A A A C
email
Retornando 61 resultados para a tag 'dengue'

Quarta-feira, 22/06/2016

Todos Contra o Aedes aegypti

Tags: 2ªcre, dengue.

 

 

 

As ações que combatem ao mosquito Aedes Aegypti precisam ser praticadas por todos os cidadãos. E nossas escolas estão trabalhando para formar cidadãos conscientes e responsáveis pelo ambiente coletivo.

 

A Creche Municipal Winnie Mandela e a Escola Municipal Matta Machado, desenvolveram projetos cujos objetivos eram fazer com que os educandos compreendessem a importância da participação de todos no combate ao mosquito Aedes Aegypti. Assim, os alunos também poderão multiplicar as informações recebidas na escola, auxiliando na melhora da vida em sociedade.

 

 


A Creche Municipal Winnie Mandela desenvolveu o projeto na Semana de Mobilização da Família e da Comunidade Escolar, visando informar ações que combatam do Aedes Aegypti e ao Zica. Houve a participação das famílias e os estudantes foram os protagonistas desse momento.


Através de conversa informal as crianças foram conscientizadas sobre a importância de combater esse mosquito. A equipe pedagógica realizou atividades para que as crianças internalizassem esse conhecimento por meio de uma aprendizagem cheia de significados. Dentre as atividades realizadas estão: a construção do mosquito vilão com materiais reciclados e uma passeata dentro da creche.

 

Atividades sobre o projeto.

 

Além disso, a equipe pedagógica levou os alunos para observar o Rio Joana, que fica ao lado da creche. Após a visita, foram confeccionados cartazes, maquetes do rio poluído e latas de lixo.

Para enriquecer as atividades do projeto, os alunos, junto com os professores, dramatizaram tudo que esse mosquito é capaz de fazer e brincaram de pique mosquito.

E para encerrar esta semana as famílias foram convidadas para participar de uma passeata dentro da comunidade.

 

Aprendendo lições de cidadania.

 

A Escola Municipal Matta Machado desenvolveu o projeto “Xô Aedes”, propondo ações compatíveis com as diferentes faixas etárias as quais atende. E também a dinamização de estratégias capazes de despertar a consciência da comunidade escolar em seus diferentes segmentos.


As turmas de primeiro e segundo anos desenvolveram atividades sobre os sintomas causados pelo Zika Vírus e pesquisas sobre a forma de combater o mosquito e apresentaram a paródia “Era uma Casa”. Já as turmas do terceiro e quarto anos pesquisaram e desenvolveram atividades abordando o tema prevenção.

 

Murais com atividades sobre o projeto.

 

Alunos participando das atividades do projeto.

 

Os alunos do quarto, quinto e sexto anos pesquisaram e desenvolveram atividades sobre as causas da dengue, contágio, ciclo de transmissão do vírus, diagnóstico das doenças, tratamento, prevenção e a relação Zika Vírus com a microcefalia.

 

Apresentação de trabalhos realizados ao longo do projeto.

 

No encerramento do projeto, a escola recebeu os responsáveis para conhecerem os trabalhos realizados pelos alunos.

Parabéns às unidades escolares por desenvolverem ações que promovam a cidadania e o cuidado com o ambiente coletivo. Agradecemos as equipes pedagógicas que compartilharam conosco esta rica experiência.

 

Contatos das unidades escolares:

Creche Municipal Winnie Mandela cmwinnie@rioeduca.net

E. M. Matta Machado ccmatta@rioeduca.net

 

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net


 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 09/06/2016

Prevenção à Dengue não tem idade na E.M. João Lyra Tavares

Tags: 3ªcre, dengue, prevenção.

 

   

 

   Combater os focos do mosquito Aedes Aegypti e saber como tratar as doenças Dengue, Zica e Chikungunya são tarefas frequentes na Escola Municipal Senador João Lyra Tavares. Vamos conhecer um pouco desse importante trabalho.

 

 

O projeto foi idealizado pela equipe pedagógica da escola, coordenada pela Diretora Fátima Maria de Menezes Garcia, pela Diretora Adjunta Isabel Cristina Pinheiros Canelas e pela Regente de Sala de Leitura Ana Lolita Caldeira Canavitsas. Com a parceria do Posto de Saúde da Família Professor Antenor Nascentes, o Projeto "Todos Contra o Mosquito Aedes Aegypti" contou com o envolvimento da comunidade escolar e foi desenvolvido nos quatro primeiros meses do ano, mas com desdobramentos que vão desde as campanhas educativas de multiplicação realizadas por alunos na escola até ações com os responsáveis protagonizadas pelos próprios alunos demonstrando que prevenção não tem idade.

Foi discutido e idealizado para atender os seguintes objetivos:

  • Conscientizar a todos os riscos da Dengue, Zica e Chikungunya;
     
  • Mobilizar a todos no combate aos focos do mosquito Aedes Egypti; e
     
  • Conhecer os locais preferidos para a reprodução do Aedes Egypti evitando que as larvas se transformem em mosquitos. 

