A A A C
email
Retornando 187 resultados para a tag 'riodeleitores'

Terça-feira, 01/07/2014

A Viagem Literária da E. M. Edison Carneiro na 16ª FNLIJ 2014!

Tags: 8ªcre, riodeleitores.



 

Ocorreu entre os dias 28 de maio e 8 de junho, no Centro de Convenções SulAmérica, o 16º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens. O evento, conta com o apoio da Prefeitura do Rio, por meio das Secretarias Municipais de Educação e Cultura, e a E. M. Edson Carneiro, da 8ª CRE, não poderia ficar fora deste evento.



No 16º Salão da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJocorreram encontros com escritores, lançamento de títulos, performances de ilustradores, palestras com autores e especialistas. Os alunos ficaram encantados com tudo que viram.



Eram quatro bibliotecas específicas para cada público, além do Espaço FNLIJ de Leitura e do Espaço Petrobras do Ilustrador, a Petrobras é uma das patrocinadoras do evento.


Em todo Salão FNLIJ existe um país homenageado e o desta edição foi à Argentina. Escritores, ilustradores e especialistas argentinos, traçaram um panorama da literatura infantil e juvenil do seu país.


O país também se fará presente através de seminários e uma amostra de ilustrações e livros de literatura infantil e juvenil.



Os alunos das turmas 1401 e 1502 acompanhados da Diretora Vera Lucia Vital e das Professoras Regentes Conceição Rocha Carmem Figueiredo e Aparecida Ferradeira, fizeram um passeio entre as bibliotecas, exposições, livros e ficaram admirados com tudo que viram.



A FNLIJ foi dividida em sete espaços: Espaço FNLIJ de Leitura, Biblioteca FNLIJ para Bebês, Biblioteca FNLIJ/Petrobras para Crianças, Biblioteca FNLIJ para Jovens, Biblioteca FNLIJ para Educadores, Espaço Petrobras do Ilustrador e Auditório.



O Espaço FNLIJ de Leitura foi reservado aos lançamentos de títulos, com a presença dos autores, proporcionando um momento de interação com o público.



A Biblioteca FNLIJ para Bebês, contou com um acervo específico para a faixa etária de 0-4 anos promovendo a leitura compartilhada entre familiares e educadores, como uma forma de aproximar os pequenos ao universo dos livros.


Na Biblioteca FNLIJ/Petrobras para Crianças havia um rico acervo, especialmente selecionado pela FNLIJ, que ofereceu aos pequenos leitores um espaço acolhedor e propício à leitura. Também neste espaço acontecem encontros com autores e leituras realizadas pela equipe da FNLIJ.



O espaço da Biblioteca FNLIJ para Jovens foi cuidadosamente planejado para o público jovem, onde foi apresentando um acervo de qualidade, incluindo os livros premiados pela FNLIJ, estimulando os jovens à prática da leitura. Recebeu autores para lançamentos de livros e bate-papos com os leitores.



A Biblioteca FNLIJ para Educadores era destinada à formação dos professores, ofereceu um acervo de obras teóricas sobre literatura e leitura, cuidadosamente selecionado pela FNLIJ, além de encontros com autores e especialistas promovendo a reflexão sobre a leitura literária.



O Espaço Petrobras do Ilustrador Voltado para as performances dos Ilustradores, que são convidados a criar ilustrações na presença do público, propiciaram um momento de integração entre o público e os artistas.



O Auditório era um espaço dedicado à discussão e exploração de temas e assuntos relevantes.

 

 

Toda a Equipe da E. M. Edison Carneiro está de Parabéns pelo trabalho realizado!


Agradecimentos a Diretora Vera Vital, a Diretora Adjunta Célia Abreu, a Coordenadora Pedagógica Alba Valéria e toda equipe escolar.

 

 

Texto enviado pela profª Maria Helena Lima
 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 22/05/2014

1ª Semana Literária do CIEP João Batista dos Santos

Tags: 7ªcre, riodeleitores.

A Semana Literária do CIEP João Batista dos Santos, da 7ª CRE, aconteceu na semana de 28/04 a 02/05 e foi um sucesso!

 

Durante os meses de março e abril, os alunos do CIEP João Batista dos Santos ficaram envolvidos com o projeto sobre Poesias, onde tiveram a oportunidade de conhecer e revisitar escritores e poesias famosas.

 

Totalmente envolvidos pela magia da Poesia, os alunos criaram, recitaram e encenaram diferentes histórias e puderam mostrar tudo isso nos dias 28, 29 e 30 de abril.

 

 

 

 

A culminância do projeto começou com a contação de histórias feita por Silvia Castro, que cantou e encantou os alunos da Educação Infantil ao 5º ano, além da Educação Especial.

