A A A C
email
Retornando 88 resultados para o mês de 'Janeiro de 2012'

Sexta-feira, 27/01/2012

Rioeducadores em Busca de Novos Conhecimentos_ ENEDU e Rioeduca em Rede

Tags: 5ªcre, rioeducadores.

 

Os professores no mês de janeiro, sejam estes da rede particular ou pública, normalmente estão de férias. E dedicar alguns momentos destes dias de descanso à Educação é importante para trocarmos experiências e revigorarmos nossas forças para o ano letivo que nos espera.

 

 

Assim aconteceu com alguns professores da Rede e representantes do Rioeduca, que foram à procura de descobrir, ou redescobrir, o “Desafio de Educar no Século XXI”.

 

Dia 13 de janeiro aconteceu o ENEDU 2012Encontro Nacional de Educadores, no Centro de Convenções do Hotel Mirador, em Copacabana.

 

 

 

A professora Patrícia Lopes da Fonte, Paty Fonte, idealizadora e palestrante do ENEDU/2012, nos diz: “A educação do século XXI, além de transmitir informações, tem que formar um cidadão que saiba transformar essas informações em conhecimento, em ação, e desenvolver habilidades e competências que o capacite a lidar com o "oceano de informações", com as rápidas transformações nos modos de produção, e instrumentalizá-lo a realizar um projeto de vida e de sociedade”.

 

Com ela, as professoras Cíntia Borher, Alessandra Mourão e Raphaella Marques palestraram e dinamizaram todo o encontro, assim como o professor Joaquim de Paula.

 

Foi feita uma abordagem pela profª Paty Fonte através de reflexões sobre o que é ser educador no século XXI, passando pela Teoria das Inteligências Múltiplas, de Gardner, instrumentalizando Teatro, Arte e Educação, na vida de nossos alunos. Em outro momento as “Histórias Animadas” do professor Joaquim de Paula nos levou a um passeio ao nosso eu - criança - onde resgatamos e vivenciamos uma “matéria-prima genuinamente brasileira”.

 

Por fim, a professora Raphaella Marques de Carvalho, professora da SME/RJ e uma das coordenadoras do programa Educopédia da Subsecretaria de Novas Tecnologias Educacionais da SME-RJ, apresentou-nos sua experiência quanto ao uso do blogs na sala de aula.


Ela acredita “que as ferramentas digitais podem incentivar os alunos para uma aprendizagem mais interativa e colaborativa e, sobretudo, contribuir para os professores teclarem novos webmundos”.

 

Enfim, são múltiplas as formas de aprender e ensinar e o blog, a que chamo de portfólio digital, permite-nos trocar experiências, induzir o aluno a criar, a produzir textos; permite-nos desenvolver habilidades entre muitas outras possibilidades, através da net. O aluno acaba aprendendo de uma forma mais descontraída e prazerosa.

 

Foi um dia muito proveitoso e que nos rendeu alguns olhares diferenciados, pois, no mínimo, deixou uma reflexão no ar.

 

Crédito de imagens: 

 
http://www.enedu2012.com/

http://criandartes.blogspot.com/

http://www.showcante.com/

http://www.raphaellamarques.com/

http://www.educador.brasilescola.com/

 

 

Se você conhece algum professor que tenha feito um trabalho significante na Educação Municipal e/ou fez algo inusitado que, num bom sentido, "abalou as estruturas" da sua escola,
 então, escreva ao Rioeduca que nós divulgaremos.


Cada CRE possui um representante na Equipe Rioeduca - todos professores da rede, e para saber qual e-mail do representante da sua CRE, clique no ícone abaixo.


 

 

 

Profª Regina Bizarro_Representante do Rioeduca na 5ªCRE

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 27/01/2012

Como me Tornei Gestora - por Norma Santos

Tags: 3ªcre, novadireção.

 

Depois de ler o relato da Professora Norma Santos, fiquei procurando uma frase que resumisse o texto. Se é difícil resumir 24 anos de magistério em alguns parágrafos, imaginem em uma frase. Bem, encontrei uma de Sócrates – o filósofo – que acredito possa servir.
 

 

 

 

Desafio é uma palavra que resume bem a vida de Norma Santos como profissional de Educação. Foi buscando superar desafios em cada fase da sua vida que ela chegou em 2012 como gestora da E.M. Pernambuco, na 3ª CRE.

 

 

 

 

 

De formação inicial na área de Saúde, ela passou à Educação por conta de uma necessidade pessoal: “ dificuldades que encontrei para auxiliar nas tarefas de casa ( de seus filhos) me incomodaram tanto que fiz nova matrícula no Ensino Médio (1985), dessa vez no Magistério, para aprender a ensinar meus filhos. “ Ou seja, desafiada pela necessidade de saber mais sobre a educação para sua vida pessoal. Este desafio a levou, depois de concluído o curso e prestado concurso, às salas de aulas das escolas municipais.


