A A A C
email
Todos os posts escritos por Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª Cre
Retornando 68 resultados para o autor 'Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª Cre'

Sexta-feira, 25/05/2012

Rose In Concert

Tags: 6ªcre, troféurioeduca.

O Prof. de Música Glauber Resende, da E. M. Rose Klabin, localizada em Guadalupe, realiza com seus alunos o projeto Rose In Concert. O objetivo é transformar o espaço escolar como local onde diferentes músicas e músicos são apresentados à comunidade escolar.

 

 

 

Professor realiza concerto para os alunos da E. M. Rose Klabin

 

Com este projeto, o Prof.º de Música Glauber Resende - Licenciado em Música pela UFRJ - pretende trazer para o espaço escolar outras modos de fazer música. O projeto conta com o apoio de todos os professores e alunos da Unidade Escolar e com um auxílio bem especial das professoras  Aline Menduiña e Letícia Semeraro.

 

Os alunos esperam ansiosos pelos dias e pela programação do próximo Rose In Concert, onde o som da boa música invade a escola e se propaga para a comunidade.

 

 

Alunos apreciam o Rose In Concert

 

Introdução:

 

Ouvirr música é uma atividade que demanda certos atributos. Quando um indivíduo não tem, por formação, estes atributos, torna-se imperativo que as pessoas experimentem situações nas quais possam se experimentar diferentes tipos de música em diferentes formações instrumentais.

 


O projeto Rose In Concert pretende ser um espaço onde diferentes músicos se apresentem uma vez por mês, em um dia da semana e no final do turno.

 

Justificativa: 

 

Justifica-se a presença de um projeto como este, que traga outra(s) música(s) para o espaço escolar, pelo fato de perceber-se que o universo musical dos alunos infelizmente ainda é muito restrito.

 

É restrito a gêneros musicais que estão nas mídias, que fazem apelo a questões sexuais ou apoiando a criminalidade. Deste modo, conhecer outros gêneros, outros instrumentos e outros modos de fazer música é um fator importante, pois a música é um elemento da cultura.

 

 

Alunos assistem a apresentação de uma banda na E. M. Rose Klabin

 

Objetivos:

 

O objetivo geral do trabalho com coro na escola é o de sensibilizar os diversos segmentos da escola para a Música. Este objetivo geral se desdobra em alguns específicos, como: apresentar à comunidade escolar outros modos de se perceber a música; conhecer outros instrumentos musicais; conhecer outras formas musicais; conhecer músicas de outros tempos e de outras culturas através dos concertos.
 

 

Atividades:

 

• Concertos com diversas formações musicais;
• Concertos didáticos;

 

Todos os concertos terão programas previamente decididos, com roteiros impressos distribuídos para o público contendo as informações das músicas programadas, bem como informações sobre os músicos que se apresentam.

 

 

 

Cantores se apresentam  na E .M. Rose Klabin

 

Recursos materiais:

 

• Auditório;
• Cadeiras;
• Folhas com programa para cada concerto.

 

Recursos Humanos:


Professor Glauber Resende
 

Licenciado em Música pela UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente cursa o Mestrado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da UFRJ. Tem experiência na área de Música e Educação Musical, tendo ministrado aulas de Percepção Musical, Canto, Piano e Didática da Musicalização em instituições particulares de ensino de Música. Atualmente é professor de Educação Musical da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

 

 

Professor acompanha, no teclado, alunos cantores da E.M. Rose Klabin

 

Avaliação:

 

A avaliação pretende ser de cunho qualitativo, observando as possíveis mudanças que ocorrerão no decorrer do processo por conta de eles estarem se relacionando com a música de outra maneira.

 

Parabéns ao Professor Glauber Resende pelo comprometimento que demonstra com a educação e pelo trabalho de excelência que desenvolve com estes alunos.

 

Gostou desta publicação? Deixe um recado ou clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Conheça mais sobre o trabalho desenvolvido pela equipe da E.M. Rose Klabin no blog:

http://rknoticia.blogspot.com.br/

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

 




 

                                 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 25/05/2012

UExpondo 6ª CRE - Parte II

Tags: 6ªcre, troféurioeduca.

Tudo o que é bom, merece bis! É com esse dizer que apresento mais alguns  momentos inesquecíveis da UExpondo realizada na 6ª CRE, no mês de maio, pelas Unidades Escolares, Creches e Edis.

