A A A C
email
Retornando 73 resultados para a tag 'família'

Quarta-feira, 17/06/2015

Comemorando o Dia Internacional da Família

Tags: 1ªcre, família.

 

 

 

No mês de maio, a Escola Marechal Trompowsky abre as portas para homenagear o Dia Internacional da Família.

 


A Escola Municipal Marechal Trompowsky, que atende alunos da Educação Infantil ao 6º Ano no bairro da Mangueira, abriu suas portas para um momento de alegria e participação de todos. Afinal, a escola também é família!

 


Segundo a equipe da escola, a promoção desse encontro foi muito produtivo, pois puderam promover, com alunos e pais, ações de valorização da família, buscando dialogar sobre os diferentes tipos de configurações familiares e as relações afetivas que construímos no decorrer de nossas vidas.

 


A escola transformou informações e conteúdos pedagógicos em trabalhos artísticos, culturais e de expressão da linguagem musical.

 


Esse trabalho é resultado da integração de uma equipe que acredita no potencial dos alunos, valorizando a autoestima, o exercício da cidadania, a educação e a prática coletiva.


Músicas do cancioneiro popular e infantil apresentadas através de coreografias, danças e dramatizações fizeram parte desse importante momento de integração!

 


Quer conhecer um pouco mais da escola?

Escola Municipal Marechal Trompowsky

Diretora: Adair da Silva Machado

Telefone: 2214-1638

E-mail: emmtrompowsky@rioeduca.net
 

"Professor, este espaço é seu! Queremos divulgar as ações de sucesso desenvolvidas por você e por sua escola. Entre em contato com o representante Rioeduca de sua coordenadoria e envie seus trabalhos para publicação.

 

 

Professor Alexandre Roque de Araujo

Representante Rioeduca.net da 1ª Coordenadoria Regional de Educação

alexandrearaujo@rioeduca.net

Twitter: @Alexandre_Roque

Whatsapp: 98733-1970

 

COMENTE E COMPARTILHE

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 26/12/2014

Natal em Família

Tags: natal, família.

 

Natal, época de família reunida, de celebração, encontros e renovação.
Natal em família é tudo de bom!


Dia de Natal é um feriado religioso cristão comemorado em 25 de dezembro e destinado a celebrar o nascimento de Jesus de Nazaré pela Igreja Católica a partir do terceiro século d.C. Embora tradicionalmente seja um dia santificado cristão, o Natal é amplamente comemorado por muitos não-cristãos.


Essa data traz, como costume popular moderno, a troca de presentes e cartões, a ceia de Natal, músicas natalinas, festas de igreja, uma refeição especial e a exibição de decorações diferentes, incluindo as árvores de Natal, pisca-piscas e guirlandas, presépios... Além disso, o Papai Noel é uma figura mitológica popular em muitos países, associada com os presentes para crianças.


É nessa época que vemos a grande maioria das residências, lojas e shoppings enfeitados aguardando a chegada do dia de Natal. E os enfeites são lindos, encantam não só as crianças, mas os adultos também! A cada ano os enfeites se tornam cada vez mais bonitos e cheios de movimentos. O colorido das luzes que enfeitam as árvores de Natal fica, cada vez, mais brilhante.

Muitas pessoas aproveitam a oportunidade da época natalina para levar as crianças a conhecerem ou falarem com Papai Noel nos inúmeros shoppings existentes.

 

 


Um passeio lindo se dá na visita à maior Árvore de Natal Flutuante do Mundo (2014 e 2015), localizada na Lagoa Rodrigo de Freitas.

 

Editado por Jorge Rodrigues, canal Youtube.

 

Mas podemos fazer com que o Natal seja inesquecível na infância dos pequenos ensinando-os que, nessa data, precisamos demonstrar amor ao próximo, que é muito mais que apenas presentes “deixados” pelo Papai Noel na janela ou no sapatinho. Se forem ensinados quando pequenos, que demonstrar amor é o maior presente que podemos doar em cada Natal, saberão aproveitar muito mais o significado dessa data especial.

 

 

Seja solidário!
Seja um ato de bondade para com o próximo!

 

 

Apresente às crianças as coisas lindas do Natal, mas deixe que eles também possam descobrir coisas fantásticas nessa época do ano.


Aproveite esses momentos para mostrar a importância que o espírito de Natal tem e que este permaneça o ano todo.


Mostre aos pequenos o quanto é importante que os valores de Natal sejam uma reflexão duradoura.

 

 

Então... FELIZ NATAL!!!!

