A A A C
email
Retornando 46 resultados para o mês de 'Outubro de 2013'

Segunda-feira, 14/10/2013

Blog Educativo Como Novas Formas de Conhecimento

Tags: 5ªcre, rioeduca, blogs.

Atualizar, buscar novas formas de conhecimento que este mundo globalizado nos oferece e acompanhar esta evolução são algumas oportunidades que o blog educativo oferece a professores e alunos.

 

Escutamos falar que o mundo vive em constantes mudanças e é verdade! A partir das evoluções que ele vem sofrendo ao longo do tempo, precisamos buscar novas formas de conhecimento. Uma delas é aproveitar as oportunidades que a tecnologia nos oferece.


As oportunidades são infinitas e dentre elas está o blog que, se usado corretamente em favor da educação, favorece tanto o aluno quanto o professor. Com isso, beneficia a troca de experiências, induz o aluno a criar, produzir textos, fazer produções. Também desenvolve habilidades e, entre muitas outras possibilidades, o aluno acaba aprendendo de uma forma mais descontraída.


“Uma das ferramentas que favorece a adaptação da educação às novas metodologias de trabalho colaborativo e cooperativo, seja porque as atividades requerem um trabalho em equipe ou porque existem recursos que servem como ferramentas para realizá-los, são os blogs”. Educarede, Fundação Telefônica.


O blog integra a categoria do que é chamado software social, que vem sendo definido como uma ferramenta, para aumentar habilidades sociais e colaborativas humanas. Como um meio para facilitar conexões sociais e o intercâmbio de informações. E como uma ecologia, permitindo um “sistema de pessoas, práticas, valores e tecnologias num ambiente particular local” (Suter; Alexander; Kaplan, 2005).


Segundo Mejias (2006), o software social é uma nova onda das tecnologias de informação e comunicação (TIC) que permite preparar os estudantes para participarem em redes onde o conhecimento é coletivamente construído e compartilhado. Assim é um Blog.

 

Blogs Educativos


Segundo Betina Von Staa, coordenadora de pesquisa em tecnologia educacional e articulista de portais, existem sete motivos para se criar um blog educativo.


1- É divertido


É sempre necessário termos um motivo genuíno para fazer algo e, realmente, não há nada que legitime mais uma atividade que o fato dela ser divertida. Um blog é criado assim: pensou, escreveu. E depois os outros comentam. Rapidamente, o professor vira autor e, ainda por cima, tem o privilégio de ver a reação de seus leitores.


Como os blogs costumam ter uma linguagem cotidiana, gostosa de escrever e de ler, não há compromisso de textos longos, apesar de eles não serem proibidos. Inserindo imagens e vídeos, o educador tem uma excelente oportunidade de explorar essa linguagem tão atraente, o que aumenta ainda seu objetivo. Ele, rapidamente, descobrirá a magia da repercussão de suas palavras digitais e das imagens ou vídeos selecionados (ou criados).


2- Aproximam professor e alunos


Com o hábito de escrever e ter seu texto lido e comentado, não é preciso dizer que se cria um excelente canal de comunicação com os alunos, tantas vezes tão distantes. Além de trocar ideias com a turma, o que é um hábito extremamente saudável para a formação dos estudantes, no blog, o professor faz isso em um meio conhecido por eles, pois muitos já estão acostumados com as mídias sociais. O professor “blogueiro” certamente se torna um ser mais próximo dos alunos e de seus leitores.


3- Permite refletir sobre suas colocações


O aspecto mais saudável do blog, e talvez o mais encantador, é que os posts sempre podem ser comentados. Com isso, o professor, como qualquer “blogueiro”, tem inúmeras oportunidades de refletir sobre as suas colocações, o que só lhe trará crescimento pessoal e profissional. O professor “blogueiro” certamente começa a refletir mais sobre suas próprias opiniões, o que é uma das práticas mais desejáveis para um mestre em tempos em que se acredita que a construção do conhecimento se dá pelo diálogo.


