estão conseguindo se apropriar das novas ferramentas tecnológicas para melhorar sua prática pedagógica e para personalizar o processo de aprendizagem de acordo com o estilos e as necessidades de cada aluno.

 

É nesse contexto que a SME ofereceu o Transformação 3.0, um curso de formação continuada direcionado a todos os integrantes da rede. Na 6ª Coordenadoria Regional de Educação, quem está ministrando o curso é a professora Emyli de Castro. Nesta coordenadoria, o sistema Escola 3.0 foi implantado em 35 escolas.

 

 

Professora Emyli de Castro, dinamizadora do curso Transformação 3.0, na 6ª CRE

 

 

Durante o treinamento presencial, os professores puderam compreender o funcionamento do sistema Escola 3.0 para que, dessa forma, utilizassem os recursos presentes nele com maior tranquilidade e autonomia.

 

 

 

Montagem feita com a logomarca do Transformação 3.0 utilizada pela 6ª CRE

 

 

Nas capacitações que ocorreram em Laboratórios de Informática das escolas da 6ª CRE, foram apresentados o uso de computadores, netbooks, tablets, internet, Educopédia, Rioeduca, SGA, Redes Sociais e Blue Lab. Esses conhecimentos foram aprofundados como forma de incentivar a utilização destes equipamentos e ferramentas nas escolas; que podem tornar o processo de aprendizagem mais atraente para os alunos da rede municipal de ensino do RJ.

 

 

Professores participam do curso Transformação 3.0 no laboratório de informática do GEC Coelho Neto

 

 

 

Professores atentos às explicações dadas no curso Transformação 3.0, no GEC Coelho Neto

 

 

Segundo a professora Emyli de Castro, os professores estão adorando fazer parte  desta revolução!

 

Os primeiros encontros foram realizados já no 1º semestre. As últimas capacitações acontecerão nos dias 08 e 10 de agosto. No dia 08, serão capacitados os professores regentes e no dia 10, os Coordenadores Pedagógicos e os professores de Sala de Leitura. Mas a prof.ª Emyli não pensa em parar por aí! Ela já está planejando novos encontros para capacitar outros professores!

 

Parabéns à SME por proporcionar às escolas da rede um sistema de gestão que torna bem mais fácil o gerenciamento das inúmeras informações com as quais as escolas lidam, tornando o cotidiano escolar mais ágil e prático.

 

Parabéns à prof.ª Emyli de Castro por estar participando deste momento de transformação e proporcionando aos professores da 6ª CRE momentos importantes de troca de conhecimento.

 

Fonte: Circular E/SUBTE/n.º 01/2012

 

Gostou desta postagem? Acesse o blog da GED - 6ª CRE e conheça as outras ações realizadas por esta gerência tão dinâmica e criativa! Nós somos a seXta CRE!

Blog da GED: http://creged06.blogspot.com.br/2012_08_01_archive.html

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share