A A A C
email
Dicas, prática pedagógica, troca de experiências.
Retornando 29 resultados para o mês de 'Novembro de 2018'

Terça-feira, 13/11/2018

I Encontro IATI KÓ EKÒ – Batuques e Movimentos

Tags: encontro, gpec, cultura afro-brasileira.

I Encontro IATI KÓ EKÒ – Batuques e Movimentos acontecerá no Centro Cultural José Bonifácio

 

 

Professores da Rede Municipal de Ensino estarão no I Encontro IATI KÓ EKÒ – Batuques e Movimentos, que acontecerá no Centro Cultural José Bonifácio (Museu da Escravidão), na Gamboa, no dia 24 de novembro, das 8h às 17h.

 

Inscrição de pôsteres
 

Participação no evento

A abertura do evento será realizada pela Helena Theodoro, escritora e pesquisadora da cultura afro-brasileira e pelo professor Jaime Pacheco, da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Pela manhã, acontecerão apresentação de pôsteres de trabalhos dos professores com relação à temática, rodas de conversa com dinamizadores convidados como Raphael Soares, Juliana de Jesus, Fabio Batista, Mônica Luqquet, Rita Alves, Renata Francis, Carolina Ferreira, Patrícia de Andrade, Renata Maia. Haverá também feijoada cultural e feira com barracas de origem africana.

À tarde, haverá oficinas de práticas corporais como jogos africanos, capoeira, maculelê, jongo, dança afro, maracatu, coco, estética e representação negra com oficinas de turbante, abayomi, contos, penteados. Encerrando o evento, samba de roda.

O I Encontro IATI KÓ EKÒ – Batuques de Movimentos é um evento promovido pela Gerência de Projetos de Extensão Curricular (GPEC). Vale ressaltar que na linguagem africana IATI KÓ EKÒ signfica APRENDER.

 

Texto enviado por:

Waleria Carvalho

E/SUBE/GPEC


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 13/11/2018

Nota de falecimento - Carlos Henrique de Sorocaba Botkay

Tags: luto, falecimento.

 

A Secretaria Municipal de Educação (SME), comunica, com pesar, o falecimento do diretor-presidente da MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios Ltda., Carlos Henrique de Sorocaba Botkay, na tarde desta segunda-feira (12), aos 67 anos, no Rio de Janeiro.

 

 

Caique Botkay estava à frente da Empresa desde março de 2017. Durante sua gestão, idealizou, entre outras ações, o projeto A Arte dos Contos, com rodas de conversa literária entre a comunidade escolar, que resultou em um livro de contos escrito pelos participantes. Apostou, também, na aproximação com o público prioritário da MultiRio, alunos e profissionais de educação da Rede Pública Municipal de Ensino, com produções como o jornal Nós da Rede; as séries audiovisuais #educa, Escola, Câmera, Ação!, Dando Ideia, Vale a Penha! e Como É Bom Tocar um Instrumento; além do apoio a ações da SME: Semana de Alfabetização, Festival da Canção das Escolas Municipais e Mostra Municipal de Dança.

 

Formado em Musicoterapia pelo Conservatório Brasileiro de Música, seu trabalho na área da Educação e Cultura incluiu participação no projeto educacional de Darcy Ribeiro, quando integrou a equipe central de Cultura na implantação dos Cieps. Foi, ainda, superintendente de Arte e Educação da Secretaria de Estado de Cultura.

 

Ao longo de sua trajetória, atuou compondo, escrevendo, interpretando e dirigindo para o teatro. Recebeu os seguintes prêmios Molière (1), Shell (3), Coca-Cola (1) e Mambembe (5). Caíque Botkay publicou dois livros:Achados, pela editora Nova Fronteira, e Histórias de Mágicos e Meninos, pela editora 34.

 

Caique Botkay deixou dois filhos, três netas e uma irmã. O velório acontecerá nesta terça-feira (13), das 10h às 16h, na Capela C do Crematório São Francisco de Paula, no cemitério do Catumbi.

