A A A C
email
Retornando 132 resultados para a tag 'creche'

Sexta-feira, 11/05/2012

Luz, Câmera, Ação! Entra em cena o Projeto da Creche Municipal Zilka Salaberry.

Tags: 6ªcre, creche, projetos.

 

Luz , Câmera e Ação!  Entra em cena o PROJETO DO OIAPOQUE AO CHUÍ:  EU, DESCOBRIDOR DO BRASIL...da Creche Municipal Zilka Salaberry

 

 

 

 

 

A Gestora Cátia Cristina, da Creche Municipal Zilka Salaberry,  mais uma vez prestigia este nosso espaço ao enviar alguns dos seus trabalhos. O destaque ficou para o  PROJETO DO OIAPOQUE AO CHUÍ: EU, DESCOBRIDOR DO BRASIL..

 

 

APRESENTAÇÃO

 

 

“Somente através da prática transformadora poderemos construir uma sociedade mais justa, que inclui e que percebe a escola como espaço de construção através da valorização, das individualidades, do respeito para com as diferenças e com a cultura de cada um. A educação é o elemento essencial para um mundo melhor”.
Busca-se neste projeto explorar as diversidades encontradas nas regiões do nosso país e com isso possibilitar o conhecimento das características singulares de cada região.


 

JUSTIFICATIVA

 

Tendo como pressuposto o nosso Projeto Político Pedagógico “BRINCANDO DESCUBRO O MUNDO”, o Projeto “DO OIAPOQUE AO CHUÍ: EU DESCOBRIDOR DO BRASIL” propõe uma discussão, não só com os pequeninos, mas também com toda a comunidade sobre a identidade cultural destes e as várias culturas existentes no país, sendo um subsídio como ponto  de partida para sair do seu próprio local e romper fronteiras em busca de novos conhecimentos sobre as origens e as peculiaridades de cada região brasileira.



 

 

 

OBJETIVO GERAL

 

Abordar as diversidades culturais bem como suas particularidades, através do processo de conhecer, descobrir, interagir, crescer e apropriar-se de novos repertórios de forma prazerosa, rica e envolvente.

 

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 

Conhecer e respeitar o modo de vida de diferentes grupos sociais, em diversos tempos e espaços, reconhecendo semelhanças e diferenças entre eles;

Descobrir e reconhecer as regiões brasileiras a partir das suas particularidades;

 Conhecer a história da origem de cada região;

Estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e seus pares, fortalecendo a autoestima e ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e interação social;

Possibilitar a construção e valorização da cultura brasileira, buscando uma verdadeira identidade cultural;

Entrar em contato com manifestações artísticas, expressões de sua cultura;  

Participar de brincadeiras, cantigas de roda , jogos específicos  de cada região;

 

 

 

DESENVOLVIMENTO

 

O projeto será apresentado às turmas na roda de conversa através da demonstração de gravuras das regiões brasileiras.
As turmas dos maternais ficarão responsáveis por explorar uma das cinco regiões brasileiras: Sul, Sudeste, Norte, Nordeste e Centro-Oeste, singularizando cada cultura no âmbito social e coletivo, através das diversas linhas do conhecimento interdisciplinar. A turma do Berçário ficará responsável em explorar a origem do nosso  pais, dando destaque aos primeiros habitantes – OS ÍNDIOS.
Cada turma trabalhará a origem e as características específicas da região escolhida, através do diálogo coletivo, de questionamentos a respeito de suas próprias experiências sobre as diversas  culturas.
No decorrer do projeto, será apresentada a localização de cada região no mapa do Brasil para observação e conhecimento do clima, pontos turísticos, linguagem (fala-sotaque), comidas típicas, histórias, pontos turísticos, vestuário, literatura, músicas, danças, tipos físicos, etc... Além disso, participará de experiências nas oficinas do sabor, do cheiro e do artesanato nas quais terá a oportunidade de vivenciar, sentir e degustar peculiaridades de cada região.

 


ATIVIDADES

 

Conversa e registro no blocão (sondagem dos conhecimentos prévios);
Apresentação do mapa do Brasil;
CORES: trabalhar as cores da bandeira, roupas etc...
Relacionar nomes de comidas típicas;
Jogos e brincadeiras;
Contação de histórias;
Representação de cantigas e lendas;
Construção de textos coletivos (à vista de gravuras);
Recorte e colagem;
Quebra-cabeça (mapa do Brasil)
Confecção de personagens;
Dramatização;
Modelagem com massinha;
Leitura de diversos tipos de textos (jornais, revistas, livros etc.)

