A A A C
email
Retornando 2 resultados para a tag 'projetos'

Sexta-feira, 05/12/2014

As Famílias do Jacarezinho

Tags: 3ªcre, projetos, família.

 

A creche Tia Andreza criou o subprojeto As famílias do Jacarezinho através do seu PPA 2014 para resgatar os valores da sua comunidade e valorizar a identidade das crianças.

 


A Creche Municipal 03.28.602 Tia Andreza está localizada no Jacarezinho e atende crianças de 1 a 3 anos e 11 meses de idade, agrupadas em turmas também por idade.

Segundo relatos, a creche começou a funcionar no local da antiga quadra da Escola de Samba do Jacarezinho, onde uma senhora da comunidade usava o espaço para realizar um serviço voluntário "tomando conta de crianças".

Inaugurada em 1992, a creche era gerenciada pela SMDS. Em 2003, foi assumida pela SME e seu trabalho passou de assistencialista para pedagógico, no qual o cuidar e o educar complementam-se.

Em 2008, começou a obra de reforma e modernização, que aconteceu até março de 2011. Nessa época, o atendimento era feito no CIEP Chanceler Willy Brandt. Hoje, no prédio original reformado, a creche realiza um trabalho pautado em projetos que objetivam a melhoria da qualidade de vida das crianças e da comunidade.

 


 

"Sendo a creche um espaço novo para a metade das famílias, é necessário desenvolver uma relação de confiança e respeito mútuos, que se dá no dia a dia, no trato afetivo, na construção de um ambiente acolhedor e harmonioso com todos. A troca de experiências e informações das famílias antigas com as novas também é uma preciosa estratégia para o acolhimento, pois vendo que o outro passou por situações parecidas e está bem, dá uma segurança maior para superar as dificuldades do começo e do percurso em si".

Justificativa da professora Andrea Carla Souto Guimarães, diretora adjunta da creche, através de seu PPA 2014: “O lugar onde eu moro: Jacarezinho”.

 


O projeto tem como objetivo principal conhecer as características da comunidade, das famílias e de cada criança da creche.


“As famílias do Jacarezinho”

 

A partir do diagnóstico final de 2013, realizado pelo grupo de trabalho, pelas famílias e pela comunidade, as maiores dificuldades encontradas durante o desenvolvimento foram: a falta de água, uma relação mais estreita com as famílias, a questão dos valores morais, além de higiene, saúde e afetividade.


"Constatamos que uma está relacionada com a outra e achamos conveniente resgatar a história da comunidade, valorizando a cultura local, fazendo-os perceber que TODOS somos importantes", acrescenta a professora Andrea Carla.

 

 

 


Objetivos específicos

 

  • Conhecer as regras de convivência da comunidade;
  • Estabelecer vínculos e fortalecer a comunicação entre a instituição educativa (creche) e a comunidade;
  • Identificar a origem das famílias que compõem essa comunidade;
  • Identificar os serviços públicos oferecidos à comunidade e os que faltam nela;
  • Perceber a composição familiar predominante nas famílias das crianças da creche;
  • Identificar a fonte de renda predominante das famílias da comunidade;
  • Conhecer superficialmente a história da comunidade;
  • Identificar-se como membro de uma família e ser individualizado;
  • Ampliar o vocabulário e desenvolver diversas formas de expressão;
  • Valorizar a parceria creche/família;
  • Proporcionar vivências diferenciadas e importantes para o desenvolvimento das crianças;
  • Coletar dados por meios de pesquisa e observações;
  • Ler e interpretar imagens;
  • Conhecer gráficos e tabelas;
  • Reconhecer sua imagem no espelho;
  • Identificar as partes do próprio corpo;
  • Conhecer o próprio nome, os nomes dos coleguinhas da turma e das educadoras;
  • Respeitar as diferenças de cada um, tratando-os com individualidade dentro do grupo;
  • Conhecer e apreciar vários tipos de textos;
  • Desenvolver o autoconceito;
  • Observar, analisar fatos e situações, de forma a garantir a boa qualidade de vida;
  • Identificar mudanças ocorridas na comunidade após a entrada da UPP;
  • Promover atividades que proporcionem a escolha de sua preferência;
  • Desenvolver a coordenação motora ampla e fina;
  • Estabelecer parceria com a Clínica da Família da região, implementando ações;
  • Desenvolver hábitos e atitudes, cuidados com higiene e saúde;
  • Adaptar-se à rotina da creche, com confiança e tranquilidade.



