A A A C
email
Retornando 4 resultados para a tag 'projeto'

Terça-feira, 01/11/2016

Projeto Amigos na Praça

Tags: projeto, amigos na praça, leitura.

 


Prefeitura e a Secretaria Municipal de Cultura apresentam:

 

“AMIGOS NA PRAÇA” OCUPA LONAS CULTURAIS E ARENAS CARIOCAS COM ATIVIDADES CULTURAIS GRATUITAS

Projeto que promove troca de livros e contação de histórias - circula pelos bairros de Campo Grande, Madureira, Realengo e Anchieta


Sebinho - crédito Guilherme Durão  -  Crédito Guilherme Durão


Depois de estrear, com sucesso de público, na Praça do Pomar, na Barra da Tijuca, chega a vez das Lonas Culturais e Arenas Cariocas da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro receberem o projeto “Amigos na Praça”. Durante o mês de novembro o evento, que conta com troca de livros infantil e contação de histórias, vai circular nas seguintes datas e espaços: dia 9/11 na Lona Cultural Elza Osbourne, em Campo Grande, dia 11/11 na Arena Carioca Fernando Torres, em Madureira, dia 17/11 pela Areninha Carioca Gilberto Gil, em Realengo, encerrando o circuito no dia 18/11 na Lona Cultural Carlos Zéfiro, em Anchieta. O projeto tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Cultura e do Colégio Mopi, por meio de Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.

O projeto acontece das 10h às 12h, ocupando assim a manhã de crianças e promovendo o gosto pela leitura e atividades recreativas. No Sebinho, por exemplo, um livro em bom estado vale uma ficha que dá direito a um novo livro, a ser retirado da banca, por crianças entre 0 e 10 anos.

"Amigos na Praça" foi criado por Christina Martins, a partir da sua experiência à frente do Sebinho nas Canelas, troca-troca de livros infantis, que marcou seu território na Praça Pio XI, no Jardim Botânico por doze anos. Junto com a jornalista Ângela Tostes ela promoveu troca de livros e recreação infantil como forma de levar as crianças de volta ao seu primeiro espaço de sociabilização, as praças, que andavam abandonadas e ocupadas por moradores de rua. Através do Amigas da Pracinha, são apresentadas alternativas de lazer para os infantes e seus familiares. Além do Sebinho e do Amigas, Christina é responsável também pelo Bloco da Pracinha que “concentra, mas não sai” há mais de dez anos na Praça Pio XI, no Jardim Botânico e já entrou para o calendário oficial da cidade como um dos melhores blocos voltados para o público infantil.

“A proposta do Amigos na Praça é criar o gosto pela leitura, não só o hábito, nas crianças desde cedo. Nós vamos fechar esse projeto com chave de ouro, circulando pelas lonas e arenas da prefeitura” – afirma Christina.

 

                                                                                                                         Crédito Guilherme Durão

 

Programação Amigos na Praça

Dia 9 de novembro - quarta-feira, das 10 às 12h
Lona Cultural Municipal Elza Osbourne
Estrada Rio do A, 220 - Campo Grande
Troca de livros e contação de histórias
Para participar da troca de livros é necessário levar livros em bom estado
Faixa etária – A partir de 5 anos
Entrada Franca

 

Dia 11 de novembro – Sexta-feira, das 10 às 12h
Arena Carioca Fernando Torres
Rua Bernardino de Andrade, 200 - Madureira
Troca de livros e contação de histórias
Para participar da troca de livros é necessário levar livros em bom estado
Faixa etária – A partir de 5 anos
Entrada Franca

 

Dia 17 de novembro- quinta-feira, das 10 às 12h
Areninha Carioca Gilberto Gil
Avenida Marechal Fontenelle, 5000 - Realengo
Troca de livros e contação de histórias
Para participar da troca de livros é necessário levar livros em bom estado
Faixa etária – A partir de 5 anos
Entrada Franca

 

Dia 18 de novembro, sexta-feira, das 10 às 12h
Lona Cultural Municipal Carlos Zéfiro
Estrada Marechal Alencastro, s/n - Anchieta
Troca de livros e contação de histórias
Para participar da troca de livros é necessário levar livros em bom estado
Faixa etária – A partir de 5 anos
Entrada Franca

 


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 26/07/2016

Aviso de Manifestação de Interesse Para Projeto de Critérios de Produção Textual no Rioedu

Tags: projeto.

