A A A C
email
Retornando 74 resultados para o mês de 'Outubro de 2013'

Sexta-feira, 25/10/2013

Gentileza Gera Gentileza

Tags: 5ªcre, eventos.

   Resgatar valores sociais e morais: base para uma festa "julhina" de sucesso na Escola Municipal Gaspar Vianna!

 

Resgatar valores sociais e morais foram os objetivos da Escola Municipal 05.14.023 Gaspar Vianna em realizar, no mês de julho, a Festa "Julhina". O tema escolhido foi “Gentileza Gera Gentileza”, com base no Projeto Político Pedagógico da escola, que visa exatamente esses resgates no cotidiano do espaço escolar, para que sejam incorporados na vida do aluno.

 

 

Vídeo criado pela Escola Municipal Gaspar Vianna

 


A escola contou com o empenho e a participação de todos os segmentos: alunos, responsáveis, funcionários, professores e a equipe da direção - que atualmente é composta pela diretora Viviane Bianchi, a adjunta Flávia Lacerda e a coordenadora pedagógica Fabiana Zamberlan.

 

 

 

Na primeira foto: alunos e professores da escola; na foto abaixo: equipe da direção.

 


Como previsto no nosso PPP: “fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas”. Com ações que visam a formação integral do ser, fundamental para a construção de uma nova sociedade com vida saudável, de qualidade e mais solidária, primando por valores e priorizando as relações sociais, equilibrando o desenvolvimento dos aspectos cognitivo e emocional. A nossa Festa "Julhina" com a temática "Gentileza gera Gentileza" vem contribuir para que esses valores sejam colocados em prática. Nossa festa foi um sucesso! E o melhor prêmio foi ver a alegria estampada na face de cada um de nossos alunos!

Juliana de Oliveira, professora de Geografia e, também, Educopedista

 

Alunos e professores em apresentação na Festa "Julhina".

 

Gentileza Gera Gentileza


Talvez poucos conheçam José Datrino. Mas não há, no Rio, quem já não tenha ouvido falar, ao menos uma vez, no profeta Gentileza. Ele já foi tema de filme, livro, música e, agora, recebe a homenagem da Escola Municipal Gaspar Vianna, que transformou a história desse profeta numa festa popular monumental.

 

Passados mais de 15 anos de sua morte, a figura de túnica branca e longas barbas e cabelos continua no imaginário carioca.

 

José Datrino, Profeta Gentileza.


Parabéns a todos da E. M. Gaspar Vianna pelo resgate de valores tão importantes para a vida de seus alunos.

 

Agradeço a colaboração da professora Juliana de Oliveira, para que eu pudesse efetivamente criar esta matéria.

 

Regina Bizarro é a professora representante do Rioeduca na 5ªCRE.

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net
Twitter: @rebiza
Facebook: Regina Biza


Rioeduca/5ªCRE no Facebook:

https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre/


 

                               

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 25/10/2013

Brincando de Soletrar...

Tags: 10ªcre.

 

A Escola Municipal Maria de Jesus Oliveira realizou um Concurso de Soletração com as turmas do 4º e 5º ano. O objetivo é aumentar a identificação do aluno com a Língua Inglesa, bem como ampliar o seu vocabulário.

 

A Unidade Escolar possui 647 alunos, atendendo os Grupamentos de Educação Infantil e do 1º ao 5º ano de escolaridade. Trabalha com subprojetos que são desenvolvidos no decorrer do ano letivo, sendo todos voltados para a alfabetização e integração dos alunos com o mundo além da sala de aula.

 

As turmas começaram a ter a disciplina de Inglês incorporadas em seu currículo escolar no ano de 2011. Desde então, possuem dois tempos semanais com professores especializados para aprender a introdução básica desta que é a segunda língua mais falada em nosso país.

 

A ideia desse subprojeto surgiu através do objetivo de usar a interdisciplinaridade como forma de desenvolver um trabalho de integração dos conteúdos da disciplina com outras áreas de conhecimento. Essa interação é uma maneira complementar ou suplementar, que possibilita a formulação de um saber crítico-reflexivo. Saber que deve ser valorizado no processo de ensino-aprendizado.

 

 

O convite aos alunos da Unidade Escolar.

 

A atividade transcorreu da seguinte forma:

 

  • Todos os alunos das turmas do 4º e 5º ano foram convidados a participar do projeto;

 

  • Os alunos receberam uma lista com palavras, divididas em níveis de dificuldade: fáceis, médias e difíceis. Essas palavras foram estudadas, pois são a base da competição.  O vocabulário utilizado foi extraído do material Zip from Zog;

 

  • Foram realizadas competições prévias nas salas de aula com o objetivo de selecionar aproximadamente três alunos finalistas em cada turma;

 

  • A final foi realizada fora da sala de aula com a presença dos demais alunos e com a colaboração de professores que participaram da comissão julgadora.

 

Começando o concurso...

 

 

Regras:

 

Primeira etapa: não foi de caráter eliminatório. Houve um sorteio de uma palavra para cada aluno e, mesmo que este cometesse algum erro ao soletrá-la, continuaria na competição.

