A A A C
email
Retornando 37 resultados para a tag 'artesmusicais'

Quarta-feira, 28/09/2011

Conhecimento e Arte na 6ªCRE: 2ªU.E.xpondo (Parte III)

Tags: 6ªcre, artesvisuais, artesmusicais, eventos.

 

 

 

Bandeira Brasileira com a Produção de Textos do PEJA E.M. Antenor Nascentes

 

Cativar... Acolher... Conhecer... 2ª U.E.xpondo 6ªCRE

 

Nesta Parte III da série de postagens sobre a 2ª U.E.xpondo 6ªCRE, veremos o  maior dos eventos que, como mencionamos em postagens anteriores (ver Notas), aconteceu na E.M. Antenor Nascentes, com a presença de diversas de nossas Unidades Escolares (E.M. Paraíba, E.M. Érico Veríssimo, E.M. Comandante Arnaldo Varella, Núcleo de Arte Grande Otelo  etc.), que apresentaram seus projetos desenvolvidos durante o bimestre. A mostra contou ainda com a presença de convidados especiais, os parceiros das escolas, e de ações em prol da comunidade. Lembrando que o objetivo da U.E.xpondo 6ªCRE - que acontece em todas as Unidades Escolares de nossa região -  é fortalecer o vínculo Escola-Comunidade-CRE

 

 

E.M. Antenor Nascentes (localizada no bairro de Anchieta)

 

 

A coordenadora da 6ª CRE, professora Rejane Pereira (acima, na foto), e as professoras Ilka Valeria Santos e Fernanda Amaro  deram início ao Evento.

 

APRESENTAÇÕES DE PROJETOS

 

 

Um dos projetos mais marcantes da Mostra: "Sou pai, sou aluno, sou brasileiro"

 

 

O projeto SOU PAI, SOU ALUNO, SOU BRASILEIRO (PEJA E.M. Antenor Nascentes) propôs a discutir a relação da educação como alvo de investimento democrático e universal dos órgãos governamentais a fim de que, se hoje os pais necessitam de práticas assistencialistas, daqui para frente, a escola possa formar pessoas autônomas, capazes de dignamente se sustentarem. Sabemos que o assistencialismos gera dependentes, favores políticos, corrupção, desvio de verbas, mais acreditamos poder superar tudo isso através do que os estudos podem proporcionar: consciência, senso critico, crescimento, profissionalização, dignidade, trabalho. É importante esclarecer que o PEJA da Escola Antenor Nascentes trabalha de maneira integrada. Por isso, todos os professores contribuem com o que é produzido.

 

Língua Portuguesa: Professores André Soeiro e Monik Moreth;

Matemática: professores Armenio Reis e Cecília Machado;

História e Geografia: Professores Ilka Valeria Santos e Benaldo Medeiros;

Ciências: Professores Ivanildo Soares e Huemer Ferreira. 

 

Na tenda, estavam expostos os trabalhos de produção de textos organizados formando a bandeira brasileira. Fotonovelas desenvolvidas pelos alunos, momentos de atividades extraclasse que fazem parte do projeto 'Sou pai, sou aluno' e vem sendo trabalhado ao longo do ano letivo. Um vídeo mostrava as mudanças na economia brasileira, o acesso a melhor qualidade de vida das classes menos favorecidas e ainda o depoimento de alunos que compreendem os estudos como uma oportunidade para melhoria de suas vidas.[adaptação do texto da profa. Ilka Valéria Santos, enviado por e-mail pelo prof. Jabin Nunes - ver Notas. ]

 

Alem disso, os alunos Gerdson, Thiago e Matheus cantaram rap (de autoria do primeiro):


Sou pai, sou aluno
Sigo com orgulho completando meus estudos
Com Deus e com PEJA
Vou seguindo um novo rumo
”.

 

 

 

Acima, a letra do rap de autoria do aluno Gerdson da Silva

 

 

Os alunos Gerdson, Thiago e Matheus na apresentação do rap 

 

 

No mural, o interessante trabalho do PEJA :  fotonovela criada pelos alunos

 

 

Detalhes da fotonovela criada por alunos do PEJA da E.M. Antenor Nascentes

 

 

 

APRESENTAÇÕES DE MÚSICA E DANÇA

 

 

A professora de Educação Musical da E,M. Antenor Nascentes, Erika Soares, apresentando o coral da escola.

 

 

Marcos Heber Paiva e o coral com aluno da E. M. Érico Veríssimo de sua Oficina Itinerante do Núcleo de Arte Grande Otelo.

