A A A C
email
Retornando 38 resultados para a tag 'literatura'

Quarta-feira, 06/07/2016

Livros em Movimento

Tags: 2ªcre, literatura.

 

 

 

O projeto Livros em Movimento é uma parceria entre a Mídia Educação e as Salas de Leitura.

 

O relato que vamos conhecer hoje foi enviado pela professora Denise Senhora, regente da Sala de Leitura da Escola Georg Pfisterer. Ela nos conta como o projeto foi realizado na unidade escolar e sua contribuição para que os alunos adquiram gosto pela leitura.


O Projeto Livros em Movimento é um Projeto da Mídia e Educação, e como o próprio nome diz, o objetivo é levar os livros para o maior número possível de Salas de Leitura, criando um movimento de leitura criativo e lúdico para os alunos. A escola que recebe a sacola pode ficar com a mesma por um mês e escolher a atividade que pretende realizar, depois de realizada a atividade, ela seguirá para outra unidade escolar, criando assim um movimento contínuo de leitura.

 

Iniciando o Projeto com a leitura de um Conto de Fadas escolhido pelo aluno.

 

O livro escolhido pela Sala de Leitura Polo Georg Pfisterer foi Contos de Fadas, de Ana Maria Machado. Neste livro a autora faz uma coletânea de vários autores clássicos de contos de fadas e seus contos mais conhecidos, dentre eles: Charles Perrault, Hans Christian Andersen e Irmãos Grimm.


O trabalho foi realizado usando as técnicas de Roda de Leitura e Roda de Conversa  com a participação dos professores de Língua Portuguesa nas turmas de 7, 8º e 9º anos.

 

Parceria com os Professores de Língua Portuguesa.


A roda de leitura se iniciou com o esclarecimento do que seria feito. Os alunos conversaram sobre a origem dos contos de fada e sobre os “autores”. Foi perguntado aos alunos se eles tinham lembranças de alguém que lia histórias para eles em casa. As turmas se encantaram com a proposta da leitura dos contos. Os livros foram distribuídos e o objetivo era que escolhessem um conto para ser lido individualmente e em silêncio que , aliás, foi total. Após a leitura, a proposta era que falassem do conto lido, a maioria contou sua história e no decorrer dessa conversa foi verificado que alguns alunos não conheciam o conto, outros, uma versão diferente e também dos desdobramentos que os contos tiveram atualmente, como filme e animações. O professor de Língua Portuguesa pediu que os alunos, ao relatarem seus contos, gravassem em áudio nos celulares para verem a diferença entre a linguagem oral e escrita.

 

Roda de conversa sobre o conto lido e utilização do celular para a gravação da fala, que depois será escrita e entregue para o professor.

 

Numa outra turma a conversa girou entre as diferenças das versões dos contos de fadas. No depoimento dos alunos percebe-se o estranhamento diante da versão do livro e para eles a visão que tinham dos contos de fada mudou. Antes achavam que tudo era “lindo” e agora viram que as histórias originais nada tinham de bucólico. Entenderam que essas histórias eram de um tempo que o estágio da infância não era considerado.


Interessante perceber que alguns alunos só conhecem a versão da Disney (Cinderela), segundo comentários dos próprios alunos.

 

Nas turmas de 9º ano o começo da conversa foi sobre a origem dos contos de fada, as características principais e os elementos dos contos. Os livros foram distribuídos para que olhassem o sumário, verificando os autores e os contos que cada um escreveu e que escolhessem um para ler.

 

Alunos participando da atividade.

 

Após a leitura, a roda de conversa girou em torno do conhecimento que tinham dessas histórias e suas versões. Posteriormente leram um trecho da história, além de a contarem para os colegas. Nessa turma, o professor de Língua Portuguesa também pediu para que gravassem a fala para depois transcrever para a linguagem escrita, percebendo a diferença entre uma linguagem e outra.

 

Agradecemos a professora Denise Senhora e aos professores participantes do projeto por compartilharem conosco esta rica experiência de incentivo ao gosto pela leitura.
 

O contato da unidade escolar é: empfisterer@rioeduca.net

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 09/12/2015

Sarau Comemora os 450 Anos do Rio de Janeiro

Tags: 2ªcre, literatura.

 

 

 

Os alunos da Escola Bombeiro Geraldo Dias participaram de um sarau em comemoração aos 450 anos do Rio de Janeiro.

 

Durante o ano de 2015, quando o Rio de Janeiro completou 450 anos, ocorreram várias homenagens à cidade, e o tema rendeu ricos projetos pedagógicos nas escolas de nossa rede.

Aproveitando o tema, a equipe pedagógica da Escola Bombeiro Geraldo Dias realizou um sarau de poesias, contribuindo para o desenvolvimento cultural de toda a comunidade escolar.

 

Leitura de poesias.

