A A A C
email
Retornando 335 resultados para a tag '7ªcre'

Terça-feira, 30/05/2017

Artes Cênicas e o Combate às Arboviroses

Tags: 7ªcre, projetos.

 

A professora Claudia Vieira, da Escola Municipal Frederico Trotta, desenvolveu um projeto com artes cênicas envolvendo turmas de 7º ano a partir da campanha da rede de prevenção aos vírus dengue, zika e chikungunya.


Claudia Vieira, professora de artes, pesquisou material na Multirio e apresentou aos alunos, conversando e pedindo que cada turma desenvolvesse uma atividade cênica sobre o tema. Como já trabalha com audiovisual, propôs as atividades nessa linguagem.

 


 

Turma 1701: apresentou a animação com a música “Pra dengue sambar” e trabalhamos percussão corporal, um pouco de coreografia e confecção de adereços.

Turma 1702: divididos em grupos, foi pedido que cada um criasse duas notícias, uma previsão do tempo relacionada ao período de chuvas e se dividissem nos personagens apresentador de telejornal, repórter e entrevistados.

 

 

Turma 1703: também divididos em grupos deveriam criar uma história em quadrinhos partindo dos personagens “caça-aedes”, ao invés de desenhos, fotos montando os quadros onde eles mesmos seriam os personagens.

 

 

Turma 1704: Também inspirados em animações da Multirio, pedi que cada grupo criasse um jogo de diversas modalidades esportivas entre cidadãos e mosquitos (ou vírus). Porém, o texto deveria abordar causas e consequências da não prevenção e com a vitória da prevenção. A linguagem escolhida também foi a edição de fotografias.

 

 

Foi usado sempre o horário das aulas de arte cênica (2 tempos semanais) para criação, ensaio, filmagem e fotografia. A edição foi feita pela professora, pois é um processo que eles ainda não dominam.

Os adereços foram confeccionados por eles ou do acervo da professora, que fez questão de usar somente adereços e que eles estivessem de uniforme e não figurino, e também mostrar o espaço da sala de aula como um espaço lúdico. 

                                                                                                                   Informações enviadas pela professora Claudia Vieira.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

Contato da E.M.Frederico Trotta:

emftrotta@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 16/05/2017

EDI Monsenhor Cordioli : 50 Anos de Muitas Histórias!

Tags: 7ªcre, projetos.

 

Na perspectiva da comemoração do jubileu do EDI Monsenhor Cordioli em 31 de julho do corrente ano, a unidade escolar iniciou um novo Projeto Político Pedagógico com a temática "Por um mundo melhor", comemorando, valorizando e preservando.

 

Sob essa ótica, o projeto anual aborda o tema "Monsenhor Cordioli: 50 anos de MUITAS HISTÓRIAS!". Ao vivenciar essa temática, pretende-se  que a comunidade escolar conheça quem foi Monsenhor Cordioli, tenha noção da trajetória da Escola até se tornar um EDI, valorizando e resgatando a sua história. Despertando assim, a noção de zelo, apreço e pertencimento à unidade escolar.

 

       Fazendo o nome com massinha de modelar.

 

Para dar vida ao projeto, este foi dividido em subtemas a saber:

Quem te viu, quem te vê. Quem sou eu, quem é você? Neste tema foi desenvolvido a identidade pessoal e corporal e da identidade do Patrono do EDI e nos cuidados com o corpo veio o tema do combate ao mosquito Aedes aegypti onde as crianças tiveram a oportunidade de descobrir como o mosquito se desenvolve, o que ele causa à nossa saúde e como evitamos que ele se reproduza.

 

 

Trabalhando a identidade a partir de histtórias como Branca de Neve.

 

Esquema corporal em papel pardo do tamanho do corpo da criança.

 

Identidade : atividade utlizando diferentes materias.

 

No período do Carnaval,  marchinhas de carnaval animaram nosso EDI Monsenhor Cordioli para celebrar uma folia saudável, sem dengue, sem Zika, sem chikungunya, pois aqui ‘Mosquito não se cria’. As turmas do maternal mencionaram os cuidados com as plantas, vasos, pneus e garrafas. Registrando o aprendizado no cuidado com a Mosquito Aedes aegypti a tradicional marchinha ‘Mamãe eu quero...’ ajudou o EI 31 a cuidar dos os vasinhos e pneus. Os pequeninos do EI 21 aprenderam que é possível ter plantinhas e cuidar da natureza sem o malvado do mosquito.