 

  

 

 

O Salão do Livro JBS foi um espaço preparado com muitos livros, fantoches, cartazes e exposição de trabalhos, onde todos os alunos curtiram e aprenderam muito!

 

 

A Escola está desenvolvendo o Projeto Político Pedagógico “CIEP mostra sua cara, humanizando, formando e educando em tempo integral” e este ano tem como tema do Projeto Anual “Valores de A a Z”.

 

 

Para conhecer mais sobre as atividades desenvolvidas pelo CIEP:
http://ciepjbs.blogspot.com.br/


Para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido por Silvia Castro:
http://silviacantaeconta.blogspot.com.br/

 


Texto enviado pelo CIEP João Batista dos Santos e adaptado pela profª Roberta Vitagliano.

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 06/01/2014

Aluno Leitor, Aluno Escritor!

Tags: 6ªcre, educopédia, mídias, riodeleitores.

 

 

Em outubro e novembro, os Embaixadores da Educopédia da 6ª Coordenadoria Regional de Educação tiveram como meta trabalhar com os alunos a produção de textos na Máquina de Publicar da Educoteca. Essa atividade teve como objetivo principal ajudar a formar alunos leitores e escritores. Vamos ver como tudo aconteceu?

 

A Máquina de Publicar é um recurso existente na Educoteca, biblioteca turbinada da Educopédia, que possibilita a criação de livros digitais de forma rápida e fácil. Ela possui várias ferramentas que permitem a inserção de diferentes mídias, com textos, imagens, músicas, efeitos sonoros e histórias em quadrinhos.

 

Ao acessar a Máquina de Publicar, é possível criar um novo livro ou editar um existente. Existem ainda ferramentas para salvar, publicar e visualizar o documento em edição. É uma forma simples e criativa de publicar seu próprio livro e compartilhar com todas as pessoas que acessarem a Educoteca!

 

Nos meses de outubro e novembro, os Embaixadores da Educopédia da Subsecretaria de Novas Tecnologias da cidade do Rio de Janeiro trabalharam a Máquina de Publicar com suas turmas e com os professores de suas unidades escolares. Os professores da 6ª Coordenadoria Regional de Educação produziram várias histórias em quadrinhos com as crianças, que foram publicadas nas redes sociais e no blog dos Articuladores da Educopédia. 

 

Na Máquina de Publicar é possível escolher vários modelos de páginas, de acordo com a história que você quer montar.

 

Alunos e professores podem produzir seus próprios desenhos para inserir na história produzida.

 

Dentre as ferramentas da Máquina de Publicar temos a inserção de imagens, vídeos, músicas e textos.

 

Antes de iniciar o trabalho na plataforma, os professores dedicaram-se à análise e à leitura de várias histórias em quadrinhos para, assim, conhecerem as características desse tipo de texto.

 

O segundo passo foi colocar a mão na massa e produzir as histórias. Ao acessar a Máquina, os alunos escolheram o modelo do template para realizar a escrita do livro. No menu "páginas", cada criança pode gerenciar a sua história, acrescentando, excluindo ou alterando a ordem dos quadrinhos.

 

No ícone "texto", eles puderam alterar a cor, a fonte e o tamanho das palavras. A ferramenta "desenho" também foi utilizada, o que permitiu a criação de figuras e a sua inserção no livro, através do botão "imagem".

 

A Máquina de Publicar possui, na aba quadrinhos, uma série de balões para serem utilizados em situações diversas. Várias músicas de fundo e efeitos sonoros fizeram parte do livro produzido pelos alunos.

 

História produzida pelos alunos da turma 1.102, da professora Rosana Miranda da Escola Municipal Paraíba.

 

História produzida pelos alunos do segundo segmento da professora Amanda Fernandes, da Escola Municipal Alberto José Sampaio.

 

História produzida pelos alunos do segundo segmento da Escola Municipal Monte Castelo, com o professor embaixador Leonardo.

 

Cada aluno, dentro da Máquina de Publicar, tem um perfil que, inicialmente, aparece como nível 1. A cada visualização, compartilhamento e avaliação que o texto receber, o aluno vai ganhando mais experiência. Quando esta atingir o limite daquele nível, passa para o próximo, que libera mais espaço para publicação.

 

O que você está esperando? Acesse a Máquina de Publicar, leia os livros, compartilhe e deixe a sua avaliação! Você estará ajudando esses alunos a se tornarem leitores ativos e escritores criativos!