 

 

O ponto de partida do trabalho foi uma apresentação do Teatrinho de Fantoches Vai e Volta intitulado "Todos Contra o Mosquito Aedes Aegypti“, idealizado e apresentado pela equipe do Posto de Saúde da Família Professor Antenor Nascentes com o apoio da equipe pedagógica da escola. Nela foi apresentado, de forma lúdica e muito criativa, as formas de prevenção e combate aos focos de reprodução do mosquito Aedes Egypti.

As apresentações ocorreram no pátio da escola para uma diversificada platéia de alunos, professores, responsáveis e funcionários, para que a informação sobre a importância da prevenção atingisse o maior número de pessoas.

 

 

Segundo a diretora:

"Combater os focos do mosquito Aedes Aegypti e saber como tratar as doenças Dengue, Zica e Chikungunya são tarefas frequentes na escola Senador João Lyra Tavares.

O Projeto se estenderá por todo o ano letivo através de intervenções como: criação de cartazes pelos alunos, orientados pelos professores; apresentações do Teatrinho de Fantoches Vai e Volta no combate ao mosquito; palestras oferecidas pelo Posto de Saúde da Família Professor Antenor Nascentes, entre outros eventos.

É importante lembrar que todos estão envolvidos, inclusive os responsáveis que, ao comparecerem as reuniões escolares, contam com palestras oferecidas pela equipe do posto de saúde.”

 

 

Para que esse trabalho de aprendizado lúdico de cidadania se efetive, tem sido fundamental a parceria e a presença da equipe da saúde da família do posto de Saúde Antenor Nascentes:

O PSF Professor Antenor Nascentes é uma Unidade Básica de Saúde que abriga a Estratégia Saúde da Família. A inauguração oficial da unidade foi em 23 de dezembro de 2008. Atualmente a unidade atende parte da comunidade do Lins de Vasconcelos, aproximadamente 3 mil habitantes. O atendimento é constituído em Clínicas Básicas com perfil de Saúde da Família.


O principal objetivo dessa unidade é orientar os usuários que a prevenção de doenças e a promoção de saúde são fundamentais para uma boa qualidade de vida, o que configura a saúde como um todo. A unidade encontra-se no mesmo prédio da sede da Associação de Moradores, localizado na rua Antenor Nascentes, 311, Lins de Vasconcelos. Rio de Janeiro.

 

 

Um pouco sobde a Escola João Lyra Tavares e seu patrono:

O criador do Dia do Contabilista, João de Lyra Tavares, nasceu em 23 de novembro de 1871, na cidade de Goiana/PE, e faleceu em 30 de dezembro de 1930, no Rio de Janeiro. Foi guarda-livros e chefe de escritório das firmas Lyra Tavares e Fabrício & Cia. Atuou na política, foi historiador e economista, autor de obras didáticas e estudioso de geografia.

Em 1926, no dia 28/05, através do Decreto Federal nº 17.329, foi criada a primeira escola oficial com o objetivo de ensinar Contabilidade: a Escola de Comércio.

Para o Senador, não bastava somente oficializar o ensino, mas era necessário, também, estabelecer os direitos e as obrigações dos profissionais que trabalhavam com a Contabilidade. Esse foi seu grande legado.

A Escola Municipal Senador João Lyra Tavares foi inaugurada em 11 de agosto de 1972 pelo Senhor Governador Dr. Antonio de Pádua de Chagas Freitas. A partir do ano de 1999, a escola tornou-se integral. 

 

 


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 05/05/2016

Vivendo as Olimpíadas e formando Cidadãos

Tags: 8ªcre, dengue, olimpíadas.

 

 

 

A cidade do Rio de Janeiro irá sediar um dos mais importantes eventos esportivos do  mundo: as Olimpíadas. O momento é de grande expectativa para os cariocas, mas nas escolas, como a E. M. Jorge Zarur, o evento protagoniza o desenvolvimento de projetos e muitas aprendizagens.

 

 

A escola é o lugar onde as crianças passam pelo menos um terço de sua vida, portanto tem um papel importante na formação dos valores delas.

Pensando assim, os temas como cidadania, ética, política, economia, o papel do esporte em nossa sociedade, entre outros devem ser assuntos que fazem parte do cotidiano escolar.

Na Escola Municipal Jorge Zarur está sendo desenvolvido um projeto voltado para os Jogos Olímpicos, chamado "Vivendo as Olimpíadas". Dentro deste projeto está em ação um subprojeto denominado "Os atletas da Zarur contra o Aedes Aegypti".
  

 

Neste projeto foram desenvolvidas diferentes atividades, entre limpeza, tour pelo entorno com informações sobre prevenção, higiene do ambiente, apresentação teatral e produções escritas e artísticas.