A UExpondo, além de valorizar o comprometimento, responsabilidade e criatividade dos alunos e professores, evidencia também as ações dos projetos desenvolvidos pelas escolas.

 

 

Símbolo da UExpondo 2012

 

Com esta exposição, a 6ª Coordenadoria Regional de Educação, deseja trabalhar no sentido de proporcionar aos alunos, professores e comunidade escolar um dia diferente com realização de atividades diversas e exposição de trabalhos. Esta ação contribui decisivamente para o crescimento intelectual de cada um e com a formação de cidadãos críticos para atuarem  na sociedade da informação.

 

A professora Cássia Cilene, elemento da Gerência de Educação, visitou a exposição da E. M. Cyro Monteiro. Ela ficou encantada com os trabalhos e o envolvimento dos alunos e professores no evento. A professora foi entrevistada por duas alunas, que farão a postagem da mesma no blog da escola. 

 

 

Cássia Cilene, elemento da GED, dá entrevista para o blog da escola

 

 

 

Aluna da E. M. Cyro Monteiro conversa com Cássia, elemento da GED, sobre o blog da Unidade Escolar

 

 

A E.M. Cyro Monteiro ornamentou os corredores com os trabalhos desenvolvidos pelos alunos e professores. O funcionamento do aparelho biodigestor para produção de gás  e fertilizante a partir de restos de comida foi demonstrado para todos  no pátio da escola.

 

 

Alunos exibem cartazes nos corredores da escola

 

 

 

Alunos apresentam maquetes sobre o meio ambiente

 

 

 

Aparelho biodigestor para produção de gás e fertilizante

 

 

A Diretora Rosângela, juntamente com a professora da Sala de Leitura receberam a professora Cássia Cilene e a acompanharam pela exposição. Os livros comprados no Salão do Livro foram apresentados aos alunos  para que todos tomassem conhecimento dos novos títulos adquiridos pela Unidade Escolar.

 

 

Da esquerda para a direita: Diretora da E. M. Cyro Monteiro, prof.ª de Sala de Leitura e Cássia Cilene

 

 

Livros comprados no Salão do Livro são divulgados para a comunidade escolar

 

 

A Coordenadora da 6ª CRE, professora Rejane Faria, visitou a E. M. Deputado Pedro Fernandes, que fica localizada em Acari. Ao chegar à escola, a professora foi logo recebida pelo aluno Gabriel com um belo sorriso no rosto e uma flor nas mãos. A emoção tomou conta da Coordenadora da 6ª CRE que abraçou o aluno e deu-lhe um beijo e um abraço bem apertado!

 

 

Professora Rejane é recebida pelo aluno Gabriel da E. M. Deputado Pedro Fernandes

 

A E. M. Deputado Pedro Fernandes apresentou os trabalhos realizados  a partir do Projeto "Um Novo Olhar Sobre a Fazenda Botafogo." A equipe gestora da Unidade Escolar recebeu e acompanhou a professora Rejane Faria  na visita à Unidade Escolar.

 

 

Responsável observa os trabalhos construídos pelos alunos

 

 

 

Equipe Gestora da E. M. Deputado Pedro Fernandes  e Coordenadora da  6ª CRE (branco)

 

 

Ao visitar a E.M. Virgílio Francisco Monteiro, a Coordenadora da CRE, prof.ª Rejane Faria, foi acompanhada pela equipe da direção ao pátio para  escola para  apreciar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos.

 

 

Equipe gestora nas extremidades e coordenadora da CRE ao centro

 

 

Ao visitar a UExpondo da E.M. Érico Veríssimo, além dos trabalhos belíssimos que estavam expostos a prof.ª Rejane Faria encontrou uma comemoração muito especial: o aniversário da aluna Débora.  A Diretora Adjunta e a turma da aniversariante estavam muito felizes. Foi um alegria só!

 

 

Alunos comemoram o aniversário da aluna Débora

 

 

Alunos se deliciam com o bolo de aniversário da aluna Débora

 

Temos ainda muita coisa para mostrar sobre a UExpondo realizada na 6ªCRE! Fiquem atentos, pois apresentaremos mais projetos belíssimos!!

 

Esse portal é nosso! Aproprie-se dele! Se todos trabalharmos juntos, faremos a diferença!

Afinal, nós somos a seXta CRE!

 

Escolas e professores, enviem para nós o endereço de seus blogs e projetos que publicaremos no Portal Rioeduca.

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

                                 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 25/05/2012

Pequenos Grandes Contadores da História e de Histórias do Brasil

Tags: 6ªcre, troféurioeduca.

