A A A C
email
Retornando 101 resultados para o mês de 'Outubro de 2012'

Terça-feira, 16/10/2012

Maratona de Histórias na E. M. Pedro Américo

Tags: 7ªcre, projetos.

  

 

 

A 8ª Maratona de Histórias nas escolas da prefeitura do Rio já começou! No dia 8 de outubro, foi realizada a abertura oficial do evento na Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire.

 

 


 

No dia 10 de outubro, a E.M. Pedro Américo, da 7ª CRE, realizou as atividades da 8ª Maratona de Histórias, tendo como responsável pelas ações a Professora Jeniffer Lopes da Sala de Leitura da escola. O tema do evento foi o centenário de nascimento do nosso Rei do Baião Luiz Gonzaga.

 

A culminância da Maratona de Histórias, na unidade escolar, concentrou todas as ações em torno do projeto desenvolvido este ano, intitulado “A Literatura de Cordel no Ambiente Escolar - Uma Rica Possibilidade Educativa”. Todas as atividades produzidas foram franqueadas à visitação de toda a comunidade.

 

Durante todo o ano, foram desenvolvidas as mais variadas propostas abrangendo todas as turmas, do Ensino Infantil ao 5º Ano, tais como: produção de livretos de Cordel; representação teatral; mostra de dança, produção de cartazes, xilogravuras etc. E por ser o ano de centenário do grande artista nordestino Gonzagão, foi trabalhada com os alunos toda a riqueza desta região.

 


 

 

O brilhante autor Chico Salles, experiente em cordéis, esteve presente com um grupo de repentistas que brindou a escola com uma excelente oportunidade de conhecer melhor a poesia, a história e os ritmos da região Nordeste. Eles ajudaram a prestar uma bela homenagem a Luiz Gonzaga, através de lindas canções, dando-nos um panorama da importância cultural deste grande artista brasileiro.

 

 

 

 

 

 


 

O evento também contou com a presença da Professora Ângela, representante da Gerência de Mídia da SME, Professora Kátia Daim, coordenadora das Salas de Leitura da 7ª CRE, com sua assistente, Professora Andréia, e do Anderson, da equipe de cultura do SESC.

 

Maratona de Histórias

 


A Maratona de Histórias é uma das ações do Programa Rio, uma Cidade de Leitores, tendo como objetivo incentivar o estímulo à leitura e à formação do leitor literário durante a semana dedicada ao Dia Nacional da Leitura, que acontece no dia 12 de outubro. Ela é realizada desde 2004, em função da Lei Federal nº 11899 de 8 de janeiro de 2009 que institui o dia 12 de outubro como o DIA NACIONAL DA LEITURA e esta semana como SEMANA NACIONAL DA LEITURA E LITERATURA.

 


Durante a Maratona de Histórias, todas as unidades escolares deverão promover, através das suas SALAS DE LEITURA, atividades que contemplem a leitura literária, tais como contação de histórias, rodas de leitura, exposições literárias, apresentações, encontros com autores e palestras relacionadas ao projeto desenvolvido durante o ano letivo.
 

 

Professora Roberta Vitagliano

robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina
 

 

PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?


http://portalrioeduca.mstech.com.br/sobrenos.php


 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 16/10/2012

Projeto Olimpíadas Atenas

Tags: 9ªcre, blogdeescola, escolasdoamanhã.

No mês de setembro, a Escola Municipal Atenas, uma das Escolas do Amanhã da 9ª CRE, desenvolveu o Projeto Olimpíadas Atenas 2012 através dos seus professores de Educação Física. O objetivo foi vivenciar valores importantes para construção de um cidadão consciente, participativo e transformador.

 

 

Setembro é mês da primavera. E também tempo de vivenciar valores importantes para nossa vida, que se enraízam no caráter e na personalidade, sendo alicerce para construção de um cidadão consciente, participativo e transformador. Assim, a Escola Municipal Atenas, através dos seus professores de Educação Física Ana Paula dos Santos, Alessandra Pontes, Nagib José Trabulsi e Samuel Lemos, desenvolveram o Projeto Olimpíadas Atenas 2012, tendo como público-alvo todos os alunos da escola.

