A A A C
email
Retornando 42 resultados para a tag 'cinema'

Segunda-feira, 24/04/2017

Projeto Cineclube nas Escolas - Maio

Tags: cineclube, cinema, mídias.

 

LANÇAMENTO DO FILME GUARNIERI NO CIRCUITO ESCOLAR

 

O Projeto Cineclube nas Escolas, em parceria com a Taturana Mobilização Social, convida as escolas e bibliotecas escolares para o lançamento do filme Guarnieri no Circuito Escolar Municipal do Rio de Janeiro.

O evento acontecerá no dia 9 de maio (3a feira), às 9h, no Cine Joia, em Copacabana, e contará com a presença do diretor, Francisco Guarnieri para um bate papo após a exibição do filme.

A inscrição deverá ser realizada pelo link abaixo e estará sujeita à confirmação, devido à lotação da sala:

https://goo.gl/azIq3L

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/04/2017

Projeto Cineclube nas Escolas - Professor

Tags: cineclube, cinema, mídias.

 

 A SESSÃO DO PROFESSOR A PARTIR DESSE MÊS SERÁ NO OI FUTURO FLAMENGO

 

O Projeto Cineclube nas Escolas e o Cineduc convidam para a exibição do filme "Casa Grande", de Fellipe Barbosa.

No mês de abril a exibição será no Oi Futuro do Flamengo, fique atento!

Quando: Dia 26 de abril

Horário: 18:30

Local: Oi Futuro Flamengo - Rua Dois de Dezembro, 63.

ENTRADA FRANCA (Sujeito à lotação, 65 lugares)

 

Inscreva-se pelo e-mail: viajandocomocinema2016@gmail.com

Nome completo:

Escola:

Disciplina:

E-mail:

Telefone:

 

FICHA TÉCNICA

Filme: CASA GRANDE

Drama/Brasil/2014/115 min

 

Sinopse:
Jean é um adolescente rico que luta para escapar da superproteção dos pais, secretamente falidos. Enquanto a casa cai, os empregados têm que enfrentar suas inevitáveis demissões, e Jean tem que confrontar as contradições da casa grande.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=lVxMtz0p0-k

 

 

Esperamos vocês lá!


Luciana Bessa
Da Equipe da Gerência de Mídia-Educação
Tel.: 2976-2318

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 10/04/2017

Projeto Cineclube nas Escolas - Abril

Tags: cineclube, cinema, mídias.

 

LANÇAMENTO DO FILME CORPO DELITO NO CIRCUITO ESCOLAR


No dia 17 de abril, o Projeto Cineclube nas Escolas lançará o circuito escolar do filme Corpo Delito, no Cine Joia Copacabana, que envolverá as escolas com PEJA, o CREJA e as bibliotecas escolares. O lançamento será realizado no Cine Joia Copacabana com a exibição do documentário para os professores. Após o filme, haverá um bate papo com o montador do documentário, Frederico Benevides, e com a diretora de fotografia, Juliane Peixoto. Serão realizadas duas sessões: 9h e 13h. O Cine Joia Copacabana fica na Av. Nossa Senhora de Copacabana, 680 - Copacabana. Essa é mais uma ação em parceria com a Taturana Mobilização Social.

 

CIRCUITO ESCOLA

O filme deverá ser exibido para os alunos do PEJA, CREJA e nas bibliotecas escolares apenas no período de 17 de abril a 15 de maio.

O agendamento das sessões deverá ser realizado na plataforma da Taturana Mobilização Social.

www.taturanamobi.com.br

Após realizar a inscrição de sua unidade no site, você receberá o link do filme por e-mail.

O filme deverá ser copiado para o pendrive ou diretamente no computador e testado no equipamento onde será exibido, antes da sessão programada.

A sessão deverá ser acompanhada de um momento para troca de impressões sobre o filme.

Após a exibição, é necessário retornar à plataforma e preencher o formulário de avaliação, informando o número de pessoas que participaram da sessão.