 

 

 

O professor de Língua Portuguesa, Idimarcos Ribeiro Campos, premiado pelo Município do Rio, com poesias publicadas na versão para professores do “Poesia na Escola”, foi convidado para declamar três de suas poesias. "Um momento de grande sensibilidade que tocou fundo em todos os presentes" - relata a professora Ilka.

 

Outro momento alto da mostra foi quando Mainá (sobrinha da profa. Rejane Pereira, coordenadora 6ªCRE), uma das finalistas do programa de televisão Ídolos, apresentou ao público presente todo seu talento de cantora. Dejair Santos, professor regente de Educação Musical da rede, acompanhou Mainá no violão.

 

 

PARCERIAS DE SUCESSO!

 

 

 

Parceira da Escola Municipal Antenor Nascentes há muito tempo, a Academia de Dança Giovana Garcia "trouxe três alunas que encantaram o público com suas indumentárias típicas de ballet e com a suavidade dos movimentos ao som de músicas clássicas. A evolução das piruetas, a delicadeza das pontas dos pés ritmados pelo som instrumental hipnotizou a todos que tiveram a oportunidade desfrutar desta arte tão especial", diz Ilka Valéria Santos.

 

 

 

 

 

 

 

EM CLIMA DE SAMBA... 

 

 

Passistas mirins, alunos de Selminha Sorriso, da Beija-Flor de Nilópolis.

 

A Porta-bandeira da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis, Selminha Sorriso, maior recordista individual de Estandartes, mostrou o projeto que desenvolve na  agremiação Beija-flor: a escolinha de Mestre-sala e Porta-bandeira. Atendendo crianças entre três e dez anos de idade, em sua maioria moradoras do bairro de Nilópolis, atende também crianças da região de nossa CRE. "No espaço da escola - diz Selminha Sorriso - passo um pouquinho do que aprendi para as crianças. Isso faz com que eu recarregue minhas energias e a minha auto-estima. Nos sábados pela manhã, não marco nenhum compromisso pois estou aqui envolvida no Projeto." Em seguida fez um demonstração com seus alunos, ao som do Samba Enredo 2011 da escola".

 

 

 

 

A participação atenta do público (em sua maioria, alunos)

 

 

OS TALENTOS DE NOSSAS ESCOLAS

 

 

Nossas escolas apresentando seus talentos...

 

 

 

Expressividade e leveza...

 

 

Diversidadades de estilos...

 

 

Ousadia e arte...

 

 

Talentos no sapateado...

 

"A professora Juliana Reis - diz profa. Ilka Valéria em seu relato - do Núcleo de Artes Grande Otelo, demonstrou toda a sua versatilidade na arte dos movimentos do corpo quando apresentou o grupo de sapateado que ensaia na E.M. Antenor Nascentes e também o estilo de dança conhecido como “Street dance” ou “dança de rua”, ao apresentar 'Like dance'."

 

 

Variedade nas apresentações de nossas escolas

 

 

OUTRO PROJETO INTERESSANTE...

 

 

 

Os alunos do 6o. ano Experimental da E. M. Paraíba montaram esta interessante linha do tempo, que vai da Mitologia Grega à Educopédia!  Observem o sucesso entre os alunos visitantes (na foto acima, aluno atento à leitura dos trabalhos expostos no grande mural)!

 

 

 

Detalhe do trabalho apresentato pela E.M. Paraíba

 

 

EXPOSIÇÕES DE TRABALHOS DE ARTES

(PET  E  NÚCLEO DE ARTE - 6ªCRE)

 

 

Profa. Nanda (PET) diante de um dos trabalhos dos alunos do prof. Jabim Nunes (Núcleo de Arte)

(as borboletas na parede são interferências artísticas propostas ao público)

 

 

JARDIM BOTÃNICO:

Trabalho apresentado pelo professor Jabim Nunes do Núcleo de Arte Grande Otelo

 

 

Os "casulos"

 

 

O professor Jabim Nunes, do Núcleo de Arte Grande Otelo, assim resume a proposta de seu trabalho: "O público pode vivenciar experiências ao dialogar com as criações, fluindo, refletindo e poetizando. Para criar um clima de floresta, ao buscar inspiração na Mata Atlântica, os alunos elegeram como elemento representativo o cipó, utilizando conduítes elétricos que, ao manipularem, sugerem originalidade, tornando-os um objeto escultórico. Suas criações vão muito alem da beleza plástica.  As inspirações nas obras do artista plático carioca Jorge Guinle resultaram nas 'descobertas' das cores, formas e texturas. Apropriando-se dos elementos alternativos, tiveram oportunidade de conhecer, vivenciar e produzir arte. Os participantes interagiram com a instalação ao recortarem cópias de borboletas e agruparem em tamanhos e formas variados, aplicando-as nas paredes. Os casulos ganharam formas circulares, escultóricas e suspensas, tendo como suportes rodas de bicicletas, propondo ao espectador circular ao redor da obra, reportando um olhar coletivo".

