A A A C
email
Retornando 107 resultados para a tag 'midia'

Terça-feira, 07/11/2017

Poesia na Escola

Tags: mídia, poesia, escola.

 

 

Prezado(a) Leitor(a),

A Coletânea de Poemas dos Profissionais da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro chega, em 2017, a mais uma versão.

Assim como o poeta Manoel de Barros, acreditamos que há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira. Ler, escrever e falar sobre poesia é dar uma pausa na rotina, é pensar sobre o nosso lugar no mundo. E nada melhor do que refletir em meio à liberdade que as palavras poéticas proporcionam.

Desejamos que a leitura das palavras das próximas páginas, desarrumadas da linguagem do cotidiano, expressem a sensibilidade necessária ao nosso olhar. Que nossas escolas estejam repletas de educadores que estimulem os alunos, assim como o poeta sugeriu, a “transver o mundo” por meio da Literatura.
E viva a poesia!

Parabéns a todos os profissionais que compõem essa obra!
 

 

 

Prezado(a) Leitor(a),

A Coletânea de Poemas dos Alunos da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro chega, em 2017, a mais uma versão.

Este material representa uma parte da Rede e expressa a riqueza dos nossos jovens, que têm muito a dizer. Ter voz na poesia causa estranho fascínio porque se diz sem dizer, torna-se um “apanhador de desperdícios”, como disse o poeta Manoel de Barros. Para ele há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira:

Uso a palavra para compor meus silêncios.
Não gosto das palavras
fatigadas de informar.
Dou mais respeito
às que vivem de barriga no chão
tipo água pedra sapo.

Desejamos que a leitura das palavras das próximas páginas incitem novos leitores e poetas a perceber como a poesia revigora, dá força e faz refletir sobre o mundo. E nada melhor do que refletir em meio à liberdade que as palavras poéticas, linguagem do cotidiano desarrumada, proporcionam.
Que nossas escolas estejam repletas de alunos conhecedores da importância da sua palavra escrita, sensíveis ao encantamento da Literatura!

E viva a poesia!
Parabéns aos nossos alunos poetas!
Que o bicho inquietante da poesia se torne de estimação!
 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 27/09/2017

Twittaço Literário!

Tags: twittaço, literário, mídias.

 

 

Twittaço do André!

 

Sexta-feira, 29/09, é dia de Twittaço Literário!

Desta vez, o homenageado é André Neves, autor premiado e consagrado da Literatura Infantil.

Vamos twittar sobre sua obra, com citações, entrevistas, vídeos, fotos, links e curiosidades do grande ilustrador!

 

 

Esta é uma ação do Programa Rio, uma cidade de leitores, da Gerência de Mídia-Educação/SME-RJ.

 

Siga @RiodeLeitores e use #RiodeLeitores nos seus tweets.

 

Participe! A gente se encontra no Twitter! Até lá!

 

 

TWITTAÇO LITERÁRIO

 

O QUE É?

 O “Twittaço Literário” é uma iniciativa do Programa Rio, uma cidade de Leitores, voltada para a mobilização virtual, a partir das Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais, em torno de um autor ou tema sugerido, realizada desde 2015. 

 

COMO FUNCIONA?

- As Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais convidam todos os interessados na sua própria unidade a participarem do Twittaço, publicando, ao longo do dia indicado, citações, dicas de links ou comentários sobre o autor ou tema definido previamente pela Gerência de Mídia-Educação.

- Os Twittaços serão realizados sempre na última sexta-feira de cada mês, de acordo com cronograma específico. O próximo Twittaço acontecerá no dia 29 de setembro/2017, em homenagem a André Neves, grande ilustrador da Literatura Infantil.

Os interessados podem participar com a publicação de mensagens relativas ao tema definido, ao longo do dia estabelecido, usando uma hashtag (#): #RiodeLeitores e seguindo o perfil @Riodeleitores no Twitter. Vale Twittar e Retwittar citações, depoimentos, fotos, dicas de livros, vídeos, sites, blogs e curiosidades sobre o autor e sua obra ou sobre o tema indicado.