 

 

 

AVISO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE - SELEÇÃO DE EMPRESA DE CONSULTORIA

IMPLEMENTAÇÃO DOS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DA PRODUÇÃO TEXTUAL DOS ESTUDANTES DAS ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL CARIOCAS NAS AVALIAÇÕES BIMESTRAIS

PUBLICADO NO D.O. RIO Nº 86 ANO XXX DE 20/07/2016
 

AVISO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PRODUÇÃO TEXTUAL

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 05/12/2014

As Famílias do Jacarezinho

Tags: 3ªcre, projetos, família.

 

A creche Tia Andreza criou o subprojeto As famílias do Jacarezinho através do seu PPA 2014 para resgatar os valores da sua comunidade e valorizar a identidade das crianças.

 


A Creche Municipal 03.28.602 Tia Andreza está localizada no Jacarezinho e atende crianças de 1 a 3 anos e 11 meses de idade, agrupadas em turmas também por idade.

Segundo relatos, a creche começou a funcionar no local da antiga quadra da Escola de Samba do Jacarezinho, onde uma senhora da comunidade usava o espaço para realizar um serviço voluntário "tomando conta de crianças".

Inaugurada em 1992, a creche era gerenciada pela SMDS. Em 2003, foi assumida pela SME e seu trabalho passou de assistencialista para pedagógico, no qual o cuidar e o educar complementam-se.

Em 2008, começou a obra de reforma e modernização, que aconteceu até março de 2011. Nessa época, o atendimento era feito no CIEP Chanceler Willy Brandt. Hoje, no prédio original reformado, a creche realiza um trabalho pautado em projetos que objetivam a melhoria da qualidade de vida das crianças e da comunidade.

 


 

"Sendo a creche um espaço novo para a metade das famílias, é necessário desenvolver uma relação de confiança e respeito mútuos, que se dá no dia a dia, no trato afetivo, na construção de um ambiente acolhedor e harmonioso com todos. A troca de experiências e informações das famílias antigas com as novas também é uma preciosa estratégia para o acolhimento, pois vendo que o outro passou por situações parecidas e está bem, dá uma segurança maior para superar as dificuldades do começo e do percurso em si".

Justificativa da professora Andrea Carla Souto Guimarães, diretora adjunta da creche, através de seu PPA 2014: “O lugar onde eu moro: Jacarezinho”.

 


O projeto tem como objetivo principal conhecer as características da comunidade, das famílias e de cada criança da creche.


“As famílias do Jacarezinho”

 

A partir do diagnóstico final de 2013, realizado pelo grupo de trabalho, pelas famílias e pela comunidade, as maiores dificuldades encontradas durante o desenvolvimento foram: a falta de água, uma relação mais estreita com as famílias, a questão dos valores morais, além de higiene, saúde e afetividade.


"Constatamos que uma está relacionada com a outra e achamos conveniente resgatar a história da comunidade, valorizando a cultura local, fazendo-os perceber que TODOS somos importantes", acrescenta a professora Andrea Carla.