 

 

 

 

Os "Casulos" e os "Arvoredos", de outro ângulo

 

 

 

Professores Jabim, Margareth e Eduardo

 

 

 

MOSAICO EM PAPEL

(profa. Nanda)

 

 

 

"Estes mosaicos -  escreve Fernanda Torres - ou profa. Nanda - são o resultado de um trabalho em equipe. Durante as aulas de Artes e das Oficinas, os alunos tomam consciência sobre a importante missão que todos nós temos em preservar o meio ambiente. A ideia é criar o desejo de não poluirem mais, de reduzir, reutilizare reciclar. Começamos então a reutilizar as revistas, os periódicos, tudo de papel que iria para o lixo. Juntos, decidimos o tema. Os alunos desenham, decidem as cores, separam as imagens, recortam e colam. E colam, colam muito. Sempre o resultado é muito legal! Os alunos se divertem enquanto fazem os mosaicos. E percebem também que esta técnica é muito precisa, detalhista e que não era tão fácil como imaginavam. O valor do trabalho é reconhecido o tempo todo. Um trabalho em equipe, além de socializar, cria vínculos. Cada um faz um pedacinho, mas sem o todo, só juntos isso é possível, ao contrário, não teríamos obras tão belas!"

 

 

 

Trabalhos em técnica mista e mosaicos de papel

 

 

 

Mosaicos de papel

 

 

 

Beleza e Rock in Rio (técnica mista): trabalho de alunos da professora Nanda

 

 

 

MAIS DESTAQUES (PET ANTENOR NASCENTES)

 

 

 

 

O PET (Pólo de Educação pelo Trabalho) Antenor Nascentes, um dos projetos de extensividade da rede pública municipal do Rio, sediado em um anexo da E.M. Antenor Nascentes, atende a alunos de diversas escolas de nossa região. Atualmente coordenado pela Professora Margareth Lopes, participou do evento apresentando uma pequena mostra dos trabalhos desenvolvidos ao longo do ano. O tema trabalhado é VALORES MORAIS e o destaque ficou para quatro oficinas: Fotografia (Eduardo Salabert), Grafismo (Marco Aurelio), Arte em Madeira (Ubiratan Barbosa) e Customização (Denise Macieira). O jornal do Pet (foto acima) foi outra estrela da mostra!

 

 

 

 

 

 

 

Acima, panorâmica da exposição: objetos da Oficina de Marcenaria, do professor Ubitatan Barbosa (objetos confeccionados por seus alunos com as temáticas "natureza" e "objetos infantis"). Ainda, a Oficina de Fotografia, do Professor Eduardo Salabert, trabalhos de pintura da Oficina de Grafismo, do Professor Marco Aurélio (e, na outra parede, objetos da Oficina de  Luciana Lima, do Núcleo de Arte Grande Otelo).

 

 

 

trabalhos da Oficina de Fotografia do prof. Eduardo Salabert com temática indígena

 

 

 

A Oficina de Grafismo, do professor Marco Aurélio, apresentou quadros retratando a
arte indígena, temas cariocas e natureza.

 

 

 

MAIS TRABALHOS DE INSPIRAÇÃO INDÍGENA

(profa. Luciana Lima)

 

 

 

Professora Luciana Guimarães, do Núcleo de Arte Grande Otelo mostrou os trabalhos desenvolvidos na itinerância da E. M. Comandante Arnaldo Varella. Com o tema Arte Indígena: uma abordagem com o uso de materiais alternativos
 

 

 

 

Alunos interagindo com os trabalhos...

 

 

 

 

Parte da equipe do Núcleo de Arte Grande Otelo

(Ruth, Janaína, Mônica,  Luciana)

 

 

 

 

 

 

 

Nós somos a 6a.CRE!

