A A A C
email
Retornando 45 resultados para o mês de 'Novembro de 2016'

Quarta-feira, 16/11/2016

Encontro Anual de Professores de Sala de Leitura e Bibliotecários na Primavera Literária

Tags: midias, sala de leitura, professores, biblioteca.

 

 

A Gerência de Mídia-Educação realizará no próximo dia 18 de novembro, o Encontro Anual de Professores de Sala de Leitura e Bibliotecários, no Hotel Novo Mundo (Praia do Flamengo, 20) como parte integrante da Programação da 16ª Primavera Literária.

 

Nesta edição de nosso encontro, os Professores de Sala de Leitura e Bibliotecários deverão se inscrever para um dos turnos do evento (manhã ou tarde). Serão disponibilizadas 250 vagas para cada turno e caso a escola esteja sem professor de Sala de Leitura no momento, poderão inscrever-se pela unidade o Diretor, o Adjunto ou o Coordenador Pedagógico.

Serão destinadas 2 vagas para cada Coordenadoria e os representantes indicados deverão confirmar sua presença pelos mesmos links divulgados.

 

As inscrições serão realizadas exclusivamente pelos links disponibilizados, até o dia 17/11, às 12h.

Seguem abaixo os links para a inscrição e programação do Encontro!



Manhã: Inscrições encerradas

8h às 9h - Credenciamento e Café de boas vindas (apresentação cultural)
9h às 9h30m - Abertura
9h30m às 10h30m - Estes livros que fazem crescer as crianças: Joelle Turin (professora e crítica de literatura de livros para crianças e jovens. Responsável por publicações em várias associações, como ACCES - Associação para o desenvolvimento da leitura, a prevenção do insucesso escolar e da luta contra exclusão.
10h30m às 11h30m - Fazendo o livro acontecer: Daniel Louzada (Livraria Leonardo da Vinci), Cristina Warth (Editora Pallas) e Georgina Martins (professora de Literatura da Faculdade de Letras da UFRJ, pesquisadora e autora de literatura infantil e juvenil). Mediação de Lucília Soares.
11h30m às12h30m - Visita à Feira com cortejo


Tarde: https://goo.gl/24G0jq

13h às14h - Credenciamento
14h às 15h - Estes livros que fazem crescer as crianças: Joelle Turin (professora e crítica de literatura de livros para crianças e jovens. Responsável por publicações em várias associações, como ACCES - Associação para o desenvolvimento da leitura, a prevenção do insucesso escolar e da luta contra exclusão.
15h às16h
- Fazendo o livro acontecer: Daniel Louzada (Livraria Leonardo da Vinci), Cristina Warth (Editora Pallas) e Georgina Martins (professora de Literatura da Faculdade de Letras da UFRJ, pesquisadora e autora de literatura infantil e juvenil). Mediação de Lucília Soares.
16h às17h
- Café da tarde (apresentação cultural) e visita à Feira com cortejo.

 

Solicitamos ampla divulgação e desde já agradecemos a parceria.

 


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 15/11/2016

Quem lê mais, escreve melhor!

Tags: 6ªcre, alfabetização.

 

 

 

Os professores da Escola Municipal Guilherme Tell utilizaram a Semana de Alfabetização, realizada no segundo semestre deste ano, para realizar uma exposição dos trabalhos realizados por alunos e professores sobre a leitura e a escrita nos anos iniciais.

 

As atividades foram desenvolvidas na Semana de Alfabetização, realizada no período de 05 a 09 de setembro

 

Na Escola Municipal Guilherme Tell, localizada no Parque Anchieta – RJ, o processo de alfabetização não está restrito à sala de aula. Os alunos são estimulados a ler e a escrever em todos os espaços. Para qualquer lugar que se olhe é possível perceber um ambiente que traz a leitura e escrita para a rotina das crianças, envolvendo-as em situações nas quais elas são utilizadas.