 

 


Algumas imagens foram retiradas do site Google https://www.google.com.br/?gws_rd=ssl

 

Professora Regina Bizarro _ Responsável pelo Blog Família no Portal Rioeduca.

 


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 19/12/2014

Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante e a Família

Tags: família, creche, leitura.

 

A Creche Municipal Acalanto desenvolveu o projeto “Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante”, que tem proporcionado, além da prática da leitura, o estreitamento de laços entre a família, a criança e a creche.

 

Localizada na avenida Martin Luther King Junior, s/nº, em Vicente de Carvalho, a Creche Municipal 05.14.606 Acalanto atende a comunidade do Juramento e é dirigida pelas professoras Selma Martins Farias e Maria da Conceição Silva Matias Gonçalves Glória.


A equipe, levada pela vontade de desenvolver o gosto pela leitura nas crianças, criou o projeto “Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante”, contando e recontando histórias, fazendo dramatizações, rodas de leitura, etc., desenvolvendo seu objetivo principal, que é proporcionar o gosto pela leitura em suas crianças.

 

Projeto "Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante"


Incentivando o gosto pela leitura das crianças de muitas maneiras, em todos os grupamentos (Berçários e Maternal), através da contação e recontação de histórias, de dramatizações, de rodas de leitura, etc., a Creche Acalanto foi mais além: chamou os pais para compartilhar este momento em seus lares, estreitando laços ainda maiores com a Creche. Dessa forma, as professoras das turmas do Maternal II, que estavam preocupadas com a continuidade do trabalho e em demonstrar aos responsáveis como é importante e prazeroso para as crianças proporcionar a leitura em casa, agregaram-se diversas atividades.


No início do segundo semestre, as famílias foram informadas da proposta e incentivadas a participar.

 


Desenvolvimento do projeto com a família


O projeto consiste em que cada criança do Maternal II, tenha a oportunidade de levar para sua casa “A Bolsa Viajante”, que contém alguns livros para que pelo menos um membro da família possa fazer a leitura para a criança. Quando a criança retorna com a “bolsa”, ela é incentivada a contar aos colegas como foi a experiência.

 

 


"Pelos relatos das crianças e pelos depoimentos dos pais, percebemos que esse momento de leitura tem proporcionado, além da prática da leitura, estreitar os laços entre a família, a criança e a creche", diz a professora Selma Martins Farias.


As professoras Monique Ferreira Mendes, Jéssica Roberta M. Lima, Sandra Lívia Carvalho e Marlucy Cristina Silva puderam constatar um interesse maior por parte das crianças não só em ouvir as histórias, mas também em assumir o papel de “contadora de histórias”.

 

 

Sendo assim, agruparam alguns depoimentos dos responsáveis:


EI-32

Roberta (mãe da Carolina):

"Carolina adorou o livro! Quando o levou para casa, chegou animadíssima. Nós contamos a história para ela várias vezes. Depois ela recontou, incrementando situações. Carolina queria até dormir com o livro".

 

Daniele (mãe do Gustavo):

"Ele gostou! Tem que continuar! Até a irmã dele leu e gostou".


Daniele (mãe do Davi Silva):

"Davi gostou muito! Acho importante proporcionar este momento. É um diferencial".

 

Rayllana (mãe da Temilly):

"É bom! Ajuda a estimular o gosto pela leitura. Depois disso eu a levei no shopping que tinha uma feirinha de livros e ela mesma escolheu. Em casa, estou tentando montar uma mini biblioteca para a Temilly e a irmã. Ela pega o livro conta e reconta histórias. É muito legal, pois incentiva a leitura desde pequenininho".


EI- 31

Daniela Cristina Marins (mãe da Lívia):
"Ela gosta de levar o livro, está lendo, sento, abro para ler com ela. Acho importante".

Juliana Ferreira de Souza (mãe do Raphael):
"Eu lia e ele terminava. Gosta muito, acho válido o projeto".

Eliza de Sousa (avó da Maria Luiza):
"Maria gosta de ler, a leitura é importante".

Tatiane Ferreira (mãe do Kaio):
"Acho importante, ele gosta de ver as histórias".

 

 

O resultado não podia ser outro!

Satisfação das crianças que compartilham a história com seus pais e satisfação das professoras em saber que os objetivos desse projeto estão sendo cumpridos.


Parabéns a todos!


A Creche mantém uma página no Facebook, interagindo com toda sua comunidade.
https://www.facebook.com/cmacalanto

 

Agradeço a colaboração no envio das informações da professora Selma Martins Farias, diretora da Creche Municipal Acalanto.

Regina Bizarro, é professora da rede municipal e responsável pelo Blog Família.

