A A A C
email
Retornando 46 resultados para o mês de 'Outubro de 2013'

Terça-feira, 01/10/2013

Visita à Bienal do Livro - 7ª CRE

Tags: 7ªcre, projetos.

 

A XVI Bienal do Livro aconteceu no período de 29 de agosto a 8 de setembro no Riocentro, em Jacarepaguá.

 

Alunos da 7ª Coordenadoria Regional de Educação (7ª CRE) puderam visitar e participar da XVI Bienal do Livro Rio, que é um dos maiores eventos literários do país. As crianças tiveram a oportunidade de participar de atividades recreativas que promovem a leitura, além de debates e encontros com autores.

 

A leitura favorece o acesso às informações, possibilita o desenvolvimento da imaginação e da criatividade e enriquece o vocabulário. Uma criança deve ser estimulada desde cedo a ter contato com os livros.


Com o objetivo de favorecer o contato das crianças com os livros neste evento tão importante, a Prefeitura do Rio possibilitou a visita de alunos da Rede Municipal até a Bienal do Livro.

 

Escolas da 7ª CRE enviaram fotos e relatos sobre o evento

 

 

E. M. Renato Leite

 

O Projeto Político Pedagógico da E. M. Renato Leite, “Asas de Papel – Uma rota para a formação do Leitor”, contempla, desde a sua elaboração, um forte trabalho de leitura e como ela pode colaborar com a formação integral do indivíduo.

Este ano, junto com a Proposta de Trabalho, busca-se um trabalho de leitura de forma mais humanista, procurando fazer com que a nossa clientela vivenciasse situações onde fossem trabalhados valores considerados fundamentais em sociedade. E, assim, despertando no aluno a importância de tais valores para a vida e para as famílias, o que vem sendo evocado no Programa “Sou pai, sou aluno”, da Secretaria Municipal de Educação.

A Escola, que desde o ano passado atua também com o PEJA, considera que a participação dos responsáveis na vida escolar do aluno os tornam agentes transformadores das relações familiares e sociais, auxiliando no processo ensino-aprendizagem. Melhora, assim, o desempenho escolar dos estudantes.

No dia 6 de setembro, a Unidade Escolar esteve presente na Bienal do Livro com os alunos das turmas 1601, 1603, (6º Ano) 171, 151, 152, 161 e 162 (Blocos 1 e 2 do PEJA I e II). Além de se deliciarem com a Bienal, visitaram o estande da SME e participaram da oficina de Twitter junto com a Gerente RioEduca Lilian Ferreira e o Coordenador do Programa “Rio – Uma cidade de Leitores” José Luiz Goldfarb.

Foi uma experiência agradável e proveitosa, integrando PPP e a junção das diferentes linguagens de leitura atuais.

 

Na foto maior, ao centro, o diretor Vitor Hugo com alunos da Renato Leite. À esquerda Lilian Ferreira, Gerente Rioeduca com alunos. À direita, José Luiz Goldfarb na oficina de Twitter.

 

E. M. Rosa do Povo

 

A visitação à XVI Bienal do Livro Rio teve como objetivo proporcionar ao corpo discente mais uma oportunidade para observar as várias possibilidades do uso das diferentes linguagens. No evento, os alunos tiveram a importante oportunidade de vivenciar diferentes usos sociais da leitura e da escrita. Ademais, o objetivo foi o de fomentar a leitura como um hábito prazeroso.


Durante a visita, destacamos as duas oficinas realizadas no estande da Secretaria Municipal de Educação. Primeiro, uma apresentação de como são feitas as histórias em quadrinhos, seguida de produção dos alunos. Os alunos acharam interessante o destaque dado ao uso da pontuação como recurso fundamental para a expressividade de um texto, sobretudo nas histórias em quadrinhos.