 

 

 

 

 

NOTAS:

 

(1)  No dia 26 de agosto eu estava participando da 2ª U.E.xpondo na Unidade Escolar em que leciono (E.M. Mario Piragibe), portanto, não estive presente na mostra da E.M. Antenor Nascentes e precisei contar com a colaboração amiga dos professores participantes e da CRE. Os textos e imagens foram enviados - via CRE e via e-mail - pelos professores: Jabim Nunes, Luciana Lima, Fernanda Torres, Eduardo Salabert e Ilka Santos (os dois últimos - as fotos de Eduardo e o texto de Ilka - foram repassados a mim pelo professor Jabim Nunes, a quem faço um agradecimento especial pela preocupação, o carinho, o cuidado e o profissionalismo na compilação do material). Meus agradecimentos também à equipe de professores da  6ªCRE pela parceria: Rejane, Kátia, Rita, Denise, Lilian, Lia...

 

(2) Vejam as outras postagens sobre a 2ª U.E.xpondo 6ªCRE: "Cativar...Acolher...Conhecer... 2ª U.E.xpondo 6ªCRE (Parte I) e outros destaques": http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1337 e "Cativar...Acolher...Conhecer... - 2ªU.E.xpondo (Parte II) e outros destaques da 6ªCRE": http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1381 -  . 

 

(3)  Um esclarecimento importante sobre a postagem anterior - 2ª U.E.xpondo 6ªCRE (Parte II): trata-se, em especial, de uma homenagem às duas Unidades Escolares ganhadoras (entre várias de nossas escolas que ficaram entre as finalistas) do Troféu Rioeduca 2011 - C.M Zilka Zalaberry e CIEP Glauber Rocha - ambas tem blogs e solicitaram que divulgássemos aqui - no Rioeduca Net: A Revolução Acontece - suas atividades postadas sobre a 2ª U.E.xpondo etc. - O trabalho dos alunos Embaixadores da Educopédia - incluído no final da postagem - e que acabou ficando  fora do contexto - será melhor enfocado em uma nova publicação! ]

 

 

 

 

                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 26/09/2011

História e Samba - Homenagem ao Mestre Waldemiro

Tags: 1ªcre, eventos, artesmusicais, blogs.

 

 

Alunos e professores da Escola Municipal Mestre Waldemiro desenvolveram um projeto especial  para  comemorarem o vigésimo terceiro aniversário da escola.

 

 
 
Gestores, coordenadores e professores sabiam que a festividade deveria ser planejada com o carinho e dedicação que a unidade merecia. Contudo, queriam a participação e o envolvimento dos alunos no evento.
 
 
                                                                             Professores da Escola
 
 
A Escola Mestre Waldemiro possui uma história de construção, amor, cidadania e educação, portanto compartilhar este sentimento com as novas gerações era essencial para despertar ainda mais o amor da comunidade pela instituição.
 
 
 
 
Porém, durante o  planejamento da festa, surgiu uma pergunta: Será que todos os alunos conheciam a história do Mestre Waldomiro? Será que as famílias conheciam de fato, o patrono da escola? Deste modo, o aniversário de 23 anos trouxe a oportunidade de realizar um grande evento contando a história do grande mestre.
 
 
A professora Claudia e os alunos do quarto e quinto ano estudaram e escreveram uma peça para apresentarem às demais turmas da escola.
 
 
 
 
 
A comemoração trouxe agitação, curiosidade, e um clima festivo a todas as turmas. Os jovens atores sentiram o comum friozinho na barriga ao encarar a pláteia de amigos e professores, mas não se intimidaram e deram continuação ao espetáculo esperado.
 
 
 
 
 
De um jeito jovem, divertido e repleto de sorrisos, os alunos contaram a vida de Waldemiro Tomé Pimenta, um homem que fez história através das batídas inconfundíveis de sua música. O teatro ganhou a atenção dos espectadores  pela beleza da arte encenada e pela sensibilidade das palavras  repletas de emoção, que transformaram  o evento  em um espetáculo de conhecimento, história e cidadania.
 
 
 
 
E você, sabe quem foi Mestre Waldomiro?
 
 
 
 
Waldemiro Tomé Pimenta nasceu em 15 de agosto de 1901. Em 1917 mudou-se para a Magueira e lá participou do Bloco dos Arengueiros, começando a carreira de percurssionista do samba, tocando pandeiro. Em 1928 o referido bloco deu origem a Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira. Sete anos mais tarde houve o concurso de diretor de bateria e o vencedor seria quem melhor encourasse o tamborim. E, Waldemiro foi o vencedor.
 
 
 
 
 E assim Mestre Waldemiro comandou a bateria da Verde e Rosa por 50 anos, conquistando 9 campeonatos. Faleceu em 12 de junho de 1983.
 