 

Parabéns aos professores Embaixadores da Educopédia da 6ª Coordenadoria Regional de Educação por utilizarem a Máquina de Publicar para enfatizar o lado prazeroso de ler e escrever! É um prazer ter o trabalho de vocês no Portal Rioeduca!

 

Quer conhecer um pouco do trabalho dos Embaixadores da Educopédia? Visite o blog clicando AQUI! Até a próxima semana!

 

Professora Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

E-mail: pferreira@rioeduca.net

Twitter: @Paty_PFF
 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 31/12/2013

Viagem ao Mundo da Leitura

Tags: 2ªcre, riodeleitores.

Durante o ano de 2013, a turma 1.501 da Escola Municipal Pedro Ernesto desenvolveu um projeto de incentivo ao hábito da leitura.

 

A prática frequente da leitura incentiva a proximidade com a escrita, levando o aluno a escrever e a se expressar com maior desenvoltura e facilidade. E com o objetivo de acrescentar cultura e desenvolver bons hábitos de leitura é que foi realizado o projeto “Viagem ao Mundo da Leitura” durante este ano com os alunos do 5º ano.

 

Alunos da turma 1.501 e a professora Renata Carvalho, regente da turma.


O projeto funcionou ao longo do ano letivo, em que os alunos, todas as sextas-feiras, escolhiam um livro na caixa de livros, que fica na sala de aula, o levavam para casa para ler em família e o devolviam na semana seguinte. É importante ressaltar que tanto os empréstimos como as devoluções dos livros eram feitos por alunos da turma, conhecidos como monitores da caixa de livros, com o objetivo de desenvolver a responsabilidade e a autonomia dos educandos


Além dos empréstimos, outros livros foram lidos coletivamente. Esse momento de leitura ficou conhecido como novela literária, pois os livros eram lidos em capítulos pela professora durante uma ou duas semanas. Eram sempre momentos de muita alegria e expectativa por todos.

 

Livros lidos durante as novelas literárias.

 

A culminância do projeto aconteceu com uma grande roda de leitura proposta pelos alunos, foi o “Piquenique Literário”. Nesse dia, os alunos escolheram os livros que mais agradaram durante o ano e se reuniram em uma grande roda com a professora para falar sobre os títulos e o porquê da escolha. Foram momentos muitos agradáveis que mostraram o quanto o projeto foi significativo para a turma.

 

Aluna Sophia apresentando para a turma o livro escolhido.

Aluno Vitor Augusto apresentando aos colegas o livro "Marcelo, Marmelo, Martelo", de Ruth Rocha.

 

Os alunos deixaram suas opiniões sobre o projeto e também sobre a culminância.

 

“Eu adorei a ideia da caixa de livros. O livro que mais gostei foi 'Classificados Poéticos', de Roseana Murray, porque tinha várias poesias e falava sobre a vida e o amor. Também adorei a ideia de fazer um piquenique para o encerramento do projeto.”
 

Paloma Macêdo Silva, aluna da turma 1.501

 

“Eu gostei muito da ideia de ter uma caixa de livros na sala de aula. Nessa caixa havia livros muito legais. O livro que mais gostei foi o 'Marcelo, marmelo, martelo', da autora Ruth Rocha. Eu gostei desse livro porque ele é engraçado.”


Vitor Augusto de Mattos, aluno da turma 1.501

 

“A caixa de livros era uma atividade que a gente fazia toda sexta-feira, a representante chamava e escolhíamos um livro. Eu gostei muito dos livros 'Tudo por um pop star' e 'Fala sério, amiga', de Thalita Rebouças. A caixa de livros parece uma minibiblioteca e tem muitos livros legais. Em minha opinião, deveria continuar porque é muito legal.”


Manuela Nogueira, aluna da turma 1.501

Muita alegria e leitura no piquenique literário.


Os Benefícios da Leitura

 

A revista Nova Escola dedica uma matéria especial à importância de incentivar os pequeninos a terem bons hábitos de leitura. O texto fala sobre os benefícios da leitura. Vejamos alguns destes benefícios citados na matéria da revista Nova Escola:

 

Desenvolve o repertório: ler é um ato valioso para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional. É uma forma de ter acesso às informações e, com elas, buscar melhorias para você e para o mundo;

 

Amplia o nosso conhecimento geral: além de ser envolvente, a leitura expande nossas referências e nossa capacidade de comunicação;

 

Aumenta o vocabulário: graças aos livros, descobrimos novas palavras e novos usos para as que já conhecemos;

 

Muda sua vida: quem lê desde cedo está muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida.


Parabéns pelo projeto e desejamos que o ano de 2014 também seja de muita leitura!

 

Feliz Ano Novo!

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

 

 Renata Carvalho – Professora da Rede e representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share