 

 

Abertura com o Hino Nacional

 

O Projeto teve como principal objetivo promover, através do esporte e do jogo, a reflexão e a vivência de valores como cooperação, lealdade, honestidade, justiça e bem comum, importantes para formação integral do educando.

 

União, cooperação, respeito às regras, solidariedade

 

JUSTIFICATIVA - Vários estudos comprovam a importância dos jogos e do esporte na formação da criança e do adolescente.  Os valores e atitudes que devem permear as práticas dessas atividades podem ser tratados pedagogicamente nas aulas de Educação Física. Como, por exemplo, a vivência do respeito ao outro, da solidariedade, da cooperação, da autonomia e da superação de limites.

 

Apresentação das "delegações" participantes

 

 

METODOLOGIA - Os alunos participarão individualmente e/ou coletivamente de jogos e atividades esportivas condizentes com a faixa etária para fazer parte de todas as modalidades representando suas turmas. Serão distribuídas fichas de inscrição para que os professores de Educação Física possam organizar melhor as equipes.

 

 

As modalidades esportivas serão distribuídas da seguinte forma:

 

EDUCAÇÃO INFANTIL - CIRCUITO DE BRINCADEIRAS

 

 

 

1º ANO - CORRIDA E FUTEBOL

 

 

2º e 3º ANO - FUTEBOL E QUEIMADO

 

 

4º, 5º ANO e C.E. - FUTEBOL, PIQUE BANDEIRA E VOLEIBOLÃO

 

 

 

DESENVOLVIMENTO - A Olimpíada representou um momento de muitas aprendizagens e grande integração entre professores e alunos. Na abertura, as "delegações" (turmas) desfilaram e cantaram o Hino Nacional. Houve também o juramento do atleta e a conscientização sobre o papel das boas atitudes na participação das atividades esportivas e jogos.

 

Nos dias de atividades, professores e alunos celebraram e se integraram a partir de variadas experiências, jogando ou torcendo, cantando músicas ou incentivando os colegas. Todos em parceria com o intuito de extrair do esporte educacional, valores e atitudes importantes para a cidadania.

 

 

 

No encerramento, todos os alunos foram premiados e incentivados a praticar atividades esportivas no seu cotidiano. Houve o desfile de das delegações, bem como palavras finais da professora de Educação Física Ana Paula da Silva Santos.

 

 

 

 

 

AVALIAÇÃO - A avaliação se deu a partir das observações. Os alunos participaram de forma leal e cooperativa nas atividades propostas, adotando atitudes de respeito e solidariedade com os colegas. Para nós educadores, foi uma semana de grande importância, não só por conta da prática do esporte e de todos os valores a ele inerentes, mas também pela participação efetiva e ativa de todos os alunos da escola.

 

 

 

Parabéns, equipe da Escola Municipal Atenas, pela grande parceria!

 

 

Este e outros trabalhos da Unidade podem ser vistos no Blog da escola.

 

 

 

Se a sua escola desenvolve trabalhos como este, venha compartilhar conosco.

 

 

Contatos da Representante da 9ª CRE:
Profª Márcia Cristina Alves
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves
Tel.: 94420157

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 16/10/2012

Tá Danado de Bom - Cem Anos de Gonzagão

Tags: 2ªcre, eventos.

 

Em 2012, comemora-se o centenário de Luiz Gonzaga, grande nome da cultura popular brasileira.  A Escola Municipal General Euclydes de Figueiredo prestou-lhe homenagem com a realização de uma Feira Cultural.

 

A Feira Cultural foi a culminância de um projeto que homenageou Luiz Gonzaga. A professora Márcia, coordenadora pedagógica da escola, entrou em contato com o portal Rioeduca e contou um pouco sobre a sua realização, os seus objetivos e a culminância.