Essa atividade foi seguida pela oficina de rádio, na qual os alunos produziram coletivamente notícias e uma radionovela. A atividade reforçou a importância do uso da pontuação na produção textual. Foi através desse recurso que os alunos dramatizaram utilizando diferentes entonações trabalhadas no texto.


A partir do exposto, concluímos que a experiência foi de grande valia aos alunos, enriquecendo seu processo de ensino-aprendizagem.

 

E.  M. Rosa do Povo visitando a Bienal. No detalhe, alunos na oficina em estande da SME.

 

Creche Vitorino Freire

 

A Creche Vitorino Freire foi à Bienal do Livro com a Equipe, crianças do MI e seus responsáveis para apreciarmos o estande “Planeta Ziraldo”. O objetivo foi conhecermos ainda mais a obra de Ziraldo, que é o objeto de estudo/projeto desta turma para 2013, e ampliarmos o acervo com novas aquisições literárias. Uma experiência inesquecível para os pequenos e para os grandes leitores!

 

O Encontro das crianças com personagens do Menino Maluquinho, de Ziraldo.

 

E. M. Mano Décio da Viola


A ida à Bienal contribui com o trabalho pedagógico da escola como mais um instrumento de incentivo à formação de leitores. As crianças desempenhando o papel de agentes nesse processo, como compradoras de títulos, ouvindo histórias, experimentando todo o universo literário.

Consequentemente, os frutos dessa aula-passeio à Bienal contribuiu para o exercício da cidadania, modificando o conceito social, ampliando a visão de mundo e fazendo com que o ato de aprender seja prazeroso e transponha os muros da escola.

 

Encontro com personagens da literatura infantil e alunos da Mano Décio da Viola.

 

CIEP Dr. Adelino da Palma Carlos


As turmas contempladas foram 1502, 1601 e 7601. Foi muito bom ver a alegria estampada nos rostinhos e perceber o encantamento pelo conhecimento.


Um agradecimento especial às professoras Ana Paula Paranhos, Ana Lúcia Guedes e Maurenn e à Secretária Escolar Renanda por proporcionarem momentos felizes aos nossos alunos!

 

Alunos do CIEP Dr. Adelino da Palma Carlos na Bienal do Livro.

 

CIEP Almir Bonfim de Andrade

 

Ao longo dos anos, o CIEP Almir Bonfim de Andrade vem buscando desenvolver mais condições que estimulem a criança a construir seu pensamento e expressá-lo ampliando a convivência social, que se estabelece através do coletivo, permitindo em atividades culturais que estimulem a leitura e a formação cidadã.

 

A alegria dos alunos do CIEP Almir Bonfim na Bienal do Livro.

 

E. M. Lincoln Bicalho Roque

 

Visitar a Bienal do Livro é sempre uma enorme aventura. São imagens, personagens, autores, celebridades e... muitas histórias.

E o mais legal: poder fazer parte da história! Os alunos do Projeto 4º ano NCM tiveram a oportunidade de participar da oficina do Projeto “Recontando, jornalismo na medida das crianças”, durante a qual, além de adquirirem novos conhecimentos, puderam exercitar o “protagonismo”. Com certeza, a experiência marcou positivamente e... ficou na história de cada um!

 

Alunos da E.M. Lincoln Bicalho Roque na Bienal, partcipando de atividade cultural e escolhendo livros.

 

A visita à Bienal do Livro funciona como um incentivo ao mundo da leitura, onde é possível encontrar conhecimento e entretenimento a partir de diversos títulos, para todas as idades. Que todas as crianças que estiveram presentes neste evento, possam despertar ainda mais para esse fantástico mundo dos livros e das histórias.

 

 PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

 

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

http://portalrioeduca/sobrenos.php


 

Contato:

 

Roberta Vitagliano

é professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 7ªCRE

 

robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 01/10/2013

Geografia Escolar e o Esporte de Orientação Pedestre

Tags: 11ªcre, orientação, geografia, gec anísio teixeira.

