A A A C
email
Todos os posts escritos por Professora Neilda Silva - Representante Rioeduca 8ª CRE
Retornando 6 resultados para o autor 'Professora Neilda Silva - Representante Rioeduca 8ª CRE'

Quarta-feira, 08/08/2018

Uma Escola Cheia de Poesia

Tags: 8ªcre, sala de leitura, literatura, poesia.

 

O projeto Poesia na Pires foi uma oportunidade para revelar talentos na E.M. Engenheiro Pires do Rio!

Preparando-se para o concurso Poesia na Escola, o projeto foi um grande sucesso de beleza e criatividade.

 

 

Alunos da E.M. Eng. Pires do Rio, finalistas no concurso Poesia na Pires 

 

 

“A poesia sensibiliza qualquer ser humano. É a fala da alma, do sentimento. E precisa ser cultivada.”

                                                                                                                            Afonso Romano de Sant’Ana

 

 

A Escola Municipal Engenheiro Pires do Rio desenvolveu um projeto com o objetivo de despertar em seus alunos o gosto pela poesia e pela escrita de textos poéticos.

O Concurso Poesia na Escola foi um dos caminhos para a realização desse projeto, que além da beleza literária, contribui para a diversificação pedagógica e engajamento da comunidade escolar.

A professora da Sala de Leitura em parceria com as professoras regentes das turmas do 4º e 5º anos fizeram oficinas para aproximar os alunos do gênero literário e propor atividades de escrita de versos.

 

 

Bancada de jurados analisando as poesias no concurso Poesia na Pires

 

 

O resultado da oficina de poesia foi tão surpreendente que a escola decidiu realizar um evento mais amplo para selecionar os textos que seriam encaminhados para o Concurso Poesia na Escola.

No dia 08 de junho, a escola preparou o evento que contou com a presença da professora e também poetiza Selma Barbosa Faleiro, que já foi diretora da E.M. Pires do Rio.

A professora Selma Faleiro declamou alguns poemas de sua autoria, carregando o ambiente de emoção! Os alunos também declamaram suas poesias e a reação não foi diferente, pois mostraram o quanto são talentosos e capazes de descrever suas emoções em versos e rimas.

A tarefa de selecionar as melhores poesias não foi fácil para os convidados que fizeram parte da mesa de jurados. Todas tiveram muito trabalho nessa missão, pois os alunos se empenharam e as poesias estavam realmente muito boas.

A escola contou com a parceria da Professora Sanydier Menezes da Sala de Leitura da Escola Municipal Antonio Bandeira, da Supervisora Administrativa da E/8ª CRE, Professora Adriana Miranda e da responsável Débora Figueiredo Bassut, para votarem nas melhores produções.

 

 

Partindo da esquerda:  Professora da Sala de Leitura, Regina Castanheira e professoras Cecília Barros, Rosa Brandão, Silvia Barbosa Faleiro, Mirian Kloss e Márcia Sevilha

 

Vale ressaltar que o envolvimento dos alunos com as atividades de leitura e escrita, o aumento da frequência na Sala de Leitura, a curiosidade dos alunos com os escritores poéticos e a valorização de suas produções no evento criado na escola, contribui para o melhor desempenho geral e para que o projeto Poesia na Pires fosse considerado um sucesso de emoção e aprendizagem!

 

"Nos sentimos realizadas com os frutos que colhemos, o que nos deixa um gostinho de queremos mais! Estamos estimuladas a repetir essa prática aumentando a participação dos alunos." 

                                                              Professora Regina Coeli Duarte Castanheira - Regente da Sala de Leitura

 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza à Escola Municipal Engenheiro Pires do Rio pelo projeto Poesia na Pires!

 

 

Contatos da Escola:

Email: empiresdorio@rioeduca.net

 

Participe você também!

Entre em contato com o Rioeduca e compartilhe as ações da sua escola.

 

 


   
           



Yammer Share

Sábado, 04/08/2018

Professor José Marcos Couto e o Prêmio Educador Nota 10!

Tags: educador nota 10, prêmio, projeto, 8ªcre.

 

O professor de História, José Marcos Couto Junior, levou os alunos da Escola Municipal Áttila Nunes para além do que almejaram ir, e afirma: "Estamos vivendo a parte madura de um processo!" 

 

 

 

O Prêmio Educador Nota 10 é o maior e mais importante Prêmio da Educação Básica Brasileira.

Os trabalhos premiados são ideias inovadoras que desafiam professores e alunos a encorajarem-se na busca de uma escola melhor para todos, onde a aprendizagem seja significativa e relevante na vida e nos projetos para o futuro.

José Marcos Couto Junior, professor de História na Escola Municipal Áttila Nunes em parceria com a também professora de História, Ana Beatriz Ramos de Souza, iniciaram o projeto em 2016, quando a escola se tornou Ginásio Carioca (turno único).