 

 

 


Objetivos específicos

 

  • Conhecer as regras de convivência da comunidade;
  • Estabelecer vínculos e fortalecer a comunicação entre a instituição educativa (creche) e a comunidade;
  • Identificar a origem das famílias que compõem essa comunidade;
  • Identificar os serviços públicos oferecidos à comunidade e os que faltam nela;
  • Perceber a composição familiar predominante nas famílias das crianças da creche;
  • Identificar a fonte de renda predominante das famílias da comunidade;
  • Conhecer superficialmente a história da comunidade;
  • Identificar-se como membro de uma família e ser individualizado;
  • Ampliar o vocabulário e desenvolver diversas formas de expressão;
  • Valorizar a parceria creche/família;
  • Proporcionar vivências diferenciadas e importantes para o desenvolvimento das crianças;
  • Coletar dados por meios de pesquisa e observações;
  • Ler e interpretar imagens;
  • Conhecer gráficos e tabelas;
  • Reconhecer sua imagem no espelho;
  • Identificar as partes do próprio corpo;
  • Conhecer o próprio nome, os nomes dos coleguinhas da turma e das educadoras;
  • Respeitar as diferenças de cada um, tratando-os com individualidade dentro do grupo;
  • Conhecer e apreciar vários tipos de textos;
  • Desenvolver o autoconceito;
  • Observar, analisar fatos e situações, de forma a garantir a boa qualidade de vida;
  • Identificar mudanças ocorridas na comunidade após a entrada da UPP;
  • Promover atividades que proporcionem a escolha de sua preferência;
  • Desenvolver a coordenação motora ampla e fina;
  • Estabelecer parceria com a Clínica da Família da região, implementando ações;
  • Desenvolver hábitos e atitudes, cuidados com higiene e saúde;
  • Adaptar-se à rotina da creche, com confiança e tranquilidade.



Desenvolvimento e Atividades

 

  • Enviar questionários para as famílias sobre a história e as características da comunidade e das famílias que as compõem, da fonte de renda predominante e dos serviços públicos oferecidos;
  • Entrevistar elementos da comunidade/famílias a fim de conhecer a história do Jacarezinho;
  • Expressar sua opinião sobre o lugar onde mora, através de perguntas e respostas anotadas no blocão;
  • Montar um mural informativo sobre a história da comunidade (por que o nome "Jacarezinho"?);
  • Montar um mural com as fotos das famílias da turma e desenvolver atividades orais a partir da observação do mesmo;
  • Promover encontros e atividades de integração entre as crianças e as famílias;
  • Cantar músicas relacionadas ao que for sendo explorado e observado;
  • Contar histórias da literatura infantil sobre os temas relacionados: família, bairro, rio, jacaré, etc.;
  • Pesquisar sobre o animal jacaré e outros que vivem no rio e/ou na comunidade, através de vídeos, fotos, reportagens e notícias;
  • Planejar uma visita ao zoológico para o próximo período;
  • Listar os estabelecimentos e instituições existentes na comunidade;
  • Observar o que há no Rio Jacaré (pedras, vegetação, lixo...), onde ele começa e onde termina;
  • Conhecer alguns sambas da Escola de Samba Unidos do Jacarezinho;
  • Montar circuitos que representem caminhos existentes na Comunidade/ Rio Jacaré;
  • Confeccionar fantoches de animais / bonecos com caixas de leite ou qualquer outro material de sucata;
  • Montar labirintos com mesas, cadeiras, lençóis, representando os “Becos do Jacarezinho”;
  • Pesquisar os meios de transporte existentes na comunidade;
  • Confeccionar capacetes e brincar de passear de moto, respeitando as leis de trânsito e a segurança;
  • Pesquisar as profissões existentes e predominantes na comunidade;
  • Fazer caretas em frente ao espelho;
  • Desenhar livremente no espelho, com caneta para quadro branco e apagar com flanela;
  • Conversar sobre os diferentes tipos de família e sua importância;
  • Medir e pesar as crianças em parceria com a equipe da Clínica da Família para a confecção de um mural e possível orientação profissional nos casos de obesidade / baixo peso;
  • Pesquisar e conversar sobre a escolha do nome de cada criança, seu significado e origem;
  • Conversar sobre as características da comunidade;
  • Listar os estabelecimentos e instituições existentes na Comunidade com as crianças, em blocão;
  • Confeccionar casinhas com sucata, caixas de leite etc.;
  • Brincar de boneca, família, trabalho, etc., representando situações da vida real;
  • Brincar com as caixas de leite enfeitadas com as fotos das crianças e de suas famílias;
  • Construir com blocos de construção / encaixe;
  • Desenhar livremente com diferentes materiais (giz de cera, pilot, giz molhado, carvão na lixa);
  • Torcer, amassar e rasgar diferentes tipos de papéis;
  • Manusear diferentes tipos de materiais sensitivos (penas, algodão, esponja, lixa, plástico bolha, massinha, goma, gelatina, papelão corrugado, etc.);
  • Manusear elementos da natureza (pedrinhas, conchinhas, folhas, areia, terra, sementes, grãos, frutas, legumes,verduras), assistidos com bastante cuidado e supervisão.

