A A A C
email
Todos os posts escritos por Regina Bizarro - Representante do Rioeduca/5ªCRE
Retornando 7 resultados para o autor 'Regina Bizarro - Representante do Rioeduca/5ªCRE'

Terça-feira, 01/05/2012

Educopédia e a E. M. Oswaldo Aranha no Centro de Estudos Integral

Tags: 5ªcre, educopédia, rioeduca.

Dia 25 de abril foi dia de Centro de  Estudos,
onde professores da E. M. Oswaldo Aranha puderam conhecer a plataforma da Educopédia, além de obter informes sobre o Rioeduca, seu portal e e-mails.
 

 

 

No dia 25 de abril, aconteceu o Centro de Estudos Integral em todas as Unidades Escolares da Secretaria Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro.

 

Muitas escolas se mobilizaram e, com antecedência, solicitaram a Capacitação da Educopédia que é dinamizada por Educopedistas e/ou representantes da Empresa MStech, responsáveis pela dinâmica da plataforma.

 

Na 5ª CRE, uma das escolas que recebeu a Capacitação foi a E. M. Oswaldo Aranha, em que MSTeck e Rioeduca estiveram presentes.  O encontro foi excelente e possibilitou aos professores um encontro aberto para o conhecimento desta plataforma colaborativa.

 

 

 

 

 

     
Os professores da escola estavam presentes, junto com a Coordenadora Pedagógica, Luzia de Fátima, e a Diretora Adjunta (e ex diretora), professora Wanda, todos orientados pela atual diretora, professora Denise.

 


Ao iniciar a Capacitação, a profª Denise, diretora da escola, deu boas-vindas às representantes, tanto da MSteck, professora Claudia Francez, assim como a representante do Rioeduca, professora Regina Bizarro e os professores foram unânimes em afirmar que querem trabalhar com as aulas digitais da Educopédia, além de terem a possibilidade de usarem todas as ferramentas que a Plataforma oferece.

 

A professora da Sala de Leitura, professora Lilian Mara da Silva, apresentou o curta “Os fantásticos livros voadores do Sr. Morris Lessmore”, escrito por Willian Joyce, sensibilizando o grupo.

 

O filme narra uma história sobre pessoas que dedicam suas vidas aos livros e de livros que devolvem esse favor. É uma verdadeira carta de amor, afinal podemos encontrar nele beleza e a fonte da juventude!

 

Com o título original "The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore" o curta metragem foi o vencedor do Oscar 2012 para filme de animação.
 

 

 

 


O filme tem duração de 14min e 49s e vale a pena assistir, além de usá-lo em aulas nas Salas de Leitura e na própria sala de aula.

 

 


 

 

 

Após a apresentação do vídeo, a professora Denise, diretora da Unidade Escolar, falou que os livros tem o poder de nos fazer viajar por mundos fantásticos; que o vendaval acontecido na história nos remete ao aluno que não consegue aprender; temos que comer muitas letrinhas para ficar antenados ao novo; que a mágica da leitura nos traz alegria; a magia que fica, o lúdico e a importância da música na arte de ensinar. Com o livro, tudo ganha cor e vida.

 

  
Mas... Surgiu a pergunta: Os livros estão com dias contados?

 


Não, todos foram unanimes em responder! Eles estarão eternamente presentes, embora as novas tecnologias na arte de mediar o ensino sejam muito necessárias, pois temos que acompanhar as mudanças no mundo, superando dificuldades que venham existir nesta era digital.

 


Logo a seguir, a representante do Rioeduca, profª Regina Bizarro, falou da importância dos Blogs de professores e escolas no Portal Rioeduca, da importância de comentarem as postagens, pois são fundamentais para que possamos medir a intensidade do trabalho, que é fundamental para que o mundo reconheça a singularidade da educação carioca.

 

Falou, também, da importância dos e-mails de professores e alunos e orientou que acessem o Portal Rioeduca preenchendo um questionário, caso não conseguissem pelos meios normais.

Em destaque, aqueles que tiverem dificuldades de acesso poderão ir ao Portal a fim de comunicarem à Gerência da Educopédia, que estará pronta a resolver essa questão.

 

Instantes após, a representante do MsTech, profª Claudia Francez, apresentou a pergunta: “Para trabalhar com tecnologias nas escolas é necessário ser um especialista?”.

 

Começa assim a apresentação da Plataforma Educopédia e para assisti-la clique na imagem abaixo.

