A A A C
email
Retornando 39 resultados para o mês de 'Novembro de 2013'

Quarta-feira, 06/11/2013

Mostra Municipal de Dança

Tags: 3ªcre, blogdasescolas.

 

No dia 24 de outubro aconteceu a XXX Mostra Municipal de Dança, onde crianças, jovens e adultos das escolas da Rede Pública Municipal de Ensino traduzem a Dança em seus corpos em um grande espetáculo de criações.

 

Nosso corpo fala, já que usamos no mecanismo de comunicação mais de 80% do corpo para nos expressarmos. E quem dança tem facilidade de se comunicar porque está acostumado a lidar com o corpo, conhece o corpo que tem e quais são suas capacidades. Assim, a dança traz uma facilidade extremamente boa para o corpo, enchendo-o de uma informação que carregamos para toda a vida.

 

 


Foram várias etapas, muito entusiasmo e diversos ensaios na elaboração das coreografias para o grande dia. Na 3ª CRE, as escolas se apresentaram no dia 8 de outubro na E. M. Maranhão em um dia muito especial e cheio de emoção. Vejam as escolas que participaram:

 

 

Como objetivos, o projeto visa:


• Oportunizar o enriquecimento do projeto pedagógico das escolas;
• Reconhecer a dança como linguagem, manifestação artística e cultural e como processo de construção corporal;
• Oportunizar o acesso e a experimentação da linguagem da dança;
• Compreender a dança como linguagem que contribui para a formação do cidadão crítico, participativo e autônomo;
• Promover o intercâmbio entre as Unidades Educacionais das diferentes E/SUBE/CRE;
• Formar uma plateia solidária, capaz de prestigiar as produções apresentadas, avaliando-as criticamente e com sensibilidade;
• Subsidiar um fórum de discussão acerca das práticas pedagógicas na Dança-Educação. 

 

Dentre todas as apresentações, foram selecionadas duas para participar na Mostra Municipal:

 

 

 

 

Além da dança, o projeto contemplou o aluno Ednaldo de Andrade Souza Junior, do Núcleo de Arte Nise da Silveira como vencedor no Concurso Municipal de Imagem. Todos que convivem com ele ficaram muito orgulhosos e expuseram sua homenagem na rede.

 

 

 

"Dançar é sentir, sentir é sofrer, sofrer é amar... Tu amas, sofres e sentes. Dança!"
Isadora Duncan

 

Escolas e professores, não deixem de compartilhar atividades ou projetos no nosso Portal Rioeduca. Procure o representante de sua CRE!!
Clique aqui para conhecer seu representante
.
 


Profª Elidia Correia

Representante 3ªCRE no Rioeduca

elidiacorreia@rioeduca.net

Twitter:  @ElidiaCorreia

Facebook: Elidia Correia  e  Grupo Rioeduca/3ª CRE

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 05/11/2013

Bruxas e Fadas

Tags: 7ªcre, projetos.

 

A Escola Municipal Maria Florinda Paiva da Cruz localiza-se em Jacarepaguá e atende cerca de 800 crianças diariamente da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental.

 

O Projeto Bruxas e Fadas iniciou-se no mês de outubro e está envolvendo todas os alunos da Escola Municipal Maria Florinda com a participação dos professores regentes, da Sala de Leitura, de Artes e de Inglês.

 

Contou-se com o entusiasmo de todos os professores que iniciaram o Projeto, criando uma atmosfera de encantamento para despertar o interesse dos alunos com o mundo encantado. Para isso, a construção da famosa "Casa da Bruxa" e confecção de murais e paineis. Foram realizadas leituras de histórias com bruxas, como: "Quando sinto medo”, “Bruxa, Bruxa venha a minha festa", "A infância da bruxa Onilda", "A Bruxinha do Bem, "Winnie, a Bruxinha"... entre outras escolhidas pela turma.