Os recursos a serem usados são multimídias e aparelhos tecnológicos (TV, home theater, projetor, computador); Livros paradidáticos da Literatura Infantil; Jornais e revistas; Recursos humanos disponíveis; Material de papelaria.


Como culminância, reservaram um passeio pela comunidade com as crianças acompanhadas de seus responsáveis e educadores, finalizando com brincadeira conjunta e lanche em algum local a combinar.

 

 


Avaliação do projeto “As famílias do Jacarezinho”


Para avaliar este projeto, a equipe trabalhará reuniões com as equipes de cada turma semanalmente, reuniões com os responsáveis mensalmente e conversas e observações diárias com as crianças.

 

Parabéns a toda equipe da Creche Municipal Tia Andreza, pelo engajamento com as famílias de sua comunidade escolar, estreitando laços, diminuindo barreiras.

 

Obrigada à professora Andrea Carla Souto Guimarães, diretora adjunta da creche, pelo envio de fotos e desse projeto.


A Creche Municipal Tia Andreza tem à frente da direção professora Márcia Cristina e está situada à Rua José Maria Belo, s/nº, Jacarezinho.


Acompanhe o blog da Creche Municipal Tia Andreza http://crechetiaandreza.blogspot.com.br/.

 

 

 

Regina Bizarro é professora da rede municipal e responsável pelo Blog Família.

Contato: reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 19/03/2013

O Encanto desta Cidade É Meu!

Tags: 7ªcre, projetos, entrevistas.

 

 

Alana Raquel da Silva Lino é uma das ganhadoras do concurso “O Encanto desta Cidade É Meu” promovido pelo Rioeduca, na categoria Alunos de 14 a 17 anos. Aluna da Escola Municipal D.Pedro I desde 2011 e, antes, da E.M. 25 de Abril,  Alana está no 9º ano do Ensino Fundamental.

 


Alana  Raquel da Silva Lino tem catorze anos e conta  que : “Todos os dias  acessava o site do Rioeduca para saber se já tinha saído o resultado. Quando eu vi que tinha sido vencedora fiquei muito feliz, abracei todos que estavam à minha volta, pulei e corri para contar para minha mãe.”

 

Alana Raquel da Silva Lino, vencedora da categoria aluno, de 14 a 17 anos.

 


Confira agora, a entrevista que o Rioeduca fez com a Alana, para conhecer um pouco mais sobre uma das vencedoras do concurso “O Encanto desta Cidade É Meu” :

 

Rioeduca: Como foi que você resolveu se inscrever  para o concurso? Algum professor incentivou?


Alana: Quando estava na Sala de Leitura, a professora Ana Maria Rodrigues da Sala de Leitura  perguntou se eu queria participar e eu aceitei.

 

 

Alana com a professora da Sala de Leitura, Ana Maria, conferindo o resultado do concurso no portal Rioeduca.

 

Rioeduca: Qual o livro que leu que mais gostou?


Alana: Foi o livro “Uma Professora Muito Maluquinha” do Ziraldo.


