A A A C
email
Retornando 7 resultados para a tag 'do'

Quarta-feira, 12/07/2017

Museu do Amanhã oferece programação especial para férias escolares

Tags: do, museu, amanhã.

 

O especial “Praticáveis de Férias” oferece ações educativas para quem visitar o museu durante todo o mês de julho, de terça à sábado, entre 14h e 16h. São atividades surpresas em diferentes pontos da Exposição Principal, como os livros da biblioteca aberta do curador, um espaço dedicado à construção de bonecas de nós, além da oportunidade de conhecer algumas palavras da exposição em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Todas as terças até o dia 18 de julho, os pesquisadores do Observatório do Amanhã se reúnem com os visitantes para conversar sobre temas determinantes para a construção do amanhã no projeto “Como vai a Terra? ”.

Sábado, dia 15, será celebrado o primeiro aniversário do NOZ – Amigos do Amanhã. Serão realizadas diversas oficinas, experimentando a sustentabilidade a partir de possibilidades práticas. O evento vai contar com oficina de Suco Vivo, Clube do Livro, workshop “A Transformação do pallet”, e as oficinas de compostagem e de lançamento da Horta do Amanhã. Também no dia 15 começará o Clube da Leitura, que seguirá todo terceiro sábado do mês até janeiro de 2018, e vai desenvolver atividades educativas abordando temas como sustentabilidade, conhecimento, convivência e inovação. A Horta do Amanhã, que também será lançada no dia 15, seguirá todo último sábado do mês. A proposta é discutir sustentabilidade e convivência de forma prática através da formação de uma horta urbana, que será planejada e construída em oficinas mensais gratuitas, que vão até o dia 26 de novembro.

 

FONTE: DO de 12/07/2017


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 21/03/2017

Dia Internacional da Síndrome de Down

Tags: síndrome, down.

 

 

Dentre os 365 dias do ano, o “21/03” foi inteligentemente escolhido porque a Síndrome de Down é uma alteração genética no cromossomo “21”, que deve ser formado por um par, mas no caso das pessoas com a síndrome, aparece com “3” exemplares (trissomia). A ideia surgiu na Down Syndrome Internacional, na pessoa do geneticista da Universidade de Genebra, Stylianos E. Antonorakis, e foi referendada pela Organização das Nações Unidas em seu calendário oficial.

No Dia Internacional da Síndrome de Down, o Portal Rioeduca faz uma homenagem ao aluno Antônio José, que estuda na Escola Municipal Professor Augusto Paulino Filho. Ele tem 16 anos e adora ler e cantar, participa da orquestra de vozes meninos do Rio, participa das oficinas do Instituto Municipal Helena Antipoff e como todo adolescente gosta de estar com os amigos. 

 

 

Esta atividade é uma ação da Sala de Leitura Professora Sonia Maria Maltez Fernandez, do IHA.

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 02/01/2017

Naves do Conhecimento abrem inscrições para curso gratuito de inglês

Tags: do, nave, conhecimento.

 

 

COMUNICADO
NAVES DO CONHECIMENTO ABREM INSCRIÇÕES PARA CURSO GRATUITO DE INGLÊS EM 2017

 

Estão abertas as inscrições para o curso gratuito de inglês (EnglishWorks) nas Naves do Conhecimento de Santa Cruz, Padre Miguel, Vila Aliança, Penha, Irajá, Madureira, Nova Brasília (Complexo do Alemão), Triagem e Engenho de Dentro. São 1.080 vagas distribuídas em 36 turmas com aulas às quartas e sextas-feiras e as inscrições podem ser feitas pelo site http://capacitacao.navedoconhecimento.org.br/ , ou diretamente nas próprias naves (endereços no final). A idade mínima é de 14 anos e a seleção será feita através de sorteio e as aulas começam nos dias 1º e 3 de fevereiro. São 40 horas de carga horária distribuída em uma aula de duas horas por semana.

