A A A C
email
Retornando 153 resultados para a tag 'artes'

Quinta-feira, 09/05/2019

Escola Municipal Professor Antônio Boaventura - 9ª CRE

Tags: 9ºcre, primário, artes, corpo..

Corpo – A primeira forma de Linguagem

 

Todas as crianças devem vivenciar diferentes sensações e percepções, para que assim possam descobrir suas possibilidades e ampliar suas linguagens, seja de forma verbal ou não verbal. Elas se expressam de diversas formas: dramatizando, imitando, cantando, jogando, desenhando e conversando. Com isso, gradativamente, vão tomando consciência do seu próprio corpo. 

Nesse contexto, a Escola Municipal Professor Antônio Boaventura colocou em prática uma proposta que reflete o momento de fantasia, predominante na infância, relacionando-o à realidade. O objetivo foi propiciar o desenvolvimento do esquema corporal, que é a consciência do corpo como meio de comunicação, consigo mesmo e com o meio, além da criatividade dos alunos.

 

 

Alunos se expressando através do corpo

 

 

A Unidade de Ensino está situada na rua Nova Era, nº 401, Campo Grande, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro e atende, em horário integral, alunos cursando o primário do Ensino Fundamental. Inaugurada em 2016, a escola é referência na qualidade de ensino e super elogiada por toda a comunidade escolar. O trabalho é desenvolvido por profissionais de extrema competência e já mudou a realidade da população local.

 

 

Estudantes desempenham as atividades com muita alegria

 

 

Segundo a professora Raquel Souza, de Educação Física: “É através desse instrumento, o corpo - a primeira forma de linguagem, que todos os saberes são incorporados. Manter algumas posturas, enquanto a professora registrava as cenas, pode não ter sido uma tarefa muito fácil, mas a experiência mostrou como são capazes de superar desafios e o resultado foi maravilhoso".

 

 

Atividades do projeto sendo desenvolvidas pelos discentes

 

 

A diretora Adriana Pereira dos Santos relatou que a equipe gestora tem muito orgulho dos profissionais que atuam na escola e do excelente trabalho que realizam. A cada dia é surpreendida com a dedicação, criatividade e inovação de cada um em suas práticas. Este lindo trabalho, desenvolvido pela professora Raquel Souza, em parceria com a belíssima produção artística do professor de Artes Caio Armstrong e da Coordenadora Pedagógica Juliana Delgado Pires, é um exemplo de que com amor, dedicação, criatividade, talento e recursos usados no nosso cotidiano, podemos alcançar nossos objetivos.

 

 

Alunos expressam o sentimento de amor com muita alegria

 

 

Os alunos ficaram muito motivados e empenhados em contribuir para o sucesso do trabalho. Os responsáveis também adoraram os registros e o resultado do projeto. 

 

 

Para saber mais:
Unidade Escolar: Escola Municipal Professor Antônio Boaventura
Direção: Adriana Pereira dos Santos
E-mail: emboaventura@rioeduca.net
Telefone: 2323-7025

 

 

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!

 


Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 10/04/2019

Escola Municipal Antônio Bandeira - 8ª CRE

Tags: 8ªcre, sustentabilidade, reciclagem, artes.

 

A Escola Municipal Antônio Bandeira apresentou aos alunos o conceito de sustentabilidade em consonância com a criatividade e o lúdico. Os alunos criaram fantasias e adereços com materiais recicláveis. No dia do baile de carnaval, realizado na escola, cada um queria apresentar a sua fantasia e falar sobre o seu processo criativo.

 

 

 

Aluna Giulia de Jesus Oliveira, da Turma 1502 na E.M. Antonio Bandeira

 

 

No ano de 2018, a Escola Municipal Antônio Bandeira iniciou o PROJETO SAPOLÊ. A primeira iniciativa da proposta estava pautada na formação de leitores tanto na escola, como em toda a comunidade do Sapo, no bairro de Senador Camará.

No atual ano letivo, a E.M. Antônio Bandeira iniciou outra etapa do projeto com novos desafios e propostas, pois além de promover a leitura, a equipe pedagógica tem como objetivo levar os alunos à uma séria reflexão e a uma tomada de postura em relação ao futuro do nosso planeta.

Com o tema "Formando Grandes Leitores para a Construção de um Futuro Sustentável", a Escola Municipal Antônio Bandeira planeja uma série de ações para a conscientização de seus alunos, a fim de que possam se tornar cidadãos atuantes na comunidade em que vivem.