 
Em 10 de agosto de 1988, após consulta à comunidade foi sugerido o nome "Mestre Waldemiro" para a escola em substituição ao Centro Cultural Comunitário de São Cristóvão, que funcionava desde 1983.
 
 
 
 
 
Claro que a festa não ficou só no teatro, teve muita música, samba, e ao final uma homenagem encantadora: o “SAMBA WALDEMIRO”, composição da Professora Ana Helena.
 
 
A equipe do Rioeduca  parabeniza os 23 anos da escola, e deseja muitas alegrias e sucesso para toda a comunidade da ESCOLA MUNICIPAL MESTRE WALDEMIRO.
 
 
 
 
Clique AQUI , e conheça mais os  projetos
 
realizados por uma equipe de sucesso. 
 
 
 
 
 

                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 21/09/2011

GRÊMIO ESTUDANTIL - Ação, conexão e cidadania

Tags: 1ªcre, eventos, artesmusicais, blogs.



 

 


 

A posse solene dos alunos eleitos para o Grêmio Estudantil da 1ª CRE aconteceu dia primeiro de julho . Na cerimônia, repleta de crianças e adolescentes engajados em sua nova missão, ficou estabelecido entre professores, gestores e pela CRE, que os encontros entre eles seriam constantes, para que nesta interação, pudessem dialogar e discutir melhorias para suas escolas.

 


Fatima Sueli, Assessora da 1ªCRE reuniu sua equipe e juntamente com representantes do NSEC-01 (Saúde, Educação e Assistência Social) comprometeram-se em pensar em um meio de dar vez, voz e espaço para que, de fato, cada presidente do grêmio estudantil pudesse cumprir seu papel de representação dos alunos de sua escola.

 


Em meio a reuniões, e-mails, telefonemas e uma imensa vontade de todos os parceiros em transformar sonhos em realidade, surgiu a idéia de usar a redes sociais e a tecnologia digital para alcançar os alunos. Nasce então o blog falagremio.blogspot.com.

 

Este ambiente virtual vem com o objetivo de integrar alunos e escolas, mediados pelos representantes da Educação, Saúde e Assistência Social. Deste modo, todos podem dar sugestões, fazer críticas, trocar idéias e aprender a conhecer seus direitos e deveres. Sem contar que, por estarem sempre conectados, o blog se torna o caminho ideal para esta interação.


Falando em sonhos que se tornam reais, foi logo marcado um encontro com o grêmio para o lançamento oficial do blog no Centro de Artes Calouste Gulbekian. As escolas receberam um convite especial para levarem seus representantes. A Equipe do NSEC-01 não poupou esforços e preparam tudo com muita dedicação e carinho para receberem os jovens alunos.

 


 

Em 16 de setembro no Centro de Artes Calouste Gilbekian, a equipe da Assessoria da 1ªCRE, os parceiros da Saúde e Assistência recepcionaram os ilustres convidados. Os olhos brilhantes e sorrisos abertos dos alunos que chegavam, davam ao ambiente um tom de festa .

 


Logo na recepção, as professoras Fátima Baçal e Maria do Carmo , produziam, juntamente com os alunos do Grêmio, cartazes sobre o evento, para futura exposição. Na parede, um painel convidava os alunos a deixarem frases e recados. Em seguida, cadastravam sua presença com a Professora Luciane. O professor José Luis não parava quieto. Coordenando o evento, recebia os convidados, explicava o encontro, mostrava o ambiente, exibindo a todo instante o orgulho e a alegria de colaborar com um acontecimento tão esperado!

 

 

 

O cenário era um espetáculo à parte. Alunos, pais e professores tiravam fotos enquanto a cerimônia não começava. Fatima Sueli, ao lado do telão, iniciou sua fala, agradecendo a presença de todos, e confessou sua felicidade em poder estar concretizando o sonho de todos os parceiros envolvidos no projeto. Apresentou Apresentou Sylvia Tristão e Patrícia, representantes da CAP1.0 (Saúde), Lourdes da 1ª CAS(Assistência Social), Aline Bressan da Secretaria de Saúde (GTI), Dione (Cras Ismênia) e outros parceiros fiéis nas ações de melhorias para a juventude e que se dedicaram ao encontro, a fim de torná-lo um marco em prol da qualidade de vida e educação para todos.
 

 


 

Cada parceiro recebeu das mãos de José Luis, uma rosa vermelha, simbolizando o respeito e amor por um trabalho alicerçado no desejo incansável de transformar projetos em ações.