 

 

 

 

Foram momentos de prazer e descontração, além de serem de extrema necessidade, visto a importância que a Plataforma tem em relação a soma na aprendizagem dos alunos, assim como proporcionar ao professor mais uma ferramenta para que suas aulas sejam mais dinâmicas e colaborativas.
 

 

Informe-se sobre a Educopédia acessando o blog http://educopedia2010.blogspot.com

 

Acompanhem os trabalhos da EM Oswaldo Aranha através de seu blog http://escolamunicipaloswaldoaranha.blogspot.com.br/

 

 

 Professor, sua escola já tem blog ou desenvolve algum projeto interessante?

Entre em contato conosco AQUI para divulgá-los! O Portal Rioeduca é um espaço feito por e para professores.

Participe também!

 

Profª Regina Bizarro _ Representante do Rioeduca/5ªCRE

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

Facebook: https://www.facebook.com/#!/rebiza/

 

 

                                


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 02/12/2011

Escritores Mirins - Criando e Reescrevendo na EM Rodolfo Garcia

Tags: 5ªcre, blogsdeescolas, projetos.

 

 Desde 2002 a EM 05.14.017 Rodolfo Garcia, movida pela vontade de ampliar
as oportunidades de aprimoramento da expressão oral e escrita, criou o
Projeto “Escritores Mirins”, que tem o objetivo de promover os alunos
a criarem e a reescreverem diferentes tipos de textos,
levando-os a conhecer a vida e a obra
de escritores brasileiros.

 

A EM Rodolfo Garcia, há nove anos, decidiu mudar a vida da escola proporcionando aos alunos um projeto que funcionasse como uma estratégia para ampliar as oportunidades de aprimorar a expressão oral, a escrita, estimulando a leitura de diversos tipos de textos, buscando desenvolver o imaginário infantil, mobilizando toda a escola para a construção do arquivo e memórias da escola.
 

Por conta desses anseios, a escola passsou a envolver todos os alunos em atividades de leitura e escrita, criando e reescrevendo diferentes tipos de textos, como: crônicas, contos, fábulas e outros. 

 

Projeto Escritores Mirins

 APRESENTAÇÃO:

Projeto realizado na Escola Municipal Rodolfo Garcia, desde o ano de 2002, nas turmas de Educação Infantil ao 5º ano. Ciclo de Formação da Aprendizagem. Esse projeto tem o propósito de envolver os alunos em atividades de leitura e escrita, levando-os a identificar e utilizar elementos da produção escrita e os diferentes tipos de textos, com maior liberdade de escolha e integração significativa com o conteúdo escolar.
DURAÇÃO:
Este projeto tem início no começo do ano letivo, sempre que é pertinente a produção de livros artesanais de histórias/poesias produzidas em sala de aula ou de síntese do conteúdo trabalhado.
A cada ano há a escolha de um autor a ser homenageado, onde ao final, se dá a culminância do projeto na Mostra de Escritores Mirins. 

 

OBJETIVOS:

• Promover a integração social entre os alunos;
• Promover a integração com os pais e a comunidade;
• Estimular a produção de arquivos de memória da escola através da confecção de livros artesanais, produzidos durante o ano por todas as turmas da escola;
• Promover momentos de leitura, escrita e reescrita de contos, crônicas; bibliografias e pesquisas;
• Conhecer e valorizar a vida e obra do homenageado;
• Utilizar a vida e obra do autor como centro de interesse para a revisão de conteúdos trabalhados durante o ano letivo;
• Confeccionar convites para que a comunidade participe da culminância do projeto;
• Reescrever ou dramatizar obras do autor;
• Enfeitar a escola para o dia do evento.

 

PÚBLICO – ALVO:

Crianças da Educação Infantil ao 5º ano, com faixa etária entre 4 e 12 anos, aproximadamente.


JUSTIFICATIVA:

“A organização escolar precisa ser reinventada para que todos aprendam de modo mais humano, afetivo e ético, integrando os aspectos individual e social, os diversos ritmos, métodos e tecnologias, para ajudarmos a formar cidadãos plenos em todas as dimensões. (...) Com as mudanças tão profundas em todos os campos, a educação precisa ser muito mais criativa, diferente, envolvente.” (José Manuel Moran)
Dentro desta perspectiva, este projeto funciona como uma estratégia para ampliar as oportunidades de aprimorar a expressão oral, a escrita, estimulando a leitura de diversos tipos de textos, buscando desenvolver o imaginário infantil, mobilizando toda a escola para a construção do arquivo de memórias da escola.