 

A ideia de realizar o sarau surgiu a partir de um projeto feito pela professora Maria Teresa Szymanski, regente da Sala de Leitura, espaço onde já se trabalhava as diversas formas de texto. Os alunos adoraram as poesias e, então, decidiu-se fazer um sarau para que eles pudessem expô-las.


O objetivo do projeto foi conhecer poesias e seus diversos autores e, com isso, incentivar a leitura e a criação dos educandos. Durante o desenvolvimento das atividades, os alunos puderam ouvir a leitura de várias poesias feitas pela professora, escutar músicas, realizar a leitura oral dos textos, e usar a imaginação para criar outras poesias.

 

Apresentação dos alunos.


As turmas tiveram a liberdade de escolher como fariam a exposição de seus trabalhos no dia do encerramento do projeto, e puderam optar pela apresentação de jograis, músicas, leitura de poesias e dramatização.

A atuação da comunidade escolar é contínua, na interação com os alunos nos momentos da leitura, lendo para eles, ouvindo suas histórias e incentivando-os a ler em conversas informais.

O encerramento do projeto ocorreu em forma de apresentação para a comunidade escolar. Todas as turmas mostraram os trabalhos produzidos durante os últimos meses. A escola também contou com a parceria da Unidade de Polícia Pacificadora (Cabo Cunha) no acompanhamento das apresentações com um violão.

 

Apresentação musical com a participação do músico da Unidade de Polícia Pacificadora.

 


As atividades realizadas durante este e outros projetos também estão registradas no blog da Escola Bombeiro Geral Dias. Vale a pena conferir!


Agradecemos a professora Gildeleide, coordenadora pedagógica da unidade escolar, por compartilhar conosco essa experiência pedagógica.

Desejamos sucesso a todos da comunidade escolar nesta caminhada de incentivo à leitura.

 

O contato da unidade escolar é: embdias@rioeduca.net.

 



  Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 25/11/2015

Maratona Literária

Tags: 2ªcre, literatura.

 

 

 

Os alunos dos sextos, sétimos e oitavos anos do Ensino Fundamental da Escola General Humberto de Souza Mello participaram de uma maratona literária a fim de ampliar seus conhecimentos e gosto pela leitura.

 

 

O projeto Maratona Literária foi desenvolvido através de uma parceria entre o professor André Alves, de Língua Portuguesa, e o professor Cristiano Cardoso, da Sala de Leitura. A professora Flávia Rossi, coordenadora pedagógica da unidade escolar, nos enviou um rico material contando sobre esse projeto e os benefícios que ele trouxe para a comunidade escolar.


A ideia de realizar a Maratona Literária surgiu a partir de uma conversa entre os professores. Nela, percebeu-se a necessidade de ampliar a vivência literária dos alunos por meio da leitura de livros infanto juvenis, e estabelecer uma rotina de leitura coletiva, debate e reflexão. Para tal atividade, o primeiro livro escolhido foi “A invenção de Hugo Cabret”, de Brian Selznick.

 

 

Alunos participantes da Maratona Literária.

 


Todo o livro foi lido coletivamente pelas as turmas 1.601, 1.603, 1.701, 1.702, 1.703 e 1.802 no auditório da escola, em círculo, com a participação do professor da Sala de Leitura e alunos. Após a leitura, os alunos fizeram um resumo coletivo da história do livro e viram o filme, tendo a oportunidade de observar as diferenças entre a narrativa literária e a cinematográfica.


As turmas foram divididas em grupo para a realização de debates. Os grupos elaboraram perguntas e possíveis respostas sobre o livro ou filme e, depois, houve troca das perguntas entre os grupos. Posteriormente, os alunos utilizaram o livro na prova de produção escrita da prefeitura, tendo um resultado substancial no quesito coerência, pois eles escreveram bastante com base no que experimentaram.

 

 

Professor Andre Alves e alunos.

 


O encerramento do projeto foi uma exposição da Maratona Literária na Feira de Cultura e Ciências, na qual apresentaram as etapas da maratona, os resultados, a metodologia, um jogo de trilha feito pelos alunos e jogos eletrônicos encontrados pelos alunos sobre “A invenção de Hugo Cabret”.

 

Alunos no encerramento do projeto, apresentando o jogo de trilhas.

 


Cabe ressaltar que algumas alunas da 1.701 fizeram um vídeo comentando a experiência realizada, no qual comentam o que acharam do livro. Para assistir ao vídeo feito pelas alunas, basta clicar aqui.


O professor André Alves agradece às direções das Escolas Municipais Roraima e Orsina da Fonseca que emprestaram os livros em grande quantidade; à parceria com a Sala de Leitura na pessoa do professor Cristiano Cardoso da Silva; e aos colegas que ajudaram na atividade executada: Flávia, coordenadora pedagógica, e Mara, diretora da unidade escolar, sem os quais o projeto não teria chegado ao fim.


