A A A C
email
Criado pela Secretaria Municipal de Educação, o projeto Rio, uma Cidade de Leitores tem por objetivo incentivar e fortalecer o hábito da leitura por prazer de alunos e professores da rede municipal de ensino.

Terça-feira, 12/12/2017

Twittaço Literário!

Tags: twittaço, mídias.

 

 

 

Sexta-feira, 15/12, é dia de Twittaço Literário!

 

A grande homenageada é Angela Lago, uma das mais importantes escritoras da literatura infantil brasileira!


Ao longo do dia vamos trocar mensagens sobre a escritora e ilustradora, cujo desejo de inovação a conectou com a tecnologia digital, sem deixar de defender a experiência do livro impresso.


Participe! Basta seguir @RiodeLeitores e usar #Riodeleitores!


Vale Twittar e Retwittar citações, depoimentos, fotos, dicas de livros, vídeos, sites, links, blogs e curiosidades. Twitte também fotos de atividades sobre a temática da autora realizadas em sua unidade escolar!


Um excelente Twittaço! Boas leituras! Até SEXTA!

 

 

 

Angela Lago
 

 

A escritora deixou obra com mais de 30 títulos, em que expande os limites do “texto visual” na literatura infantil e juvenil, brasileira e internacional. “Sempre foi em busca da experiência proporcionada pelo livro. A pesquisa girava em torno de como usar e explorar as potencialidades do livro. Era uma busca insistente”, afirma Marlette Menezes, artista plástica.

O desejo de inovação a conectou com a tecnologia digital, sem deixar de defender a experiência do livro impresso. Admiradora de Angela, Marlette pontua que o traço da amiga mudou ao longo do tempo, mantendo a identidade da escritora-ilustradora. “Você reconhece o fio contínuo do trabalho. Fio que se transforma o tempo todo”, afirma.

Premiada no Brasil e no exterior, a artista criou um universo próprio e singular e deu nova dimensão à literatura infantil brasileira. “Angela realmente foi uma pioneira, proporcionou um salto de qualidade muito grande, que puxou uma geração inteira atrás dela. Uma das qualidades era o esmero, o tratamento artístico do trabalho, tanto no texto quanto na imagem”, afirma o escritor e ilustrador Marcelo Xavier, autor de vários livros infantis. Marcelo e Marlette destacam como ela se dedicou a buscar inovações para a literatura. “Tinha uma vontade pela novidade, ela tinha, teve preocupação grande com o projeto gráfico. Entre uma publicação e outra, a gente sentia a novidade”, diz Marcelo lembrando que usava as mais diversas técnicas. “Ultimamente, usava o computador com muita sabedoria, sabia a medida certa para não esfriar a ilustração”.

 

___________________________________________________________________

 

O QUE É?

 O “Twittaço Literário” é uma iniciativa do Programa Rio, uma cidade de Leitores, voltada para a mobilização virtual, a partir das Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais, em torno de um autor ou tema sugerido, realizada desde 2015. 

 

COMO FUNCIONA?

- As Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais convidam todos os interessados na sua própria unidade a participarem do Twittaço, publicando, ao longo do dia indicado, citações, dicas de links ou comentários sobre o autor ou tema definido previamente pela Gerência de Mídia-Educação.

- Os Twittaços serão realizados sempre na última sexta-feira de cada mês, de acordo com cronograma específico. O próximo Twittaço acontecerá no dia 15 de dezembro/2017, em homenagem à querida Angela Lago, escritora e ilustradora da literatura infantil e juvenil.

- Os interessados podem participar com a publicação de mensagens relativas ao tema definido, ao longo do dia estabelecido, usando uma hashtag (#): #RiodeLeitores e seguindo o perfil @Riodeleitores no Twitter. Vale Twittar e Retwittar citações, depoimentos, fotos, dicas de livros, vídeos, sites, blogs e curiosidades sobre o autor e sua obra ou sobre o tema indicado.

-Todas as Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais da Rede devem participar com seu twitter próprio (institucional), já existente ou criado para a atividade.

- A participação de alunos, professores e demais interessados é voluntária, com seus próprios endereços de twitter ou com o twitter da sua Sala de Leitura/Biblioteca. Poderão ser utilizados os computadores existentes nas escolas (salas de aula, sala de leitura e laboratório de informática) e Bibliotecas ou, ainda, participar por meios próprios com celulares ou tablets, por exemplo.

- Os professores podem aproveitar o Twittaço para a realização de atividades de preparação ou de desdobramento com os alunos, por exemplo: realização de pesquisas prévias nas salas de leitura para organizar as mensagens que serão postadas; discussão sobre as postagens lidas ao longo do dia; tabulação de número de mensagens postadas pela escola que foram retwuittadas, etc.

 

PASSO A PASSO PARA PARTICIPAR DO TWITTAÇO LITERÁRIO:

1- Criar o Twitter da Sala de Leitura/Biblioteca Escolar Municipal ou seu próprio perfil;

2- Seguir, pelo Twitter criado, o perfil @RioedeLeitores;

3- Divulgar a atividade, convidando a comunidade escolar e os leitores em geral para participarem;

4- No dia combinado, publicar suas mensagens sobre o autor/ tema indicado, sem esquecer de colocar #Riodeleitores ao final da mensagem. Também é possível retwittar as mensagens de outros participantes.

5- Todos podem participar com quantas postagens desejar. Bom twittaço! Boas leituras!

