A A A C
email
Todos os posts escritos por Renata Carvalho - Representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Retornando 23 resultados para o autor 'Renata Carvalho - Representante do Rioeduca, na 2ªCRE'

Terça-feira, 26/03/2013

Alimentação Saudável Também se Aprende na Escola

Tags: 2ªcre, saúde.

 

Falar sobre a importância da alimentação é uma boa estratégia para incentivar os pequeninos a adquirirem bons hábitos alimentares desde a infância.

 

Cultivar bons hábitos alimentares, principalmente desde criança, é sinônimo de vida saudável. Este incentivo a atitudes saudáveis também é desenvolvido por nossas escolas através de projetos e ações que envolvem os alunos e suas famílias.


Cultivando uma alimentação saudável, é possível se proteger de doenças e melhorar a qualidade de vida. Alimentos como frutas, verduras e legumes contêm vitaminas e compostos necessários para o bom funcionamento do corpo. Com isto, percebemos a importância de conscientizarmos os pequeninos sobre o valor de uma alimentação saudável.


Os Agentes Preparadores de Alimentos de nossas escolas têm uma grande participação neste incentivo. São eles que preparam diariamente a merenda de nossos alunos. Estes funcionários seguem um cardápio e as orientações dadas pelo Instituto de Nutrição Annes Dias. Queremos parabenizá-los e agradecer pela dedicação na preparação da alimentação escolar, pois no dia 31 de março comemoramos o dia da Nutrição e Alimentação.

 

Equipe da E.M. Sérgio Vieira de Mello.

Equipe da E.M. Leitão da Cunha.

Equipe da E.M. Minas Gerais.

Equipe da E.M. Bárbara Ottoni.

 

A professora Valéria Cristina, diretora-adjunta da Escola Municipal Bárbara Ottoni, contou ao portal Rioeduca como a unidade escolar incentiva a alimentação saudável e a valorização da merenda escolar.


“A escola faz um trabalho de reeducação alimentar junto aos responsáveis e alunos. No momento da matrícula, explicamos o cardápio alimentar da escola e que o Instituto Annes Dias faz esse cardápio. Solicitamos um comprometimento por parte dos responsáveis a fim de que eles não forneçam balas, biscoitos, doces, iogurtes e outros lanches, pois, somente assim, o aluno poderá experimentar e se habituar com o cardápio escolar. No desjejum, temos leite com chocolate, baunilha, café ou vitamina de banana. O almoço e a janta contam com arroz ou macarrão, feijão, legumes e como sobremesa frutas que podem variar entre banana, mamão, laranja, maçã, melancia, abacaxi ou doce de banana.


No início do ano letivo, frutas e outros alimentos, antes de serem descascados, são apresentados aos alunos para que possam tocar, cheirar e provar.

 

Na semana de acolhimento, os responsáveis estiveram presentes na escola e conheceram o refeitório, como forma de estimular as crianças a provarem e a comerem a merenda escolar. Foi um dia de descobertas para os responsáveis e alunos, que conheceram quem irá preparar a merenda escolar durante todo o ano letivo.” Professora Valéria Cristina.

 

 

Dicas para uma Alimentação Saudável

 

Como saber se estou cultivando e incentivando hábitos alimentares saudáveis? O portal do Governo Federal, relacionado com o  Ministério da Saúde, informa algumas dicas necessárias para manter bons hábitos alimentares.

 

• Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas e outras guloseimas como regra da alimentação;


• Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa;


• Beba pelo menos dois litros (seis a oito copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições;


• Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo;


• Faça pelo menos três refeições (café-da-manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições.

 

O portal Brasil Escola também fala sobre como é importante desenvolver bons hábitos alimentares desde a infância e incentivá-los na escola. O portal mostra um teste que pode ser usado com os alunos para promover a conscientização sobre a alimentação saudável. Clique aqui para acessar o portal e fazer o teste.


O livro “A Cesta de Dona Maricota”, de Tatiana Belinky, é uma boa opção de leitura para iniciar uma conversa sobre a importância dos alimentos e bons hábitos alimentares. Assista abaixo ao vídeo sobre o livro.