O desenvolvimento do projeto contou com a participação de toda a comunidade escolar. A contribuição e representatividade da Agente de Saúde e dos responsáveis tornaram as ações mais abrangentes e com maior alcance dos objetivos propostos.

A associação dos valores esportivos à formação da consciência cidadã foi o caminho que a equipe pedagógica da unidade escolar traçou para proporcionar diferentes aprendizagens.


 

 

No entorno da escola, os alunos coletaram materiais descartados que são propícios à proliferação do mosquito, distribuíram folhetos explicativos e deram orientações aos moradores dos locais visitados.

Tudo o que foi discutido na sala de aula com os alunos e toda a aprendizagem sobre o Aedes Aegypti foi colocado em prática nesse contato com a comunidade local.

Quando os alunos têm a oportunidade de praticar ou expressar sua aprendizagem, eles geralmente surpreendem seus docentes. Não foi diferente na E.M. Jorge Zarur. Os alunos sabiam exatamente onde o mosquito poderia se reproduzir e quais as ações para evitar isso.

 

 

"Sempre acreditei que aprendemos melhor quando somos participantes do processo e que a ludicidade na prática docente torna a aprendizagem mais prazerosa e eficaz.
Após percebermos o grave problema do lixo na comunidade e o aumento do índice de pessoas infectadas pelo mosquito Aedes Aegypti, eu e minha diretora adjunta decidimos fazer uma peça de teatro sobre o assunto (...) E assim, montamos e convidamos todos os segmentos da escola para participarem.
Fizemos a peça denominada "Mosquito, tô fora!" E a apresentamos nos dois turnos. Nossa! Foi cansativo, mas valeu à pena! As crianças aprenderam, se divertiram e demonstram estar mudando seus hábitos (...)  
Agora já estão aguardando a próxima surpresa!"

                                                              Yone Castro - Diretora da E. M. Jorge Zarur


 

 

"A transmissão de valores associados ao esporte faz com que a escola fique mais humana também. A partir do momento em que os alunos se sentem como parte da escola, a relação muda, o aluno se transforma e se torna um exemplo para os demais."

                                                                           Dora Castanheira - Atleta Olímpica, participou da seleção brasileira de vôlei dos Jogos de Moscou 1980 e Seul 1988. No Rio 2016, defende o ensino de valores para transformar a escola e a sociedade como um todo.

 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza à equipe pedagógica da E.M. Jorge Zarur e todos os envolvidos no projeto Vivendo as Olimpíadas!

 

Contato da escola:

emjzarur@rioeduca.net

 

 

Para novas publicações da 8ª Cre, entre em contato com:

neildasilva@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 27/04/2016

Pesquisar e conhecer para Combater o Aedes aegypti

Tags: 11ªcre, zika, dengue, aedes.

 

 

 

A turma 1.101 do CIEP João Mangabeira, localizado na Ilha do Governador, fez uma pesquisa sobre as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e conclui que lutar contra o mosquito é a única forma de combate-las.

 

Na roda de conversa a professora Ivy Lopes abordou o tema das doenças que o mosquito Aedes aegypti transmite. Vários alunos contaram que seus familiares já contrairam Dengue e Zika e relataram alguns sintomas.

Confeccionando cartazes para divulgação

 

Depois, conversamos sobre o que poderíamos fazer para que não tivesse mais essas doenças e chegamos a conclusão: eliminar o mosquito.

Verificamos em um folheto o que poderíamos fazer para eliminar o mosquito. Mas, nem todas as pessoas colaboram. Então pensamos em uma forma de conscientização da importância do extermínio do mosquito

Postamos no nosso Alfabook nossas fotos com as hastags #manifesta1101, #xôzika, #saidengue, #riosemmosquito para que o nosso pequeno gesto contribua no mundo. Somos heróis da nossa história! 

Alfabook da turma com as hastags #xôzika #saidengue

 

A turma 1101 queria avisar todo mundo. Confeccionaram, então, cartazes e ensaiaram uma música para a manifestação, percorreram todos os espaços da escola cantando:

 

"TRA,TRA,TRA DO AEDES

ÁGUA TÁ PARADA, PNEU DESCOBERTO

CUIDADO QUE A ZIKA TÁ POR PERTO

E CONTRA A DENGUE EU VOU LUTAR, TA, TA,

TRA,TRA,TRA,TRA,TRA.

ESSE MOSQUITO EU VOU MATAR, TA, TA, TA

TRA,TRA,TRA,TRA,TRA,

COM A CHIKUNGUNYA ACABAR, TA,TA, TA

TRA,TRA,TRA,TRA,TRA"

Paródia cantada pela turma

 

 

Quer saber mais sobre a atividade?

Escola: CIEP João Mangabeira

E-mail: ciepjoaom@rioeduca.net

Telefone: 3975-3715 ou 2465-1551

 

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook: https://www.facebook.com/groups/1607751852842237
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net

 

 

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share