4- Liga o professor ao mundo


Conectado à modernidade tecnológica e a uma nova maneira de se comunicar com os alunos, o educador também vai acabar conectando-se ainda mais ao mundo em que vive. Isso ocorre concretamente nos blogs por meio dos links (que significam “elos”, em inglês) que ele é convidado a inserir em seu espaço. Os blogs mais modernos reservam espaços para links. Ao criar um link, o professor se dá oportunidade, ao seu aluno, a outros professores e ao leitor a enveredar pelo campo de pesquisas desvendando o que lhe interessa. Com essa prática, acabam descobrindo uma novidade ou outra, tornando-se pessoas ainda mais interessantes. E, dessa forma, professor, seus colegas, alunos e leitores estarão mais conectados com o mundo.


6- Permite trocar experiências com colegas


Com um recurso tão importante e ao mesmo tempo divertido em mãos, também é possível que os colegas professores entrem nos blogs uns dos outros. Essa troca de experiências e de reflexões certamente será muito rica. Em um ambiente onde a comunicação entre pares é tão entrecortada e limitada pela disponibilidade de tempo, até professores de turnos, unidades e mesmo escolas diferentes poderão aprender uns com os outros. E tudo isso, muitas vezes, sem a pressão de estarem ali por obrigação.


7- Torna o trabalho visível


O professor ou a escola que possui um blog tem mais possibilidade de ser visto, comentado e conhecido por seu trabalho e suas reflexões. Antes de fazer seu próprio blog, vale a pena consultar as realizações de algumas pessoas comuns ou dos mais variados profissionais. Faça uma busca pelos blogs do portal Rioeduca ou mesmo pela Internet para descobrir o que se faz nos blogs pelo mundo afora e (re)invente o seu!

 

E Agora??


O que podemos fazer para tornar nosso blog mais atraente para nossos alunos, colegas professores, leitores e para o mundo?


Essa é a pergunta que fizeram as professoras Regina Bizarro e Renata Carvalho (representantes do Portal Rioeduca da 5ª e 2ª CRE, respectivamente) autoras das Oficinas de Blogs para professores da rede municipal e elas mesmas respondem:


Sendo ousado (no bom sentido), publicando projetos/atividades interessantes, compartilhando saberes, usando através do portfólio digital recursos para tornarem as aulas mais atrativas, possibilitando maior integração escola/professor/aluno/responsável. Assim você possibilitará o acesso de mais leitores, dando oportunidade de refletirem sobre seu trabalho através dos comentários.

 

O blog é o portal da escola e uma forma da escola/professor se mostrar para o mundo. É um espaço de divulgação de ações ou projetos específicos, um portfólio digital de professores e alunos, pode ser recurso no acompanhamento e gestão da escola, assim como interação escola-família.

 

Oficina de Blogs na E. M. República Dominicana


Em 18 de setembro aconteceu uma oficina de blogs na 5ª CRE. Dessa vez, na escola Municipal 05.15.059 República Dominicana, quando lá estiveram dez professoras regentes de Salas de Leitura e a diretora de uma Creche.

 

 

Recompensador, palavra que define estes momentos. Pois compartilhamos o que aprendemos com muitos que já dominam esta ferramenta e vão a procura de novos esclarecimentos. Tanto quanto aqueles que acabaram de criar um blog e necessitam de subsídios para começar a alimentá-los.

 


 

Hoje, qualquer pessoa pode criar um blog, já que a tecnologia empregada para sua criação e publicação é muito simples. Sendo assim, qualquer pessoa com pequeno domínio de uso do computador pode criar e manter um blog. Basta o acesso à Internet, o cadastramento em um dos muitos serviços disponíveis - vários gratuitos, como o blogger.com - e as ideias que alimentarão o blog.

 

 

O interesse pela Oficina de Blog foi grande!


Professores presentes de Sala de Leitura: Marta Benício (CIEP Metalúrgico Benedicto Cerqueira), Fausto David (DR na E. M. Escola Municipal República Dominicana e lotado na E. M. Almirante Saldanha da Gama), Ana Claudia Ferreira (E. M. Haiti), Ana Carolina Araújo (E. M. Frei Leopoldo), Cirley Ribas (E. M. Adelmar Tavares), Regiane Silva (E. M. França) Maria da Penha Trajano (E. M. Prof. Souza da Silveira) e Silvia Geraldes Almeida (E. M. Irmã Zélia), além da professora Monica A. Martins (Diretora da C. M. Sementinha).