Contato: reginabizarro@rioeduca.net
 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 05/12/2014

As Famílias do Jacarezinho

Tags: 3ªcre, projetos, família.

 

A creche Tia Andreza criou o subprojeto As famílias do Jacarezinho através do seu PPA 2014 para resgatar os valores da sua comunidade e valorizar a identidade das crianças.

 


A Creche Municipal 03.28.602 Tia Andreza está localizada no Jacarezinho e atende crianças de 1 a 3 anos e 11 meses de idade, agrupadas em turmas também por idade.

Segundo relatos, a creche começou a funcionar no local da antiga quadra da Escola de Samba do Jacarezinho, onde uma senhora da comunidade usava o espaço para realizar um serviço voluntário "tomando conta de crianças".

Inaugurada em 1992, a creche era gerenciada pela SMDS. Em 2003, foi assumida pela SME e seu trabalho passou de assistencialista para pedagógico, no qual o cuidar e o educar complementam-se.

Em 2008, começou a obra de reforma e modernização, que aconteceu até março de 2011. Nessa época, o atendimento era feito no CIEP Chanceler Willy Brandt. Hoje, no prédio original reformado, a creche realiza um trabalho pautado em projetos que objetivam a melhoria da qualidade de vida das crianças e da comunidade.

 


 

"Sendo a creche um espaço novo para a metade das famílias, é necessário desenvolver uma relação de confiança e respeito mútuos, que se dá no dia a dia, no trato afetivo, na construção de um ambiente acolhedor e harmonioso com todos. A troca de experiências e informações das famílias antigas com as novas também é uma preciosa estratégia para o acolhimento, pois vendo que o outro passou por situações parecidas e está bem, dá uma segurança maior para superar as dificuldades do começo e do percurso em si".

Justificativa da professora Andrea Carla Souto Guimarães, diretora adjunta da creche, através de seu PPA 2014: “O lugar onde eu moro: Jacarezinho”.

 


O projeto tem como objetivo principal conhecer as características da comunidade, das famílias e de cada criança da creche.


“As famílias do Jacarezinho”

 

A partir do diagnóstico final de 2013, realizado pelo grupo de trabalho, pelas famílias e pela comunidade, as maiores dificuldades encontradas durante o desenvolvimento foram: a falta de água, uma relação mais estreita com as famílias, a questão dos valores morais, além de higiene, saúde e afetividade.


"Constatamos que uma está relacionada com a outra e achamos conveniente resgatar a história da comunidade, valorizando a cultura local, fazendo-os perceber que TODOS somos importantes", acrescenta a professora Andrea Carla.

 

 

 


Objetivos específicos

 

  • Conhecer as regras de convivência da comunidade;
  • Estabelecer vínculos e fortalecer a comunicação entre a instituição educativa (creche) e a comunidade;
  • Identificar a origem das famílias que compõem essa comunidade;
  • Identificar os serviços públicos oferecidos à comunidade e os que faltam nela;
  • Perceber a composição familiar predominante nas famílias das crianças da creche;
  • Identificar a fonte de renda predominante das famílias da comunidade;
  • Conhecer superficialmente a história da comunidade;
  • Identificar-se como membro de uma família e ser individualizado;
  • Ampliar o vocabulário e desenvolver diversas formas de expressão;
  • Valorizar a parceria creche/família;
  • Proporcionar vivências diferenciadas e importantes para o desenvolvimento das crianças;
  • Coletar dados por meios de pesquisa e observações;
  • Ler e interpretar imagens;
  • Conhecer gráficos e tabelas;
  • Reconhecer sua imagem no espelho;
  • Identificar as partes do próprio corpo;
  • Conhecer o próprio nome, os nomes dos coleguinhas da turma e das educadoras;
  • Respeitar as diferenças de cada um, tratando-os com individualidade dentro do grupo;
  • Conhecer e apreciar vários tipos de textos;
  • Desenvolver o autoconceito;
  • Observar, analisar fatos e situações, de forma a garantir a boa qualidade de vida;
  • Identificar mudanças ocorridas na comunidade após a entrada da UPP;
  • Promover atividades que proporcionem a escolha de sua preferência;
  • Desenvolver a coordenação motora ampla e fina;
  • Estabelecer parceria com a Clínica da Família da região, implementando ações;
  • Desenvolver hábitos e atitudes, cuidados com higiene e saúde;
  • Adaptar-se à rotina da creche, com confiança e tranquilidade.