Desenvolvimento e Atividades

 

  • Enviar questionários para as famílias sobre a história e as características da comunidade e das famílias que as compõem, da fonte de renda predominante e dos serviços públicos oferecidos;
  • Entrevistar elementos da comunidade/famílias a fim de conhecer a história do Jacarezinho;
  • Expressar sua opinião sobre o lugar onde mora, através de perguntas e respostas anotadas no blocão;
  • Montar um mural informativo sobre a história da comunidade (por que o nome "Jacarezinho"?);
  • Montar um mural com as fotos das famílias da turma e desenvolver atividades orais a partir da observação do mesmo;
  • Promover encontros e atividades de integração entre as crianças e as famílias;
  • Cantar músicas relacionadas ao que for sendo explorado e observado;
  • Contar histórias da literatura infantil sobre os temas relacionados: família, bairro, rio, jacaré, etc.;
  • Pesquisar sobre o animal jacaré e outros que vivem no rio e/ou na comunidade, através de vídeos, fotos, reportagens e notícias;
  • Planejar uma visita ao zoológico para o próximo período;
  • Listar os estabelecimentos e instituições existentes na comunidade;
  • Observar o que há no Rio Jacaré (pedras, vegetação, lixo...), onde ele começa e onde termina;
  • Conhecer alguns sambas da Escola de Samba Unidos do Jacarezinho;
  • Montar circuitos que representem caminhos existentes na Comunidade/ Rio Jacaré;
  • Confeccionar fantoches de animais / bonecos com caixas de leite ou qualquer outro material de sucata;
  • Montar labirintos com mesas, cadeiras, lençóis, representando os “Becos do Jacarezinho”;
  • Pesquisar os meios de transporte existentes na comunidade;
  • Confeccionar capacetes e brincar de passear de moto, respeitando as leis de trânsito e a segurança;
  • Pesquisar as profissões existentes e predominantes na comunidade;
  • Fazer caretas em frente ao espelho;
  • Desenhar livremente no espelho, com caneta para quadro branco e apagar com flanela;
  • Conversar sobre os diferentes tipos de família e sua importância;
  • Medir e pesar as crianças em parceria com a equipe da Clínica da Família para a confecção de um mural e possível orientação profissional nos casos de obesidade / baixo peso;
  • Pesquisar e conversar sobre a escolha do nome de cada criança, seu significado e origem;
  • Conversar sobre as características da comunidade;
  • Listar os estabelecimentos e instituições existentes na Comunidade com as crianças, em blocão;
  • Confeccionar casinhas com sucata, caixas de leite etc.;
  • Brincar de boneca, família, trabalho, etc., representando situações da vida real;
  • Brincar com as caixas de leite enfeitadas com as fotos das crianças e de suas famílias;
  • Construir com blocos de construção / encaixe;
  • Desenhar livremente com diferentes materiais (giz de cera, pilot, giz molhado, carvão na lixa);
  • Torcer, amassar e rasgar diferentes tipos de papéis;
  • Manusear diferentes tipos de materiais sensitivos (penas, algodão, esponja, lixa, plástico bolha, massinha, goma, gelatina, papelão corrugado, etc.);
  • Manusear elementos da natureza (pedrinhas, conchinhas, folhas, areia, terra, sementes, grãos, frutas, legumes,verduras), assistidos com bastante cuidado e supervisão.

Os recursos a serem usados são multimídias e aparelhos tecnológicos (TV, home theater, projetor, computador); Livros paradidáticos da Literatura Infantil; Jornais e revistas; Recursos humanos disponíveis; Material de papelaria.


Como culminância, reservaram um passeio pela comunidade com as crianças acompanhadas de seus responsáveis e educadores, finalizando com brincadeira conjunta e lanche em algum local a combinar.

 

 


Avaliação do projeto “As famílias do Jacarezinho”


Para avaliar este projeto, a equipe trabalhará reuniões com as equipes de cada turma semanalmente, reuniões com os responsáveis mensalmente e conversas e observações diárias com as crianças.

 

Parabéns a toda equipe da Creche Municipal Tia Andreza, pelo engajamento com as famílias de sua comunidade escolar, estreitando laços, diminuindo barreiras.

 

Obrigada à professora Andrea Carla Souto Guimarães, diretora adjunta da creche, pelo envio de fotos e desse projeto.


A Creche Municipal Tia Andreza tem à frente da direção professora Márcia Cristina e está situada à Rua José Maria Belo, s/nº, Jacarezinho.


Acompanhe o blog da Creche Municipal Tia Andreza http://crechetiaandreza.blogspot.com.br/.

 

 

 

Regina Bizarro é professora da rede municipal e responsável pelo Blog Família.

Contato: reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 19/03/2013

O Encanto desta Cidade É Meu!

Tags: 7ªcre, projetos, entrevistas.

 

 

Alana Raquel da Silva Lino é uma das ganhadoras do concurso “O Encanto desta Cidade É Meu” promovido pelo Rioeduca, na categoria Alunos de 14 a 17 anos. Aluna da Escola Municipal D.Pedro I desde 2011 e, antes, da E.M. 25 de Abril,  Alana está no 9º ano do Ensino Fundamental.

 


Alana  Raquel da Silva Lino tem catorze anos e conta  que : “Todos os dias  acessava o site do Rioeduca para saber se já tinha saído o resultado. Quando eu vi que tinha sido vencedora fiquei muito feliz, abracei todos que estavam à minha volta, pulei e corri para contar para minha mãe.”