Devido às atitudes diferenciadas dos alunos em diversas situações dentro do convívio escolar, aproveitou-se para trabalhar valores humanos associando os efeitos dos personagens para conscientizar os nossos atos, já que às vezes somos fadas, às vezes somos bruxas. Uma das atividades iniciais foi a roda de conversa com as crianças, onde as seguintes questões foram trabalhadas:

 

  • Quem tem medo?
  • De quê?
  • Há castelos?
  • Bruxas?
  • Fadas?
  • Onde estão?

 

 


Alguns dos livros usados durante o Projeto Bruxas e Fadas.

 

Como objetivo geral, o Projeto Bruxas e Fadas pretende propiciar de forma lúdica experiências diversificadas, estimulando o gosto pela leitura, enriquecendo a criatividade, o imaginário e o conhecimento. Além disso, aproveitar para trabalhar valores, associando os efeitos dos personagens para conscientização dos nossos atos.

 

Mural da Sala de Leitura utilizando dobraduras feitas pelos alunos.

 

Objetivos Especificos

 

  • Expressar-se por meio de desenhos, registros espontâneos, frases e textos;
  • Desenvolver a linguagem oral;
  • Dramatizar histórias por meio de expressões orais;
  • Continuar histórias a partir de uma determinada situação;
  • Produzir textos;
  • Sistematizar situações-problemas;
  • Buscar no mundo da fantasia possíveis soluções para os problemas do mundo real;
  • Valorizar o conto (popular e de fadas);
  • Construir valores;
  • Apropriar-se da língua escrita como meio de expressão, interação e comunicação;
  • Valorizar a leitura como forma de conhecimento e fruição;
  • Ler diferentes gêneros discursivos, fazendo uso das estratégias: seleção, antecipação, verificação e inferências;
  • Desenvolver a expressão oral adequada aos diferentes contextos;
  • Desenvolver os processos de revisão e reescritura do próprio texto, com observância à adequação ao leitor, aos objetivos propostos, ortografia, pontuação e concordância;
  • Compreender a conservação de quantidade e o registro desse saber por meio da linguagem matemática;
  • Compreender as diversas representações de quantidade, do sistema de numeração posicional, e do modo como este se relaciona entre si e com os algoritmos das quatro operações;
  • Reconhecer os significados e aplicações das ideias aditivas e subtrativas;
  • Reconhecer e compreender a multiplicação como adição de parcelas iguais e de sua ideia combinatória;
  • Reconhecer e compreender a divisão como repartição e como subtrações sucessivas;
  • Desenvolver o cálculo de expressões numéricas simples e sua aplicação em situações concretas;
  • Reconhecer a necessidade social de organizar informações produzidas cotidianamente em gráficos e tabelas;
  • Perceber objetos no espaço, considerando-se diversos pontos de referência com a descrição oral de posições;
  • Visualizar e ampliar o raciocínio espacial a partir do reconhecimento e da análise das propriedades geométricas e da construção de figuras geométricas;
  • Compreender o processo de medição e da realização de estimativas em situações diversas do cotidiano, utilizando instrumentos apropriados;
  • Reconhecer os significados da unidade monetária vigente (real), sua representação e uso.

 

Mural das turmas 1201 e 1204.

 

Produções artisticas dos alunos com a personagem Bruxa.

 

Estratégias

 

 

  • Ler contos de fadas e histórias infantis;
  • Criar situações de fantasia e encantamento;
  • Trabalhar as emoções que as histórias transmitem;
  • Apresentar músicas e realizar brincadeiras;
  • Identificar valores encontrados nas personagens das histórias;
  • Fazer rodinha com as crianças para discutir, trocar ideias sobre fatos e acontecimentos;
  • Confeccionar com materiais reciclados a decoração da casa da bruxa e do castelo da fada;
  • Confeccionar uma casa das bruxas utilizando materiais recicláveis;

 

 

 

CONTEÚDOS

 


Uso social da escrita.

