A A A C
email
Todos os posts escritos por Regina Bizarro_ Representante do Rioeduca/5ª CRE
Retornando 10 resultados para o autor 'Regina Bizarro_ Representante do Rioeduca/5ª CRE'

Sexta-feira, 05/10/2012

Sementes que Germinam na Turma 1306

Tags: 5ªcre, meioambiente, sustentabilidade.

 

 Plantar sementes é uma das ações que possibilita aos alunos importantes reflexões sobre a preservação da natureza e é o que mostra a professora Ana Márcia com sua turma 1306.

 


No domingo, dia 23 de setembro, numa rede aberta de televisão, aconteceu uma reportagem sobre o desmatamento e as queimadas na Amazônia. Dessa forma, pode-se perceber que nossas comemorações do Dia da Árvore são uma gota “no oceano”.

Tais comemorações deveriam ser as melhores e maiores dos últimos anos. O meio ambiente tem sido palco de diversos encontros mundiais sobre o assunto, assim como tema em diversos projetos e trabalhos na educação, além da preservação do meio ambiente ser amplamente divulgado, diferentemente do que acontecia há alguns anos atrás.

A reportagem divulgou desmatamentos, sendo o homem responsável pela abertura de trilhas nas florestas e derrubada das árvores mais valiosas e nobres.

Mas, e nossas ações enquanto pessoas? Ficam devendo ao mundo algo à natureza de tão importante para nossa sobrevivência?


Detalhes tão pequenos como separar do lixo orgânico garrafas PETs, papéis, latinhas de qualquer natureza para reciclagem; conscientizar nossos filhos, netos, amigos, enfim, preparar os que ainda estão em fase de crescimento para este desafio mundial, pois a natureza não mede proporções quando a desrespeitamos, podendo revoltar-se contra todos que a agridem. Precisamos repensar diariamente essas questões.

 


Expondo Sementes na Turma 1306

 

Foi pensando na árvore como parte do que precisamos para nossa sobrevivência que a professora Ana Márcia vem desenvolvendo um lindo trabalho com sua turma de 3º ano. Eles estão confiantes que o mundo terá solução, que o homem e as queimadas não serão os responsáveis pelos desmatamentos, que os rios não estarão mais a mercê dos poluentes dejetos e substâncias químicas.

Segundo a professora Ana, ela e a turma de 3º ano conversaram muito sobre a importância das árvores para a saúde do homem e do planeta. Foi preparada uma exposição de sementes após ter trabalhado com a turma 1306 da Escola Municipal Olegário Mariano.

 

Visitação da exposição de sementes da turma 1306 na EM Olegário Mariano

 

 

Sementes cultivadas na turma 1306

 

“Ouvimos histórias muito legais, como "A Árvore Maravilhosa" (ela dá alimento para os animais famintos, por isso o título da história) e "A Árvore que pensava", e o trabalho com sementes veio das aulas de ciência sobre as partes de um vegetal completo e enfatizamos a semente por ser com ela que tudo começa. Não fizemos colagem com sementes, pois não era essa minha proposta. Fiquei muito contente, pois eles se surpreenderam com os diferentes tipos de sementes, fizemos várias produções de texto tendo a árvore como personagem principal. Na semana da árvore, trabalhamos HISTÓRIA - O nome do nosso país e o risco de extinção do pau-brasil; GEOGRAFIA (a importância da floresta amazônica e o desmatamento); CIÊNCIAS (as partes do vegetal completo, ênfase nas sementes e na próxima semana com a chegada da primavera vamos nos estender até as flores, já que para chegarmos nas sementes falamos dos frutos); PORTUGUÊS (fizemos várias produções de texto, ouvimos histórias dentro e fora de sala); MATEMÁTICA (trabalhamos multiplicação e divisão através do reflorestamento)", relata a professora Ana Márcia.

 

Turma 1306 _ Profª Ana Márcia e aluno contando histórias fora da sala de aula

 


“Foi uma semana muito produtiva comprovando que o professor pode trabalhar de forma interdisciplinar sem abandonar os conteúdos propostos, mas é necessário planejamento”, finaliza a professora.
 
 

Enfim, é o nosso trabalho diário (em nossas turmas, com nossos alunos) que levam-os a refletirem sobre a natureza, sobre o meio ambiente, sobre a nossa vida.


Os Educadores têm um papel muito importante nesse processo!

 

Visitem o blog da professora Ana Márcia clicando em Alfabetização Criativa, muito conhecido por professores pelo seu conteúdo pertinente aos trabalhos desenvolvidos nas suas turmas. Nele duas páginas referem-se às turmas 1101 e 1306, nas Escolas Municipais Pará e Olegário Mariano. 