Então, “ Comecei a fazer todos os cursos de Educação Continuada oferecidos pela Prefeitura e durante um deles, tomei conhecimento do Plano Decenal de Educação com a futura obrigatoriedade da formação em nível superior para todos os professores." Mais um desafio a ser enfrentado.


" Fiz outro concurso para o Município do Rio, passei, assumi, pedi exoneração no Estado e comecei a fazer a graduação em Pedagogia (2003) à noite. Ao terminar, ingressei na graduação em Letras: Língua Portuguesa e Literaturas (2006) e na especialização em Literatura Infanto-juvenil aos sábados. Eu tinha aprendido a Didática, queria aprender sobre a língua que falava e ensinava em sala de aula, também queria perceber como a Literatura poderia influenciar na aprendizagem dos meus alunos.
Continuei fazendo cursos de extensão e atualização nas áreas de Pedagogia, Língua Portuguesa e Literaturas. O curso de Especialização em Alfabetização, Leitura e Escrita feito pela UFRJ (2010) me abriu as portas para o trabalho de professor-tutor (2011) em um curso de Especialização em Administração Pública Municipal, convênio MEC/PNAP/UAB, no CEAD UNIRIO. Como não consigo mais parar de estudar, comecei dia 21 de janeiro de 2012 o curso de Especialização em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância pela UFF."

 

O desafio de querer saber mais foi o que moveu a humanidade até onde estamos hoje e deve continuar movendo cada professor em sua trajetória profissional. O professor do século XXI não é mais o detentor de todo o saber. É sim o facilitador da aquisição do conhecimento por parte dos alunos.

 

 

 

 

 

Assim, continua a professora Norma Santos, “ Minha sala de aula foi ficando pequena para desenvolver todos os Projetos que ia idealizando, sendo acrescidas as limitações encontradas em alguns espaços de trabalho que dificultavam meu avanço profissional.” Quem enfrenta desafios, encontra sempre novos caminhos.

 

" O curso de Gestão aberto pela Prefeitura, no ano passado, foi a oportunidade que me faltava para almejar uma gestão escolar sem necessidade de indicação de pessoas conhecidas e ampliar minha ação funcional, exclusivamente, por meus méritos. No decorrer do curso, grande parte do conteúdo eu já conhecia, mas também me deparei com alguns conceitos novos que vieram a me agregar mais conhecimentos. Completei o curso, fiz a prova, passei e fiquei feliz por fazer parte de um banco composto por profissionais qualificados e validados como futuros gestores escolares da Prefeitura do Rio.
Aconteceu o processo sucessório para as Direções com a Consulta a Comunidade Escolar, ficando algumas unidades escolares em vacância. Dessa forma, resolvi me inscrever para uma delas. A Banca Avaliadora foi demorada, difícil, tensa, provocativa, perturbadora, intrigante e até meio assustadora, o que me fez também avaliar minha ousadia de querer estar à frente de uma unidade escolar com turmas de EI ao 9.º ano, mais de mil alunos, mais de cinquenta professores, quase vinte funcionários, com minha trajetória de 24 anos de efetivo exercício em sala de aula, mas, como não tenho por hábito abandonar meus projetos de vida na metade, resolvi associar um misto de apreensão e confiança na espera pelo resultado da Banca que foi divulgado somente alguns dias depois.” 

 

Ao seu lado neste novo momento profissional, ela terá a Professora Ana Paula Veiga de Castro que resume assim este novo desafio: “ Estou atuando como diretora, mas ainda pensando como professora. Observei em 10 anos de sala de aula a postura de alguns diretores e pretendo seguir os bons exemplos, evitando os maus exemplos. Acredito ser importante garantir a qualidade de vida e trabalho em sala de aula para o professor e de estudos para o aluno. Respeitar os interesses e anseios de toda a Comunidade Escolar, seguir as Diretrizes de Conduta recomendadas pelos órgãos superiores e garantir a formação de alunos leitores e escritores competentes.”

 

 

“ Considero o magistério público um compromisso social desenvolvido com pessoas que conseguem transformar suas vidas e a vida de sua Comunidade através da aquisição do bem cultural. A apreensão de conhecimentos e valores sociais é uma herança importante para a formação do caráter do ser humano. Minha principal expectativa nessa nova missão é conseguir reger uma orquestra muitíssimo afinada, tocando a mesma música, com uma melodia doce e suave que aqueça e alegre todos os corações envolvidos. E, é evidente, almejo que o trabalho em Equipe seja tão bom que possamos receber, todos juntos, os aplausos da plateia ao final de cada ano letivo.”

 

As palavras finais da Professora Norma Santos provavelmente estão na mente de vários novos gestores. Nós, do Rioeduca, ficaremos orgulhosos de apresentar o trabalho dessas novas equipes gestoras, ao final do ano letivo, para que recebam os aplausos da plateia.  Para todos ficam as palavras enviadas por esta nova equipe gestora.