A apropriação da leitura como meio de construir saberes para um posicionamento crítico é o que a escola pretende construir com cada aluno.  

 

Alunos preparando os materiais recicláveis para a realização da Oficina de Fantasias e Adereços

 

 

Dando início às ações de 2019, os alunos foram levados a refletir e buscar alternativas para as questões ambientais.

O protagonismo juvenil, a autonomia e o senso de responsabilidade coletiva pautaram as discussões que foram propostas aos alunos e funcionários da Unidade Escolar.

A reciclagem foi um dos temas mais abordados, visto que o lixo é um dos grandes problemas da sociedade moderna. O descarte cada vez maior de materiais na natureza e também o acúmulo de lixo próximo às residências foram apontados como fatores de risco ao bem estar e à saúde dos moradores das grandes cidades.

Nesse contexto, os alunos da E.M. Antônio Bandeira não só falaram sobre reciclagem, eles colocaram o conceito em prática!

No baile de carnaval, que aconteceu no dia 28 de fevereiro, os estudantes criaram todas as fantasias e adereços a partir de materiais reciclados.

Sacolas de plástico, caixa de ovos, papelão, garrafas pet, rolinhos de papel higiênico e outros materiais foram transformados em matéria prima. Os alunos se organizaram em grupos para selecionar, preparar e criar as fantasias, que foram o ponto alto do Baile de Carnaval da escola.
 

 

 

 

Alunos apresentando as fantasias produzidas com materiais recicláveis

 

Outras ações já estão em andamento no PROJETO SAPOLÊ na E.M. Antônio Bandeira, pois a equipe acredita que uma escola viva deve ser dinâmica, criativa e estar ligada à todas as demandas sociais.

 

“A escola segue plantando sonhos na Comunidade do Sapo, em Senador Camará, fazendo da Educação uma poderosa arma contra as desigualdades e mostrando aos nossos alunos e suas famílias que mesmo com escassez de recursos podemos fazer a diferença, pois acreditamos e lutamos por uma Educação Pública de qualidade!” - Professora Maria de Fátima Borge

 

 

 

O Rioeduca parabeniza aos alunos e professores da E.M. Antônio Bandeira!

 

 

 

Alunos da E.M. Antônio Bandeira no desfile realizado no Bailinho de Carnaval da unidade escolar

 

 

Para saber mais sobre o projeto, clique aqui: SAPOLÊ 

 

 

Escola Municipal 08.17.029 Antônio Bandeira

End.: Est. Engenheiro Humberto Bandeira Melo - Senador Camará

Email: embandeira@rioeduca.net

Tel.: 2404-5624

Diretora Geral:Elisangela Bittencourt

Diretora Adjunta: Cristiane de Miranda

Coordenadora Pedagógica: Célia Regina  Vimercate

Professora Regente de Sala de Leitura: Sanydier Barreto

 

 

 

 

Entre em contato com o representante da sua CRE e participe do Rioeduca!


 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 20/12/2018

Olhares Cruzados: Imagens de Duas Culturas

Tags: 2ªcre, artes visuais.

 

A disciplina de Artes Visuais proporcionou aos alunos da Escola Municipal Noel Rosa atividades culturais que agregaram o conhecimento dos educandos.

 

 

A professora Julia Veneza, regente de Artes Visuais da Escola Municipal Noel Rosa contou ao portal Rioeduca sobre uma visita que os alunos do quinto e sexto anos da unidade escolar fizeram à exposição: “Olhares Cruzados: imagens de duas culturas”.


A atividade foi desenvolvida na disciplina de Artes Visuais e contou com a colaboração da professora regente Denise Marques e da Diretora Adjunta Adriana Neiva.

 

 

 

 

Os objetivos principais da atividade foi conhecer o prédio histórico do Arquivo Nacional e ver a exposição “Olhares Cruzados: imagens de duas culturas”.

 

 

 

 

A exposição “Olhares cruzados: imagens de duas culturas” traz a visão do fotógrafo canadense Robert DiVito sobre a cultura da Cidade do Rio de Janeiro e da fotógrafa brasileira Ana Rodrigues sobre a cultura da Cidade de Toronto, no Canadá. Após a visita à exposição, os alunos foram convidados a criar fotomontagens com imagens das duas cidades e colagens com materiais variados, trazendo uma visão própria do grupo.

 

 

 


“Através da exposição, os alunos puderam perceber as diferenças culturais entre as duas cidades, mas também encontraram muitas coisas em comum: os grafites nas ruas, o contraste entre a arquitetura nova e antiga, o movimento das grandes cidades. Foi uma experiência muito interessante! ” – Relata a professora Julia Veneza.