 

 


 

Escolas e professores participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos. Clique aqui para saber o e-mail do representante.

 

Regina Bizarro é Professora da Rede Municipal e Representante do Rioeduca na 5ªCRE
E-mail: reginabizarro@rioeduca.net /
Twitter: @rebiza / Face: rebiza
 

                                


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 02/10/2012

Era Uma Vez Uma Casa... Um Projeto Legal!

Tags: 5ªcre, meioambiente, blogdeeducadores.

Ângela Cristina Drumond Augusto, regente de turma da Educação Infantil na Escola Municipal Padre José Maurício Tomás, é amante da Arte e desenvolveu o Projeto "Casinha", usando sucatas e enfatizando a importância da preservação do nosso planeta.

  

 
A professora Ângela Cristina Drumond Augusto atua como regente de turma de Educação Infantil nas Escolas Municipais Padre José Maurício Tomás e Olegário Mariano, ambas na 5ª CRE, e desenvolveu o Projeto "Casinha" enfatizando a preservação do meio ambiente, usando sucatas e outros materiais recicláveis.


Ângela Drumond é graduada em Letras e Literatura Portuguesa e é, também, amante das Artes.

 "Comecei a desenvolver o projeto “casinha” com minhas duas turmas no mês de junho desse ano. E como estávamos trabalhando o Rio+20, juntamos sucatas, sempre enfatizando a importância de preservar nosso planeta. Só depois começamos a desenvolver “oficinas” de móveis, pintura, recorte...

E fomos fazendo a casinha...

Em cima do tema do projeto, desenvolvemos atividades de letramento e fizemos o alfabetário da casinha"; os cômodos e o telhado são de papelão. Para os móveis usamos caixas (leite, sapato), potes plásticos, sobras de espuma...", relata a professora. 

 

  Alfabetário  

 

 

  Música “A Casa”, de Vinícius de Moraes (escrita do nome da rua que o aluno mora e da rua da escola).  

 

  

  “Quem mora na casa torta?” (recorte e colagem de letras compondo nomes dos personagens)

 

 

  “Fui morar numa casinha” (destaque das vogais na letra da música)

  

Além do trabalho de Artes, a profª Ângela pesquisou no site SmartKids diversos tipos de moradias (Pesquisa SmartiKids 1), a importância  da organização e higiene que se deve ter em casa (Pesquisa SmartKids 2), para desenvolver com os pequeninos um trabalho mais amplo, possibilitando a interdisciplinaridade. 

A literatura escrita também foi trabalhada com os pequeninos, através dos contos “A casa Sonolenta”, “Em Casa”, “Os Três Porquinhos”, “Branca de Neve”, “A Bela e a Fera”.

 

O projeto incluiu a figura do pai e da mãe. Para a mãe, a professora trabalhou com a coleção “Brincando com Arte”, quando montou, junto aos alunos, um "quadro releitura de Gignard todo feito em massinha (bolinhas e rolinhos achatados; molde de coração e do vaso), pedaços de giz cera triturado e um cartão gigante em mosaico (“Fazendo arte para mamãe”)".

 

 

Quanto à figura paterna, a professora Ângela trabalhou a ”Letra P" na música “Macaquinho”, de Bia Bedran, usando massinha como ferramenta para que os alunos "escrevessem" todas as palavras que começavam com P.

 

Como culminância do projeto, aconteceu uma festa de inauguração da Casinha, regada a bolo, doces, muita alegria, contando com a participação de responsáveis.

 

 

 

Segundo a professora, algumas mães se candidataram para ficar com a casinha e  até o fim do ano letivo todos poderemos saber com quem ficará esta “obra de arte”.  

E enquanto o final do ano não chega, a professora tem planos de enfeitá-la para o Natal, esperando o Papai Noel! 

"Por enquanto, fica um convite: Quer brincar de casinha, beber um café, acender e apagar as luzes da casa (“fazer mágica”, como os alunos dizem)? Fique à vontade e seja bem-vindo (a )!!!!", diz a professora Ângela Drumond.

 

 

Para saber desse e outros projetos desenvolvidos pela professora Ângela Crsitina Drumond, acompanhe o blog http://professorealuno.blogspot.com.br/

 

 Escolas e professores, participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos. Clique aqui para saber o e-mail do representante.

 

Regina Bizarro é Professora da Rede Municipal e Representante do Rioeduca na 5ªCRE
 E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 Twitter: @rebiza

 

                                


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 28/09/2012

Teatro de Sombras

Tags: 5ªcre, artes.

O Teatro de Sombras chegou à E. M. República Dominicana através da professora da Sala de Leitura, Elisa Bamonte, em parceria com a professora de Artes Plásticas, Juliana Gonzalez.