 


RECURSOS

 

DVD, músicas, histórias, livros, CD, tintas, papeis variados, cola, revistas, jornais, gravuras, brinquedos, jogos pedagógicos, tintas, pincéis etc ...

 

AVALIAÇÃO   

 

Será através de registros por parte do professor na sala frente a participação de cada criança de forma individual e coletiva e do desenvolvimento da aprendizagem durante as atividades propostas.
A avaliação será feita também através do resultado da exposição dos trabalhos na culminância do projeto.


 

“A criança só pode entender a diversidade se perceber que faz parte disso.”


 

PROFa. ARTICULADORA VÂNIA CRISTINA C. PINTO E EQUIPE


 

 

Clique no link abaixo e veja o Projeto "Colocando a Mão na Massa"

 

 

Nós Somos a 6a Cre !

 

Vem aí a UExpondo 2012.

 

 

Profa Fatima Lucia Braga

Representante Rioeduca 6a CRE

E-mail: fatimabraga@rioeduca.net

 

 

                                        

 

 

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 09/05/2012

Aula Passeio na Feira de São Cristovão

Tags: 6ªcre, creche.

 

  Vivenciando um pouco da Cultura Nordestina

 


A C. M. Zuzu Angel, buscando  proporcionar aos seus pequeninos  vivenciarem o aprendizado que foi adquirido nos bancos escolares, realizou uma aula passeio na Feira de São Cristovão neste mês de abril. Os pequeninos viram  um pouco da Cultura Nordestina  e amaram o passeio.
 .



Feira de São Cristovão

 

 

O Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, também conhecido como Feira de São Cristóvão, é um pavilhão que promove a cultura e o comércio de produtos nordestinos. Localiza-se na cidade do Rio de Janeiro e foi criado em homenagem a Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

 


No Pavilhão de São Cristóvão, a cultura nordestina é manifestada nas suas mais diversas formas.  São aproximadamente 700 barracas fixas, que oferecem as várias modalidades da cultura nordestina: culinária, artesanato, trios e bandas de forró, dança, cantores e poetas populares, repente e literatura de cordel

 

 

 

 

 

 

Neste 1º Bimestre, a C. M. Zuzu Angel trabalhou em seu projeto, os seguintes temas:


 

Cultura Nordestina, ressaltando as tradições e costumes, que muito tem a ver com a família das crianças da creche.

 

Biografia de Luís Gonzaga que comemora neste ano de 2012 o centenário de seu nascimento

 

 

Objetivo da Aula Passeio


 

Ampliar o conhecimento construído no primeiro bimestre sobre a Cultura Nordestina.


 

Vivenciar diferentes tradições culturais mostrando que não há cultura superior à outra e sim diferentes vivências.

 

 

 


 

Chegando à Feira de São Cristovão

 

 

 

 

Veja o que os alunos conheceram na Feira:

 

 

 

Xerequê de cabaça:  É um instrumento musical de percussão da África. Consiste de uma cabaça seca cortada em uma das extremidades e envolta por uma rede de contas;

 

 

 

 

 

 

Literatura de Cordel: É Também conhecida no Brasil como folheto. Trata-se de um gênero literário popular escrito frequentemente na forma rimada, originado em relatos orais e depois impresso em folhetos. Remonta ao século XVI, quando o Renascimento popularizou a impressão de relatos orais, e mantém-se uma forma literária popular no Brasil. O nome tem origem na forma como tradicionalmente os folhetos eram expostos para venda, pendurados em cordas, cordéis ou barbantes em Portugal. No Nordeste do Brasil, o nome foi herdado, mas a tradição do barbante não se perpetuou: o folheto brasileiro pode ou não estar exposto em barbantes.

 

 

 

  

Podemos observar que a aula passeio proporcionou aos pequeninos momentos prazerosos de aprendizagem e  divertimento.

 

 

 

 

 

A gestora da C. M. Zuzu Angel, profª. Marilene contou com a parceria do presidente da Feira de São Cristóvão para proporcionar  momentos agradáveis aos pequeninos ao reaizar esta aula passeio.

 

 

Veja outras fotos clicando no vídeo abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

Divulgue seu trabalho. Este espaço foi criado para isso.
Basta enviar um e-mail ao representante da sua CRE
com um breve relato e registros de imagens (fotos, vídeos ou ppt),
que você também poderá fazer parte desta
REVOLUÇÃO.


 

 

Profª Fatima Lucia Braga

Representante do Rioeduca na 6ªCRE
E-mail: fatimabraga@rioeduca.net

 

                                        

 

 

 

 

  


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 27/04/2012

Da Alimentação Saudável na C. M. Sylvia Orthof

Tags: 3ªcre, saúde, educaçãoinfantil, creches, blogsdeescolas.