 

 


E você, já criou o seu?


Sugestões para alimentar e incrementar ainda mais blogs educativos:


• Photo Scape - Editor de Textos: http://www.baixaki.com.br/download/photoscape.htm


• Movie Maker - Editor de Vídeos: http://www.baixaki.com.br/download/windows-movie-maker.htm


• Youtube - Publicaçao de Vídeo: http://www.youtube.com/?gl=BR&hl=pt


• Tony Gifts - Ferramentas para Blogs: http://tonygifsjavas.com.br/


• Dicas para Blogs: http://www.dicasparablogs.com.br/


• Marcadores de Visitas:

 

 

Desde o início deste trabalho, em 2011, as professoras autoras fizeram 13 oficinas como esta.

 

Conheça o blog Oficina de Blogs: http://oficinasdeblogs2012.blogspot.com.br/

 

Agradeço o empenho da direção da E. M. República Dominicana e da professora Elisa Bamonte, Sala de Leitura Menino Maluquinho, para que esta oficina acontecesse.

 

Regina Bizarro é professora representante do Portal Rioeduca/5ªCRE.

 

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net
Twitter: @rebiza
Facebook: @Regina Biza


Rioeduca/5ªCRE no Facebook:

https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre/

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 14/10/2013

II Festival de Talentos

Tags: 6ªcre, protagonismojuvenil.

 

A Escola Municipal Otávio Kelly realizou no começo de outubro, na Arena Jovelina Pérola Negra, o II Festival de Talentos com o objetivo de potencializar a aprendizagem dos alunos. Essa ação pedagógica contou com a participação de toda a comunidade escolar: alunos, professores, gestores, funcionários e responsáveis. 

 

Bailando no ar, gemia inquieto o vaga-lume: “Quem me dera que eu fosse aquela loira Estrela, que arde no eterno azul, como uma eterna vela!”. Mas a Estrela, fitando a Lua, com ciúme: “Ah, se eu pudesse copiar-te o transparente lume!”.

 

Mas a Lua, fitando o Sol com azedume: “Mísera! Tivesse eu aquela enorme claridade imortal, que toda a luz resume!”. Mas o Sol, inclinando a rútila capela: “Pesa-me esta brilhante auréola de nume... Por que não nasci eu um simples vaga-lume?”

 

O texto acima é de Machado de Assis e fala da insatisfação do vaga-lume, da Estrela, da Lua e do Sol com o que possuíam e como invejavam o destino e talentos alheios. É só uma ilustração, mas retrata muito bom o comportamento humano. Lamentamos por não saber cantar, dançar, jogar futebol, andar de bicicleta. Como se o que não sabemos e o que somos fossem defeitos ou deficiências.

 

Imagine se todos tivessem as mesmas habilidades ou gostos? Que destino triste teria o mundo! Por mais simples que sejam as nossas habilidades, são as que temos e, por isso, são preciosas.

 

O vídeo acima é um exemplo de simplicidade, humildade e talento de sobra!

Curta e se emocione!

 

Agora, não esqueça!

Nunca seremos plenos em tudo. E nem ignorantes em tudo.

Ainda bem que é assim!

 

 

II Festival de Talentos na Escola Municipal Otávio Kelly

 

A Escola Municipal Otávio Kelly localiza-se na Pavuna e atende alunos da Educação Infantil ao 5º ano. A diretora da unidade escolar, professora Patrícia de Moraes, e a sua equipe utilizaram os talentos dos alunos e dos professores para potencializar a aprendizagem e o trabalho pedagógico.

 

No início do mês de outubro, a escola, realizou o II Festival de Talentos na Arena Jovelina Pérola Negra, Pavuna. Esse evento contou com a participação de professores, alunos e responsáveis. Cada um teve a oportunidade de apresentar o seu talento individualmente ou em grupo.

 

Desenvolver competências e adquirir conhecimento são tarefas que a equipe pedagógica da escola realiza com maestria. Mas eles vão além! Durante todo o processo do Festival de Talentos, os professores levaram seus alunos à reflexão, promoveram a criatividade, o empreendedorismo, o gosto pela descoberta e o talento de cada um.