Você pode agendar mais de uma sessão na plataforma!

 


SOBRE O FILME

Título: “Corpo delito”

- Ficha técnica:

Gênero: Documentário

Duração: 74 minutos

Ano: 2017

País: Brasil

Produzido por: Corpo Aberto

Dirigido por: Pedro Rocha

Elenco: Ivan Silva, José Neto, Gleiciane Gomes e Jeferson do Nascimento

- Sinopse:

Ivan, 30, acaba de sair da cadeia depois de oito anos preso. Ele agora está de volta à sua casa, de volta ao convívio de sua esposa, Gleice, e de sua filha, Glenda, de seis anos, que ele mal conhece. É uma chance de retomar a vida. No entanto, o passado ainda o atormenta. Ivan está em liberdade condicional. Uma tornozeleira eletrônica o proíbe de fazer qualquer trajeto que não seja o de casa para o trabalho, do trabalho para casa.

Por determinação da Justiça, ele precisa cumprir uma rotina de 8 horas diárias apertando parafusos numa fábrica. À noite, ele não pode sair de casa. Aos poucos, Ivan passa a não aceitar mais essa condição.

- Trailer: https://youtu.be/EX-WS313tIc 

 

 

FIQUE ATENTO!

Dia: 17 de abril (2a feira), no Cine Joia - Copacabana.

Horários (escolher): 9h e às 13h.

A inscrição deverá ser realizada pelo link abaixo:

https://goo.gl/Wn39Pz

 

 

 

E/SUBE/CED/Mídia-Educação
Tel:2976-2318 /2976-2319

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 09/03/2017

Projeto Cineclube nas Escolas - Março

Tags: cineclub, cinema, mídias.

 

 

Dia 15 de março sessão gratuita do filme Menino 23 para professores da rede pública municipal do Rio


No dia 15 de março, às 18h30, será realizada uma sessão gratuita do filme "Menino 23 - Infâncias Perdidas no Brasil" para professores da rede pública municipal do Rio de Janeiro. O evento acontece no Oi Futuro Ipanema. Essa é mais uma iniciativa do Projeto Cineclube nas Escolas em parceria com o Cineduc. Após a exibição do filme será realizado um bate papo com convidados da área de cinema.

 

Os interessados devem enviar um e-mail para viajandocomocinema2016@gmail.com com os seguintes dados:

Nome completo:
Escola:
Disciplina:
E-mail:
Telefone:


O agendamento não é obrigatório e a lotação está sujeita a capacidade da sala (90 lugares).


Ficha Técnica do Filme

FILME: "Menino 23 - Infâncias Perdidas no Brasil"

Documentário/Brasil/90 min.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=4wmraawmw38

 

  SINOPSE:

Trabalho forçado, prisão, infâncias roubadas. Em uma fazenda em Campina do Monte Alegre, interior de São Paulo, cinquenta órfãos entre nove e doze anos de idade viviam em semiescravidão, sob a égide da Lei brasileira. No documentário Menino 23, as memórias dos últimos sobreviventes revelam os horrores de um episódio pouco conhecido da história do Brasil, com a expressão mais clara de apoio ao nazismo fora da Alemanha.Retirados de um orfanato no Rio de Janeiro, esses meninos foram enviados para o Rancho Cruzeiro do Sul em 1932, supostamente em nome da educação para o trabalho, e da evolução da raça brasileira e para o bem-estar da nação, todos com respaldo constitucional e refletindo claramente crenças eugenistas no Brasil. Na propriedade comandada por Otávio Rocha Miranda, membro do Partido Integralista de ultradireita, esses órfãos foram privados de suas identidades, conhecidos apenas por números.A história destes órfãos, submetidos a agressões, abusos físicos, constrangimentos morais, cárcere e fome merecia extrapolar os limites acadêmicos da pesquisa e ganhar as telas. Em Menino 23 o mesmo tom de indignação e surpresa vai desvendar esse capítulo sombrio da História do Brasil.

 

 

 


   
           



Yammer Share