 

Segunda etapa: de caráter eliminatório. Uma vez sorteada a palavra, o aluno deveria soletrá-la corretamente, pois, ao final da rodada, haveria a eliminação. Caso todos errassem, a rodada seria nula. O vencedor seria aquele que conseguisse passar por todas as etapas com perfeição.

 

Direitos do aluno participante:

 

  • Solicitar a repetição da palavra (uma vez);

 

  • Solicitar a tradução da palavra.

 

Após esgotadas as duas solicitações, o aluno teria quinze segundos para soletrar.
 

Em caso de empate, as palavras difíceis seriam utilizadas.

 

 

Alunos participando das etapas do concurso de soletração.

 

Resultado final:

 

  • 1º lugar: o aluno que conseguiu passar por todas as etapas;
  • 2º lugar: o último aluno eliminado;
  • 3º lugar: o penúltimo aluno eliminado.

 

Todas as turmas acompanharam as etapas do concurso, torcendo para os seus representantes passarem de uma fase para outra. Foi um clima de muita harmonia, interação e espírito de equipe.

 

 

Alunos sendo premiados ao final do concurso.

 

Esse subprojeto aconteceu com participação especial de: Renata Franco (Professora de Inglês), Andrea Fernandes (Coordenadora de Parcerias Educacionais - LF), Rafael Camacho (Professor de Educação Física), Claine Nery, Mônica Fresteiro (Diretora) e Lucimere Cesário (Diretora Adjunta). Foi mais um belo trabalho desenvolvido pela Unidade Escolar envolvendo todos os alunos e instigando a vontade de aprender cada vez mais.

 

Professora Renata Franco, Professor Rafael Camacho, Andrea Fernandes, Diretoria Adjunta Lucimere, Professora Claine Nery e Diretora Geral Mônica Fresteiro.

 

Suelen Corrêa

é Professora da Rede Municipal
e Representante do Rioeduca da 10ªCRE

 

Contato:

suelencorrea@rioeduca.net
twitter: @suelencorrea29

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 25/10/2013

Provas de Produção Textual

Tags: recursospedagógicos.

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 24/10/2013

Pratinhos Charmosos

Tags: família, saúde.

Convencer algumas crianças a se alimentar pode ser um desafio e tanto. Para que um prato se torne atrativo à criança, o segredo pode estar em caprichar na decoração, usando um pouco de criatividade e investindo em pratos coloridos e lúdicos.

 

A alimentação das crianças nunca é uma tarefa fácil para os pais. Seja por conta das dúvidas de quando oferecer determinado alimento ou mesmo pelo desafio de criar hábitos saudáveis desde cedo.

 

 


Para que os legumes e vegetais não sejam deixados de lado, muitas mães precisam insistir com os filhos e as refeições podem virar um verdadeiro desafio.

 

O consumo de alimentos ricos em gorduras e açúcares, o baixo consumo de frutas, legumes e verduras e o sedentarismo são os principais fatores que contribuem para a formação de crianças obesas e de outras doenças. Ficar atento é indispensável.

 

A melhor maneira de garantir que o seu filho se torne um adulto saudável é fazer com que bons alimentos sejam apreciados desde cedo, já que a criança toma gosto do que conhece.

 

Ao introduzir os alimentos, são necessárias algumas regras:

 

- Disciplina e hora certa de comer;


- Evitar produtos industrializados;

 

- Não substituir, ou pular refeições;

 

- Fazer entre cinco e seis refeições diárias, de três em três horas - essa é a melhor forma de não ter fome exagerada.

 

A comida mais saudável é sempre aquela feita em casa, em que há uma atenção maior à quantidade de sal e gordura. Além disso, a mãe que prepara o alimento tem uma dose de amor, escolhe os melhores ingredientes e isso tem um sabor especial para as crianças. Elas vão se lembrar dessa experiência por toda a vida.

 

Não se esqueça de colocar ingredientes saudáveis! O propósito de fazer pratinhos charmosos e divertidos é também o de propiciar uma alimentação saudável.

 


Fazer com que a criança participe do preparo da comida em casa, sair com ela para comprar os ingredientes faz com que fique mais interessada e empolgada.

 

Para que um prato se torne atrativo para uma criança, a proposta é caprichar na decoração. A comida pode ser a mesma que será servida para o resto da família, não precisa ser especial, basta arrumá-la de um jeito especial no prato.


Vamos ver alguma dicas de comidas divertidas:
 

- Para o café da manhã ou lanche:

 

A apresentação dos pratos deve levar em consideração cores e variedade de ingredientes.

 

- Para Almoço ou Jantar:

 

 

A hora da refeição pode ser muito divertida, basta apenas um pouco de criatividade e paciência. Bom Apetite e divirtam-se!

 

Maria Delfina é Professora da Rede Municipal

e responsável pelo Blog Família do Portal Rioeduca.

E-mail: mariadrodrigues@rioeduca.net

Twitter: @mariadelfina11


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share