No 1º semestre de 2013, foi realizada a disciplina eletiva "Geografia Escolar e Orientação Pedestre" no Ginásio Experimental Carioca Anísio Teixeira. Uma forma de utilizar os fundamentos do Esporte de Orientação Pedestre como apoio de conteúdos das disciplinas de Educação Física e Geografia. CONFIRA!

 

Por não entenderem a importância dos conteúdos de Geografia para as suas vidas, os alunos se comportam em sala de aula “formalmente”, ou seja, cumprem deveres de alunos para que possam conseguir aprovação da escola, sem se envolverem com os conteúdos estudados (CAVALCANTI).

 

Buscando realizar um trabalho interdisciplinar entre Educação Física e Geografia, que desse significado aos alunos, envolvendo-os, o professor Zaldir Davilla de geografia juntamente com os professores Inglyd Sá e Fábio Rezende de Educação Física, desenvolveram a disciplina eletiva Geografia Escolar e Orientação Pedestre.

 

 Os professores Zaldir Davilla e a professora Inglyd Sá com os alunos da eletiva

 

O objetivo geral da disciplina eletiva foi utilizar os fundamentos do Esporte de Orientação Pedestre como apoio a conteúdos das disciplinas de Educação Física e Geografia, integrando a multiplicidade de experiências e saberes com a unidade do projeto pedagógico.

 

As aulas foram realizadas durante dois tempos semanais reservados para as disciplinas eletivas. As aulas expositivas foram alternadas com as aulas práticas.

 

De acordo com as regras do esporte, cada ponto de controle deve estar equipado com um prisma afixado em um local visível.

 

Prisma utilizado nas corridas de Orientação.

 

Os alunos tentaram criar os prismas para utilizar, porém estas não duraram muito tempo, eram frágeis e não resistiam a umidade do terreno 

 

Alunos da eletiva confeccionando o prisma para utilização no Esporte.

 

Resolveram o problema utilizando vários Raladores de Legumes de Plástico aos quais fixaram prendedores de roupa enfeitados com figuras de animais. 

 

Raladores com figuras de animais para demarcação de distâncias.

 

Utilizando os raladores, os prendedores de roupa com as figuras de animais e a bússola, os alunos demarcaram uma pequena pista no pátio da escola. A pista possuía 10 pontos de controle e em cada um deles foi colocado um ralador e um prendedor de roupa com uma figura de animal diferente. 

 

Alunos demarcando uma sequência correta de azimutes e distâncias.

 

Para as competições os alunos dividiam-se em equipes de 4 componentes da seguinte maneira: "Aluno Bússola", responsável pelos azimutes; "Aluno Passo", responsável pelas distâncias; "Aluno Carta", responsável pela leitura da carta da pista; e "Aluno Apontador", responsável pelas anotações.

 

Ganhou a equipe que percorreu a pista em menor tempo e que preencheu corretamente o formulário com as distâncias.

 

No dia da culminância da eletiva, estavam todos ansiosos pelo passeio, foram de ônibus para a Quinta da Boa Vista, lá os professores distribuiram as equipes e explicaram a tarefa:

 

“Cada equipe deverá fazer uma pista incluindo pelo menos 10 locais de animais. Deverá anotar os azimutes e as distâncias que separam os locais. O ponto de partida é neste local e o nosso ponto de encontro será junto à Girafa, daqui a 50 minutos.”

 

Para os professores foi emocionante constatar a maneira como todos se comportaram e se dedicaram a tarefa, cada equipe percorreu sozinha e cada uma elaborou um mapa diferente. 

 

 

 

Parabéns aos professores envolvidos para o bom andamento da eletiva e por propiciar um novo modo de ensinar através da interdisciplinaridade visando a aprendizagem significativa!

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook: http://www.facebook.com/laura.fanttidavilla
Site: http://lauradavill1.wix.com/rioeduca11cre
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net

 

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share