A A A C
email
Retornando 68 resultados para o mês de 'Janeiro de 2014'

Quarta-feira, 08/01/2014

Afetividade e Cultura no EDI Professora Eliane Monte Chiari Dantas

Tags: 3ªcre, blogdasescolas, educaçãoinfantil.

A afetividade e a cultura foram os pilares do Espaço de Desenvolvimento Infantil Professora Eliane Monte Chiari Dantas em 2013. Foram momentos divertidos e com muitas conquistas no desenvolvimento dos alunos.

 

Com o tema afetividade, do PPP, o EDI desenvolveu diversas atividades e subprojetos que visam o desenvolvimento de um cidadão capaz de viver com a diversidade existente no mundo.

 

 “É a cultura e a linguagem que fornecem ao pensamento os instrumentos para sua evolução. O simples amadurecimento do sistema nervoso não garante o desenvolvimento de habilidades intelectuais mais complexas. Para que se desenvolvam, precisam interagir com 'alimento cultural', isto é, linguagem e conhecimento.” (GALVÃO, p. 41)


A afetividade é o fator primordial de interação da criança com o meio no qual está inserida. No EDI, onde passam muitas horas, os alunos desenvolvem essa interação com as educadoras e com a equipe da escola que utiliza a frase “Educar e Cuidar à base do afeto” como lema e meta dentro da instituição.


Nessa perspectiva, as crianças do EDI Professora Eliane Monte Chiari Dantas, através de suas ações e diferentes formas de linguagem, constroem seus símbolos, uma vez que nessa fase estão vivendo a função simbólica no caminho do desenvolvimento infantil.


A equipe acredita que a aprendizagem será contínua, intermediada pela cultura e pela história, em que simultaneamente a criança enquanto sujeito transforma elementos da natureza e é atingido por eles, ou seja, a criança é produto e produtor do seu meio.


No vídeo, o EDI mostra uma retrospectiva do ano de 2013 com um pouco da organização do espaço, da rotina e de alguns subprojetos e atividades desenvolvidos com base na AFETIVIDADE.

 


 

 

Parabéns à equipe do EDI Professora Eliane Monte Chiari Dantas !!!

 

Escolas e professores, não deixem de compartilhar atividades ou projetos no nosso Portal Rioeduca. Procure o representante de sua CRE!!
Clique aqui para conhecer seu representante
.
 


Profª Elidia Correia

Representante 3ªCRE no Rioeduca

elidiacorreia@rioeduca.net

Twitter: @ElidiaCorreia

Facebook: Elidia Correia  e  Grupo Rioeduca/3ª CRE

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 08/01/2014

Informativo MultiRio - 8 de janeiro

Tags: informativomultirio.

 

Multirio Web Rádio
Multirio

Cidade de Leitores desvenda o gênero do romance de formação

No programa, a apresentadora Leila Richers entrevista o jornalista Elias Fajardo, autor dos livros Ser Tão Menino e Aventuras de Rapaz, e o diretor Antônio Carlos da Fontoura, do filme Somos Tão Jovens, sobre a adolescência do cantor Renato Russo. A reapresentação do episódio é mais uma chance de saber mais sobre o romance de formação, no qual ganha destaque como tema o percurso da infância para a adolescência e desta para a vida adulta. Nesse gênero, a construção da identidade da personagem propõe um aprendizado ao leitor, com a trajetória do protagonista como um exercício de compreensão do mundo. O programa é exibido na quinta-feira (9), às 14h, na BandRio e no canal 14 da NET.

Programação educativo-cultural 24h no ar na MultiRio Web Rádio

Música, entrevistas, cidadania, literatura e grandes nomes da MPB e dos esportes são alguns dos temas que vão ao ar diariamente na MultiRio Web Rádio. Disponível 24h na Web, basta um clique para ouvir programas educativo-culturais especialmente produzidos para o canal e adaptações para o rádio das principais séries de TV. Entre as atrações da Web Rádio, estão Cenário Rio, revista radiofônica de variedades; MultiRio Esporte Clube, que traz entrevistas com nomes do esporte; Atitude Consciente, no qual saúde, educação, cidadania e sustentabilidade estão em debate; e Curte Som, com histórias e canções dos principais gêneros musicais brasileiros. Veja a programação completa: www.multirio.rj.gov.br/webradio.