 

A professora da Sala de Leitura da Escola Municipal República Dominicana, Elisa Bamonte, em parceira com a professora Juliana Gonzalez, de Artes Plásticas, trabalharam o Teatro de Sombras na turma 1301, usando dramatização como instrumento de ensino, em  decorrência do PPP da escola “Nós Fazemos a Diferença: Os Afrodescendentes".


E o que é Teatro de Sombras? 

O Teatro de Sombras é uma das formas (gênero) mais antigas e belas de representação do teatro com bonecos, originário da China, e se espalhou pelo mundo.

 

A ideia deste trabalho partiu da professora Elisa Bamonte, após trabalhar com os alunos na Sala de Leitura o livro “Bruna e a Galinha D’Angola”, de Gercil Almeida, da Editora Pallas.

Clique na imagem para ler o livro.

 

Créditos à Profª Cássia Mariotti/SP


 

Mas quais seriam os objetivos das professoras? 


- incentivar a leitura e interpretação de texto; melhorar a escrita e a leitura oral dos alunos; proporcionar aos alunos o acesso aos diversos tipos de linguagens: corporal, visual e a escrita; promover a socialização e o trabalho em grupo; buscar a participação, o estímulo e crescimento cultural dos alunos.


 

TEATRO DE SOMBRAS

 

 

De acordo com a professora Elisa, após a narrativa do livro, os alunos da 1301 gostaram tanto que montaram um texto coletivo sobre a história. Sob sua orientação, a turma preservou as partes principais do texto, formando um roteiro para o Teatro de Sombras.

Pensando interdisciplinarmente, a professora Juliana Gonzalez, professora de Artes da mesma turma, levou os alunos a concluírem as personagens, já iniciadas por ela, em papel-cartão, colando-as em palitos de churrasco para que estes servissem de base. "É um teatro feito por crianças para crianças." diz a professora. 

 

Professoras Elisa Bamonte e Juliana Gonzalez, junto aos alunos e elenco do Teatro de Sombra

 


Para a confecção do teatro, a professora utilizou uma caixa grande de papelão, cartolina preta, papel de seda, papel crepom vermelho e cola. As personagens foram feitas em papel cartão preto. 


As apresentações foram realizadas na Sala de Leitura, com um grupo de turmas de cada vez. O aluno Cristian foi narrando a história enquanto os colegas ficaram atrás manipulando as personagens. 

 

TV ANGOLA

 

 

Já no 5º ano, turma 1501, as professoras trabalharam a lenda "A Galinha Dangola" como texto norteador, dando continuidade ao tema continente africano usando a Televisão de Papelão - TV Angola. 


Esta lenda tem várias versões, mas a professora Elisa, responsável pela Sala de Leitura, optou pela autora Tata Riá Nkissi Nkassuté. Como proposta de trabalho foi apresentado desenhos como narrativa da lenda, através de uma televisão de papelão que chamaram de TV Angola. 

 

Os objetivos: levar os alunos a aprendizagem através da socialização, da criatividade, da coordenação, da memorização, do vocabulário, entre outros.


O trabalho com a turma foi desenvolvido na Sala de Leitura, da seguinte forma: 

- composição dos grupos;
- leitura e interpretação da lenda;
- comentários orais dos alunos;
- divisão pelos grupos das partes da lenda para os respectivos desenhos em papel ofício;
- colagem dos desenhos;
- exibição do trabalho, na TV ANGOLA por cada grupo.


E finalmente, dia 29 de agosto, houve a apresentação da turma 1501, que dividida em grupos, se apresentaou para todas as turmas as suas criações.

 

Alunos autores-roteiristas e diretores da película "A Lenda da Galinha D’Angola", pela TV Angola 

 

 

"Chamar os colegas para a platéia, encaixar os 'rolos de filme' e caprichar na emoção na voz de cada narrador" foram alguns desafios que os alunos autores tiveram que enfrentar para aprenderem e compartilharem com todas as turmas, sobre a lenda africana A Galinha Dangola.


As professoras, tão gentilmente, explicam como se confecciona uma TV de papelão. 

Material usado:

> 1 caixa de papelão resistente
> 1 cabo de vassoura cortado em dois pedaços
> tinta guache

> pincel
> cartolina preta para os botões, papel laminado para decoração
> tesoura
> cola plástica

> fita adesiva
> papel ofício para o "filme".

 

Passo a passo para confeccionar a TV de Papelão:

1- Recorte um quadrado em um dos lados da caixa para fazer a tela de sua TV. Na parte lateral, próximo à abertura da tela, faça dois furos redondos de cada lado para encaixar os cabos de vassoura – um em cima e outro embaixo.

2- Pinte a caixa por fora, com guache, da cor que preferir.