 

 

 

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Renata Carvalho – Professora da Rede e representante da 2ªCRE, no portal Rioeduca
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj

 


 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 12/03/2013

Acolhendo com Carinho e Amizade

Tags: 2ªcre, protagonismojuvenil, gec.

 

Os alunos do Ginásio Experimental Carioca Epitácio Pessoa participaram ativamente do acolhimento de seus colegas na primeira semana de aula do ano letivo de 2013.

 

 

A Semana de Acolhimento é um momento muito especial, pois antigos amigos de escola se encontram e se reúnem para receber os alunos que estão chegando, construindo assim novas amizades.


O acolhimento dos alunos no GEC Epitácio Pessoa aconteceu no período de 19 a 21 de fevereiro. Cada dia, uma turma do 7º ao 9º ano do Ensino Fundamental foi recebida na escola.


 

 

Grupo de alunos protagonistas recebem os calouros do sétimo ano. Direção e professores dão as boas-vindas e falam sobre as regras de convivência na escola.

 

A professora Sandra Vallim, regente da Sala de Leitura, enviou ao portal Rioeduca um relato sobre as atividades desenvolvidas durante a Semana de Acolhimento dos alunos.


Sandra Vallim nos conta que esta é uma atividade pedagógica em que grupos de alunos protagonistas recebem os colegas para uma troca de experiências. O objetivo é vivenciar dinâmicas que promovam os quatro pilares fundamentais em que se estrutura toda a filosofia dos GECs: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver com os outros, aprender a ser.

 

Os alunos protagonistas são escolhidos mediante seu desempenho no ano letivo anterior entre aqueles que demonstram características essenciais para a prática do protagonismo juvenil. São alunos proativos, de perfil responsável e com capacidade de liderança. Atuam como coordenadores e monitores e são acompanhados por professores e pela direção que fornecem todo o apoio e suporte para a realização das dinâmicas de acolhimento.


A turma do nono ano foi uma exceção na Semana de Acolhimento, pois foi recebida diretamente por seus professores, como uma forma de demonstrar carinho pela turma que estará na escola em seu último ano. A interação entre alunos e professores foi além das expectativas.


 

Alunos protagonistas conduzindo as dinâmicas no sétimo ano.

 

Uma das atividades realizadas neste período que agradou aos alunos foi o "Balão dos Sonhos". Nesta dinâmica cada aluno escreveu seu maior sonho em um papelzinho de seda que foi amarrado numa espécie de rabiola de um balão de gás hélio. O balão foi solto na quadra da escola e o vento foi levando os sonhos de cada um até o infinito.


Além desta, outra dinâmica que movimentou a Semana de Acolhimento foi a "Aconteceu com Quem? Verdade ou Mentira?". Nesta atividade, os professores narraram histórias inusitadas e os alunos do nono ano tinham que adivinhar com quem foi, ou se era falso ou verdadeiro. Todos se divertiram e conheceram melhor seus mestres, inclusive os novos, que chegaram agora à escola e foram rapidamente acolhidos no grupo.


 

 

Alunos participando da dinâmica "Balão dos Sonhos".

 

Além de colaborar na recepção dos colegas, alguns alunos do GEC Epitácio Pessoa também participaram, junto com seus professores, do acolhimento dos alunos do Ginásio Experimental de Novas Tecnologias André Urani.

 

 

 

Alunas participando do acolhimento no Ginásio Experimental de Novas Tecnologias André Urani.

 


Os alunos protagonistas e acolhedores também enviaram ao portal Rioeduca seus relatos sobre a Semana de Acolhimento no GEC Epitácio Pessoa.


Estava todo mundo assustado com o primeiro dia de aula e com o acolhimento ficamos mais tranquilos porque os alunos antigos nos receberam muito bem, conversaram com a gente e logo todos ficaram amigos. As dinâmicas e brincadeiras em grupo, com um ajudando o outro, fez com que ficássemos mais unidos e conhecendo melhor a escola, os professores brincavam com a gente, pareciam até alunos, e foi tudo muito bom!”. Marcelle Venâncio, turma:1701.

