A A A C
email
Retornando 88 resultados para o mês de 'Janeiro de 2012'

Quinta-feira, 19/01/2012

Educar para Transformar

Tags: 4ªcre.

 


 

Para que as condições concretas que viabilizam a construção de uma sociedade sejam transformadas, é preciso reinventar o mundo de hoje e a educação é indispensável nessa reinvenção. Essa reinvenção do mundo exige comprometimento. Como experiência especificamente humana, a Educação é uma forma de intervenção no mundo, veja o que a Professora Regina Coeli Cavalcante pensa sobre o assunto.

 

"A educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda." Paulo Freire

 

"Desde criança eu sempre admirei minhas professoras e pensava em ser professora. Brincava com outras crianças reproduzindo o ambiente de uma sala de aula, e sempre eu era a professora. Desde cedo sonhava em trabalhar com alfabetização e imaginava quão gratificante é acompanhar o desenvolvimento de um aluno desde a fase do reconhecimento das letras até a realização de textos.

 

 

Educação para mim tem o significado de transformação. O caminho do estudo é o único que proporciona o crescimento do indivíduo no contexto social, conscientizando e abrindo as portas pelo conhecimento e ainda, moldando um cidadão pleno de seus direitos e de seus deveres.

 

Ingressei no magistério em 1990, e tenho o meu trabalho como a minha maior realização pessoal. Continuei meus estudos e me formei em pedagogia, pois sabia que meu caminho profissional não podia ser outro. Investi muito em cursos e pós-graduação com o objetivo sempre de aperfeiçoamento e fazer o máximo pelos meus alunos. Identifico como minha maior força a minha determinação e a vontade de fazer algo a mais, nunca me acomodo diante de novos desafios e busco me atualizar e obter conhecimento.

 

 

Desde 2005, faço parte do quadro de professores do Município do Rio de Janeiro e sem dúvida foi um grande desafio e tem sido até hoje uma experiência intensa, pois percebo que na rede pública, as conquistas que temos com a vitória dos alunos são mais significativas e refletem em toda a comunidade. Fato que torna o papel do educador mais amplo e transformador das vidas dessas pessoas.

 

Após três anos atuando com os projetos Acelera e Se Liga do Instituto Ayrton Senna, despertei para a necessidade de me preparar para os novos caminhos da Educação, que se moderniza diante do aparato tecnológico que se dissemina. Assim, fui aceita pela Educopédia para produzir aulas digitais e retornei à faculdade de Pedagogia para obter a licenciatura das séries iniciais. E em 20112, começo uma nova etapa em minha vida profissional, pois inicio meu primeiro mandato como Diretor Adjunta da E.M. Capitão de Fragata Didier Barbosa Vianna." Texto: Professora Regina Coeli Cavalcante

 

O Rioeduca parabeniza a Professora Regina por sua enorme dedicação e deseja boa sorte em sua nova caminhada na Gestão da E.M. Capitão de Fragata Didier Barbosa Vianna.

 

 

                                              

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/01/2012

Matrícula Digital 2012 - Nova Etapa para Alunos Novos na Rede

Tags: matrícula2012.

 

INFORMAÇÕES SOBRE MATRÍCULA 2012

 

O novo período de matrículas recomeçou hoje, dia 19 de janeiro.

 

Na página oficial da matrícula, há as instruções em passo a passo de como realizar a matrícula através de uma cartilha.

 

ATENÇÃO! 

O Portal Rioeduca limita-se à divulgação dos conteúdos e à facilitação do acesso às informações, mas não possui qualquer gerenciamento sobre o sistema operacional e o processo de matrícula.

Na impossibilidade de concuir a matrícula através desse sistema ou em caso de dificuldades de acesso, liguem para o número 1746 informado na página.

 

Clique na imagem abaixo para ser direcionado ao portal de matrícula.

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 18/01/2012

Ano de grandes homenagens na 10ª CRE

Tags: 10ªcre, eventos, homenagens.



 

 

É sempre tempo para comemorar. No finalzinho de 2011, com o 4º COC quase fechado, os gestores imaginando de que forma seriam realizadas as reuniões de confraternização de encerramento de ano nas escolas, e os professores se preparando psicologicamente para o recesso escolar seguido das férias, foi realizada uma linda cerimônia no teatro da Cidade das Crianças.

 


A festa, que já se tornou uma tradição na 10ª Coordenadoria Regional de Educação, tem como objetivo apresentar uma ampla retrospectiva de tudo o que aconteceu durante o ano nas escolas, nas creches, nos Cieps, nos Espaços de Desenvolvimento Infantil e em todas as gerências da CRE, e também prestar homenagens aos funcionários que se destacaram e ao professor talento.

 


Anualmente cada escola faz a indicação dos dois nomes que serão homenageados juntamente com os gestores, que também recebem um certificado das mãos da professora Gracinha Muller, coordenadora da 10ª CRE.

 


É uma solenidade simples, mas muito marcante. Afinal, quem não gosta de ver o seu desempenho por uma educação de qualidade ser lembrado e homenageado?

 


O ano de 2011 foi pródigo em premiações, homenagens, outorgas e reconhecimentos pelos trabalhos de vários profissionais.

 


A Medalha Carioca de Educação, criada em 2006 para distinguir anualmente três profissionais que tenham se distinguido por suas relevantes contribuições à Educação em toda a Cidade do Rio de Janeiro foi, no ano de 2011, outorgada para professores da 10ª CRE.