 

A E. M. Ernani Cardoso realiza o projeto Pequenos Grandes Contadores da História e de Histórias do Brasil com suas turmas de Educação Infantil, buscando desenvolver em seus alunos a autonomia, a oralidade e a identidade para que estes possam transferir estas habilidades  nos atos de ensinar e aprender.

 

 

Equipe de professores da E. M. Ernani Cardoso

 

A E. M. Ernani Cardoso localiza-se em Guadalupe, próximo à Lona Cultural. A escola é gerenciada pela professora Tânia Mara, Diretora Geral, pela prof.ª Eliane Costa, Diretora Adjunta e pela professora Maria Lúcia , Coordenadora Pedagógica.

 

De acordo com as Orientações Curriculares que estabelecem eixos como o cuidar, o brincar e o aprender em situações orientadas, a equipe pautou o  trabalho de 2012 em projetos que visam permitir aos alunos a possibilidade de desenvolverem a autonomia, a oralidade e a identidade; para que, no final de cada período, os alunos apresentem, expliquem e demonstrem o que lhes foi repassado sobre o tema desenvolvido.

 

O projeto Pequenos Grandes Contadores da História e  de Histórias do Brasil tem a intenção de formar contadores, criar o hábito de leitura e desenvolver o respeito pelo trabalho do outro. Além disso, pretende inserir, brincando, fatos históricos e lendas sem se prender especificamente a uma data comemorativa.

 

Ações como empréstimo de livros, visita ao Salão do Livro, contação diária de histórias feitas pelas professoras, servem de estímulo para a formação dos  futuros leitores e contribuem para que as produções e dramatizações façam parte da vida desses alunos.

 

Os pequeninos da Educação Infantil contaram e encantaram durante a Culminância do Projeto, que foi realizada durante a UExpondo da 6ª CRE, no último dia 16 de maio. Eles provaram que a máxima  expressada por Paulo Freire que diz: "Sem a curiosidade que me move, me inquieta, que me insere na busca, não aprendo e não ensino", está em plena concordância com o fazer pedagógico da Unidade Escolar.

 

 

Imagem retirada do site http://www.pesquisamundi.org

 

Os alunos da Educação Infantil apresentaram, orientados pelas professoras da escola, os trabalhos realizados a partir do referido projeto.  Foram apresentadas contações dramatizadas, encenação de clássicos infantis e exposição de trabalhos.

 

As turmas da manhã apresentaram as dramatizações: O Brasil foi descoberto ou invadido? (EI-11), Lenda do Guaraná (EI-12), Lenda do Milho (EI-10) e Lenda da Vitória - régia (EI-21).

 

 

Alunos apresentam o jogral dramatizado: O Brasil foi descoberto ou iinvadido?

 

A turma do EI-20 encenou o Clássico Infantil Chapeuzinho Vermelho e a turma EI-22 confeccionou ilustrações sobre as histórias do Pinóquio e dos Três Porquinhos. Os alunos da turmas EI-30  teatralizaram a fábula infantil Clarinha, a Formiga Companheira. Os pequeninos da EI-31 trabalharam com livros de banho. A exposição foi um verdadeiro sucesso!

 

 

Alunos encenam a Lenda do Guaraná

 

 

 

Trabalhos são expostos no pátio da escola

 

 

Exposição de trabalho

 

 

 

Diretora Adjunta, Coordenadora Pedagógica e alunos da escola

 

 

 

Alunos dramatizam a história Chapeuzinho Vermelho

 

 

 

Alunos realizam teatro de fantoches

 

 

Parabéns à equipe da E. M. Ernani Cardoso. Equipe gestora, professores e alunos merecem aplausos pela excelência no trabalho desenvolvido.

 

 

Você gostou desta publicação?

Deixe um comentário para à equipe da E.M. Ernani Cardoso! Vamos prestigiar o trabalhos dos nossos colegas!!

Envie-nos, também, o seu projeto para que possamos divulgá-lo no Portal Rieoduca.

 

 

 

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

                               

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 25/05/2012

O Lixo Sustenta a Sustentabilidade

Tags: 6ªcre, troféurioeduca.


O Professor Ubiratan Cesar Barbosa desenvolve com os alunos do PET Antenor Nascentes o Projeto O Lixo Sustenta a Sustentabilidade. Com este projeto, pretende-se difundir o conceito de sustentabilidade entre os alunos e a comunidade. Temos que repensar nosso modo de  viver e de produzir para alcançar o desenvolvimento sustentável.