 

 

“Acolhimento Coração” é assim: muita troca de carinho e amizade.

 

“Como foi acolher? Acolher alunos novos foi muito legal, superou qualquer preconceito que a gente tinha, porque a gente sempre julga o colega antes de conhecer. As atividades foram importantes para conhecer os novos alunos e os novos professores. Não podia ser melhor. Quero participar novamente no próximo ano como aluna protagonista e acolhedora". Ana Maria Araújo, turma 1802.

 

No nono ano, os alunos se sentiram especiais porque foram os únicos a serem acolhidos pelos professores. As dinâmicas foram divertidas, foi um “acolhimento coração”, sentimentos de carinho e amizade foram despertados com muita emoção à flor da pele, inclusive alunos que estavam brigados voltaram a se falar”.  Anna Beatriz Rodrigues, turma 1901.


 

 

Alunos do nono ano e o grupo de professores da escola.

 

Agradecimentos à professora Sandra Vallim por enviar o relato sobre a Semana de Acolhimento. Muito sucesso aos alunos e equipe do GEC Epitácio Pessoa!

 

 

Professores e escolas, participem também do portal Rioeduca. Entrem em contato com o representante de sua CRE para divulgar o trabalho de vocês. Cliquem aqui para conhecê-lo!

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Renata Carvalho – Professora da Rede e representante da 2ªCRE, no portal Rioeduca
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 29/01/2013

Projeto Consciência Negra

Tags: 2ªcre, blogsdeescolas, educaçãoinfantil.

 

Durante o mês de novembro, os alunos da Creche Municipal São Sebastião Arrelia conheceram a história de Zumbi do Palmares e o livro "Menina Bonita do Laço de Fita".

 

 

Com o objetivo de valorizar as contribuições da etnia negra na formação da população brasileira e mundial, a Creche Municipal São Sebastião Arrelia realizou o projeto Consciência Negra.


A professora Nubia Campos, diretora da creche, enviou ao portal Rioeduca um relato contando como aconteceu a realização desse projeto.

 

A creche, como espaço educativo na primeira infância, tem como uma de suas metas no Projeto Político Pedagógico a valorização da cultura negra na sociedade brasileira. 


Dessa forma, a equipe pedagógica resolveu realizar um projeto que ajudasse a combater toda e qualquer forma de preconceito racial. O grupo de educadores acredita que a educação deve ser cidadã e democrática, proporcionando oportunidades iguais para todos.
 

 

 

 

A creche, através de jogos e brincadeiras, estimulou a participação dos alunos em atividades que envolveram:

 

  • Histórias e músicas a respeito das tradições culturais;

 

  • Hábitos e costumes socioculturais como: alimentação, artes, vestimentas, brinquedos, atividades de lazer e trabalho;

 

  • Utilização de fotos e diversos materiais para observação do povo e da África;

 

  • Utilização da história infantil “Menina Bonita do Laço de Fita” para trabalhar o conceito de igualdade racial e formação do povo brasileiro;

 

  • Dramatização da história de Zumbi dos Palmares através de um teatro de fantoches.


 

 

Murais sobre o projeto Consciência Negra.

 

 

Os alunos participaram de atividades que envolveram a cooperação em grupo. Recontaram e representaram a história do livro "Menina Bonita do Laço de Fita", de Ana Maria Machado. Também participaram de jogos e brincadeiras de roda de origem africana e confeccionaram brinquedos africanos.

 

 

 

Apresentações realizadas na culminância do projeto

 

 

O registro das atividades desenvolvidas ao longo desse projeto está no blog da creche. Nesse ambiente virtual, encontramos fotos dos murais sobre o tema e da culminância do evento, uma grande festa em comemoração ao Dia da Consciência Negra que reuniu toda a comunidade escolar.

 

Assista ao vídeo abaixo e conheça a história do livro "Menina Bonita do Laço de Fita".

 

 

 

Quer conhecer mais sobre o trabalho da Creche Municipal São Sebastião Arrelia?