Desenvolvimento e Atividades

 

  • Enviar questionários para as famílias sobre a história e as características da comunidade e das famílias que as compõem, da fonte de renda predominante e dos serviços públicos oferecidos;
  • Entrevistar elementos da comunidade/famílias a fim de conhecer a história do Jacarezinho;
  • Expressar sua opinião sobre o lugar onde mora, através de perguntas e respostas anotadas no blocão;
  • Montar um mural informativo sobre a história da comunidade (por que o nome "Jacarezinho"?);
  • Montar um mural com as fotos das famílias da turma e desenvolver atividades orais a partir da observação do mesmo;
  • Promover encontros e atividades de integração entre as crianças e as famílias;
  • Cantar músicas relacionadas ao que for sendo explorado e observado;
  • Contar histórias da literatura infantil sobre os temas relacionados: família, bairro, rio, jacaré, etc.;
  • Pesquisar sobre o animal jacaré e outros que vivem no rio e/ou na comunidade, através de vídeos, fotos, reportagens e notícias;
  • Planejar uma visita ao zoológico para o próximo período;
  • Listar os estabelecimentos e instituições existentes na comunidade;
  • Observar o que há no Rio Jacaré (pedras, vegetação, lixo...), onde ele começa e onde termina;
  • Conhecer alguns sambas da Escola de Samba Unidos do Jacarezinho;
  • Montar circuitos que representem caminhos existentes na Comunidade/ Rio Jacaré;
  • Confeccionar fantoches de animais / bonecos com caixas de leite ou qualquer outro material de sucata;
  • Montar labirintos com mesas, cadeiras, lençóis, representando os “Becos do Jacarezinho”;
  • Pesquisar os meios de transporte existentes na comunidade;
  • Confeccionar capacetes e brincar de passear de moto, respeitando as leis de trânsito e a segurança;
  • Pesquisar as profissões existentes e predominantes na comunidade;
  • Fazer caretas em frente ao espelho;
  • Desenhar livremente no espelho, com caneta para quadro branco e apagar com flanela;
  • Conversar sobre os diferentes tipos de família e sua importância;
  • Medir e pesar as crianças em parceria com a equipe da Clínica da Família para a confecção de um mural e possível orientação profissional nos casos de obesidade / baixo peso;
  • Pesquisar e conversar sobre a escolha do nome de cada criança, seu significado e origem;
  • Conversar sobre as características da comunidade;
  • Listar os estabelecimentos e instituições existentes na Comunidade com as crianças, em blocão;
  • Confeccionar casinhas com sucata, caixas de leite etc.;
  • Brincar de boneca, família, trabalho, etc., representando situações da vida real;
  • Brincar com as caixas de leite enfeitadas com as fotos das crianças e de suas famílias;
  • Construir com blocos de construção / encaixe;
  • Desenhar livremente com diferentes materiais (giz de cera, pilot, giz molhado, carvão na lixa);
  • Torcer, amassar e rasgar diferentes tipos de papéis;
  • Manusear diferentes tipos de materiais sensitivos (penas, algodão, esponja, lixa, plástico bolha, massinha, goma, gelatina, papelão corrugado, etc.);
  • Manusear elementos da natureza (pedrinhas, conchinhas, folhas, areia, terra, sementes, grãos, frutas, legumes,verduras), assistidos com bastante cuidado e supervisão.

Os recursos a serem usados são multimídias e aparelhos tecnológicos (TV, home theater, projetor, computador); Livros paradidáticos da Literatura Infantil; Jornais e revistas; Recursos humanos disponíveis; Material de papelaria.


Como culminância, reservaram um passeio pela comunidade com as crianças acompanhadas de seus responsáveis e educadores, finalizando com brincadeira conjunta e lanche em algum local a combinar.

 

 


Avaliação do projeto “As famílias do Jacarezinho”


Para avaliar este projeto, a equipe trabalhará reuniões com as equipes de cada turma semanalmente, reuniões com os responsáveis mensalmente e conversas e observações diárias com as crianças.

 

Parabéns a toda equipe da Creche Municipal Tia Andreza, pelo engajamento com as famílias de sua comunidade escolar, estreitando laços, diminuindo barreiras.

 

Obrigada à professora Andrea Carla Souto Guimarães, diretora adjunta da creche, pelo envio de fotos e desse projeto.


A Creche Municipal Tia Andreza tem à frente da direção professora Márcia Cristina e está situada à Rua José Maria Belo, s/nº, Jacarezinho.


Acompanhe o blog da Creche Municipal Tia Andreza http://crechetiaandreza.blogspot.com.br/.

 

 

 

Regina Bizarro é professora da rede municipal e responsável pelo Blog Família.

Contato: reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share