 

 

 

 

Agradecemos a professora Julia por compartilhar conosco o relato de uma atividade que colaborou com o conhecimento cultural dos educandos.

Desejamos sucesso a toda comunidade escolar!

 

 

Quer saber mais?

O contato da Escola Municipal Noel Rosa é: emnoelrosa@rioeduca.net

Telefones: 2218-4595 / 2218-6930

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 28/11/2018

FLIPAM, o Festival Literário de Padre Miguel

Tags: 8ªcre, projetos, sala de leitura, artes.

 

O 1º Festival Literário de Padre Miguel chegou para ficar! O evento, que foi uma iniciativa das Salas de Leitura de duas escolas, se tornou uma celebração à arte, à cultura e principalmente à literatura.

 

Professora Beatriz Roldan, da Sala de Leitura da E.M. Humberto Castelo Branco

e suas alunas que marcaram presença na FLIPAM.

 

 

O 1º Festival Literário de Padre Miguel, o FLIPAM, realizado no dia 4 de outubro, foi uma iniciativa das Salas de Leitura das escolas E.M Roberto Simonsen e E.M General Tasso Fragoso.

 

Juntas, as professoras Eliane Mentzingen e Neilda Silva, perceberam a necessidade de criar um evento que marcasse no calendário um dia voltado à leitura, a literatura e as manifestações artísticas na Comunidade de Padre Miguel.

 

O evento começou sem a intenção de ser tão grandioso, mas com a adesão das escolas do entorno, como a E.M. Engenheiro João Thomé, E.M. Anna Amélia, E.M. Bangu, E.M. Clementino Fraga e CIEP Mestre André, o projeto do 1º Festival Literário de Padre Miguel tornou-se a união dos professores e alunos em busca da valorização da leitura e da formação de uma comunidade de leitores.

 

 

Apresentação de teatro da E.M. Bangu

 

Para iniciar o projeto, os alunos participaram de um concurso de desenhos, com o objetivo de eleger a imagem que iria ilustrar os convites e os folders do Festival Literário.

 

Cada escola participante enviou 2 desenhos para a escolha e no resultado do concurso a imagem criada pela aluna Ana Julia Lopes, da E.M. Tasso Fragoso, foi a mais votada.

 

O festival aconteceu na Nave do Conhecimento de Padre Miguel, durante todo o dia. Quem chegava ao evento encontrava um ambiente encantador! No espaço, estavam expostos os trabalhos que foram desenvolvidos pelas Salas de Leitura, como um convite para conhecer um livro, um gênero literário ou um autor.

 

 

Professora Carine Lemos, regente de Música, na apresentação da E.M. Roberto Simonsen

 

 

No palco da Nave do Conhecimento, aconteceram as apresentações artísticas. Os talentosos alunos declamaram poesias, fizeram apresentações de teatro, de música e dança. Além disso, prepararam vídeos sobre grandes autores, apresentaram jogral e organizaram rodas de leitura.

 

Também foi organizado um espaço para a troca de livros e uma oficina de Poetrix, que é a forma brasileira de compor tercetos.

 

Contos africanos, fábulas, romance e poesia: o FLIPAM foi um convite ao mágico mundo dos livros!

 

 

Mostra dos projetos das Salas de Leitura na Nave do Conhecimento de Padre Miguel

 

 

Apresentação de dança feita pelos alunos da Classe Especial do CIEP Mestre André

 

 

"É comum alguns alunos dizerem que não têm paciência para ler um livro, no entanto, acreditamos que os alunos precisam encontrar o gênero literário que mais se identificam para transformar a leitura em prazer. Esse é o objetivo principal da nossa ação."

                                      Professora Eliane Mentzingen - Regente da Sala de Leitura da E.M. Tasso Fragoso

 

 

Convite do FLIPAM, com a imagem vencedora do concurso.

 

 

O Rioeduca parabeniza a todos os participantes dessa festa de valorização da cultura, da arte e da literatura! 

 

 

Alunos e professores posam para foto no encerramento da FLIPAM

 

 

Quer saber mais sobre?

E.M Roberto Simonsen 

E-mail: emrsimonsen@rioeduca.net

 

E.M General Tasso Fragoso

E-mail: emgfragoso@rioeduca.net

 

 

Participe do Rioeduca! 

Curta, comente e compartilhe!

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share