 

Como a unidade escolar recebe alunos do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental, as atividades para a realização do projeto foram distribuídas entre os dois segmentos de ensino. Desta forma, todos os alunos se envolveram no processo de construção de aprendizagem sobre o tema.

 

Os temas do projeto foram trabalhados ao longo do terceiro bimestre. Os alunos das turmas do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental pesquisaram sobre objetos e vestuário do nordeste, culinária nordestina, artesanato, biografia de Luiz Gonzaga e também produziram desenhos sobre o tema. Já os alunos do sexto ao nono ano, relacionaram o tema proposto às disciplinas curriculares. Nas aulas de Ciências, Artes e História,  por exemplo, pesquisaram e produziram cordéis.

 

 

 

 

Dentre os objetivos do trabalho, podemos citar o reconhecimento do legado cultural que o Brasil recebeu desse ilustre nordestino.  Também foi possível promover nos alunos o hábito da leitura e da reflexão sobre as narrativas literárias a eles designadas.

 

Os educandos participaram ainda de várias atividades que os levaram a conhecer a vida de Luiz Gonzaga e a cultura do nordeste brasileiro.  Algumas turmas foram ao Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, em São Cristovão, onde tiveram a oportunidade de visitar uma exposição sobre Padre Cícero, também representante da cultura nordestina.


 

 

 

 

Professores e alunos durante a Feira Cultural

 

 

A Feira Cultural foi realizada no mês de setembro e representou a diversidade da cultura nordestina. Durante a festa houve exposição de trabalhos de alunos, danças, oficinas, comidas típicas da região e até uma casa nordestina.


Surgiu a ideia de criar uma casa típica nordestina, porque muitos alunos têm parentes nesta região brasileira. A escola pediu que os alunos trouxessem objetos que lembrassem a cultura nordestina.  No dia da apresentação foi montada um ambiente, utilizando a contribuição dos alunos.


 

 

Representação de uma casa típica nordestina, criada com objetos levados pelos alunos.

 

Ainda como parte da culminância do projeto, a escola planeja levar algumas turmas ao cinema para assistir ao filme “Gonzaga, de Pai para Filho”, que conta a vida do Rei do Baião.

 

Assista ao vídeo abaixo e conheça um pouco da vida de Luiz Gonzaga.


 

 

 

Professor, o portal Rioeduca é um espaço feito por e para professores. Participe também! Entre em contato com o representante de sua CRE para divulgar o blog ou projetos desenvolvidos por sua escola.

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Contato:
Professora Renata Carvalho – Representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 15/10/2012

Cinema tem tudo a ver com Educação

Tags: 10ªcre, cinema.

 


O  Tela Brasil chegou à Santa Cruz,  mostrando que é possível aproximar a Educação do Cinema. Centenas de alunos e professores das escolas da 10ª CRE participaram das oficinas e da programação cinematográfica.

 

 

 

O bairro de Santa Cruz, contando também com Sepetiba, já possuiu cinco salas equipadas para projeções de filmes. Na parte central de Santa Cruz havia, até a década de 1970, dois grandes e luxuosos cinemas: o Cine Fátima, que ficava no subsolo da igreja matriz da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, e o Cine Palácio Santa Cruz, que deu lugar às atuais agências dos bancos do Brasil e Itaú, na Rua Felipe Cardoso.

 


 Atualmente, o cinéfilo que ama o cinema como arte ou forma de lazer precisa se deslocar até o West Shopping, no bairro de Campo Grande, ou seguir para o Recreio ou Barra da tijuca. Não há mais nenhum cinema em Santa Cruz.

 

Como cinema tem tudo a ver com educação e o filme, enquanto manifestação cultural, pode e deve estar presente nas atividades curriculares, foi muito feliz a iniciativa da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, de fazer parceria com o Programa Tela Brasil, trazendo para Santa Cruz os projetos “Cine Tela Brasil” e “Oficinas Itinerantes Cine Tela Brasil na Era Digital”.