 

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA:

A experiência da linguagem, e a da leitura especialmente, não é solitária, é um produto construído na interação em que os participantes atuam de forma ativa. Todo o percurso de aquisição, desenvolvimento, construção da linguagem inicia-se na interação social para então se realizar, se consolidar no interior do indivíduo, ou seja, se internalizar. Não como cópia, mas como reelaboração. É assim, nesse movimento do social para o individual, pela mediação do outro, que surgem o pensamento abstrato, a memorização, a atenção voluntária, o comportamento intencional, as ações conscientemente controladas, a generalização, as associações, o planejamento, as comparações, ou seja, as funções superiores da mente, as quais nos fazem humanos, de que fala Vigotsky.
É preciso que o educador, que tem como objetivo formar um leitor ativo, considere os recursos técnicos e cognitivos que podem ser desenvolvidos por meio da leitura compartilhada. Lendo, comentando e conversando sobre a leitura, numa verdadeira interação em torno dos problemas de compreensão e interpretação colocados pelo texto, esses procedimentos vão sendo explicados, exemplificados e exercitados conforme a necessidade dos leitores. A leitura não se esgota no momento em que se lê, mas expande-se por todo o processo de compreensão que antecede o texto, explora-lhe as possibilidades e prolonga-lhe o funcionamento para depois da leitura propriamente dita, invadindo a vida e o convívio com o outro. A leitura, portanto, é um modo de aprendizado permanente, não só porque possibilita a reconstrução e integração de certas mensagens, mas, sobretudo, porque é através dela que se exercita o conhecimento, e se estabelece relação entre a fala e a escrita.
Pensando na língua não só como meio de comunicação, mas como forma de conhecimento, pode-se dizer que esta permite ler a sociedade através de seus costumes e instituições. Neste contexto, é notória a importância da oralidade nas práticas escolares, pois permite a discussão, a reflexão e a interação entre a fala e a escrita.
Não é novidade que a construção do conhecimento é facilitada e se torna mais prazerosa se pudermos visualizar o objeto de estudo, observando, desenhando, pintando, modelando sempre que possível. Além disso, a expressão artística em suas diferentes linguagens (dramatizações, paródias, “raps”) possibilita o entrelace de conhecimentos no terreno criativo da condição humana.
Por isso a oralidade, o registro e a expressão artística complementam suas ações neste projeto, deixando suas marcas durante toda esta troca.

 

PROCEDIMENTOS:

• Produção de textos, coletivos e/ou individuais, sobre situações diversas dentro da escola, durante todo o ano letivo.
• Correção ortográfica destes textos, individual ou coletivamente, com auxílio ou não do dicionário (dependendo do estágio de leitura e escrita em que a criança/ turma se encontra).
• Divisão destes textos, transmitindo/ revisando a noção de parágrafos e confecção dos livros.
• Utilização da expressão plástica para ilustração de todo livro e da capa.
• Pesquisas a respeito do escritor homenageado em diferentes mídias (internet, TV / DVD, revistas, jornais,...)
• Produção de coreografias, dramatizações, debates e reescritas, utilizando as obras do homenageado.
• Confecção de livros artesanais, produzidos pelos alunos, a respeito da vida e/ou obra do homenageado.
• Produção de cartazes sobre assuntos trabalhados baseando-se na vida e obra do homenageado.
• Confecção de enfeites para a escola, utilizando as obras do homenageado como tema.

 

RECURSOS:

Além dos diversos recursos materiais disponíveis em nossa escola, contamos com as seguintes colaborações para a realização deste Projeto:
• Direção/ Coordenação Pedagógica, com textos e artigos de estudos que ofereceram durante o ano a fundamentação teórica que viabilizou o projeto.
• Professora de Sala de Leitura, que participa na produção das coreografias, além de supervisionar as dramatizações das turmas voluntárias e orientar a decoração das salas temáticas.
• Equipe Docente e discente, que realiza e aprimora o andamento do projeto, com suas idéias e sugestões.
• Pais e responsáveis, que colaboram prontamente com sucatas e confecção de materiais diversos.