3- Atravesse a caixa com os dois cabos, pelos furos, deixando pontas para fora para poder rodar o “filme”. 

4- Cole as folhas de papel ofício em sequência e desenhe sua história quadro a quadro, da primeira para a última cena. Uma dica: meça o tamanho do recorte da tela para fazer os desenhos do tamanho certo e não deixar nenhum personagem escondido.
5. Cole com fita adesiva, no cabo de baixo, o fim do “filme”. E enrole todo o papel nesse cabo, deixando sobrar apenas quantidade de folha suficiente para alcançar, esticada, o cabo de cima. Afixe nele a ponta inicial do rolo.
6. Decore a parte da frente da caixa, sob a tela, círculos de cartolina para os botões de volume, sintonizador de canal, desenhe estrelas, círculos em papel laminado e o que mais quiser. Aí é só se esconder atrás dela, rodar o cabo de cima e ir passando o "filme".

 

Parabéns às professoras Elisa Bamonte e Juiana Gonzalez pela brilhante parceria nestes projetos onde a arte e a leitura se fizeram complementar.
 

 
“Não treinar as crianças para a aprendizagem pela força e severidade, mas encaminhá-las para que se divirtam com suas mentes, para que você possa ser mais capaz de descobrir com precisão a tendência peculiar do gênio de cada um.” 

Platão

 

Visitem, acompanhem e comentem as postagens do blog http://escolamdominicana.blogspot.com.br/




Escolas e professores participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos, clicando aqui.

 

Regina Bizarro é Professora da Rede Municipal de Educação e Representante do Rioeduca na 5ªCRE.

Contatos:

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

Facebook: #rebiza

                                


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 14/09/2012

Projeto Brincando na Praça

Tags: 5ªcre, projetos.

 A Creche Municipal Guaraciara Rodrigues Diniz
desenvolveu o "Projeto Brincando na Praça"
durante a Culminância da Semana de Educação Infantil/5ª CRE,
realizada no Parque de Madureira.

 

 

A Creche Municipal Guaraciara Rodrigues Diniz participou, com muito empenho, com o projeto Projeto Brincando na Praça na Culminância da Semana de Educação Infantil, que aconteceu no Parque de Madureira, o mais novo Parque da Cidade do Rio de Janeiro localizado no subúrbio de Madureira.

 

Os Eixos:

• Linguagens - Oral e Escrita, Música e Artes Visuais;

• Matemática - Conceitos;

• Natureza e Sociedade - Saúde e Sustentabilidade;

• Corpo e Movimento - Expressividade, Equilíbrio e Coordenação.

 

 

 

 

Seus objetivos:

• Estimular o prazer pela leitura através de diferentes linguagens; Explorar alguns conceitos matemáticos presentes no cotidiano; Estimular respeito ao meio ambiente sustentável, mobilizar no combate à dengue; Ampliar possibilidades expressivas de gestos e ritmos; explorar as diferentes dinâmicas do movimento como a força, velocidade e flexibilidade.

 

 


 

 

Atividades desenvolvidas ao longo do evento:

 

• Manuseio de livros diversos, Enquete: "Ser criança é...", Avental de histórias, Dramatização da história "Os Três Porquinhos", Origami: A casa do porquinho, Desenho, Oficina de bolas;

• Brincadeira na piscina; Contação da história "A viagem de um barquinho" (Domínio Púbico), Origem do barquinho; Olimpíada de Matemática, Caixa de Contagem;

• Inspetor Dengue, Contação da história "O mosquito dengoso" (Zeneida Lima), Manifesto "Xô, Dengue!", Apitaço Planeta Sustentável;

• Sombra Ataca!; Brinquedos cantados, Folclobrincando: Contação da história "Saci Pererê", Pulando com o Saci Pererê, Dança do Boi Bumbá, Academia do "Mexa-se!".


 

 

 

 

 

Foi um dia "prá lá" de especial com a participação da Creche Municipal Guaraciara Rodrigues Diniz  e todas as outras Creches, EDIs, Escolas da 5ª CRE, culminando com belos trabalhos de todos os professores e seus alunos da Educação Infantil.

 

Parabéns para todos!

 

A CM Guaraciara já tem blog criado na última Oficina de Blogs que aconteceu na 5ªCRE, mas, no momento, encontra-se em fase de atualização do seu design e, logo, logo estará entre as centenas de blogs da nossa rede.
 

 

  Professor, mostre seu trabalho ao Mundo, publicando no Portal Rioeduca, mas para isso precisa contatar o representante de sua CRE, clicando em SOBRE NÓS.

 

Regina Bizarro

Professora Representante do Rioeduca 5ªCRE

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza 

 

                                


   
           



Yammer Share