 

  • Concepção de leitura;
  • Produção e expressão oral;
  • Unidades sonoras da língua, letra, sílaba e palavra;
  • Nome próprio;
  • Apropriação da base alfabética;
  • Leitura compartilhada de textos narrativos e em quadrinhos;
  • Organização das informações no texto;
  • Texto verbal e não verbal;
  • Sinais de pontuação, coesão, coerência, concordância nominal e verbal;
  • Elementos naturais e culturais do espaço de vivência;
  • Números naturais;
  • Situações-problemas envolvendo algoritmos das quatro operações;
  • Sistema monetário;
  • Adjetivo;
  • Substantivo quanto ao gênero, número e grau.

 

Mural com a utilização de sacos para caraterizar fantasmas.
 

AVALIAÇÃO E REPLANEJAMENTO

 

  • Durante todas as atividades do projeto;
  • Sistematização da leitura e da escrita;
  • Situações-problemas com utilização de materiais diversos de contagem.

 

 

A Casa da Bruxa, sala temática com direito à bruxa feita de material reaproveitado.

 

Professores caraterizados: Tânia Ribeiro, na esquerda e na direita: professora Camila, com a diretora Cliciane e o professor Gilberto.

 


Um dos momentos marcantes, com a participação das crianças e também dos responsáveis, é a visita à casa da bruxa. Além disso, professoras caracterizadas como bruxas puderam conversar com os alunos sobre atitudes que envolvem respeito ao próximo, coleguismo, dedicação aos estudos e colaboração mútua para o crescimento e desenvolvimento pessoal e escolar. A questão do julgamento pela aparência e a diversidade cultural também foram trabalhados com as crianças.

 

O Projeto Bruxas e Fadas, agora em novembro, inicia uma nova etapa. Será a vez de histórias com fadas, personagens que costuma encantar as crianças. Livros como: A fada que tinha ideias, A fada cintilante e Até as fadas soltam pum farão parte desse período. Serão trabalhados valores como a bondade, solidariedade, respeito ao próximo e qualidades que possam ser relacionadas às ações das fadas.

 

Para conhecer mais sobre projetos e atividades da escola:

 

http://escolamariaflorinda.blogspot.com.br/

 

 PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

 

CONFIRAM NO LINK, A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

http://portalrioeduca/sobrenos.php


 

Contato:

 

Roberta Vitagliano

 professora da rede municipal

e representante do Rioeduca da 7ªCRE

 

robertavitagliano@rioeduca.net

twitter: @robertacarmina

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 05/11/2013

Semana da Família no EDI Igor Moraes da Silva

Tags: 2ªcre, edi.

Sabendo da importância da união entre família e escola, a equipe do Espaço de Desenvolvimento Infantil Igor Moraes da Silva promoveu, no mês de setembro, atividades de integração entre essas instituições fundamentais na vida das crianças.

 

Na semana de 9 a 13 de setembro, pensando na aproximação entre família e escola, o EDI Igor Moraes da Silva abriu um espaço para os familiares que quiseram e puderam participar de um dos momentos da rotina escolar. O momento escolhido foi a roda de conversas, que foi se constituindo ao longo do tempo como um lugar de troca do grupo. Cada participante levou uma surpresa para mostrar às crianças, transformando esses momentos em experiências muito ricas e significativas.


As atividades realizadas foram realmente significativas e interessantes para toda a comunidade escolar. Foram diversos momentos de trocas de conhecimentos, em que as crianças puderam ouvir histórias e participar de atividades junto aos seus responsáveis.

 


Apresentação de um álbum de fotografias.

 

Conversando sobre os animais da Floresta da Tijuca.

 

Contação de histórias.

 

No sábado, dia 14 de setembro, foi o momento da culminância desta semana de ações e atividades que reuniram família e escola, proporcionando momentos de trocas de conhecimentos e integração.


O evento contou com a presença dos profissionais do Posto de Saúde Nicola Albano, que prestou serviços para todos os presentes. Também foi oferecido aos responsáveis um almoço especial.