 

Cada ser humano é único e tem um talento essencial para expressá-lo nesse mundo. Podemos ter alguns talentos e com empenho expressá-los todos.

 

Investir no talento de alunos e professores é condição fundamental para as escolas não se tornarem organizações estagnadas.

 

Os professores perceberam que quando os alunos descobrem o seu talento, o que move a  paixão interior e para o qual cada um naturalmente é bom, eles demonstram mais esforço, mais dedicação, mais empenho, mais motivação e obtêm mais sucesso.

 

Esse festival faz parte da proposta pedagógica da escola desde que as crianças entram na Educação Infantil. Ele faz com que a comunidade escolar experimente diferentes atividades, vivencie e sinta onde encontrar o seu bem-estar e a sua motivação para agir. É aqui que a escola tem um papel importante e decisivo. Não só por descobrir talentos, mas em promovê-los após essa descoberta.

 

Joaquim Cortez não teria sido brilhante se não tivesse tido excelentes mestres que o ajudassem a articular o seu corpo e a dançar como ninguém. As características naturais podem ser propícias para determinada atividade, mas a dedicação, o treino, o esforço, o empenho e o exercício são fundamentais para o desenvolvimento do talento. Não basta ter talento, é preciso aperfeiçoá-lo!

 

Na busca do autoconhecimento e da descoberta do talento, é necessário que se percorra os seguintes caminhos: sonhe; saiba mais seus pontos fortes e fracos; tenha determinação, disciplina e persistência; e mantenha sempre a mente aberta para a próxima realização.

 

Ninguém supera uma pessoa que nasce com um talento e consegue desenvolvê-lo com maestria. Dessa forma, com certeza, atinge a excelência. É isso que chamamos de "dom".

 

Como vimos, o ensino desenvolvido na Escola Municipal Otávio Kelly está atento aos talentos naturais das crianças, mas também fomenta que o talento por si não é suficiente. Para o êxito, o talento é um excelente começo, mas não é garantia de sucesso. Este é adquirido com esforço, persistência, inteligência, dedicação e muita vontade.

 

A Escola Municipal Otávio Kelly é visionária, estimula a atitude de ir mais além, sonhar mais alto, alcançar novos desafios e superar barreiras e adversidades. Escolas com visão incubam alunos que se projetam. Tornemo-los realidade…

 

Parabéns a todos os professores, alunos, responsáveis, funcionários e gestores por fazerem do II Festival de Talentos um momento enriquecedor; onde talento e aprendizagem caminharam juntos.

 

O talento cria suas próprias oportunidades. Mas, às vezes, parece que o desejo intenso cria não apenas suas próprias oportunidades, mas seus talentos.

 

Quer conhecer um pouco mais sobre o Festival de Talentos da Escola Municipal Otávio Kelly? Então, clique AQUI!  Não deixe de aproveitar este espaço para divulgar o seu trabalho! Ele é meu, é seu, é nosso! Até a próxima semana!

 

Professora Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @Paty_PFF

Facebook: patricia_pff@yahoo.com.br

E-mail: pferreira@rioeduca.net

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 10/10/2013

O Jardim Sensorial da Creche Raul Cortez

Tags: 9ªcre, blogdeescola, creche.

Inspirada no Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima, em Portugal, que conheceu recentemente, a diretora Belizária Martins da Creche Municipal Raul Cortez, da 9ª CRE, criou o Jardim Sensorial na sua Unidade Escolar, como parte do Projeto Anual: "Pequenos da Raul Multiplicam Vinicius, sua obra e seus parceiros..."

 

 

Quem nos conta alguns detalhes do projeto é a própria diretora Bel Martins com muito entusiasmo:

“Nosso Projeto anual é Pequenos da Raul Multiplicam Vinicius, sua obra e seus parceiros... Nesse período, estamos trabalhando as poesias do Vinicius de Moraes que falam de jardim: O Girassol, As Abelhas, As Borboletas. Inspirados na exposição de Jardins de Ponte de Lima em Portugal, criamos o nosso Jardim Sensorial, onde as crianças puderam utilizar todos os sentidos: tato, visão, audição, olfato e paladar”.