 

A MultiRio não tem um perfil oficial no Facebook. Informações sobre a Empresa você encontra no Portal MultiRio e na nossa página no Twitter. Se você já faz parte desta rede social, seja um seguidor: twitter.com/multirio.
RIO PREFEITURA | EDUCAÇÂO |
MULTIRIO Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail para multiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.
Tel: 1746/Fora RJ:(21) 3460-1746 • ouvidoria multirio@rio.rj.gov.br

 

Siga-nos no
Twitter Portal
Multirio

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 07/01/2014

Um Cartão de Visitas: A Importância dos Murais

Tags: escola, atividades.

 

De caráter informativo, interativo ou apenas decorativo, nas paredes da escola, lá está o bom, velho e útil mural.

 

Podemos frequentar ou apenas passar rapidamente por dezenas de repartições, sejam públicas ou privadas. Lá, muitas vezes, encontramos sempre fiel, recepcionando os nossos olhos e, na maioria das vezes, compartilhando boas informações, o mural. 

 

Por Evilaine Nicolau. E. M. Presidente Artur Bernardes (9ª CRE) alusivo ao aniversário da cidade do Rio de Janeiro.

 

O vocábulo mural, como muitos devem estar associando, realmente é derivado de "muro" .

 

Por Maria da Penha Menezes. E. M. Miguel Calmon (10ª CRE): boas-vindas à primavera.

 

Há uma vasta exemplificação de confecções de murais, mais conhecida como “muralismo”, no decorrer da história da humanidade .

 

Nos bancos escolares onde, praticamente, tudo começa, convivemos com os murais através da observação e absorção de informações importantes - sem contar com o grande orgulho de quando víamos nossos trabalhos fazendo parte de um deles.

 

Por Verônica Santos, Sala de Leitura E. M. IV Centenário (4ª CRE). Literatura Infantil: O Menino Maluquinho (Ziraldo).

 

Pois bem, o mural escolar deve ser uma prática valorizada no contexto da sala de aula ou no ambiente externo da escola, não se tornando nem sendo visto como mera obrigação. O mural deve ser bem elaborado e sua confecção bem conduzida, não sendo apenas mais um local de armazenamento de trabalhos coletivos e sem contextualização.

 

Registro de atividades de projetos. Por Maria Delfina Rodrigues. E. M. Laís Netto dos Reis (4ª CRE).

 

É importante que o professor ou o dinamizador da confecção do mural participe também da empreitada. Assim, o aluno ou o participante estará motivado em sua produção, estabelecendo maior satisfação em realizar o trabalho, seja de desenho, pintura, recorte e colagem. Não podemos pensar que apenas os alunos devem ter participação única nesses trabalhos. Seu professor é sua referência, nada mais justo que também compartilhe sua montagem tecendo ideias e as recebendo do grupo.

 

Por Maria Helena Lima, em ocasião da mostra de trabalhos enfocando o desfile olímpico realizado em 10 de maio. Murais de várias unidades escolares da 10ª CRE.

 

Um mural, como toda atividade pedagógica, deve ter objetivo. Afinal, ele pode ser o resultado para se avaliar uma aula ou assunto abordado em sala de aula ou ser a sua extensão.

 

Por  Maria da Penha. E. M Miguel Calmon(10ª CRE): Multiplas abordagens.

 

Um mural nunca deve estar vazio, ocioso de informações, ele é o cartão de visitas de uma escola.

 

Por Silvia Gigante - 1301. E. M. IV Centenário (4ª CRE): Datas comemorativas.

 

Uma forma eficiente para confeccionar um mural e desenvolvê-lo pode ser a partir do seu Projeto Político-Pedagógico ou do projeto de trabalho do ano. Outra maneira é o jornal-mural com assuntos periódicos, excelente para difundir informações sobre temas específicos, nos quais, as ideias não se esgotam pelo dinamismo de eventos que vivenciamos no mundo, e que podemos socializar.

 

Por Maria da Penha Menezes. E. M. Miguel Calmon (10ª CRE): Festa Nordestina.

 

Alguns exemplos para a exposição de trabalhos em um mural:

• Datas comemorativas;

• Um evento pontual que ocorra na comunidade;

• O aniversário do bairro ou da escola;

• Um assunto decorrente do conteúdo abordado (em qualquer área de conhecimento ou interdisciplinar);

• Temas conflitantes em auxílio aos aspectos de reflexão e formativo, tais como prevenção ao uso de drogas, campanhas etc.

 

Outros lindos trabalhos de nossos colegas de Rede Municipal de Educação, que encontram na utilização do mural uma prática permanente de suas ações pedagógicas.

 

Por Isabelle Andrade. Mural de corredor baseado nas mandalas e vitrais. E.M. Presidente Roosevelt (8ª CRE).