"Embora eu não seja rei, decreto nesse país, que toda, toda criança tem direito de ser feliz."                                               Ruth Rocha
 

Por que do Projeto Escritores Mirins na EM Rodolfo Garcia

 

Em 2005 a escola entendeu que precisava levar os alunos a contextualizar o projeto colocando a mão na massa, fazendo-os, de fato, escritores mirins.


"Então, decidimos em comum com os pais, a edição de livros por parte das turmas orientadas pelas professoras", relata a diretora, profª Selma.


Conhecendo o projeto Abrace um Aluno Escritor, que nasceu de uma experiência bem sucedida de um grupo de professores na favela de Acari entre 2001 e 2002, a escola decidiu concretizar esse desafio. Foram editados cinco livros pelo Abrace, que fazem parte do acervo da escola.



Abaixo, livros editados pelo ABRACE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Aproveitando a oportunidade, no dia em que estive em visita à escola, pedi a professora Keila, Coordenadora Pedagógica, se poderia lê-los. Li os cinco e posso afirmar que os livros são ótimos, com textos precisos e, o mais importante, criados pelos alunos, sintetizando seus anseios e sonhos. 

 

 Escritores Mirins colocam a "mão na massa"

 

Durante esses nove anos de existência do projeto Escritores Mirins, a escola vem trabalhando incansavelmente produção de textos de autoria dos alunos. A cada ano a escola homenageia um escritor e este ano a homenageada é a escritora Sylvia Ortoff.


Mas o trabalho não para por aí. A Escola criou atividades de autoria de livros, editados manualmente, que são feitos na própria turma com a orientação das professoras. 

No dia em que estive de visita à escola fiquei entusiasmada e encantada com os livros de autoria dos alunos,  tamanha quantidade de escritores e ilustradores. Levaria muito mais de uma semana para ler todos os livros que fazem parte do acervo da escola.

 

Abaixo, alguns dos livros confeccionados pelos alunos, que foram fotografados especialmente para serem mostrados através do Portal Rioeduca.
 

 

 O Boizinho (produção de texto)
Produção coletiva dos alunos do 1º ano.

 


 

Romeu e Julieta (desenho com produção de texto)
Recriação através da história da literatura clássica

  

 

 Releitura de Di Cavalcanti (desenho)
Confeccionados individualmente em desenhos como releitura das obras pesquisadas de Di Cavalcanti

 

  

 

Karez (desenho com produção de texto coletivo)
Fala das relações do homem com o meio ambiente e o social

 

  

 

 Plante essa ideia (Produção de texto e desenho)

Fala sobre o meio ambiente e sua preservação.

 

 

O Convite e a Culminância do Projeto

 

 

O projeto teve sua culminância dia 28 de  novembro, dia da IX Exposição Escritores Mirins, onde os alunos puderam ter a satisfação de receber seus responsáveis e convidados, para mostrarem todo o trabalho de criação e recriação de textos, além de homenagearem a escritora Silvya Orthof.

 

Algumas fotos da IX Exposição Escritores Mirins

 

Espaço Sylvia Orthof com diversos trabalhos feitos pelos alunos baseados na escritora homenageada

 

 

 

 

 

 

Todas as salas foram enfeitadas com o tema desenvolvido pelas turmas.

"Cada trabalho lindo... Todos feito com muito capricho", relata a Coordenadora Pedagógica, profª Keila, por e-mail.

 

“A organização escolar precisa ser reinventada para que todos aprendam de modo mais humano, afetivo e ético, integrando os aspectos individual e social, os diversos ritmos, métodos e tecnologias, para ajudarmos a formar cidadãos plenos em todas as dimensões. (...) Com as mudanças tão profundas em todos os campos, a educação precisa ser muito mais criativa, diferente, envolvente.”

José Manuel Moran
 

Para saber mais sobre este projeto e outros trabalhos que a EM Rodolfo Garcia desenvolve com seus alunos, visite o blog da escola:

 http://emrodolfogarcia.blogspot.com/

 

Se você professor e/ou sua escola desenvolvem ou desenvolveram algum projeto

ou atividade interessante; se você, sua escola ou se algum aluno tem blog,

clique na imagem abaixo para obter o e-mail do representante do

Rioeduca na sua CRE.

 


Representante do Rioeduca na 5ªCRE - Profª Regina Bizarro

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

 

Achou interessante esta publicação?

Então comente e/ou clique nas imagens abaixo e divulgue o Rioeduca
  

                                            

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 28/07/2011

Trabalhando Valores Através da Literatura Infantil na E.M. Fernão Dias_5ªCRE

Tags: 5ªcre, blogsdeescolas.