Fátima perguntou a grande plateia de jovens, quem acessava a internet, quem tinha facebook, quem gostava de se conectar. Obviamente, braços de levantavam, e gritos encheram o lugar. A realidade é que nossos alunos são nativos digitais, e até mesmo a palavra “conexão” desperta imediatamente a vontade de teclar e interagir. De olhos vidrados no telão, adultos , adolescentes e crianças acompanhavam as novas páginas do blog.

 


As imagens ficaram ainda mais interessantes, quando todos perceberam que as fotos tiradas naquele momento, eram imediatamente postadas no blog. E entre máquinas digitais, filmadoras, tablets e laptops detectamos que as visualizações cresciam a cada minuto.


Ficou claro que o que era para ser um encontro para lançamento do blog, superou as expectativas e se transformou em um mega evento. Estavam presentes na festa, o Bairro Educador, representado por Priscila (B.E Mangueira), Yohana (B.E Santa Tereza), Caroline (B.E de Santo Cristo) e Sabrina (B.E de São Carlos e Catumbi). As jovens representantes estavam animadas e apostando na parceria com as escolas.

 


 

 

O grupo de adolescentes Rap da Saúde, realizou atividades de jogos, dança e brincadeiras tendo Cidadania, como tema principal. Maria Luisa, do PET (Programa de Educação pelo trabalho) estava acompanhada de alunos que participaram do encontro, e contribuíram com  fotos e filmagem.


Vale destacar alguns depoimentos de alunos e professores: Thayane Pinheiro, aluna da Escola Municipal Benjamim Constant relatou que tinha orgulho de ser presidente do grêmio, e que seu objetivo era ajudar a colocar a escola pra frente. Aproveitou para contar que em sua escola todos estão empenhados nos torneios que acontecerão na Semana da Criança.

 


 

Joyce dos Reis, de apenas 10 anos, do 4º ano e representante da Escola Municipal Mestre Waldemiro disse que se empenha em ajudar a direção e os professores na campanha de reciclagem, no combate ao bullyng, e que mantém conversas frequentes com as turmas da escola.


Hanzo, de 9 anos, da turma 1402 da Escola Municipal Darcy Vargas, mostrou espírito de liderança, participando ativamente de todos as atividades: Brincou com o Happy da Saúde, respondeu a perguntas, tocou instrumentos no palco e relatou que quer mudanças em sua escola. Seu professor de Educação Física, Bruno Lima, que o acompanhava, era só emoção.
Com olhos marejados de lágrimas,  confessou que todas as etapas do grêmio, traziam a tona lembranças de quando ele era adolescente e representava sua escola. Bruno foi o grande incentivador dos alunos para que montassem suas chapas e participassem das eleições. Para ele, os benefícios do grêmio vão muito além do esperado, pois considera que a representatividade do aluno, é um exercício real de liderança, democracia e uma lição de cidadania para toda a vida.

 


 

Diana e João da turma 1402, estavam acompanhados de sua diretora Maria Cristina , da Escola Municipal Edmundo Bittencourt, que revelou estar feliz em participar de um momento de suma importância na integração dos alunos do grêmio. Já a gestora Márcia Cristina, da Escola Municipal Alice do Amaral Peixoto, avalia o grêmio como o primeiro grande passo para as crianças aprenderem a decidir, ouvir e participar coletivamente de todas as atividades que proporcionam o crescimento da unidade.

 

Diretora Márcia Cristina, da Escola Municipal Alice do Amaral Peixoto

 


 Diretora Maria Cristina da Escola Edmundo Bittencort com seus alunos representantes

 

O evento, no entanto, ficou ainda mais colorido e emocionante quando o Professor Marciano subiu ao palco. Ele ministra aulas na E.M. Marechal Mascarenhas de Moraes (Projeto 2º Turno Cultural) e na Fundação Gol de Letra, aula de danças aos alunos da rede.Com muito carisma e energia contagiante contou que está desenvolvendo um trabalho de resgate à nossa cultura, ensinando danças folclóricas . Depois de uma bela demonstração de baião, convidou alunos e professores a conhecerem e testarem instrumentos . Mostrou o agogô, a panderola, surdo, e zabumba. Juntos, Professores e alunos fizeram um som que bateu forte no coração de todos. A plateia não segurou a emoção: bateu palmas, balançou os quadris, e tirou os pés do chão, no ritmo que foi do samba ao funk.