 

A alimentação saudável e a prevenção da obesidade foi um dos temas sugeridos pelo MEC para reflexão escolar em março e abril. A C. M. Sylvia Orthof explorou muitos ângulos do tema.

 

 

A obesidade, inclusive infantil, tem preocupado os profissionais da área de saúde e chega até os educadores em busca de formas de Prevenção. A educação alimentar visa proporcionar oportunidades de conhecimento de novos sabores mais saudáveis e naturais e afastar os pequeninos da alimentação vazia de nutrientes. Nada melhor que começar cedo quando as preferências ainda estão sendo formadas. A curiosidade dos pequenos frente a novos alimentos e sabores ainda é maior do que aquela rejeição ao alimento desconhecido.

 

 

 

Desenvolvimento da autonomia na alimentação EI – 40

 

 

A equipe da Creche Municipal Sylvia Orthof aproveitou o tema até o caroço e desenvolveu uma série de atividades. Os quatro sentidos passaram as frutas em revista. Elas foram vistas, tocadas, cheiradas e saboreadas. Além disso, as professoras de Educação Infantil e as agentes auxiliares da creche elaboraram jogos da memória e dominó para organizar alguns conceitos. 

 

 

 

Jogo da Memória da Alimentação Saudável

 

 

A criança dessa faixa etária precisa muito do concreto para assimilar conhecimento. A partir das cores das frutas, elas foram adquirindo conceitos, enriquecidos a seguir pela fantasia das histórias contadas para eles. Quem disse que não é possível trabalhar intertextualidade com os pequeninos? Assim eles viajaram em diferentes textos em que a maçã, uma das frutas trabalhadas, aparece em diferentes situações e contextos. Foi maçã com bichinho, maçã envenenada e Chapeuzinho Vermelho.

 

Chapeuzinho Vermelho? Tem maçã na Chapeuzinho Vermelho? Claro que não, mas tem o vermelho da maçã em mais um conhecimento agregado a partir da busca de uma alimentação saudável.

 

 

 

Livros trabalhados a partir da alimentação saudável

 

 

Tudo isso eu descobri navegando no blog da Creche Municipal Sylvia Orthof que, com uma homenageada tão amiga dos livros e das belas histórias, tinha que ter um diferencial. Pois bem, as informações das atividades são todas rimadas. Assim fica muito mais gostoso ver o trabalho realizado por essa equipe.

 

 


 

 

Confiram a apresentação da maçã para o EI – 30 no vídeo e as rimas do blog. Com certeza, vai ficar com água na boca e fome de saber como esses pequeninos.

 

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 25/04/2012

C. M. Aconchego e Rio +20: Portas para o Futuro

Tags: 3ªcre, meioambiente, creches, blogsdeescolas.


 

Em 1992, o mundo voltou os olhos para o Rio de Janeiro e repensou a maneira de se relacionar com o consumo e a natureza. Vinte anos depois, a sustentabilidade ainda é a palavra de ordem e o mundo volta a se reunir pelo futuro do Planeta.

 

 

O futuro, às vezes, parece muito distante e acaba em segundo plano. É preciso vê-lo no rosto de nossas crianças e começar já a prepará-las. Assim pensa a equipe da Creche Municipal Aconchego. Seu Projeto Político Pedagógico deste ano: Aconchego com a Rio+20 - Uma porta para o futuro, tem como tema a Sustentabilidade.
 

 

 

 

 

Para iniciar as reflexões, mesmo com as crianças tão pequenas da creche, o tema de fevereiro e março foi ligado à realidade próxima dos pequeninos. Muitos deles estão em seu primeiro ano longe do colinho das mamães e é preciso saber lidar com as mudanças de espaço e de comportamento. Além disso, a presença da natureza sempre ajuda a refletir sobre sua importância. Assim, o acolhimento das crianças na creche e a visita ilustre de uma tartaruga foram o ponto de partida do projeto. Algumas das atividades realizadas podem ser conferidas no blog Creche Aconchego.

 

 

 

A visitante sob os olhares curiosos dos pequeninos

 

 

As atividades continuaram em abril, com o foco na alimentação saudável. Os responsáveis presentes receberam orientações sobre o processo de produção dos alimentos e o consumo consciente.

 

 

 

 

O Projeto Político Pedagógico prosseguirá ao longo do ano, pois o objetivo a ser alcançado não é de curto prazo. A equipe da creche sabe do seu papel no futuro e está de portas abertas para prepará-lo no seu trabalho com os alunos.

 

 

 

 

Para manter-se atualizado neste projeto e em outras atividades da creche, siga o blog e comente. A equipe aguarda sua contribuição. Afinal, o futuro é nosso.

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share