A A A C
email
Dicas, prática pedagógica, troca de experiências.

Terça-feira, 18/12/2018

Expediente nas Escolas, nas Creches e nos Espaços de Desenvolvimento Infantil

Tags: expediente, recesso.

 

 

 

DECRETO RIO Nº 45507 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2018

 

Dispõe sobre o expediente nas Escolas, nas Creches e nos Espaços de Desenvolvimento Infantil da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro.

 

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais,

 

DECRETA:

 

Art. 1º As Escolas, as Creches e os Espaços de Desenvolvimento Infantil da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro não terão expedientes, permanecendo fechadas, no período de 24 de dezembro de 2018 a 04 de janeiro de 2019.

Parágrafo único. Será considerado recesso escolar, o período a que se reporta o caput deste artigo, para os profissionais de Educação, lotados nas Unidades Escolares, que não estiverem em gozo de férias.

 

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

Rio de Janeiro, 17 de dezembro de 2018; 454º ano da fundação da Cidade.

 

MARCELO CRIVELLA

 

Fonte: Diário Oficial


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/12/2018

Matrícula e Enturmação de 2018

Tags: matrícula, enturmação, sme.

 

 

Secretaria Municipal de Educação

Ato da Secretária

 

RESOLUÇÃO SME Nº 108, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2018.

 

 

Aprova Regulamento com diretrizes para matrícula e enturmação de alunos nas Unidades Escolares da Educação Infantil - modalidades Creche e Pré-Escola, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos e Educação Especial da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino, e dá outras providências.

 

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

 

CONSIDERANDO que de acordo com o disposto no art. 11, inciso III, da Lei n.º 9.394/96, compete aos Municípios baixar normas complementares para o seu Sistema de Ensino;

 

CONSIDERANDO as disposições constantes dos arts. 30, 37 e 58 da Lei n.º 9.394/96;

 

CONSIDERANDO que consoante o art. 32 da Lei n.º 9.394/96, com a nova redação dada pela Lei Federal n.º 11.274/2006, o Ensino Fundamental inicia-se aos 6 (seis) anos de idade;

 

CONSIDERANDO a Resolução CNE/CEB n.º 6, de 20 de outubro de 2010, que estabelece o último dia de março como data-base para o cálculo da idade dos alunos, com vista ao ingresso na Pré-escola e no Ensino Fundamental;

 

CONSIDERANDO o Parecer nº 30/2010, de 30 de novembro de 2010, que estabelece a implementação do 6º ano experimental, (em 2019 denominado de 6º ano Carioca) na Rede Pública de Ensino do Rio de Janeiro;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º A realização da matrícula, em todas as suas fases, para o ano de 2019, nas unidades de Educação Infantil - modalidades Creche e Pré-Escola e nas unidades escolares de Ensino Fundamental, de Educação de Jovens e Adultos e de Educação Especial da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino da cidade do Rio de Janeiro, como também a enturmação dos alunos, dar-se-ão em consonância com as disposições constantes desta Resolução.

 

Art. 2º Para os fins previstos no art. 1º, fica aprovado o Regulamento que acompanha a presente Resolução, com as normas e os procedimentos fixados pela Subsecretaria de Gestão - E/SUBG, concernentes à matrícula, e os critérios estabelecidos pela Subsecretaria de Ensino - E/SUBE, relativos à enturmação de alunos.

 

Art. 3º As inscrições e as matrículas para o ano de 2019 serão realizadas pela internet, no endereço eletrônico www.matricula.rio, de acordo com o calendário constante do Regulamento a que se refere o artigo anterior.

 

Art. 4.º Os casos omissos serão resolvidos pelos titulares da Subsecretaria de Gestão - E/SUBG e da Subsecretaria de Ensino - E/SUBE.

 

Art. 5.º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Rio de Janeiro, 17 de dezembro de 2018.

 

TALMA ROMERO SUANE

 

REGULAMENTO

 

DO PROCESSO DE MATRÍCULAS E ENTURMAÇÃO DE ALUNOS, PARA O ANO LETIVO DE 2019, REFERENTES AO ATENDIMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL - MODALIDADES CRECHE E PRÉ-ESCOLA, AO ENSINO FUNDAMENTAL, À EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E À EDUCAÇÃO ESPECIAL DAS UNIDADES DA REDE PÚBLICA DO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO.

 

Fonte: Diário Oficial - a partir da página 30


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/12/2018

Concerto de Natal na Escola de Formação Paulo Freire

Tags: escola de formação paulo freire, natal, orquestra, coral, .

 

Nesta quarta-feira, dia 19 de dezembro de 2018,

será realizado o Concerto de Natal, às 19:30, na Escola de Formação Paulo Freire.

 

As janelas da EPF se abrirão para encantar o seu  Natal!

Espetáculo de luz, ao som do Coral da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca.

Venha Celebrar!