 

 

Lixo exposto a céu aberto

 

Justificativa:

 

O lixo nas ruas é uma situação cada vez mais desagradável aos olhos e perturbador à saúde pública. No dia 1º de maio de 2012, li na internet um caso de peste negra. Um senhor que passeava com a esposa (pela Europa) contraiu a peste e teve sua perna amputada, mesmo com os extraordinários avanços da ciência. Não quero nem imaginar este mal aqui no Brasil. Com que recursos poderemos contar se nem o lixo doméstico é tratado como deveria?

 

 

 Reutilizando Recursos

 

Reutilizando Recursos:

 

Muitas vezes é desse lixo que recolhemos pedaços de madeira ainda em bom estado de uso, portas de guarda roupa, caixotes e outras quinquilharias que as pessoas descartam sem a menor seleção do que jogam fora nas portas de suas casas.

Com alguns destes materiais recolhidos nas lixeiras domésticas, de mercearias e de mercados, reciclamos e realizamos inúmeros trabalhos.

Caixotes de tomates e outros legumes nos rendem madeira para as bonitas plaquinhas que as crianças lixam com afinco para pirografar o seu nome e de pessoas amadas, transformando-as em placas homenageadoras, até mesmo o nome escrito na placa indicativa do auditório do Polo de Educação Pelo Trabalho Antenor Nascentes foi feito com a madeira que fez parte de um destes caixotes.

 

Acordando as pessoas do nosso Planeta: a “Terra” 

 

 
 

 

Produtos feitos com material reutilizável

 

 

Usando a Sustentabilidade para sustentar nossa oficina



Mas aí vem a sustentabilidade em nosso socorro, quando buscamos aquele restinho de tinta que sobrou da pintura do Polo Antenor Nascentes, com uma têmpera improvisada e um toque de boa vontade, nossa tinta de parede vai servir de base para dar continuidade à pintura de base do trabalho dos nossos alunos. “SUSTENTABILIDADE!”

Os caixotes de alho são reutilizados como lindas e úteis caixas para guardar sabão na área de serviço, depois de lixados, pintados e devidamente fixados numa parede de canto próximo ao tanque de lavar roupa.

 

ISTO É SUSTENTABILIDADE!

 

 

Produtos feitos com material reutilizável

 

Já com os caixotes de laranja, aqueles de madeira mais resistente com alças, lixados, pintados e bem coloridos, são ótimos para guardar brinquedos e, devidamente empilhados e fixados na parede dão excelentes estantes para material escolar e por que não livros?

 

ISTO É SUSTENTABILIDADE!

 

 

Vila do Artesão

 

 

Hoje no Polo Antenor Nascentes

Oficina de “Meio Ambiente (Marcenaria )”

 

Na Oficina de “Meio Ambiente (Marcenaria)”, executamos um trabalho com ripinhas de madeira provenientes de um processo de sustentabilidade real. Em lugar de permitir que este material vá para o lixo, vivenciamos a sustentabilidade. Sempre que a matéria prima “madeira que está escassa, partindo da premissa de que a oficina não pode parar, a solução mais uma vez vem dela: “ustentabilidade”.

Fomos em busca das talas em que os tecidos vêm enrolados da indústria têxtil, que por ser muito frágil para o manuseio, o gerente da loja desenrola o tecido e o transfere para uma tala de madeira maciça, mais forte e resistente para o uso dos vendedores e clientes da loja.

 

 

Lojas visitadas por alunos

 

Gentilmente o gerente guarda estas talas, para que meus alunos reciclem estas preciosidades.

 

 

Funcionário de loja de tecidos  doa produtos reutilizáveis

 

De quebra recebemos tecidos para oficina de “Artes Visuais (Arte com Estilo)”, professora Denise Macieira.

 

 

O Projeto RRR (Reciclar, Reduzir, Reaproveitar) e suas etapas:

 

Primeira etapa: Temos que desenrolar cada uma das talas isto é, retirar o papel que envolve as madeirinhas. Este papel será picotado, colocado em um recipiente com água para fazermos papel artesanal... (uma outra história de reciclagem).


Uma vez com matéria prima em mãos, iniciamos a reciclagem do material.

 

 

O material reutilizável é preparado para a reciclagem

 

Todo este material que vem envolto em papel manilha é desenrolado e o que nos resta é o esqueleto feito de ripinhas finas de madeira, com perfil aproximadamente quadrado, grosseira e sem aparelhamento.