Para participar, basta o aluno ter o nível fundamental completo ou estar cursando o último ano deste período escolar. Os alunos sorteados receberão um e-mail e/ ou telefonema informando do dia e hora de sua aula. Os alunos que não forem sorteados entram imediatamente na lista de espera e serão contactados por telefone caso ocorram desistências. O curso é uma iniciativa da Secretaria de Ciência e Tecnologia da Cidade do Rio de Janeiro (SECT), em parceria com a Associação Sequoia e utiliza os recursos tecnológicos disponibilizados pelas 9 Naves do Conhecimento.

As aulas serão ministradas por um professor virtual estrangeiro, um professor em sala de aula e um colaborador nativo direto do exterior, que conversa com os alunos nos últimos 30 minutos de aula, através do aplicativo Skype. Os professores virtuais ficam em contato com diversas salas de aula simultaneamente, utilizando-se do software Webex, próprio para este tipo de interação, e das lousas digitais disponíveis nas salas multimídias das Naves. Além das aulas presenciais e atividades na internet, o aluno pode ainda estudar em casa e através do celular.

Às quartas-feiras, as aulas serão ministradas nas Naves de Padre Miguel, Madureira, Penha, Triagem e Engenho de Dentro. Serão formadas turmas Inglês 1 nos horários de 9h30 às 11h30, 15h20 às 17h20 e 17h30 às 19h30. Para Inglês 2 terá turma das 13h às 15h. Às sextas-feiras as aulas serão nas Naves de Santa Cruz, Irajá, Nova Brasília e Vila Aliança. Inglês 1 com turmas das 9 às 11h, 11h20 às 13h20 e 14h20 às 16h20. Inglês 2 das 16h30 às 18h30.

Na parte presencial, o professor vai desenvolver o currículo do curso de forma a incentivar a produção oral dos alunos, utilizando ferramentas da web, editores de texto e imagens como facilitadores do aprendizado. Uma aula será prática, com visita dos alunos a um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro e com diálogos em inglês.

Os professores utilizam um Sistema Interativo de Gerenciamento de Conteúdo (Moodle), como ponto de partida para o aprendizado à distância, combinando-o com ferramentas Web para aumentar a produção dos alunos e capacitá-los coletivamente, tornando-os capazes de, à distância, realizar tarefas de pesquisas e completar projetos que serão compartilhados nas aulas presenciais.

Desta forma, além de desenvolver o conhecimento do idioma inglês, os alunos tem a possibilidade de desenvolver habilidades tecnológicas que podem ser úteis para a continuidade de seu aprendizado após o término do curso. A metodologia foi desenvolvida de forma que os alunos sejam capazes de se comunicar em inglês, mesmo que de forma básica, ao final do período de estudo.

O curso é dividido em 4 módulos e ao término de cada um deles haverá uma apresentação oral das produções elaboradas pelos alunos. Após a apresentação dos projetos, os alunos se engajam, com o apoio dos professores, em atividades práticas em situações reais do uso da língua inglesa.

Serviço: 

Datas e horários das aulas: 

A partir de 1º de fevereiro (quarta-feira): Naves do Conhecimento de Padre Miguel, Madureira, Penha e Triagem: Inglês 1: 9h30 às 11h30; 15h20 às 17h20 e 17h30 às 19h30. Inglês 2: 13 às 15h.

A partir de 03 de fevereiro (sexta-feira): Naves do Conhecimento de Nova Brasília, Irajá, Vila Aliança e Santa Cruz: Inglês 1 com turmas das 9 às 11h, 11h15 às 13h15 e 14h15 às 16h15. Inglês 2 das 16h30 às 18h30.

Endereços:

Nave do Conhecimento de Santa Cruz
Rua Barão de Loreto, s/nº (Largo do Bodegão). 

Nave do Conhecimento de Padre Miguel
Avenida Marechal Marciano, s/nº (esquina com Rua do Açafrão).

Nave do Conhecimento de Vila Aliança
Rua Antenor Côrrea, nº 01 (acesso pela Estrada do Taquaral - divisa dos bairros de Bangu com Senador Camará). 

Nave do Conhecimento de Madureira
Parque de Madureira (entrada pelo portão da Rua Manoel Marques). 