 



 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 07/12/2017

Encontro Anual: A importância da Leitura na construção do sujeito

Tags: encontro anual, sala de leitura, bibliotecários, mídia, educação, leitura.

 

 

 

Prezados (as) Gerentes de GED,
Prezados (as) Professores (as) de Sala de Leitura e Bibliotecários (as),

 

Temos a honra de convidá-los para o nosso Encontro Anual, cujo tema será "A importância da Leitura na construção do sujeito".
Será um momento para trocar saberes com especialistas, colegas, estudantes e refletir sobre nosso papel no desenvolvimento integral das nossas crianças e jovens.

 

 

Dia: 08/12/17
Horário: 9h
Local: Editora Rovelle/Livraria Florecer
End: Rua Sacadura Cabral, 144h - Praça Mauá

 

 

Link de inscrição:

http://bit.ly/2io44K0

 

Vagas limitadas!

 

 

Palestrantes:

Ninfa Parreiras (Escritora, Psicanalista, Mestre em Literatura) em composição de mesa com Heveny Mattos (Gerente de Mídia-Educação da SME), Cilene Oliveira (Mestre em Biblioteconomia), Thatiane Cunha (Sala de Leitura do IHA), Maurina Bispo (Monitora de Sala de Leitura do CREJA), Vera Bastos (Diretora da Escola Cuba) e Andréa Neves (Representante de GED da 2ªCRE e Sala de Leitura da Escola Friedenreich).

 

 

  Gerencia de Mídia-Educação


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 01/12/2017

Comemoração dos 10 Anos do Lançamento do Primeiro Longa-Metragem Produzido Na Rede Pública

 

 

Sessão em Comemoração dos 10 Anos do Lançamento do Primeiro Longa-Metragem Produzido Na Rede Pública Municipal do Rio De Janeiro

 

No próximo dia 5 de dezembro (3a feira), às 14h, será realizada uma sessão em comemoração dos 10 anos de lançamento do primeiro longa-metragem produzido na Rede Pública Municipal do Rio de Janeiro. Trata-se do documentário "Alma Suburbana".

A sessão encerrará a programação de 2017 do Cineclube do Professor e Bibliotecário.


Faça sua inscrição pelo link abaixo:

https://goo.gl/i9GFVB
 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 24/11/2017

Aluno do CREJA Premiado na Maratona Escolar dos Grandes Autores SME- ABL 2017

Tags: creja, peja, maratona.

 

O aluno do CREJA (PEJA EaD), Amaro P. Teixeira, foi o contemplado na categoria aluno do PEJA na Maratona Escolar dos Grandes Autores que, em 2017, homenageou Castro Alves.


A produção de Amaro, com o título "Tiro no pé da democracia ou O novo Navio Negreiro", foi orientada pela professora de Língua Portuguesa Mariana Souza que atua no PEJA EaD/ CREJA, em parceria com a professora da sala de leitura Paulo Freire do CREJA, Marcia Cazer.

A maratona é realizada em parceria entre a SME-RJ e a Academia Brasileira de Letras.

Segundo o portal Rioeduca, a Gerência de Mídia-Educação recebeu mais de 100 textos produzidos por alunos da rede municipal, do 8º e 9º anos e PEJA II. Seguiram para a fase final 36 textos, dos quais 6 textos foram os premiados, sendo 5 de Ensino Fundamental e 1 da Educação de Jovens e Adultos.

Dentre os 36 textos, estavam também os da aluna Janaína Silva Miranda (do semi-presencial do CREJA) e Maria de Fátima Duarte da Conceição (do PEJA EaD CREJA).

A premiação ocorreu no dia 14/11, às 10h, na Academia Brasileira de Letras.

 


A produção das redações

O processo de produção das redações se deu através das seguintes etapas: num primeiro momento, os alunos interessados em participar do concurso foram convidados para uma aula sobre Castro Alves, no laboratório de informática no CREJA, onde viram aspectos principais da vida e da obra de Castro Alves, assistiram vídeos e participaram de uma roda de leitura com textos do autor. Nesse encontro, foram situados a respeito das orientações sobre a elaboração das redações.

Para um segundo momento, os alunos foram orientados a realizaram um pesquisa individual, em casa, a fim de se aprofundarem no estudo sobre a vida e a obra de Castro Alves. Além disso, nessa ocasião, também pegaram emprestados, na Sala de Leitura do CREJA, livros de Castro Alves.

E, por fim, num terceiro momento, com os dados pesquisados em mãos, os alunos compareceram ao CREJA para produzirem seus textos, sob supervisão da professora de Língua Portuguesa da EaD, Mariana Souza.

"Acreditamos que a participação dos alunos da EJA nesses concursos de produção textual os leva a um processo de autoconfiança e empoderamento. Precisamos ter em mente que os sujeitos da EJA são majoritariamente trabalhadores e que, por motivos diversos, estão fora da escola há um tempo considerável. Quando retornam à escola, o desejo de estudar é notável, mas também, em sua maioria, trazem consigo uma carga de insegurança muito grande. Porém, ao serem convidados a participar de um concurso como esse, resgatam a confiança em si mesmos e têm sua autoestima elevada. Ao serem premiados, demonstram extrema emoção e se sentem, inclusive, mais animados para darem prosseguimento aos seus estudos" (profª Mariana Souza PEJA EaD CREJA).

 

Fonte: http://crejarj.wixsite.com/creja/noticias


   
           



Yammer Share