 

 

O jardim foi produzido por toda a equipe que preparou tudo com muito carinho.


 

Atravessando o percurso do jardim, os pequenos passavam por piscina de bolinhas, cortina de tecidos, túnel de tela com CDS (que fazem o sonzinho com o vento) e piso com diversos materiais (tampinhas, pedrinhas de jardim, lápis, conchinha do mar, espuma, saquinhos de areia, e muito mais).

 

 

Os alunos saborearam uma deliciosa salada de frutas quando terminavam o percurso. Assim, puderam trabalhar os sentidos do olfato e paladar ao sentir o cheiro e o gostinho das frutas.

 

 

Nas páginas do Facebook e do Blog da Creche Raul Cortez você pode ver mais imagens do nosso Jardim Sensorial. Clique nas imagens:


 

 

Vamos conhecer um pouco mais do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima, em Portugal!

 

 

Clique nas páginas do Facebook e do Site do Festival.


 


E fica a dica: se for passear em Portugal, não deixe de conhecer Ponte de Lima.

 

Parabéns a toda equipe da Creche Municipal Raul Cortez pelo trabalho maravilhoso que vocês vêm desenvolvendo nesta Unidade! E, acima de tudo, pelo espírito de solidariedade demonstrado nas parcerias de divulgação de suas atividades.

 

Profª Márcia Cristina Alves, Representante da 9ª CRE
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves
 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 10/10/2013

Vinicius de Moraes em Cena

Tags: 4ªcre.

 

Inspirado nos poetas clássicos, que consideravam poesia qualquer manifestação que se servisse da palavra, Vinicius de Moraes investiu o seu talento também no teatro. Ele foi um poeta que marcou a literatura, a música, o teatro e as artes de uma forma geral. Até hoje, Vinicius é lembrado com louvor pelo acervo construído.

 

"Que o teatro tem a função de divertir instruindo é uma verdade que ninguém pode contestar, pois seria negar-lhe a própria história."  

(REVERBEL, 1989)

 


A atriz  
Maria Pompeu nos brinda com sua ilustre presença  

 

A Escola Municipal República do Líbano vem mostrar que Vinicius de Moraes tem uma obra muito variada, pois começou na poesia (a sua principal atividade a vida inteira), passou pelo teatro, cinema e acabou se entregando de corpo e alma à revolução da música.  

 

O poetinha, como era conhecido, expressava sua inquietação com mistério e um fino humor. Valorizava a naturalidade do amor humano e a beleza das relações amorosas.

 

A Arte em Prosa e Verso para Vinicius

 

Maria Pompeu e grande elenco

 

Seus poemas e canções são abrangentes, abordando temas diversos, como a mulher, o relacionamento, a religiosidade, a política, a mitologia, a cultura popular brasileira e a infância.

 

Vinícius, o Poetinha, atendeu as diversas demandas sociais e politicas do nosso Brasil e após essa fase de dicotomia entre prazer da carne e princípios cristãos, infelicidade e felicidade, Vinicius de Moraes partiu para uma segunda fase poética: a temática social e a visão de amor do poeta.

 

"A peça pretende homenagear os 100 anos de nascimento do grande poeta Vinicius de Moraes, comemorados em 2013. O espetáculo poético-musical leva à cena três atores e um músico para celebrar um dos maiores compositores brasileiros, notabilizado por retratar, em melodias e no lirismo das palavras, as agruras e alegrias do amor."

Texto da Professora Carla Elisa.

 

 

Maria Pompeu ao lado de nosso alunos

 

Parabéns à equipe da E. M. República do Líbano por garantir que o futuro do seu aluno seja brilhante, ajudando-o no desenvolvimento de suas habilidades e de sua capacidade de aprendizado.

 

 Professor, queremos conhecer e divulgar o blog e os projetos desenvolvidos por sua escola. Aproveite este espaço que é feito para nós! Entre em contato com o representante do Rioeduca em sua Coordenadoria e participe

 


Professora Ana Accioly
 Representante Rioeduca.net da 4ª Coordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

 

 

COMPARTILHE E COMENTE!

 

 

                              

 

 

 


   
           



Yammer Share

Postado por Ana Accioly Ver Comentários (2)