 

Música de Carnaval com adaptação para combate a Dengue e história coletiva Magali contra a Dengue.

 

A partir do conceito mosquito e das letras de marchinhas conhecidas como ‘Ei você ai...’ a pré-escola usou do corpo para fazer arte no combate ao Mosquitão, refletiu sobre o ciclo de criação do Mosquito, experimentou os cuidados com o meio ambiente no descarte do lixo no lixo.

 

  Cartazes contra a Dengue .

 

Para os próximos bimestres:

* De perto e de longe aqui no EDI! Em que serão desenvolvidas temáticas a respeito do bairro, escola, moradia abordando trajetos entre a escola e a residência e família;

* Arraial Cinquentão! Respeitando uma festividade antiga da comunidade escolar faremos a comemoração das festividades juninas com comidas típicas, cuidados com o fogo e perigo de balões.

* Contos e encantos no Cordioli! Serão abordadas as memórias da escola por meio de relatos de ex-alunos, ex-funcionários, fotos antigas da escola e comunidade onde está inserida; e por último,

* 50 anos de história tem o EDI que escolhi! Neste será comemorado os 50 anos da instituição por meio de uma exposição com trabalhos realizados ao longo do ano.

Com o desenvolvimento do projeto anual no EDI Monsehor Cordioli espera-se  que esse ano seja de muito aprendizado e troca de saberes para as crianças, os educadores e responsáveis, que após terem vivenciado o trabalho desenvolvido no projeto anual, estejam preparados para as próximas gerações.

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato do EDI Monsenhor Cordioli:

edicordioli@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 02/05/2017

Aqui É um Lugar de Paz - 7ªCRE

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 As unidades escolares da 7ª CRE desenvolveram diversas ações envolvendo a campanha  Aqui É um Lugar de Paz iniciada pela Secretaria Municipal de Educação , Esportes e Lazer.

 

A violência urbana é uma questão que desafia os cariocas há décadas. A nova campanha da Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer acredita na capacidade de mobilização da comunidade escolar para conduzir uma ampla discussão em torno do tema (Multirio). Confira abaixo um pouco do trabalho que foi feito no mês de abril em escolas, creches e EDIs localizados na 7ª CRE.

 

Escola Municipal Maria Florinda Paiva da Cruz

 

A professora de Artes Crisitna, da Escola Municipal Maria Florinda, realizou um trabalho abordando o tema Paz e englobando conceitos como violência, respeito ao próximo e  gentileza. As professoras Maria e Luzia (inglês), na turma 1403, realizaram atividade a partir da música dos Beatles All we need is love (Tudo de que precisamos é amor). Os alunos assistiram ao videoclipe da música e conversaram sobre de que mais precisamos: love (amor), peace (paz), respect( respeito), patience (paciência), happiness ( felicidade), friendship (amizade).

 

  Atividade de Artes envolvendo o tema paz.

 

Inglês no 4º ano : Beatles e o tema paz e amor.

 

Ginásio Carioca Professor Albert Einstein

 

O Ginásio Carioca Prof. Albert Einstein realizou diversas atividades em defesa da Paz, com o objetivo de mobilizar toda a comunidade escolar sobre campanha iniciada pela Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer contra a violência e em defesa da paz. Nossos alunos , orientados e motivados pelos seus professores, confeccionaram murais sobre a paz; fizeram produções textuais; adesivos da pomba da paz; elaboraram cartazes; cantaram a música : "A paz" de Gilberto Gil.

O tema também foi discutido em sala de aula .Destacamos a participação da turma 1903, que orientada pela professora Sonia Cunha PI de Ciências fez uma paródia da música : "Eu só quero é ser feliz", em homenagem à Maria Eduarda.

Foram Realizadas diversas atividades no dia 6 de abril , quinta-feira passada e todos fizeram um bonito e emocionante trabalho. (relato da unidade escolar)

 

         Alunos envolvidos com atividades sobre a paz.

 

Escola Municipal Engenheiro Álvaro Sodré

 

A Escola Municipal Engenheiro Álvaro Sodré, com toda a sua comunidade Educativa, cumprindo a solicitação da SMEEL, hoje, dia 6 de abril, quando a morte de Maria Eduarda completa sete dias, também dedica e realiza ações à memória da nossa aluna e à defesa da paz em nossa cidade.

Mas não queremos viver apenas o luto. Que o luto nos mova à vida, e vida em Paz! Por isso, nossas crianças, pela faixa etária e pela região quase rural em que vivem, não estão tão tocadas pela guerra urbana que vitima crianças. Mas nossas crianças são atingidas por outro tipo de violência, tão cruel quanto uma bala de arma de fogo, e que pode lesar uma vida ainda em crescimento: a violência doméstica e o abuso sexual de menores.