A primeira ideia surgiu nas aulas da eletiva "Projeto de Vida", quando os alunos foram incentivados a opinarem sobre diferentes assuntos do cotidiano. A partir das respostas apenas seriam feitos gráficos para cada turma, porém a proposta se tornou um documentário, quando o professor percebeu que as questões raciais e sociais eram temas de máxima importância para a escola.

Foram organizados pelos professores uma série de debates que resultou na I Semana da Consciência Negra da Áttila Nunes.

Já em 2017, através do enredo da escola de samba Renascer de Jacarepaguá, "O papel e o Mar", o projeto da Semana da Consciência Negra se estendeu para 4 meses. Nesse período a escola desenvolveu várias atividades baseadas na temática do enredo.

Atualmente, o projeto está em sua fase mais amadurecida! O professor José Marcos decidiu que trabalhariam com músicas e a primeira que deu base para as ações do projeto foi a música As Caravanas, de Chico Buarque, que fala sobre moradores de periferia e de favelas tentando chegar em um dia de sol em Copacabana.

Uma das atividades mais relevantes foi a reescrita dessa e de outras músicas, propondo aos alunos que seja inserida suas próprias realidades. O resultado foi surpreendente! Tanto que a reunião desses textos formou o livro "Que sejam lidos, que sejam vistos".

O livro foi publicado e os orgulhosos alunos fizeram o lançamento e tarde de autógrafos no Chá Literário promovido na escola.

Outra etapa do projeto foi trabalhar o tema: "Vocês têm que saber que o mundo é maior do que a Capitão Teixeira" (Rua principal de Realengo, bairro da escola). Nessa etapa os alunos fizeram algumas saídas. Conheceram o CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) e o Theatro Bangu.

O projeto já colheu alguns bons frutos, mas está longe de um ponto final, pois não há limites para a capacidade talentosa dos alunos.

 

"É curioso que os rapazes da música Caravanas queriam chegar na Zona Sul. Agora a História dos meninos da Áttila Nunes vai atravessar o Estado, para final em outubro!"

                                                                          Professor José Mauro Couto Jr.
 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza os professores José Mauro Couto Junior, Ana Beatriz de Souza e o projeto que resultou no livro "Que sejam Lidos, que sejam Vistos", de autoria dos alunos da E.M. Áttila Nunes.

 

 

Faça parte do Portal Rioeduca!

Entre em contato com o representante da sua Coordenadoria.

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 25/07/2018

Escola Alerta: Vida Saudável para Combater a Obesidade Infantil!

Tags: 8ªcre, saúde, pse, ciências.

 

Diante da urgência do debate sobre a Obesidade Infantil, a Escola Municipal Abrahão Jabour inseriu no seu calendário de atividades a “Semana Vida Saudável”. 

 

 

Alunos da E.M. Abrahão Jabour na Oficina de Dobraduras

 

 

O número de adolescentes obesos continua a crescer assustadoramente em todo o país, muitas crianças e adolescentes sofrem com problemas de obesidade e muitos deles permanecem acima do peso quando atingem a fase adulta.

Diante de um índice que se torna cada vez mais alarmante, a obesidade infantil já é encarada pela comunidade médica como problema de saúde pública. Pensando no bem-estar dos seus alunos, a equipe da Escola Municipal Abrahão Jabour desenvolveu a Semana Vida Saudável.

A proposta do evento é estimular a reflexão em torno dos fatores que desencadeiam o sobrepeso e conscientizar os alunos e toda a comunidade escolar sobre a importância do assunto para melhor qualidade de vida e saúde.

 

 

Professora Danielle Barreto realizando a proposta de debate sobre a publicidade infantil

 

 

Durante o evento na escola, foi apresentado o documentário nacional Muito Além do Peso, da roteirista Estela Renner. O filme fala diretamente sobre as doenças, que até pouco tempo eram restritas aos adultos, mas que hoje estão comuns entre as crianças e adolescentes, como diabetes, pressão alta e depressão.

Após a exibição do filme os alunos participaram de um debate que foi organizado pelo professor de Educação Física, Glauco Salatino. O objetivo é que os alunos façam uma reflexão sobre os alimentos que consomem, as escolhas que precisam fazer e a quantidade de tempo que passam sem nenhuma atividade física. 

No pátio externo da escola os professores Nelson Rocha e Alexandre Mathias fizeram diferentes jogos e brincadeiras populares, estimulando o movimento e a interação em grupo.

 

 

 

 

Dentro do projeto Vida Saudável, foi trabalhado o tema Mente Sã, Corpo São, promovendo a prática de atividades manuais que estimulam a concentração e a calma. Nesse momento, os professores aproveitaram para trabalhar valores ligados à cultura da paz no cotidiano escolar. 