Nave do Conhecimento de Irajá
Praça de Nossa Senhora da Apresentação, s/nº (“Praça do Cemitério”). 

Nave do Conhecimento da Penha
Rua Santa Engrácia, 440 (Vila Olímpica Greip da Penha). 

Nave do Conhecimento de Nova Brasília
Praça do Terço (ao lado do Cine Carioca) – Complexo do Alemão. 

Nave do Conhecimento de Triagem
Condomínio Bairro Carioca (acesso pela Rua Bérgamo, nº 320). 

Nave do Conhecimento e Museu Cidade Olímpica e Paralímpica
Rua Arquias Cordeiro, 1.516 (em frente à Estação de Trem do Engenho de Dentro e do Estádio do Engenhão).

 

Fonte: DO de 01 de janeiro de 2017

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 19/10/2016

Resolução 1420 - Matrícula Creche EDI

Tags: do, resolução, matrícula, edi, creche.

 

 

 

ATENÇÃO

Resolução 1436 - Alteração de Calendário - Creche Conveniada 

Dispõe sobre a alteração do cronograma de que trata o Anexo Único da Resolução SME Nº 1420 de 18 de outubro de 2016.

 

 

RESOLUÇÃO SME Nº 1420, DE 18 DE OUTUBRO DE 2016 (PUBLICADA NO DO DE 19/10/2016)

 

Dispõe sobre o processo de matrículas para o ano de 2017, nas Unidades de Educação Infantil – modalidade Creche, da Rede Privada do Sistema Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro, sem fins lucrativos, conveniadas com o Município do Rio de Janeiro na forma da Resolução SME Nº. 1.262, de 4 de setembro de 2013, e dá outras providências.

 


A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor e

CONSIDERANDO o disposto no art. 11, inciso III, da Lei nº. 9.394 de 20 de dezembro de 1996, que atribui aos Municípios a incumbência de baixar normas complementares para o seu Sistema de Ensino;

CONSIDERANDO as disposições constantes do art. 30 da Lei nº. 9.394/96;

CONSIDERANDO o disposto no § 1º do art. 15 do Decreto Nº. 6.253, de 13 de novembro de 2007;

CONSIDERANDO a decisão proferida às fls 392 do processo judicial 0416251-35.2014.8.19. 0001.

RESOLVE:

Art.1º As disposições constantes desta Resolução aplicam-se às creches da Rede Privada do Sistema Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro, sem fins lucrativos, classificadas como comunitárias, confessionais ou filantrópicas, que sejam conveniadas com o Município do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, na forma que dispõe a Resolução SME Nº. 1.262, de 4 de setembro de 2013.

Art.2º A matrícula nas creches conveniadas a que se reporta o art. 1º, para o ano de 2017, será realizada em consonância com o disposto nesta Resolução.

Parágrafo único. Para os efeitos previstos neste artigo serão consideradas apenas as matrículas novas, não incluindo, portanto, a renovação de matrículas.

Art.3º Cada unidade conveniada promoverá o levantamento das vagas a serem oferecidas nos grupamentos - Berçário I, Berçário II, Maternal I, e/ou Maternal II, cujos dados serão encaminhados à Coordenadoria Regional de Educação da área a que se vincula, observado o Cronograma que constitui o Anexo Único que acompanha esta Resolução.

Art.4º Só poderão concorrer às vagas a serem oferecidas pelas creches conveniadas crianças residentes nas comunidades ou bairros em que a creche conveniada se localize ou que, neles, seus responsáveis exerçam suas atividades laborativas.

Art.5º Os procedimentos com vista à efetivação da matrícula serão desenvolvidos em três momentos, constantes a seguir:

I - As inscrições, destinadas a crianças na faixa etária de 0 (zero) a 3 (três) anos e 11 (onze) meses, serão realizadas diretamente na unidade pretendida, no
horário e datas previstos no Anexo Único, cujos dados decorrentes desse procedimento serão lançados, necessariamente, no Sistema EI – Creche Conveniada.