 

Segunda etapa: Os alunos desmontam os esqueletos das talas, retirando os grampos de fixação e esses materiais também são reaproveitados servindo de alça para puxadores de carrinhos. Esse trabalho é todo orientado e acompanhado pelo professor da turma, Ubiratan Cesar.

 

Terceira etapa: O professor confere e corta as pontas quebradas das madeiras, pois por serem de reaproveitamento, algumas delas chegam quebradas, impróprias para o uso e selecionamos as partes próprias para serem utilizadas. Quanto às sobras, são queimadas num fogão a lenha.

Os alunos que se interessam pelo projeto, que tem como objetivo a confecção de uma linda CESTA FRUTEIRA para colocar sobre a mesa de refeição, estante ou onde achar interessante, recebem o material e medem o tamanho das peças que utilizarão na confecção da sua “cesta fruteira“.

 

       

  

 

Alunos e professores demonstram a construção da fruteira

 

Quarta etapa: Os alunos medem as peças de acordo com o tamanho da cesta que irão confeccionar. Feito isto, o professor corta todo o material na serra tico-tico. Em seguida lhes entrega os 49 pedaços de madeirinha que formarão a cesta, para que lixem todas as peças utilizando a lixa de nº 80, a mais adequada para o acabamento perfeito.

 

Quinta etapa: Os alunos vão medir e marcar a distância da furação e em seguida fazer uma bitola para demarcar todas as peças a serem furadas.

Uma vez marcadas com o lápis, o professor faz a conferência para assim proceder e confirmar os pontos assinalados, que serão ponteados com um prego para que a broca não resvale e altere a furação. Ao serem furadas todas as peças pelo professor, na furadeira manual ou de bancada, com uma broca fina de madeira, é feita uma correção dos furos com a lixa nº 100 para dar acabamento .
 

Sexta etapa: Agora os alunos vão envernizar as 49 peças e deixar secar bem.

 

Sétima etapa: O aluno artesão vai medir o arame, cortar e enfiar nas peças de madeira seguindo as normas, que resultarão neste lindo e moderno objeto de decoração e de muita utilidade no lar. E assim, reaproveitamos materiais que seriam descartados, reduzimos a quantidade de lixo jogado fora e reutilizamos materiais, recriando objetos.

 


Brinquedos feitos com pontas de caibro de obra:

 

    

 

Material reutilizável é transformado em brinquedo

 

Vemos acima outra forma de reutilizar, reduzir e recriar materiais inservíveis.
Pena que as pessoas não associam a reciclagem à modernidade. Estamos na era da sustentabilidade elegante.

...e você ainda quer mais?

PEQUENAS ATITUDES SUSTENTÁVEIS GERAM GRANDES MUDANÇAS.


SUSTENTABILIDADE , também é isso ai!

 


ADEUS, MOSQUITOS


É só pegar um aparelho elétrico repelente para mosquitos, usar seu refil velho e gasto como molde e fazer um novo usando uma casca de laranja.


É... uma casca de laranja comum que contém vários elementos, como o ácido cítrico que é usado na conservação de alimentos e também para afastar mosquitos.


Além de afastar a maioria dos mosquitos e pernilongos, deixa um aroma suave de laranja no ambiente e a certeza de que você não está colocando nenhum componente químico artificial no ar de sua casa.


DOCE TAMBÉM? NÃO ACREDITO!

Geléia de casca de tangerina, doce da entre casca de melancia, doce de casca de banana... 

 

PREFERE UM SALGADO?

 Bife à milanesa com casca de banana.

Bom mesmo é saber que ainda podemos fazer muito mais a nível doméstico pessoal.

O que está faltando pra você começar?

 

Projeto apresentado pelo professor Ubiratan Cesar Barbosa

Professor I – Artes Industriais


Origem : PET 06.22.006.1 Antenor Nascentes


Oficina no PET : Meio Ambiente (Marcenaria)


“Polo de Educação pelo Trabalho Antenor Nascentes” É ISTO e muito mais!

 


Parabéns professor Ubiratan Cesar pelo excelente trabalho desenvolvido no PET Antenor Nascentes!

 

Gostou do projeto do professor Ubiratan?

Envie o seu também! Divulgue os projetos que você realiza na sua escola no portal Rioeduca!

Esse espaço é meu, é seu, é nosso!

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rieoduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net
 



 


 

                               

 


   
           



Yammer Share