 

No pátio interno, deparamo-nos com este lindo mural na E. M. Artur Bernardes que, embora esteja fixo, possui uma mobilidade dinâmica, pois mudou o veículo várias vezes. Já foi trem, agora é um barco e, em breve, será um avião com todos juntos continuando a bordo. É o que relata a coordenadora pedagógica Cristiane Lima:

 

Nossa equipe está unida e motivada para superar os desafios nessa jornada, que é a Educação. Juntos atingiremos nosso alvo: melhor qualidade de ensino para os alunos conquistarem seu espaço na sociedade.

 

Acreditamos realmente que a Educação é a bússola que nos permite navegar no mundo e, para nós, é um privilégio participar desta jornada.

 

Confira no blog da escola.

 

"Educação é a Bússola que nos permite navegar no mundo"

 

Por Cristiane Lima (destaque na foto), coordenadora pedagógica. Mural externo que integra toda a equipe da escola e sua linda e efetiva participação em prol de uma educação de qualidade. E. M. Presidente Artur Bernardes (9ª CRE), sob a direção de Elenice Machado (diretora) e Julia Vianna (diretora adjunta).

 

Na verdade, ninguém precisa ser literalmente um “artista” para confeccionar um mural com seus alunos, nem utilizar recursos que onerem tempo ou exijam material sofisticado. Basta ter objetivo e interagir bastante na troca de ideias com os demais colegas e com sua turma. Bem, mãos à obra, um mural nos espera. Bom trabalho!

 

Vilma Barbareto

Professora da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro

Colaboradora do Portal Rioeduca.net - Supervisão de Postagens

vilmabarbareto@rioeduca.net

Twitter: @VilmaBarbareto 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 07/01/2014

É um Prazer Ler com Você!

Tags: 2ªcre, edi.

Em maio, o Espaço de Desenvolvimento Infantil Borel inaugurou a Sala de Leitura, um espaço para os pequeninos entrarem em contato com o mundo mágico da leitura.

 

 

A inauguração da Sala de Leitura do EDI Borel aconteceu no dia 23 de maio. Foi um dia de bastante alegria para os alunos e seus convidados.


No turno da manhã, os alunos participaram de várias oficinas literárias, onde preparam cartazes com belos trabalhos exibidos durante a festa.


A Professora Michele, da turma EI-10, contou a história “A Galinha Ruiva” e confeccionou fantoches com os alunos. As crianças se divertiram muito recontando a história com os seus fantoches.

 

 

Professora Michele e alunos da turma EI- 10.

 

A Professora Georgiana, da turma EI-11, contou para os alunos a história “Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque. Inspirado nela, preparou um chapeuzinho amarelo, em que cada um pôde desenhar ou escrever o seu medo e tentar vencê-lo, como fez a personagem da história.

 

 

Professora Georgiana e alunos da turma EI - 11 na leitura do livro "Chapeuzinho Amarelo".

 

Os alunos da turma EI-20, que tem como regente a professora Maria Augusta, dramatizaram a história “A Linda Rosa Juvenil”. Os pequeninos aproveitaram o momento com muita alegria.

 

Apresentação da música "A Linda Rosa Juvenil".

 

A história do livro “Menina Bonita do Laço de Fita”, de Ana Maria Machado, foi contada pela professora Mariana para os alunos da turma EI-2. Foi um momento de alegria e descontração, pois as crianças adoraram imitar o coelhinho que é personagem do livro.

 

Momento de leitura do livro "Menina Bonita do Laço de Fita".

 

O evento de inauguração da Sala de Leitura aconteceu no horário da tarde. Este momento teve início com a fala da Diretora-adjunta Silvana e, logo após, uma aluna ajudou a cortar a faixa de inauguração do novo ambiente de leitura da escola. Todos puderam, então, conhecer a Sala de Leitura do EDI Borel!

 

Inauguração da Sala de Leitura do EDI Borel.

 

Espaço da Sala de Leitura.

 

A festa contou com a participação de representantes de outras escolas da rede e da 2ª CRE, bem como de muitos pais que prestigiaram este momento importante na vida escolar de seus filhos.


Os pequenos fizeram apresentações com danças e poesias para celebrar a data. Depois, alunos, professores e responsáveis presentes cantaram parabéns para a Sala de Leitura e comeram um delicioso bolo.

 

Apresentação teatral relizada pelos alunos durante o evento.

 

 

Parabéns ao EDI Borel, pela inauguração deste novo espaço de incentivo à leitura!

 

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

 

 Renata Carvalho – Professora da Rede e representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj


 

 


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share