 


A professora Elizabeth Leitão, que teve o seu nome indicado pelo trabalho desenvolvido na classe hospitalar do Hospital Municipal Jesus, teve a sua vida profissional iniciada na 10ª CRE.

 


Também foram agraciados os professores Victor Aurélio Marques e Sueli Pontes Gaspar.
Victor Aurélio Marques é diretor Escola Municipal João Gualberto Jorge do Amaral, e foi indicado por acabar com a evasão escolar de sua unidade, acreditando que o seu empenho profissional o fez ganhar o prêmio.

 

 

A terceira premiada foi a diretora Sueli Pontes Gaspar do Ciep 1° de maio, que obteve o primeiro lugar no IDE-Rio de 2010. Sueli também foi agraciada com a Medalha Pedro Ernesto, concedida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

 

 

Também no ano de 2011 a 10ª CRE marcou presença na belíssima festa do Troféu Rioeduca, com a representação das escolas municipais João Gualberto Jorge do Amaral, Joaquim da Silva Gomes e Gandhi, além do CIEP Barão de Itararé.

 


A Escola Municipal Professor João Gualberto Jorge do Amaral recebeu o troféu pelo excepcional trabalho de divulgação feito através do jornal escolar “O Gualbertinho”, editado com a participação de alunos do 5º ano, recebendo o Troféu Rioeduca 2011, na Categoria Rio Cidadania.

 


Já o CIEP Barão de Itararé, na pessoa da professora Aline Lobo, então regente da turma 1501, 5º ano, recebeu o Troféu Rioeduca como o melhor blog criado e mantido por professor.

 

 


Outro momento bastante significativo, que também precisa ser relembrado, foi a homenagem da Secretaria Municipal de Educação aos alunos Leandro, da Escola Municipal Eduardo Rabello, Ana Júlia, da Escola Municipal Leôncio Corrêa e Júlia Clara, da Escola Municipal Professora Leila Mehl de Menezes, que obtiveram as melhores notas nas provas de Língua Portuguesa e Matemática do IDERIO.

 


O ano de 2011 foi de muitas realizações e comemorações na 10ª CRE, mas esperamos que em 2012, os gestores, professores, funcionários e alunos possam continuar fazendo tudo isso de forma ainda muito mais eficiente.

 

Conheça todo o trabalho que vem sendo desenvolvido na 10ª Coordenadoria Regional de Educação, assistindo a apresentação em slides, especialmente elaborada para a Retrospectiva 2011, pelo professor Rodrigo Abreu, assessor de Informática, a quem agradeço, juntamente com a professora Gracinha Muller, pelo apoio, incentivo e permanente parceria.

 

 

 

                                                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 18/01/2012

A Importância da Valorização dos Saberes

Tags: 3ªcre, protagonismojuvenil, educaçãofísica.



 

A E. M. Suécia 3ª CRE apresenta a sua II Mostra de Talentos realizada ao final de Novembro e nos mostra por que todos os saberes precisam ser valorizados.

 

 

Lançar ao solo a semente é tarefa cotidiana de cada professor. Cuidar para que ela germine, cresça e frutifique também. Para isso, é necessário conhecer o terreno em que se planta. Saber se será preciso um pouco mais de água, de fertilizante ou outros cuidados. Há aquelas sementes as quais bastam um pouco de água e sol e se desenvolverão fortes e saudáveis. Abrir as portas da escola para os saberes que cada criança possui, aumenta a confiança deles em sua capacidade de aprender. Também faz crescer sua vontade de conhecer os saberes oferecidos pela escola. E, se pode ser feito com prazer, melhor ainda. preciso um pouco mais de

 

Professoras Isabella e Ana Cristina da equipe de Educação Física

 

 

A professora de Educação Física, Ana Cristina, organizou a II Mostra de Talentos da E. M. Suécia com o apoio da direção e de toda a equipe pedagógica da escola. Recebeu as inscrições antecipadas, realizou audições e organizou o cronograma das apresentações em duas sessões. E acabou por revelar outros talentos entre os funcionários da escola como vemos na organização da mostra. Apresentador, cinegrafista, sonoplasta, DJ e fotógrafa são alguns dos talentos revelados.

 

 

 

 

 

Dançar como seus ídolos, ser capaz de cantar a canção da moda ou a preferida de seu grupo de amigos, fazer embaixadinhas, jogar capoeira, enfim, ser o astro por alguns minutos, mostrar aos colegas que se é capaz. E, principalmente, receber os aplausos não só dos colegas, mas de seus professores, faz da escola um lugar no qual se pode confiar, no qual se pode ser quem se é e ser reconhecido como indivíduo ímpar e, ao mesmo tempo parte da comunidade escolar. Mostrar seu talento em público requer coragem e confiança da integração com o grupo.

 

 

Aluno João Pedro e suas colegas da turma 1302

 

 

Uma Mostra de Talentos não é uma competição. Todos ganham. Sabemos em que terreno estamos lançando nossas sementes e, ao mesmo tempo, o aramos com autoestima. Se for preciso um pouco de adubo, de água ou de sol, será dado e a próxima colheita recompensará este cuidado.
Para ver mais dos talentos da E. M. Suécia, assista ao vídeo e confira o blog.

 

 

 

 

 

 

Confiram também o blog Professora Ana Cristina (Ed. Física) que nos enviou as imagens e o relato sobre a mostra.

 

 



 

 

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share