Em seguida, Brena e Taisa de 13 anos da Escola Municipal Mascarenhas de Moraes, contaram a história da dança africana Maculelê, e deram espaço à um espetáculo sem igual. Meninos e meninas com rostos pintados e bastões nas mãos, jogavam e dançavam Maculelê, demonstrando elegância, alegria e beleza a arte do nosso folclore.

 

 


Enganaram-se os que pensaram que a festa acabava ali. A pequena Noélia subiu ao palco para explicar a história do Boi da Paraíba que deu origem a dança que cultua a morte e ressurreição do boi. Surgiu então, um show de cores marcado pelas batidas do atabaque e por cerca de  10 minutos dançaram sem perder o folêgo. O Boi grande, majestoso e colorido balaiva entre os jovens, que contavam com o corpo e a voz a história do Boi da Paraíba.


A festa terminou com gostinho de “quero mais”. Entre abraços, troca de e-malis, blogs e telefones mais parcerias se formaram. Os adolescentes tiravam fotos e se despediram.


A inspiradora iniciativa da 1ª CRE e do NSEC -01 em unir o Grêmio Estudantil e parceiros da Educação, Saúde e Assistência Social revela o caminho para a construção da cidadania. Desafios surgirão, contudo, com a garra, competência e a vontade gigante que forma esta equipe, nenhuma barreira é intransponível.


A 1ªCRE e o Grêmio Estudantil acreditam na força da parceria em lutar por uma geração conectada, ativa, participativa e consciente dos seus direitos e deveres. Como cidadãos, seguem de mãos dadas, confiantes no Salto de Qualidade da Educação Carioca.

 

Convidamos a todos a acessarem e divulgarem o blog do grêmio.

Clique na imagem abaixo, e aproveite para seguir e comentar.

 

.

                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share

Sábado, 17/09/2011

Reflexões e Práticas do Ensino da Arte - Cursos para Professores de Artes da Rede

Tags: 6ªcre, artesvisuais, artescênicas, artesmusicais, capacitação.

 

 

 

artista da Pop-art americana: Roy Lichtenstein

 

 

Os Cursos de Formação Continuada oferecidos pela Secretaria Municipal de Educação do Rio (SME-RJ), através da Coordenadoria Técnica de Educação, para os professores I de Artes continuam... Quem ainda não teve a oportunidade de se inscrever em um deles para ampliar os conhecimentos e práticas pedagógicas em sua área (linguagem artística) é só ligar e se informar quais os que ainda possuem vagas (ver informações no Tópico II e telefones nas Notas)! 

 

 

 

Artista contemporâneo brasileiro: Cildo Meireles

 

 

TÓPICO I

 

 

Eu participei, neste segundo semestre de 2011, de um dos cursos: "O Ensino da Arte em Diálogo com Questões Trazidas pela Arte na Modernidade e na Contemporaneidade", ministrado por Greice Cohn, no Calouste Gulbenkian, que terminou dia 10 de setembro e teve duração de quatro sábados (20 horas).

 

Quando surgir outra oportunidade, caros colegas professores de Artes da rede, não deixem de participar (recomendo!): é  um curso que trabalha reflexões teóricas sobre arte e sobre arte-educação em conexão com a prática das artes visuais na sala de aula.

 

Recebemos material para reflexão (textos, como: "Arte Contemporânea, uma pedagogia possível", entre outros -, analisamos nossas posturas diante de questões relacionadas às "obras de artes", assistimos a fragmentos do filme - boa sugestão de recurso pedagógico! - "O Mistério de Picasso", Clouzot - ver sinopse abaixo - etc.) e participamos de atividades práticas possíveis de realização com os nossos alunos dentro do espaço das escolas de ensino regular ("regular", aqui, em contraposição ao ensino da arte em espaços não formais, como escolas de artes, centros culturais, museus, galerias, ONGs etc.).

 

Greice Cohn apresentou vários exemplos de experiências pedagógicas em arte-educação que ela mesma realizou com suas turmas (dos anos finais do Fundamental II e Ensino Médio, no Colégio Pedro II, no Centro do Rio). Todas as propostas são passíveis de serem "adaptadas" à cada realidade escolar. É claro que não se tratam de "atividades-receitas", mas elas nos proporcionam um clima de inspiração para elaborarmos nossos próprios Planos de Aula.