Na semana de 05 a 09 de setembro, além de expor os jogos e os trabalhos de alfabetização realizados no primeiro semestre, os professores criaram novos espaços de leitura e escrita dentro da escola. Duas tendas temáticas foram criadas: Espaço de Criação Textual e Espaço de Leitura

 

Tenda Espaço de Leitura

 

Na primeira tenda foram colocados vários tipos de gêneros textuais e materiais de escrita. O espaço era monitorado pelos alunos do quinto ano, que se revezavam para orientar sobre os escritores da tenda. Todos os textos produzidos pelas crianças que visitavam este espaço foram expostos pelas paredes.

O segundo ambiente tinha por objetivo motivar o prazer pela leitura. Nela foram desenvolvidas várias atividades: leitura livre, contação de histórias e dramatizações. Na leitura livre cada aluno teve a oportunidade de escolher o livro que mais lhe chamou a atenção. Professores e alunos se revezaram na contação de histórias para uma plateia formada por alunos de diversos anos de escolaridade. A dramatização, um dos momentos mais esperados, proporcionou momentos riquíssimos de crescimento cultural.

 

Dramatização e leitura livre

 

Os professores da Escola Municipal Guilherme Tell têm como meta realizar ações conjuntas para dar continuidade ao processo de alfabetização, em que os pequenos leem e escrevem sobre suas experiências, sobre o mundo. Para atingir este objetivo, lançam mão de vários recursos com o propósito de atingir aos interesses dos alunos. Assim, aprende-se a ler e escrever todo o tempo, em qualquer disciplina e em qualquer espaço.

Quem lê mais, escreve melhor! O indivíduo alfabetizado tem seu universo ampliado e pode exercer de forma digna sua cidadania. Parabéns a todos os professores da Escola Municipal Guilherme Tell por oportunizar, desde os anos iniciais da escolarização, que o aluno construa seu conhecimento num processo de alfabetização que considere suas vivências, que relacione os conteúdos com a sua realidade, que desenvolva suas capacidades de argumentar, ou seja, que promova a formação de um cidadão crítico e participante da sociedade.

 

Exposição de jogos de alfabetização

 

Quer saber um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelos professores da Escola Municipal Guilherme Tell? Entre em contato com eles!

Escola Municipal Guilherme Tell / (21) 3358-1113
E-mail: emtell@rioeduca.net

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós! Até a próxima semana!

 


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 14/11/2016

Acreditar, Superar e Vencer

Tags: 10ªcre.

 

A Escola Municipal Nelson Romero se inspirou no movimento Olímpico e estruturou suas bases de trabalho para o ano letivo de 2016.

 

A E/CRE (10.19.026) Escola Municipal Nelson Romero está localizada à Rua José Baldino, s/n° – Sepetiba, zona oeste do Rio de Janeiro. A unidade atende atualmente alunos da Pré-Escola ao 6° ano Experimental e tem como diretora, a professora Carla Paiva de Mesquita e como diretora adjunta, a professora Margareth Matos Queirós.

Alunos do 6° ano experimental

 

Em 2016, a unidade investiu suas energias em ações, programas e capacitações que levassem os professores e alunos ao desenvolvimento de novas ações, atitudes e fazeres que buscassem o melhor desempenho dos alunos. Para isso a direção contou com as relações interpessoais e motivacionais, tentando desenvolver um novo olhar para os estudos e a primeira meta foi fazê-los acreditar. Além disso, mudaram a imagem que os alunos têm dos estudos.

Em seguida, aconteceram as avaliações pessoais com atividades e ações da equipe e, juntos, professores e direção, buscaram a superação, com novos fazeres didáticos, utilizando a tecnologia como aliada à educação e estratégias básicas para motivar os estudos, buscando variar as atividades, trazendo novos estímulos e por fim mostrando a aplicação prática do conteúdo, fazendo com que queiram atingir um grau de excelência na Educação.

— Só conseguimos atingir o objetivo com o envolvimento dos professores, que viabilizaram planejamentos e estratégias cada vez mais dinâmicas e práticas. Assim, nossa escola começou a trilhar novos caminhos e uma vitória muito importante foi o crescimento do 6° ano experimental da professora Cleide Regina Rosário. — afirma a diretora Carla Paiva.

 

Alunos do 6° ano experimental no pátio da escola com a professora e a direção

 

Com um trabalho pautado e construído com bases firmadas no desenvolvimento prático do cotidiano. Aplicou-se um ensino coerente que atendeu ao contexto, tendo como ponto de partida sempre o estímulo.