 

 

 

 

 

Às novas gestões, desejamos SUCESSO em seus projetos e BOA SORTE, pois o show está para começar.

 

 

 

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 27/01/2012

CIEP Av. dos Desfiles (PEJA) - Novos Sonhos, Novas Conquistas

Tags: 1ªcre, projetos.

 

 No final de 2011, a professora Alessandra Aranha Teixeira foi eleita diretora pela comunidade do CIEP Avenida dos Desfiles - PEJA. Em entrevista à equipe Rioeduca, Alessandra contou que começou a carreira de magistério há 12 anos.

 

Professora Alessandra -

Gestora do CIEP Avenida dos Desfiles - PEJA

 


A nova gestora relata que sua grande motivação para se candidatar à direção do CIEP foi o vínculo afetivo que possui com o espaço e as pessoas que o compõe. Para o novo ano letivo, a educadora tem como missão trabalhar para que seus alunos tornem-se cidadãos conscientes de suas funções, direitos e deveres sociais, e estejam preparados para enfrentar tais desafios.

 

Perguntamos à Alessandra qual a primeira ação que terá ao iniciar o ano letivo. A professora afirmou que o planejamento coletivo é sua prioridade, pois assim todos os envolvidos no processo educacional de sua escola poderão ter uma meta que sirva de norte para a concretização de todos os objetivos propostos.

 

Alessandra revela que ao final de 2012 deseja olhar para trás e ver a materialização dos objetivos a que se propôs, incluindo Educação de qualidade que propicie o sucesso escolar do aluno.

 

Sonhos e Expectativas

 

“Sonho com uma educação pública inclusiva, de qualidade e eficiência, que propicie a formação de cidadãos conscientes de seus direitos e deveres sociais, para a construção coletiva de uma sociedade melhor para todos, onde todos tenham oportunidades de desenvolvimento e crescimento. Desejo que tenhamos força, coragem e sabedoria para enfrentarmos cada desafio rumo ao sucesso!”

(Professora Alessandra Aranha Teixeira)

 


 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 27/01/2012

Gerência de Infraestrutura da 8ª CRE Apresenta o Programa de Alimentação Escolar

Tags: 8ªcre.

 

A Gerência de Infraestrutura da 8ª CRE reuniu as equipes de direção para falar sobre um assunto muito importante:  Alimentação Escolar

 

Palestrante: Tania Santiago - Nutricionista do Instituto Annes Dias

 

O Programa de Alimentação Escolar (PAE) é elemento essencial para qua a alimentação saudável seja realidade para os estudantes de nossa cidade, sendo assim é fundamental que os gestores conheçam o programa e cuidem para que ele seja realizado de forma plena nas escolas.

 

Na reunião realizada no dia 26 de janeiro, a nutricionista Tania Santiago do Instituto Annes Dias apresentou o Guia Alimentar das Escolas e Creches da Prefeitura do Rio de Janeiro, que é o documento oficial para todas as orientações a respeito do armazenamento, preparação, higiene e distribuição dos alimentos.

 

Este documento traz informações importantes não só para a direção da escola, como também para as Merendeiras, professores, alunos e responsáveis.

 

"Emprego da alimentação saudável e adequada, que compreende o uso de alimentos variados, seguros, que respeitem a cultura, as tradições e os hábitos alimentares saudáveis, contribuindo para o crescimento e o desenvolvimento dos alunos e para a melhoria do rendimento escolar, em conformidade com a faixa etária, o sexo, a atividade física e o estado de saúde, inclusive dos que necessitam de atenção específica."

 

Resolução/CD/FNDE Nº 38, de 16/07/2009 - PNAE - Diretrizes

 

 

 

Para os novos gestores o assunto é uma novidade e tanto! Todos ouviram atentamente às instruções que foram dadas e certamente irão zelar pelo cumprimento de todas as regras estabelecidas no Programa.

 

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é considerado um dos maiores programas na área de alimentação escolar do mundo!

 

Ernani Ricardo - Gerente da Gerência de Infraestrutura

 

No segundo momento da reunião o gerente da Gerência de Infraestrutura, Ernani Ricardo, deu orientações sobre a documentação que é enviada via protocolo.

 

 

 

Os alunos estão de férias, porém os gestores estão estudando e aprendendo muito! Tudo isso para garantir que na volta às aulas os alunos das escolas da Prefeitura do Rio de Janeiro recebam o que é de direito: Educação de Qualidade!

 

Equipe da Gerência de Infraestrutura (GIN) - 8ª CRE

Partindo da esquerda: Anne Vasconcelos, Lurdinha, Ernani Ricardo, Adriane e Rosilane

 

O Rioeduca deseja que a equipe da GIN realize um bom trabalho em 2012!

 

 

Fonte: www.saude.rio.rj.gov.br/nutricao 

 

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF

 


 


   
           



Yammer Share