Visite seu blog!

http://creche-arrelia.blogspot.com.br/

 

 

Professor, o portal Rioeduca é um espaço feito por e para professores. Participe também! Entre em contato com o representante de sua CRE para divulgar o blog ou projetos desenvolvidos por sua escola.

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

 

Contato:
Professora Renata Carvalho – Professora da rede e representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 22/01/2013

Família e Escola: Uma Parceria de Sucesso

Tags: 2ªcre, blogsdeescolas, creches, educaçãoinfantil, edi.

 

A união entre família e escola é importante para o bom desenvolvimento escolar e social do educando.

 

 

Sabemos que a vida moderna é corrida e muitas vezes nos falta tempo para cumprir todas as tarefas diárias. Porém, muitas famílias e escolas criam estratégias para estarem unidas buscando uma parceria que auxilie na vida das crianças e dos jovens.

 


Visitando os blogs das escolas e creches da 2ª CRE, identificamos diversas estratégias criadas para que essas duas instituições, fundamentais na vida do aluno, estejam em sintonia.


 

Encontramos, nesses ambientes virtuais, várias situações significativas de união entre escola e família. Temos exemplos das reuniões de responsáveis, oficinas realizadas na escola promovendo integração, palestras e a participação ativa da família dentro do ambiente escolar. Abaixo, conheceremos algumas dessas estratégias que foram bem sucedidas ao longo do ano de 2012.

 

 

A Escola Municipal Bárbara Ottoni, através de seu projeto anual que contou a história dos 90 anos da unidade escolar, reuniu a família dos pequeninos por diversas vezes para auxiliar na aprendizagem desses alunos. Temos, como exemplo, a visita dos avós à escola, onde eles puderam contar um pouco sobre algumas curiosidades da época em que foram crianças.

 

 

 

 

 

A Creche Municipal Jacó Inácio Gomes reuniu os pais e responsáveis para participarem do programa Primeira Infância Completa (PIC). Nesse encontro, a família participou de várias ações no ambiente escolar, contaram histórias e realizaram atividades junto com os pequeninos.

 

 

 

 

O Espaço de Desenvolvimento Infantil Igor Moraes da Silva realizou a “Escola de Pais”. O encontro contou com a participação da assistente social Patrícia Almeida e da Professora Nádia Rego, representantes do PROINAPE (Programa Interdisciplinar com  Apoio às Escolas do Município do  Rio de Janeiro), que desenvolveram um debate com os responsáveis e educadores a partir do vídeo do Instituto Alana: "Mídia e Consumo, Criança, a Alma do Negócio".


 

Ao final da palestra, os responsáveis receberam uma cartilha que foi preparada pela direção do EDI entitulado “Saiba como Proteger a Criança do Consumismo”.


 

“Os pais demonstraram muito interesse pelo tema, participando com questionamentos e relatos", texto retirado do blog do EDI.


 

 

 

 

A Escola Municipal Benedito Ottoni convidou os responsáveis dos alunos para participarem de um Cine Pipoca. Foi uma oportunidade de aproximá-los da escola.


 

O evento faz parte do calendário da escola e, após assistirem ao filme “Mãos Talentosas”, a coordenadora pedagógica, professora Vanessa, se reuniu com os responsáveis presentes. Nesse momento, puderam conversar sobre o papel da mãe do personagem, que fez toda a diferença na vida do filho, e cada um também pôde refletir sobre seu papel na vida dos pequeninos.


 

Além de assistir ao filme, os convidados participaram de uma tarde de empréstimos de livros na Sala de Leitura da escola.


 

 

 

 

Com os relatos dessas experiências, podemos perceber o quanto é importante e possível a integração entre família e escola. Duas instituições que buscam o mesmo objetivo: um futuro melhor para crianças e jovens!

 

Professores, queremos conhecer e publicar os relatos de sucesso de suas escolas.

Entrem em contato conosco!

 

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca, na 2ªCRE

email: renata.carvalho@rioeduca.net

Twitter: @tatarcrj

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share