Há também a preocupação e o cuidado de manter um ambiente de aprendizagem cercado de ações, atitudes e atividades que mostrem aos alunos que eles são a sociedade e devem conhecer seu valor, sua força e também seus direitos e deveres.

 

Alunos no quintal da Unidade Escolar

 

— Pais e responsáveis são convocados a acompanhar o desenvolvimento de seus filhos. Com esse movimento e participação da família, o processo de desenvolvimento se torna cada vez mais possível e o bom desempenho é um resultado real. Mas colocar novas ideias em prática, nem sempre é fácil, mas gera ótimos resultados. — afirma a professora Cleide Regina.

 

A diretora Carla e os alunos do 6° ano experimental

 

— Trabalhar com o 6.º ano experimental é propiciar aos alunos uma educação qualitativa, aonde ele possa ser inserido no segundo segmento do Ensino Fundamental sem perdas cognitivas ou perturbações emocionais, advindas de uma nova realidade acadêmica, com uma gama exacerbada de conhecimentos e os alunos da Escola Municipal Nelson Romero estão preparados para essa nova caminhada. A professora Cleide Regina realizou um excelente trabalho com a turma e o avanço do educando é notório. — afirma o professor Francisco, representante da Gerência de Educação da E/10ªCRE.

 

Quer saber mais sobre o projeto?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/SUBE/CRE (10.19.026) Escola Municipal Nelson Romero
Telefone: 3158-0848
Email: emnromero@rioeduca.net


 

 Rodrigo Abreu
é Professor da Rede Municipal
e Representante do Rioeduca da 10ª CRE
Contato: rodrigosantos@rioeduca.net
WhastApp: 98848-6724

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 11/11/2016

Calçada Literária

Tags: 9ªcre, livro, sala de leitura.

 

 

Realizou-se na Escola Municipal Rio Grande do Norte, a Segunda Calçada Literária, uma ação do Projeto da Sala de Leitura “DE MÃOS DADAS COM A LEITURA”.

“A leitura é a viagem de quem não pode pegar um trem.” (Francis de Croisset)

 

A Calçada Literária é mais um evento cultural de fomento à leitura, que visa estimular o hábito da leitura com prazer na comunidade escolar e entorno. Alunos, professores, funcionários e responsáveis foram convidados a embarcarem juntos na magia da Literatura, lendo, ouvindo histórias, dramatização com fantoches, leitura no vagão e muitas atividades paralelas.

 

A abertura foi realizada por um grupo de alunos da turma 1501, que sensibilizou a plateia cantando e dançando a música Um Bom Livro (Xuxa). A professora Adriana Rodrigues, da Sala de Leitura Polo da Escola Municipal Gilberto Bento, foi uma das nossas queridas convidadas. Ela encantou a todos com uma linda contação de história. Outra convidada foi a professora Jovania, contadora de histórias que também desenvolve um trabalho com coral de rua. Ela deu um show contando, cantando e emocionando.

 

 

A turma 1401 fez uma belíssima encenação sobre a CAIXA DE SURPRESA, baseada no poema de Elias José e embalados pela voz e violão da professora Edilene (adjunta) e professor Rodrigo (professor de Educação Física).

 

 

A turma 1302 fez uma viagem nos contos de fadas, preparando seus materiais e recontando as histórias. Essa turma sempre surpreende!

 

Os alunos tiveram a oportunidade de "passearem" no trenzinho e fazerem LEITURAS NO VAGÃO: histórias, poesias, livros sem texto, gibis e nas paradas, liam sob a sombra dos PÉS DE LIVROS. Cartazes e murais foram preparados, carinhosamente, por alunos e professores, onde a leitura e a escrita, de mãos dadas, se fazem sempre presentes. O dia foi intenso, porém gratificante, pois todos perceberam o interesse e envolvimento de todos os leitores.

 

Contato com a escola pelos telefones 3364-2565 e 3394-6205 ou pelo e-mail emrgnorte@rioeduca.net.

 

 


 


   
           



Yammer Share

Postado por Rita Faleiro Ver Comentários (2)