 

 

 

Bernardo Ramalho, um dos artistas contemporâneos da nova geração que inspiraram o trabalho dos alunos da profa. Greice Cohn

(após visita à Galeria A Gentil Carioca, Centro do Rio)

 

 

 

 

 

Fime: "O Mistério de Picasso" (Título Original: "Le Mystère Picasso", de 1956, Henri-Georges Clouzot): *Sinopse: "Em 1955, Clouzot conseguiu convencer seu amigo Picasso a fazer um documentário de arte, onde ele registraria o momento da sua misteriosa criatividade. Para o filme, o mestre criou 20 telas. Usando tinta e papel especial, Picasso cria fantásticos desenhos, e Clouzot filma o lado oposto da tela, capturando sua criação em tempo real" (referência: cliquem na imagem acima).

 

 

Um ponto também alto do curso foi a oportunidade de trocarmos ideias e compartilharmos nossas experiências como artes-educadores no nosso dia a dia dentro da escola. 

 

A seguir, alguns de meus registros...

 

 

 

Um (re)olhar sobre a História da Arte (Arte Moderna - Arte Contemporânea)

 

 

 

 

Greice Cohn comentando  os trabalhos realizados pelos professores em uma das aulas do curso

 

 

 

Fragmentos de um cenário... Proposta com lápis de cor e/ou hidrocor, giz de cera...

 

 

 

 

 

A gostosa hora do lanche...

 

 

 

 

 

Outros olhares (Bete, de Artes Cênicas) registrando... 

 

 

 

...gerações de arte-educadores...

 

 

 

A hora do lanche, momento de confraternização com os colegas das diversas linguagens artísticas (professores de Artes Cênicas, Música e Artes Visuais)

 

 

 

Bernardo Ramalho

 

 

 

TÓPICO II

 

Confiram os cursos que ainda estão sendo oferecidos (nas linguagens artísticas de Artes Visuais e Artes Cênicas) e não deixem de se inscrever!

 


• 23 de setembro: Oficina de Alayde Mariani – Paço Imperial
Sobre "Arte Contemporânea", no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, das 13h às 17h. 30 vagas.

 

 



 

Andy Warhol

 

 

• 17 e 24 de setembro: Juliana Prado

17 de setembro “Arte Popular” no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, das 9h às 13h;
24 de setembro (adidado: ver observação abaixo)  “Acervo do Museu do Pontal” no Museu do Pontal, das 9h às 17h. 30 vagas FOI ADIADO PARA O DIA 08 DE OUTUBRO (por causa do Rock in Rio)!

 

Obs.:  O curso do dia 17 já aconteceu, mas confiram se é possível ainda se inscrever para o próximo, no Museu do Pontal: liguem  (ver Notas)!

IMPORTANTE: o CURSO DO DIA 24/09 FOI ADIADO PARA O DIA 08 DE OUTUBRO (por causa do Rock in Rio)!

 


• 23, 24, 30 de setembro e 1 de outubro: Carlos Alberto Nunes
Cenografia. Criação de objetos cênicos para peça teatral de professores de Artes.no Centro de Arte Calouste Gulbenkian, das 13h às 18h, às sextas, de 9h às 13h, aos sábados. 30 vagas.

 

 

 

Marcel Duchamp

 

   

Observação:

Os professores que participarem da Formação Continuada receberão o livro: “Arquivo Contemporâneo” que apresenta textos atuais de artistas renomados brasileiros que se encontram no circuito de arte internacional. O organizador, pesquisador e critico de arte Felipe Scovino, apresenta uma serie de entrevistas com esses artistas sobre idéias e conceitos que regem a criação artística, ao mesmo tempo em que mapeia a história recente da arte brasileira e seus diálogos com o mundo contemporâneo, na voz dos próprios criadores. Trata-se de um livro indispensável para professores antenados, que desejam acompanhar mais de perto esse painel amplo e variado de obras e experiências relevantes do contexto brasileiro.

 

 

 

Artista contemporâneo brasileiro:  Nelson Leirner

 

 



NOTAS:

 

 1 - Inscrições: ligar para 2976 2328 e 2976 2335, Coordenadoria Técnica, falar com Heloisa ou Angélica. É necessário ter em mãos o número da matrícula, lotação e a designação da Escola.

 

2 - As informações sobre Os Cursos de Formação Continuada foram enviadas por Jacqueline Mac-Dowell, da Coordenadoria Técnica Pedagógica da SME-RJ, Linguagem: Artes Visuais.

 

3  - Conheçam o blog dos professores de Artes da rede: Conexão das Artes SME-RJhttp://conexaodasartes-sme-rj.blogspot.com/

 

4 - Imagens das obras de artes: pesquisa Google

 

 

 

 

                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share