 

Alana Raquel da Silva Lino, vencedora da categoria aluno, de 14 a 17 anos.

 


Confira agora, a entrevista que o Rioeduca fez com a Alana, para conhecer um pouco mais sobre uma das vencedoras do concurso “O Encanto desta Cidade É Meu” :

 

Rioeduca: Como foi que você resolveu se inscrever  para o concurso? Algum professor incentivou?


Alana: Quando estava na Sala de Leitura, a professora Ana Maria Rodrigues da Sala de Leitura  perguntou se eu queria participar e eu aceitei.

 

 

Alana com a professora da Sala de Leitura, Ana Maria, conferindo o resultado do concurso no portal Rioeduca.

 

Rioeduca: Qual o livro que leu que mais gostou?


Alana: Foi o livro “Uma Professora Muito Maluquinha” do Ziraldo.


 

Rioeduca: Qual o lugar do Rio de Janeiro que conhece ou gostaria de conhecer que mais gosta?


Alana: Gostaria de conhecer o Museu Aeroespacial, em Sulacap.


 

Rioeduca: E sua família? Gostou do resultado? Costuma incentivá-la nos estudos?


Alana: Minha mãe me incentiva e quando soube ficou muito contente. Ela me acompanha nos deveres e nas dificuldades. Diz que se eu não souber o que significa a palavra, para procurar no dicionário que tenho em casa. Fala para eu ir à livraria e comprar um livro. Ela diz para ler Vinícius de Moraes e Carlos Drummond de Andrade. Mas eu gosto de ler Ziraldo e Clarice Lispector.

 

Rioeduca: O que acha importante para um aluno escrever bem?


Alana: Acho que primeiro é gostar muito de ler porque você descobre as palavras que pode usar nas redações. E tirar dúvidas com professor, ele ajuda muito.

 

Rieduca: Quais as disciplinas que mais gosta na escola?


Alana: Gosto de História, Geografia e Língua Portuguesa.

 


 

Alana com seus colegas da turma 1902.

 

 

Rioeduca: Tem alguma idéia da área ou profissão que vai seguir?


Alana: Gostaria de ser professora de Geografia, História ou Ciências.

 

Fatima Martins, professora de Portugues, Alana Raquel, professora Neyla Fialho, de Artes Visuais, e professora Ana Maria Rodrigues, professoras que incentivaram a aluna

 

A Coordenadora Pedagógica Marleyde Fernando, que ajudou a aluna Alana Raquel a ativar seu e-mail Rioeduca para participar do concurso.

 

Veja abaixo, o texto vencedor de Alana:

 

"Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa, referência de beleza em qualquer lugar, Cidade onde encontramos as mais belas paisagens, misturas e culturas.

 

Belíssimas são tuas praias: Copacabana, Arpoador, Ipanema... eis que o colorido de sua diversidade se mistura com a curiosidade de pessoas que viajam de países de todo o mundo e, simplesmente, chegam eufóricos e muito surpresos com tudo que o Rio tem a oferecer.

 

O Rio de Janeiro reúne perfeição, cultura, natureza e vida urbana. Eternamente nos encantará com a grandiosidade de tudo que nos é oferecido, e sempre será assim incomparável, lindo e maravilhoso, Rio de Janeiro.

 

Este é o carioca: peles bronzeadas, caminhada na orla, banho de mar, clima tropical, diversidade cultural e musical. Todos esses detalhes nos permitem parafrasear a canção ”O canto dessa cidade é meu” dizendo: O canto dessa cidade é nosso. Estes cantos ecoam sempre no nosso Carnaval, mistura de nossa cultura latina com a alegria do povo. O Carnaval na Sapucaí desperta uma intensa vibração do povo demonstrando sua garra, energia, alegria e amor pela cidade. E emocionado renasce o desejo de rever este espetáculo de cores que anima a cidade.

 

Todos que aqui aportam vão com o desejo de sempre conseguir apreciar nossas belezas retornando novamente à Cidade Maravilhosa, cheia de encantos mil, Cidade Maravilhosa, coração do meu Brasil."

 

O  Projeto Político Pedagógico da E.M. Dom Pedro I é focado na Sustentabilidade e na Preservação Ambiental. Agora, em 2013, a unidade escolar também pretende, simultaneamente, intensificar a leitura e escrita dos alunos-autores que se encontram na escola. A Alana Raquel é uma dessas alunas, e está no caminho certo. Pelo jeito, o projeto já está rendendo seus frutos!

 

 

Parabéns, Alana! Continue escrevendo assim!

 

 

 

 PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

 

 

 

 

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

http://portalrioeduca/sobrenos.php


 

Contato:

 

Roberta Vitagliano

 professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 7ªCRE

 

robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina

 

 

                               

 

 

 

x

p> x

x


   
           



Yammer Share