 


ESCOLA MUNICIPAL FERNÃO DIAS

5ªCRE

 

Vamos conhecer a EM Fernão Dias? Então, comecemos pelo seu patrono.

 

 

 

Quem foi Fernão Dias?


Foi um bandeirante e desbarvador que em julho de 1674 partiu de São Paulo à frente da bandeira das esmeraldas, da qual faziam parte o genro, Manuel da Borba Gato, e os filhos Garcia Rodrigues Pais e José Dias Pais. Este último conspira contra o pai, que manda enforcá-lo como exemplo...

 

O final da sua biografia você encontrará no blog da escola.


História da EM Fernão Dias

 

Fundada em 12 de abril de 1962, completou 49 anos de existência.

 


 

 

Ela está situada a Rua Marapendi, 257_ Marechal Hermes e tem a frente da direção as professoras Gloria Maria Camara e Marcia Mascarenhas. Como Coordenadora Pedagógica, a professora Santana Paiva Carvalho.

 

A Escola atende a sete turmas de EI, totalizando 172 crianças, do Maternal II e Pré-escolar.

 

 

O Projeto Político Pedagógico - Trabalhando Valores Através da Literatura Infantil

"Este ano a escola está trabalhando o Projeto Pedagógico Cuida bem de mim, dividido em quatro subprojetos: Eu e Você (trabalhando identidade, convivência); Meu corpo no Mundo (trabalhando alimentação, hábitos saudáveis); Eu Cidadão do Mundo (trabalhando cultura, costumes, cidadania) e O Mundo que sonho para mim (trabalhando solidariedade, harmonia, meio ambiente)", relata a CP, professora Santana.

 

Festa Junina 2011

 

 

 

 

Parabéns  à E.M. Fernão Dias!

 

Vamos conhecer mais? 

 

Acesse http://emfernaodias2011.blogspot.com/

 

Este portal é nosso!
Aproprie-se dele!
Se todos trabalharmos juntos, faremos a diferença!
Afinal, somos a maior rede de Educação Municipal da América Latina.
Rioeduca.net

Escolas e professores, enviem para nós o endereço de seus blogs e projetos
que publicaremos no Portal Rioeduca.net

Representante do Rioeduca na 5ª CRE
Profª Regina Bizarroreginabizarro@rioeduca.net

 

                                          

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 25/07/2011

Classe Especial 2 da EM Albert Sabin apresenta seus projetos

Tags: 5ªcre, blogsdeescolas, saúde.

 

A EM Albert Sabin desenvolveu projetos no 1º semestre com a Classe Especial, culminando com degustações, danças, muita cantoria e uma bela exposição no pátio da escola.


A professora Mariana, da Classe Especial 2, foi a responsável por esses acontecimentos, respaldada pela direção e coordenação pedagógica .


Dia do índio


Eles conheceram e aprenderam sobre costumes indígenas.

 

 


 

         íd
Eles viram filmes, dançaram e aprenderam várias músicas.
       

 

 

 

     Após terem participado de todas as atividades, uma culminância com exposição dos trabalhos realizados pelos alunos aconteceu no pátio da escola.     

 

 

 

     Frutas, vitaminas e nossa saúde.   

 

 Outro projeto desenvolvido pela professora da Classe Especial 2 foi levar os alunos a conhecerem frutas da época e suas vitaminas para terem boa saúde.   

Eles manusearam as frutas e a professora enfatizou as vitaminas nelas encontradas.

Após todas as informações terem sido passadas, aconteceu a culminância.

Os próprios alunos prepararam e depois degustaram uma salada de frutas. 

 

 

 

  

Pelo que vimos, foram momentos de muita alegria e aprendizagem para todos os envolvidos.

Responsável pelo projeto da Classe Especial 2: professora Mariana.
Colaboração da estagiária Maria da Penha.

Vamos saber mais sobre essas e outras atividades da Classe especial da EM Albert Sabin?

Acessemos o blog  http://emsabin2011.blogspot.com

 

Este portal é nosso!

Aproprie-se dele!

Se todos trabalharmos juntos, faremos a diferença!

Afinal, somos a maior rede de Educação Municipal da América Latina.

 

Profª Regina Bizarro_Representante do Rioeduca/5ªCRE

Twitter:@rebiza

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                                          

 

 

 


   
           



Yammer Share