-Todas as Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais da Rede devem participar com seu twitter próprio (institucional), já existente ou criado para a atividade.

- A participação de alunos, professores e demais interessados é voluntária, com seus próprios endereços de twitter ou com o twitter da sua Sala de Leitura/Biblioteca. Poderão ser utilizados os computadores existentes nas escolas (salas de aula, sala de leitura e laboratório de informática) e Bibliotecas ou, ainda, participar por meios próprios com celulares ou tablets, por exemplo.

- Os professores podem aproveitar o Twittaço para a realização de atividades de preparação ou de desdobramento com os alunos, por exemplo: realização de pesquisas prévias nas salas de leitura para organizar as mensagens que serão postadas; discussão sobre as postagens lidas ao longo do dia; tabulação de número de mensagens postadas pela escola que foram retwuittadas etc.
 

PASSO A PASSO PARA PARTICIPAR DO TWITTAÇO LITERÁRIO:

1- Criar o Twitter da Sala de Leitura/Biblioteca Escolar Municipal ou seu próprio perfil;

2- Seguir, pelo twitter criado, o perfil @RioedeLeitores;

3- Divulgar a atividade, convidando a comunidade escolar e os leitores em geral para participarem;

4- No dia combinado, publicar suas mensagens sobre o autor/ tema indicado, sem esquecer de colocar #Riodeleitores ao final da mensagem. Também é possível retwittar as mensagens de outros participantes.

5- Todos podem participar com quantas postagens desejar. Bom twittaço! Boas leituras!

 

Márcia Romualdo

E/SUBE/CED/Mídia-Educação

 

  


   
           



Yammer Share

Sábado, 02/09/2017

Produções da Rede Pública Selecionadas Pelo Festival Internacional Pequeno Cineasta

Tags: midias, cinema, produções.

 

Seis produções da Rede Pública Municipal do Rio de Janeiro foram selecionadas pelo Festival Internacional Pequeno Cineasta e serão exibidas de 18 a 28 de outubro durante a realização da mostra na cidade do Rio de Janeiro.

 

Parabéns aos realizadores!!!

 

MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL CRIANÇAS

CIRANDA DO CARANGUEJO – E.M. Vieira Fazenda

PRETO NO BRANCO – E.M. Roberto Burle Marx

ÁGUA É H2O SEM ELA FICA MUITO PIOR - E.M. Senador João Lira Tavares


MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL JOVEM

CURVADOS – E.M. Comunidade Vargem Grande


MOSTRA NÃO COMPETITIVA SUSTENTE SUA HISTÓRIA

ME ENSINA OLHAR - E.M. Francisco Manoel

UMA ÍNDIA NA CIDADE - E.M. França

CIRANDA DO CARANGUEJO – E.M. Vieira Fazenda

ÁGUA É H2O SEM ELA FICA MUITO PIOR - E.M. Senador João Lira Tavares

 


 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 24/08/2017

Twittaço Literário!

Tags: twittaço, literário, mídias.

Sexta-feira, dia 25/08, é dia de

Twittaço Literário!

 

O homenageado é Castro Alves, o Poeta Dos Escravos e da Liberdade!

 

Ao longo do dia vamos trocar mensagens sobre o autor de O Navio Negreiro, Vozes D’África, Espumas Flutuantes e uma vasta obra com Poesia que encanta leitores de todas as gerações.

 

Participe! Basta seguir @RiodeLeitores e usar #Riodeleitores!

 

Vale Twittar e Retwittar citações, depoimentos, fotos, dicas de livros, vídeos, sites, blogs e curiosidades.

 

Um Twittaço de boas leituras para todos! Até lá!

 

Ilustração do professor Rafael Carneiro Monteiro

 

 

TWITTAÇO LITERÁRIO

 

O QUE É?

 O “Twittaço Literário” é uma iniciativa do Programa Rio, uma cidade de Leitores, voltada para a mobilização virtual, a partir das Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais, em torno de um autor ou tema sugerido, realizada desde 2015. 