II - O Procedimento Público Classificatório individualizado de cada creche, a ser realizado no Sistema EI – Creche Conveniada, será publicado, no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro – D.O. Rio, pela Coordenadoria Regional de Educação da área em que se encontra circunscrita a creche conveniada, conforme cronograma estabelecido no Anexo Único que acompanha esta Resolução, com base nos critérios e pontuação abaixo:

a) Crianças com deficiência –15 pontos;
b) Crianças cuja família seja beneficiária do Cartão Família Carioca, ou do Bolsa Família – 10 pontos;
c) Crianças e/ou familiares de seu convívio diário vítimas de violência doméstica –10 pontos;
d) Crianças com alguém do núcleo familiar que faz uso abusivo de drogas e/ou álcool – 10 pontos;
e) Crianças e/ou alguém do núcleo familiar acometido por doenças crônicas – 5 pontos;
f) Crianças com alguém do núcleo familiar que seja presidiário ou ex-presidiário – 5 pontos;
g) Criança cuja mãe é adolescente – 5 pontos.

III - Efetivação da matrícula das crianças contempladas no Procedimento Público Classificatório, nas Creches Conveniadas, nas datas estabelecidas no Anexo Único.

§1º - Para os fins previstos no inciso II deste artigo serão utilizados, sucessivamente, critérios de desempate elencados a seguir:

a) Ter irmão(ã) participando desse Procedimento Público Classificatório ou já matriculado(a) na creche conveniada;
b) Maior número de irmãos;
c) Crianças com deficiência;
d) Crianças com alguém do núcleo familiar que faz uso abusivo de drogas e/ou álcool;
e) Crianças e/ou alguém do núcleo familiar acometido por doenças crônicas;
f) Crianças com alguém do núcleo familiar que seja presidiário ou ex-presidiário;
g) Criança cuja mãe é adolescente;
h) Menor idade da criança, dentro de seu grupamento educacional.

§2º - A ordem da inscrição não será considerada na alocação da criança.

§3º - Somente serão considerados os critérios devidamente comprovados por intermédio de documentos emitidos por órgãos competentes.

§4º - O não comparecimento para a efetivação da matrícula, no prazo definido no Anexo Único, corresponderá à desistência da vaga.

§5º - Os candidatos da mesma família, nascidos na mesma data e da mesma gestação, terão assegurados os mesmos direitos.

§6º - Considera-se “Núcleo Familiar”, a que se reportam as alíneas do insciso ll deste artigo, o conjunto de pessoas ligadas entre si por laços de parentesco ou de dependência doméstica que vivem na mesma residência.

§7º - Caberá à direção da Creche Conveniada emitir documento que comprove, junto ao Empregador, o comparecimento do profissional ao estabelecimento de Educação Infantil, para a realização de inscrição da criança pela qual é responsável.

§8º - Havendo lista de espera, esta será válida apenas para o ano letivo objeto da inscrição.

Art.6º Concluído o Procedimento Público Classificatório, a listagem das crianças excedentes será ordenada para cada unidade conveniada de acordo com a classificação obtida, para posterior convocação, de acordo com a disponibilidade de vagas, respeitando-se a ordem estabelecida.

§1º - A listagem a que se refere o caput deste artigo deverá ser devidamente atualizada e afixada em local visível nas Creches Conveniadas, durante todo o ano letivo.

§2º - A Coordenadoria Regional de Educação procederá ao acompanhamento mensal da movimentação de matrículas ao longo do ano letivo.

Art.7º Caberá aos Diretores das Creches Conveniadas manter atualizados os dados decorrentes da efetivação da matrícula, que deverão ser disponibilizados quando requeridos pelos profissionais das Coordenadorias Regionais de Educação, observando sempre a ordem estabelecida no Procedimento Público Classificatório.

Art.8º Para o implemento das providências elencadas nesta Resolução, as equipes das Creches Conveniadas contarão com treinamento a ser realizado pelas respectivas Coordenadorias Regionais de Educação.

Art. 9º Os casos omissos serão resolvidos pelos titulares das Coordenadorias Regionais de Educação.

Art. 10 Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 


Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2016.
REGINA HELENA DINIZ BOMENY

 


   
           



Yammer Share