 

Da esquerda para a direita: Eduardo Abad, coordenador da Oficina Tela Brasil para alunos; Luciana Coelho, produtora da Oficina e do Educativo Tela Brasil; Aneíze Borges, coordenadora do Projeto Tela Brasil na 10ª CRE; Érica Pinheiro, diretora do CIEP Papa João XXIII, onde foram realizadas as oficinas e projeções e Fabrício Borges, colaborador da Oficina para alunos.

 

 Aneíze Borges, Cristiane Ribeiro, produtora de campo e Rosa Raimundo, gerente da GED da 10ª CRE.

 

 

Rosa Raimundo, gerente de Educação da 10ªCRE (ao lado direito) com a diretora do CIEP Papa João XXIII, professora Érica Pinheiro, onde foram realizadas as oficinas e projeções do "Cine Tela Brasil".


A “sala” do cinema itinerante do “Cine Tela Brasil” foi instalada no CIEP Papa João XXIII, no conjunto habitacional do mesmo nome e vem contando com intensa programação desde o dia 17 de setembro, prolongando-se até o dia 5 de outubro.

 
A divulgação do projeto tem sido feita pelo correio eletrônico da Gerência de Educação da 10ª CRE e as escolas distantes do conjunto João XXIII contamcom ônibus para transporte dos professores e alunos inscritos nas oficinas ou apenas interessados na programação dos filmes.

 
Além do CIEP Papa João XXIII, inscreveram-se para os projetos do “Cine Tela Brasil”, as seguintes escolas e cieps: Sócrates Gâlveas. Manoel Porto Filho; Roberto Coelho, Zulmira Telles; Japão; Marinheiro João Cândido; Barão de Itararé; Dione Felisberto; Ismael Nery; Adalgisa Nery; Maria Helena Alves Portilho; Chico Mendes; Nelson Hungria; Joaquim da Silva Gomes; Eduardo Rabello e André Vidal de Negreiros.

 De acordo com a faixa etária dos alunos e o nível de ensino, foram relacionados os filmes mais adequados aos alunos.  A programação, também levando em conta tais critérios, pode ser definida no período das 8h:30 minutos da manhã até as 21 horas.

 Entre os filmes exibidos, constam: “Bicho de Sete Cabeças”, “Rio”, “A Turma da Mônica”, “Eu e meu guarda chuva”, “A máquina” e “As melhores Coisas do Mundo”.

 


De acordo com as informações do Portal Tela Brasil,  acessado pelo endereço http://www.telabr.com.br, o “Educativo”, que é um dos projetos do Tela Brasil, “fornece canais de aprendizado da linguagem audiovisual, contribuindo para que o professor utilize o cinema como ferramenta interdisciplinar e como meio para formar alunos mais criativos e atuantes, dentro e fora da escola.”
 

 Pelo Portal Tela Brasil, os professores também poderão obter materiais de apoio com sugestões de atividades para as disciplinas dos ensinos fundamental I, fundamental II e médio, além de inúmeros links com a História do Cinema no Brasil e no Mundo, Projetos, Oficinas, Notícias, informações sobre concursos e catálogo com contatos de produtoras, distribuidoras, salas de exibição, cinemas itinerantes, cineclubes, escolas de cinema e instituições ligadas ao universo audiovisual.

 

Nas duas fotos acima, professores e alunos aguardando a entrada no cinema e início da exibição do filme

 

Nossos agradecimentos às professoras Rosa Raimundo, Aneíze e Norma, da Gerência de Educação da 10ª CRE, pelo envio das fotos e parceria com o Rioeduca.

 

 

Contato: Professor Sinvaldo do Nascimento Souza, representante da 10ª Coordenadoria Regional de Educação da SME Rio
E-mail: sinvaldosouza@rioeduca.net
Twitter: @SinvaldoNSouza

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share