 

COMO FUNCIONA?

- As Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais convidam todos os interessados na sua própria unidade a participarem do Twittaço, publicando, ao longo do dia indicado, citações, dicas de links ou comentários sobre o autor ou tema definido previamente pela Gerência de Mídia-Educação.

- Os Twittaços serão realizados sempre na última sexta-feira de cada mês, de acordo com cronograma específico. Em agosto, acontecerá no dia 25/08, e o autor homenageado é Castro Alves, o Poeta dos Escravos e da Liberdade!

- Todos os interessados podem participar com a publicação de mensagens relativas ao tema definido, ao longo do dia estabelecido, usando uma hashtag (#): #RiodeLeitores e seguindo o perfil @Riodeleitores no Twitter. Vale Twittar e Retwittar citações, depoimentos, fotos, dicas de livros, vídeos, sites, blogs e curiosidades sobre o autor e sua obra ou sobre o tema indicado.

-Todas as Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares Municipais da Rede devem participar com seu twitter próprio (institucional), já existente ou criado para a atividade.

- A participação de alunos, professores e demais interessados é voluntária, com seus próprios endereços de twitter ou com o twitter da sua Sala de Leitura/Biblioteca. Poderão ser utilizados os computadores existentes nas escolas (salas de aula, sala de leitura e laboratório de informática) e Bibliotecas ou, ainda, participar por meios próprios com celulares ou tablets, por exemplo.

- Os professores podem aproveitar o Twittaço para a realização de atividades de preparação ou de desdobramento com os alunos, por exemplo: realização de pesquisas prévias nas salas de leitura para organizar as mensagens que serão postadas; discussão sobre as postagens lidas ao longo do dia; tabulação de número de mensagens postadas pela escola que foram retwuittadas etc.
 

PASSO A PASSO PARA PARTICIPAR DO TWITTAÇO LITERÁRIO:

1- Se ainda não tem, crie o Twitter da Sala de Leitura/Biblioteca Escolar Municipal ou o seu próprio perfil para participar do Twittaço Castro Alves;

2- Seguir, pelo twitter criado, o perfil @RioedeLeitores;

3- Divulgar a atividade, convidando a comunidade escolar e os leitores em geral para participarem;

4- No dia combinado, publicar suas mensagens sobre o autor/ tema indicado, sem esquecer de colocar #Riodeleitores ao final da mensagem. Também é possível retwittar as mensagens de outros participantes;

5- Todos podem participar com quantas postagens desejarem.

 


A Praça, poema de Castro Alves
 

 

 

A última entrevista de Castro Alves – Revista Bula

Entrevista concedida ao escritor e professor Augusto Sérgio Bastos, em 6 de junho de 1871, no Palacete do Sodré, em Salvador, Bahia. Castro Alves morreria um mês depois
Antônio Frederico de Castro Alves foi um dos maiores poetas brasileiros. Nasceu em 14 de março de 1847 na fazenda Cabaceiras, próxima à vila de Curralinho, hoje cidade de Castro Alves, Bahia, e morreu 6 de julho de 1871, em Salvador, vitimado pela tuberculose, aos 24 anos. Ficou conhecido como o poeta dos escravos e da liberdade, por suas feições abolicionistas e republicanas. Sua poesia, uma transição entre o Romantismo e o Parnasianismo, foi fortemente influenciada pela literatura social do poeta francês Victor Hugo. Suas principais obras são: “Espumas Flutuantes”, “A Cachoeira de Paulo Afonso”, “Os Escravos” e o drama “Gonzaga ou a Revolução de Minas”. É de sua autoria o célebre poema “O Navio Negreiro”, um dos mais representativos e conhecidos poemas da história da literatura brasileira.

 

Acesse aqui o Texto na íntegra

 

 

 

Márcia Romualdo e Martha Gomes 

E/SUBE/CED/Mídia-Educação

 


 


   
           



Yammer Share