Parabenizamos a equipe da Escola General Humberto de Souza Mello pela realização desse trabalho de incentivo à leitura. Sucesso nessa caminhada!
 

 

O contato da escola é: emghmello@rioeduca.net.

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 11/11/2015

Parcerias em Destaque: Uma Aprendizagem Significativa

Tags: 2ªcre, literatura.

 

 

 

O trabalho desenvolvido em parceria pelas professoras Flávia Cota e Jéssica Rocha, na Escola Municipal Francisco Campos, tem levado os alunos ao sucesso na aprendizagem e no estímulo à leitura.

 

 

A professora Flávia Cota entrou em contato com o portal Rioeduca para contar sobre a experiência de desenvolver suas aulas em parceria com a professora Jéssica Rocha, ambas regentes na Escola Municipal Francisco Campos.


As professoras Flávia e Jéssica acompanham as mesmas turmas há dois anos, segundo e terceiro anos do Ensino Fundamental, e seguem trabalhando em parceria, amizade e espírito de equipe entre elas e, inclusive, com os alunos. A professora Flávia classifica essa união como uma grande turma, visto a coesão que tem levado o trabalho ao sucesso.

 

 

Atividade com o vídeo da Turma da Mônica.

 


“Nesse sentido, é fundamental lembrarmos do nosso papel e importância como agente de transformação de nossas práticas, que busca uma educação plena, diante da formação do cidadão crítico, autônomo e participativo. Um trabalho realizado com apoio, compromisso, dinamismo e carinho contribui para uma prática significativa. Prática essa, que se complementa e se completa frente a duas turmas que atuam em conjunto”, relata a professora Flávia sobre o trabalho desenvolvido na E. M. Francisco Campos.

 

 

Professoras Jéssica Rocha e Flávia Cota e alunos.

 

 

Atualmente, os alunos estão participando do projeto “Múltiplas Leituras em Ação”, que foi criado através das observações das dinâmicas sugeridas e vivenciadas pelas turmas e que, desde o primeiro ano, são motivadas a realizar atividades em conjunto.

As turmas se caracterizam por um grande grupo e não somente duas turmas. As professoras apenas sistematizam e vinculam o interesse deles à prática pedagógica. Os alunos participam com autonomia na escolha de livros, sugerem atividades, contam suas histórias e vivências, além de desenvolverem o espírito de equipe, com destaque para a questão da cooperação e espaço de troca de conhecimentos e aprendizagens entre eles.

 

 

Varal da leitura.

 


O objetivo principal do trabalho desenvolvido é a valorização da leitura e da escrita no cotidiano escolar, não apenas com livros paradidáticos, mas também trazer para a sala de aula as histórias e experiências dos alunos, além de desenvolver as interações entre eles. Nesse cenário diverso, a riqueza de sentimentos, as expressões e as construções de conhecimentos foram destacadas.


As atividades desenvolvidas são diversas: varal de livros, dramatizações, jogos diversificados, brincadeiras, oficinas de gibis e músicas, entre outros, sempre evidenciando as intenções de ensino e possibilitando novas aprendizagens relacionadas a todas as disciplinas envolvidas.

É importante lembrar que quando as atividades propostas são organizadas de acordo com um tema de interesse do aluno, é notório que a aprendizagem ocorre de modo significativo e prazeroso.

 

 

Cantinho da leitura.

 


As atividades com o varal de livros e a oficina de gibis, são desenvolvidas no dia a dia escolar, de modo que as crianças tenham contato com a diversidade de gêneros textuais ao longo da escolaridade. Os alunos são estimulados e escolhem os livros de acordo com a preferência e, se quiserem, podem levar para casa a fim de realizar a leitura também com os familiares.

Na devolução dos livros, algumas famílias encontram-se envolvidas com o projeto e colaboram com doações através de livros usados ou novos e, com isso, também é possível enriquecer o cantinho de leitura da sala.

 

 

Oficina de gibis.

 


A comunidade escolar e as famílias também participam do projeto por meio de eventos com exposições ou vivências dos trabalhos, pois, sempre no fechamento que acontece a cada bimestre, são convidados a conhecer os avanços, os caminhos e as conquistas pelos quais todos passaram.

O encerramento anual acontecerá no final do ciclo, com a finalização do projeto e de mais um ano letivo. Assim, o dia a dia escolar, vai sendo construído e reconstruído oferecendo espaços e dinâmicas diversas para os alunos, tornando as ações pedagógicas múltiplas e significativas.


Agradecemos a professora Flávia Cota por nos enviar o texto que relata o trabalho em parceria com a professora Jéssica Rocha. Desejamos sucesso nesta caminhada!

 

O contato da professora Flávia Cota é: flaviaflaf@hotmail.com.

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net
 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share