Portanto, a Comunidade se uniu para através de palestras, cartazes, e em especial, a leitura do livro Pippo, alertamos nossos alunos contra esta violência e estabelecermos uma cultura de Paz em nosso entorno, no ambiente de nossas famílias. Que o futuro de nossas crianças seja de PAZ! Todos os funcionários da escola vestiram roupas brancas para destacar ainda mais nossas ações. (relato da unidade escolar)

 

   Aprendendo inglês com o tema paz.

 

Alunos e professores reunidos.

 

E. M. Barão da Taquara

 

Os professores conversaram com os alunos, focaram na situação ocorrida, discutiram o tema nas salas de aula e na sala de leitura. Os alunos viram reportagens através do data show e também debateram sobre bullying.

A questão que escola eu quero para mim? foi abordada em conjunto entre professores, funcionários e alunos. Foram produzidos cartazes sobre a importância da paz e textos sobre a escola desejada com a participação dos professores de Educação Física.

 

Representando com o corpo a palavra paz.

 

Debate sobre a escola que queremos e bullying.

 

EDI Ana Carolina Pacheco da Silva

 

                      Equipe reunida e cartaz sobre cuidados com o Mundo  .

 

    EDI Vera Lúcia Martins Costa

 

Trabalhos envolvendo artes e cartazes com o tema paz.

 

CIEP João Batista dos Santos

 

Atividade envolvendo a pomba da paz e escrita espontânea.

 

 

Escola Municipal Naturalista Augusto Ruschi

 

A pomba da paz e mensagens sobre o tema.

 

Mural com valores envolvendo a paz.

 

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

 

 

Contato  para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

Contato E.M. Maria Florinda Paiva da Cruz:

emfpcruz@rioeduca.net

Ginásio Carioca Prof. Albert Einstein :

emeinstein@rioeduca.net

E.M. Engenheiro Álvaro Sodré:

emasodre@rioeduca.net

E.M. Barão da Taquara:

emtaquara@rioeduca.net

EDI Ana Carolina Pacheco da Silva:

edianasilva@rioeduca.net

EDI Vera Lúcia Martins Costa :

ediveramartins@rioeduca.net

CIEP João Batista dos Santos:

ciepsantos@rioeduca.net

E.M. Naturalista Augusto Ruschi:

emruschi@rioeduca.net

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/04/2017

Cidadania em Construção

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 Estudantes da Escola Municipal Juan Montalvo estiveram no Jockey Club Brasileiro em aula passeio para conhecer o primeiro dia do torneio de Tênis Rio Open 2017  a convite da organização do evento.

 

O Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Juan Montalvo é Cidadania em Construção. A preparação para a aula-passeio ,que aconteceu no dia 20 de fevereiro, ao Rio Open - maior Torneio de Tênis da América do Sul, envolveu a preocupação com a responsabilidade de representar a unidade escolar em mais um evento esportivo internacional.

 

     Alunos da E.M. Juan Montalvo no Rio Open.

                                                                    

Após torcerem pelo tenista brasileiro Rogério Dutra, passearam pelo Boulevard Leblon e posaram para fotografias com atletas e ex-atletas como Gisele Miró na tarde dedicada pelo Rio Open aos projetos sociais.

 

 Alunos com a atleta Gisele Miró.

 

Os alunos tiveram acesso ao conhecimento sobre as pessoas envolvidas na organização, atletas, ex-tenistas homenageadas, o contato com expositores, a conduta cidadã e um olhar atento para a paisagem urbana ao longo dos 30Km entre a Taquara e a Gávea. Tudo para aproveitar ao máximo esta singular experiência pedagógica.

Conhecer melhor sua cidade e uma modalidade esportiva já praticada na Escola, além de estabelecer contato com pessoas num ambiente especial que induz a mais e maiores sonhos é o saldo para estas crianças tendo na Escola a promotora de mais esta oportunidade.

 

          Alunos na  quadra esportiva onde occorreu o Rio Open.

 

E o Tênis, na modalidade Mini-Tênis vai ganhando espaço nas aulas de Educação Física na Escola Municipal Juan Montalvo e estar num evento internacional foi a realização de um sonho para todos. E uma ação que visa a alimentar novos e maiores sonhos.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da E. M. Juan Montalvo:

emmontalvo@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share