 

Fonte: ASCOM SME


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 12/11/2018

Peça sobre bullying leva alunos à reflexão

Tags: bullying, gpec, teatro nas escolas.

Quem é você?

Peça sobre bullying leva alunos à reflexão

 

 

O Teatro nas Escolas, desenvolvido pela Cesgranrio em parceria com a Gerência de Projetos de Extensão Curricular (GPEC) da Secretaria Municipal de Educação, mostra aos alunos da Rede Municipal de Ensino a importância do respeito, da solidariedade e da amizade.

A peça Quem é você?, de Leandro Bellini, foi escrita especialmente para o Teatro nas Escolas e aborda um tema em voga nos dias atuais: o bullying, muitas vezes praticados em escolas públicas ou não.

O espetáculo apresenta uma narrativa original, na qual os alunos são convidados não apenas a observarem com cuidado aqueles que sofrem o bullying, mas, principalmente, os que o praticam

Os objetivos principais do Teatro nas Escolas são o de formar plateia e promover reflexão entorno dos temas abordados.

Durante todo ano de 2018 os atores se deslocaram para 92 escolas com o intuito de apresentar a peça, que foi muito bem recebida pelos alunos e que acabam por se identificar com o tema.

 

Texto enviado por:

Waleria Carvalho

E/SUBE/GPEC


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 12/11/2018

Uma entrega além dos muros da escola

Tags: dança, professores, gpec.

 

Uma entrega além dos muros da escola

 

 

Cerca de 80 professores da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro estão cada vez mais empenhados em oferecer o melhor para os seus alunos.

 

Prova disso que se entregaram, de corpo e alma, ao Seminário Movimentos em Rede, coordenado pela Gerência de Projetos de Extensão Curricular (GPEC) da Secretaria Municipal de Educação, cuja culminância aconteceu no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Tijuca, no dia 3 de julho, das 9h às 17h.

 

Além disso, 15 professores exibiram toda sua arte e talento na abertura da Mostra de Dança com a coreografia SOMNES (mistura que surge de sono, insônia, som e solidão).

 

Com toda dedicação, assim como os demais que participaram de todo o processo, os professores Daniela Gaspar Soares, Sandra Moraes, Inglyd da Silva Sá, Karine Dull Sampaio Madureira Barbosa, Marcio Dias Pereira, Iara Ferreira Cortês, Poliani da Silva Pascouto Raphael, Liliana Durão D´Avila, Verônica Bazilio Terra Ferreira, Marcia Cristina da Silva Victor Gonçalves, Bruna Marques Ribeiro Gomes, Ronilson Silva Pires, Juliana Gomes Ferreira e Elisabete Pinheiro Costa subiram ao palco do Teatro Nelson Rodrigues, no Centro da Cidade, e apresentaram belo espetáculo mostrando a importância de se ter consciência corporal e aliá-lo à arte.

 

Alunos que estavam na plateia aplaudiram a apresentação.

 

De março a junho, todos os professores inscritos no projeto tiveram várias oficinas de dança no Centro Coreográfico.

 

Profissionais das artes como Claudia Petrina, Cosme Galindo, Veríssimo Junior, da GPEC, deram aulas.

 

Foram oferecidas oficinas da História da Dança e Danças Brasileiras, com Ana Paula Santiago e Mônica Ferreira Luquet; Dança do Ventre com objetos ministrada por Andréia Vieira da Costa e Claudia Suellen Teixeira, e Dança Afro Contemporâneo com Marcia Victor.

 

Também houve oficinas com Pedro Bárbara, da 5ª CRE, Juliana Manhães, Giselda Fernandes, Maria Elvira Machado e um convidado internacional: o bailarino Diego López.

 

A GPEC agradece toda dedicação e empenho dos professores que abraçaram este projeto e espera contar com todos no ano que vem! 

 

 

Texto enviado por:

Waleria Carvalho

E/SUBE/GPEC


   
           



Yammer Share