Os pais também tiveram a oportunidade de assistir ao show de duas bandas convidadas pelo pela equipe do EDI, que acrescentaram especialmente em seu repertório músicas de Vinicius de Moraes, tema do projeto didático da unidade escolar para o ano de 2013.
 

 

Apresentação da banda que alegrou a festa.

 

Participação da equipe do Posto de Saúde.

 


A culminância desta semana, quando família e escola se uniram na participação de ações que contribuam para o enriquecimento da vida dos pequeninos, foi marcada por muita dança, alegria, músicas e emoções!

 

Conheça mais sobre o trabalho realizado no EDI Igor Moraes da Silva visitando seu blog!

 

http://ediigormoraesdasilva.blogspot.com.br/

 

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para  compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

 

 Renata Carvalho – Professora da Rede e representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 05/11/2013

22° Concurso Funcionário Público Padrão

Tags: 11ªcre, concurso, funcionário padrão.


Foi realizado no dia 30 de Outubro o 22° Concurso Funcionário Público Padrão Estadual e Municipal 2013, no Club Municipal na Tijuca. Foram indicados 25 funcionários. Entre os três primeiros colocados estão candidatas da 11ª CRE. CONFIRA!

 

O evento ocorre anualmente em Outubro, mês do funcionário público. Homenageados e convidados descreveram a alegria e a valorização do servidor como destaques no 22° Concurso Funcionário Público Padrão Estadual e Municipal 2013.

 

A 11ª CRE teve 2 premiações: 1º lugar, a merendeira residente "tia" Nilda, como é mais conhecida e muito querida da E. M. Leonel Azevedo. O grupo da escola empolgou a todos com a comemoração da vitória, vestidas de merendeiras com colher de pau na mão; 3º lugar, Helena Salomão Guimarães, Diretora Adjunta da E. M. Holanda.

.

 

A merendeira Nilda da Costa Carvalho Teixeira da E. M. Leonel Azevedo em 1° Lugar.

 

Estiveram presentes também os deputados estaduais Domingos Brazão e Zaqueu Teixeira, associações coirmãs de servidores públicos e o presidente do Club Municipal Luiz Paredes Dias.

 

"Deixo claro que existem muitos funcionários padrões, mas o que faltam a eles é uma pessoa que os reconheça e se dê ao trabalho de indicá-los"

Helena Guimarães

 

Helena Salomão Guimarães, Diretora Adjunta da E.M. Holanda premiada em 3° Lugar

 

O Rioeduca perguntou: Qual é a sensação de ter o seu trabalho reconhecido neste 22° Concurso Funcionário Público Padrão?

 

Helena Guimarães: "A sensação de que tudo valeu a pena e que as pessoas que estão a nossa volta são importantes para se chegar a esse lindo momento da minha vida profissional. Agradeço à Regina, minha diretora, que mesmo contra a minha vontade, me indicou e escreveu um lindo texto sobre a minha pessoa, e aos colegas de trabalho que concordaram com essa escolha, foi uma eleição. Não esperava ser premiada nos primeiros lugares e, mesmo que eu não fosse, já valeria a pena estar lá representando a minha escola, o meu grupo. Deixo claro que existem muitos funcionários padrões, mas o que faltam a eles é uma pessoa que os reconheça e se dê ao trabalho de indicá-los, como aconteceu comigo. A sensação é ótima não dá para explicar."

 

Conforme informação do Club Municipal, outros 24 servidores e os três primeiros lugares foram premiados com eletrodomésticos, utilidades do lar, eletrônicos e estadias em colônias de férias. Além de prêmios, ganharam quantias em dinheiro. 

 

 

Parabéns a todos os candidatos que participaram concorrendo no concurso! Lembramos que há diversos funcionários padrões nas Unidades Escolares e a indicação já é um reconhecimento! 

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook:
http://www.facebook.com/laura.fanttidavilla
Site: http://lauradavill1.wix.com/rioeduca11cre
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share