 

 

 

Enviado por: Malvina Fernandes e Equipe

Gerente do Centro de Referência da Educação Pública


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 17/12/2018

Secretaria de Educação entrega Prêmio Anísio Teixeira

Tags: ascom, monografia, paulo freire.


A Secretaria Municipal de Educação realizou a entrega do prêmio Anísio Teixeira 2018, concedido anualmente aos servidores vencedores do concurso de monografias com conteúdos ligados à educação pública no Município do Rio de Janeiro. "O problema da reprovação escolar" foi o tema abordado nesta edição. Foram aceitos textos acadêmicos e, pela primeira vez, trabalhos literários.

 

 

 

"O Brasil, durante muitos anos, teve uma compreensão incorreta sobre reprovação escolar. Trazer para a Rede Municipal a discussão sobre esse tema é sempre muito relevante" ressaltou o diretor da Escola de Formação Paulo Freire, Marcio da Costa.

 

 


O concurso é mais uma iniciativa da SME de valorização daqueles que com o seu fazer, em diferentes espaços da Rede, e sensibilizados pelos seus contextos, são convidados a externar sua criatividade e pesquisa, dando forma a suas ideias.

 

 

 


"Em um grande esforço, a Rede parou para refletir sobre um assunto tão importante. Entre suas pesquisas e análises ainda apresentaram propostas para minimizar o problema" parabenizou o chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação, Cláudio Maia. 


Todos os servidores municipais da Educação lotados nas unidades escolares, creches, Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) e nas Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) puderam participar.


A comissão avaliadora, composta pelos professores doutores Rodrigo Rosistolato (UFRJ), Eliane Ribeiro (UNIRIO) e Debora Foguel (UFRJ), escolheu os cinco melhores trabalhos. As monografias serão publicadas e cada autor receberá um prêmio no valor de R$ 5.000,00. Outros dois bons trabalhos também serão indicados pela banca para publicação.


Entre as monografias premiadas está o trabalho do professor de História João Carlos de Souza. O docente escolheu como campo de pesquisa uma unidade escolar com mais de 1400 alunos da Educação Infantil, Primário e Educação de Jovens e Adultos e atendimento em três turnos. O trabalho intitulado "Superando a Reprovação Escolar: o caso de uma escola municipal de baixo nível socioeconômico", manteve o anonimato da escola acompanhada.


"Mesmo com uma gestão árdua, por conta da quantidade dos seus estudantes, a escola apresentou excelentes resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Em 2015, por exemplo, a meta da unidade era 4,7 e ela alcançou 6,2" citou o professor que explicou que seu principal objetivo foi dar visibilidade às escolas que realizam bons trabalhos apesar de todos os desafios.

 

 

Monografias indicadas para premiação e publicação:

 

Título: Políticas Públicas: A Avaliação Educacional no Município do Rio de Janeiro - 1996 a 2016

Por: Ana Paula Lima da Silva

Categoria: texto acadêmico

Cargo: Professor de Educação Infantil

C.M. Padre Valter da Costa Santos (9ª CRE)

 

Título: Superando a Reprovação Escolar: o caso de uma escola municipal de baixo nível socioeconômico

Por: João Carlos de Souza Anhaia Gino

Categoria: texto acadêmico

Cargo: Professor de Ensino Fundamental - História

E.M. Dilermando Cruz (4ª CRE)

 

Título: Tecnologia Digital e Neuroaprendizagem, Caminhos para a Superação da Dificuldade de Aprendizagem na Alfabetização

Por: Lyvia Teixeira Santos Silva

Categoria: texto acadêmico

Cargo: Professor de Ensino Fundamental

E.M. Desembargador Ney Palmeiro (7ª CRE)

 

Título: Na Busca por Caminhos para a Aprovação Escolar

Por: Maria Eny Leandro Picozzi

Categoria: texto acadêmico

Cargo: Professor II

E.M. Paraguai (5ª CRE)

 

Título: Reprovação Escolar: Os Fins (Educar) Justificam os Meios (Reprovar)?

Por: Anderson Paulino de Souza

Categoria: texto literário

Cargo: Professor

E.M. Gaspar Vianna (5ª CRE)

 

 

Monografias indicadas para publicação

 

Título: Entre a Reprovação Silenciosa e a Aprovação Automática: Análise do Sistema Gerencial Acadêmico (SGA) dos Alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos (PEJA) do Município do Rio De Janeiro

Por: Carla da Mota Souza

Categoria: texto acadêmico

Cargo: Professor II

CIEP Margaret Mee (7ª CRE)

 

 

Título: Literatura e Microconto: A Importância da Leitura e da Reescritura para o Ensino

Por: Damiana Maria de Carvalho

Categoria: texto acadêmico

Cargo: Professor I - Língua portuguesa

E.M. Pereira Passos (1ª CRE)

 

Fonte: ASCOM SME


   
           



Yammer Share