Durante as atividades, os alunos pensaram juntos em como podem tornar a escola um ambiente mais harmonioso, onde o diálogo seja a melhor opção para a mediação de conflitos individuais e coletivos.

A professora regente de História, Danielle Barreto, a partir da exibição de vídeos de curta duração, trabalhou com os alunos a relação entre publicidade infantil e consumo. 

 

 

Alunos da E.M. Abrahão Jabour em atividades no pátio da escola

 

 

A Escola Municipal Abrahão Jabour fez um importante alerta à toda a comunidade escolar: a obesidade infantil é algo muito sério e precisa ser encarada como fator prejudicial ao desenvolvimento e qualidade de vida das crianças e adolescentes. A mudança de hábitos diários é fundamental para revertê-la e garantir uma vida mais saudável e feliz!

 

O Rioeduca parabeniza à E.M. Abrahão Jabour pela realização da Semana Vida Saudável!

 

E. M. Abrahão Jabour 

Rua Raul Azevedo, nº 378
Senador Camará – Rio de Janeiro – RJ -  CEP 21883-140

Telefone: (21) 2403-0115/ 2403-0220
Correio eletrônico: emajabour@rioeduca.net

 

 

 

Faça como o professor Uelton Souza, Coordenador Pedagógico da E.M. Abrahão Jabour, entre em contato com o Rioeduca e compartilhe as ações e projetos da sua escola!

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 11/07/2018

Obras e Invenções de Leonardo da Vinci na Feira de Ciências

Tags: 8ªcre, meio ambiente, ciências.

 

Um grande artista e inventor inspirou a criatividade dos alunos da Escola Municipal Leonardo da Vinci.

A Feira de Ciências realizada na escola foi um evento colorido, lúdico e de muitas aprendizagens. Vamos conferir?

 

 

O brincar é elemento essencial na vida e na formação dos sujeitos, pois é através do brincar que as experiências são cultivadas. Nesse contexto, a Escola Municipal Leonardo da Vinci está desenvolvendo o projeto Brincar e Aprender, é só Começar!

No 1º bimestre, a escola brincou e aprendeu com o patrono, Leonardo da Vinci, proporcionando aos alunos o desenvolvimento de competências comunicativas e promovendo interações e aprendizagens. As atividades foram pensadas buscando criar espaços para ações lúdicas, desafiadoras e criativas. 

No dia 05 de junho, as turmas foram organizadas para a realização de uma Feira de Ciências.

 

 

 

A vida, as obras e as curiosidades sobre o gênio visionário, Leonardo da Vinci, despertaram o interesse dos alunos. Suas criações foram estudadas e recriadas, tornando cada atividade uma experiência nova e muito dinâmica.

A imaginação de Leonardo da Vinci era cheia de ideias sobre máquinas voadoras. Para que essas máquinas funcionassem o ar era um elemento fundamental. Inspirados em suas invenções, a turma de alunos com Transtorno Global do Desenvolvimento realizou atividades com o tema "AR". A turma relacionou os brinquedos que precisam de ar para funcionarem, observaram a presença e a força do ar e confeccionaram balões, cata-ventos e um anemômetro.

A turma do 3º ano produziu lista de nomes de animais, pois Leonardo da Vinci os apreciava muito e tinha obsessão pela natureza. A turma também aprendeu uma curiosidade sobre Leonardo da Vinci, pois aos vinte anos ele tornou-se vegetariano, algo incomum para a época em que ele viveu. Na Feira de Ciências a turma apresentou as etapas do preparo de uma salada saudável e depois distribuíram para os presentes.

 

 

A importância da escrita também foi tema da Feira de Ciências. A escrita reversa de Leonardo da Vinci chamou a atenção dos alunos e de quem visitou o evento.

Leonardo da Vinci era canhoto e tinha um jeito diferente de escrever, usando as letras de trás para frente. As turmas do 1º e 2º anos brincaram e aprenderam com a escrita reversa. 

As turmas de Educação Infantil, por sua vez, embarcaram nas invenções e criações de Leonardo da Vinci. Misturaram cores, construíram seus inventos, fizeram releituras de suas obras e brincaram com quebra-cabeças.

 

 

 


"A Feira de Ciências proporcionou um momento rico em aprendizagens e criatividade, facilitando o processo e a relação do aprender e conhecer. "

                                                                                               Professora Flavia Rangel - Coordenadora Pedagógica

 

O Rioeduca parabeniza a Escola Municipal Leonardo da Vinci pela realização desse projeto!

 

Para entrar em contato com a escola:

Email: emvinci@rioeduca.net

Diretora: Soraia Rodrigues

Diretora Adjunta: Gisele Cristina

 

 

Faça como a E.M. Leonardo da Vinci, entre em contaro com o Rioeduca e compartilhe os projetos da sua escola!

 

 


   
           



Yammer Share