 

Rioeduca: Qual o lugar do Rio de Janeiro que conhece ou gostaria de conhecer que mais gosta?


Alana: Gostaria de conhecer o Museu Aeroespacial, em Sulacap.


 

Rioeduca: E sua família? Gostou do resultado? Costuma incentivá-la nos estudos?


Alana: Minha mãe me incentiva e quando soube ficou muito contente. Ela me acompanha nos deveres e nas dificuldades. Diz que se eu não souber o que significa a palavra, para procurar no dicionário que tenho em casa. Fala para eu ir à livraria e comprar um livro. Ela diz para ler Vinícius de Moraes e Carlos Drummond de Andrade. Mas eu gosto de ler Ziraldo e Clarice Lispector.

 

Rioeduca: O que acha importante para um aluno escrever bem?


Alana: Acho que primeiro é gostar muito de ler porque você descobre as palavras que pode usar nas redações. E tirar dúvidas com professor, ele ajuda muito.

 

Rieduca: Quais as disciplinas que mais gosta na escola?


Alana: Gosto de História, Geografia e Língua Portuguesa.

 


 

Alana com seus colegas da turma 1902.

 

 

Rioeduca: Tem alguma idéia da área ou profissão que vai seguir?


Alana: Gostaria de ser professora de Geografia, História ou Ciências.

 

Fatima Martins, professora de Portugues, Alana Raquel, professora Neyla Fialho, de Artes Visuais, e professora Ana Maria Rodrigues, professoras que incentivaram a aluna

 

A Coordenadora Pedagógica Marleyde Fernando, que ajudou a aluna Alana Raquel a ativar seu e-mail Rioeduca para participar do concurso.

 

Veja abaixo, o texto vencedor de Alana:

 

"Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa, referência de beleza em qualquer lugar, Cidade onde encontramos as mais belas paisagens, misturas e culturas.

 

Belíssimas são tuas praias: Copacabana, Arpoador, Ipanema... eis que o colorido de sua diversidade se mistura com a curiosidade de pessoas que viajam de países de todo o mundo e, simplesmente, chegam eufóricos e muito surpresos com tudo que o Rio tem a oferecer.

 

O Rio de Janeiro reúne perfeição, cultura, natureza e vida urbana. Eternamente nos encantará com a grandiosidade de tudo que nos é oferecido, e sempre será assim incomparável, lindo e maravilhoso, Rio de Janeiro.

 

Este é o carioca: peles bronzeadas, caminhada na orla, banho de mar, clima tropical, diversidade cultural e musical. Todos esses detalhes nos permitem parafrasear a canção ”O canto dessa cidade é meu” dizendo: O canto dessa cidade é nosso. Estes cantos ecoam sempre no nosso Carnaval, mistura de nossa cultura latina com a alegria do povo. O Carnaval na Sapucaí desperta uma intensa vibração do povo demonstrando sua garra, energia, alegria e amor pela cidade. E emocionado renasce o desejo de rever este espetáculo de cores que anima a cidade.

 

Todos que aqui aportam vão com o desejo de sempre conseguir apreciar nossas belezas retornando novamente à Cidade Maravilhosa, cheia de encantos mil, Cidade Maravilhosa, coração do meu Brasil."

 

O  Projeto Político Pedagógico da E.M. Dom Pedro I é focado na Sustentabilidade e na Preservação Ambiental. Agora, em 2013, a unidade escolar também pretende, simultaneamente, intensificar a leitura e escrita dos alunos-autores que se encontram na escola. A Alana Raquel é uma dessas alunas, e está no caminho certo. Pelo jeito, o projeto já está rendendo seus frutos!

 

 

Parabéns, Alana! Continue escrevendo assim!

 

 

 

 PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

 

 

 

 

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

http://portalrioeduca/sobrenos.php


 

Contato:

 

Roberta Vitagliano

 professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 7ªCRE

 

robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina

 

 

                               

 

 

 

x

p> x

x


   
           



Yammer Share