A A A C
email
Retornando 87 resultados para o mês de 'Dezembro de 2011'

Terça-feira, 27/12/2011

Retrospectiva 2011 - 9ª CRE

Tags: 9ªcre, retrospectiva.

 

Estamos chegando ao fim de 2011 e foram muitas emoções vividas neste ano. Vamos juntos relembrar alguns momentos que marcaram a trajetória da 9ª Coordenadoria Regional de Educação, que através de projetos, trabalhos, blogs, festas e muito mais, marcou sua presença neste portal que vem fazendo a REVOLUÇÃO na educação da Cidade do Rio de Janeiro.

 

 

Mais um ano chegou ao fim e é com muita alegria que compartilho com todos os nossos leitores esse momento de retrospectiva dos trabalhos de 2011, que foram apresentados neste espaço de trocas.

 

Neste período, também, é o momento de fazer um balanço de como foi o ano que está terminando... E posso dizer que foram dias corridos e de muitos desafios, mas sem dúvidas foram dias maravilhosos e que em muitos momentos me emocionaram bastante, por isso termino satisfeita de ter a chance de conhecer e poder apresentar aqui os projetos desenvolvidos nas unidades escolares da 9ª CRE e todos os profissionais envolvidos e comprometidos com a educação na nossa cidade.

 

Foram horas inesquecíveis que passei em frente ao computador tentando levar a vocês um pouco do que fazemos aqui na 9ª Coordenadoria Regional de Educação.

 

 

 

 

Aproveito a oportunidade para agradecer a todos aqueles que colaboraram para o êxito do trabalho aqui apresentado, pelo carinho e atenção nas diversas mensagens enviadas, nos comentários deixados nas postagens e ao apoio das equipes escolares em compartilhar suas atividades conosco, meu muito obrigada!

 

 

 

 

Para conhecer os trabalhos da 9ª CRE basta clicar no link abaixo:

 http://www.rioeduca.net/blog.php?tag=9%C2%AAcre

 

 

 

Venha você também fazer parte desta troca de experiências no nosso BLOG RIOEDUCA, basta procurar o representante da sua CRE pelo link http://www.rioeduca.net/sobrenos.php  e entrar em contato por e-mail.

 



Onde me encontrar:
Profª Márcia Cristina Alves
Representante do Rioeduca na 9ªCRE
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves


 

 

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 26/12/2011

A 10ª CRE e a construção de um novo processo pedagógico a partir da Informática Educativa

Tags: 10ªcre.

 

Considerando a aprendizagem do aluno como fator prioritário para o salto de qualidade da Educação no Rio de Janeiro, a 10ª Coordenadoria Regional de Educação investiu maciçamente na capacitação dos professores das escolas municipais de Santa Cruz, Sepetiba e Guaratiba no ano letivo de 2011.

 

 

Em todas as suas entrevistas, discursos e declarações sobre a Educação na Cidade do Rio de Janeiro a partir do início de 2009, quando assumiu a titularidade da pasta, a professora Claudia Costin vem enfatizando a importância que se deve dar ao aprendizado do aluno, a ampliação e qualificação do atendimento em creches e na educação infantil e a capacitação dos professores da rede pública municipal pelos mais diversos meios, com destaque nas novas tecnologias.

 

 


Seguindo, obviamente, as diretrizes vindas do nível central da SME, a 10ª Coordenadoria Regional de Educação, que abrange as unidades escolares dos bairros de Santa Cruz, Guaratiba, Paciência e Sepetiba, também passou a considerar como linha básica determinante a informática educativa, não apenas na manutenção de microcomputadores e softwares utilizados nas escolas, mas, principalmente, desenvolvendo uma intensa programação de cursos, oficinas e capacitações para diretores, diretores adjuntos, coordenadores pedagógicos, professores e funcionários de diversos níveis da 10ª CRE.

 


Sensível à necessidade de empreender ações relacionadas ao desenvolvimento da informática educativa nas escolas da região, a professora Gracinha Muller convidou, em junho de 2011, o professor de Matemática Rodrigo José Abreu dos Santos, então lotado na Gerência de Educação, para assumir a Assessoria de Informática e Tecnologia (AIT) da 10ª CRE e dar início ao processo de mudanças no setor.

 


Contando com a professora Suelen Correa como secretária e doze profissionais especializados em informática, a AIT/10ª CRE passou a oferecer uma série de cursos e oficinas sobre Sistema de Controle Acadêmico (SCA); Redes Sociais e Rioeduca; Pé de Vento; Educopédia e produção, utilização e manutenção de planilhas.

 


De julho a outubro de 2011, foram realizados seis cursos diferentes, todos com apostilas ilustrativas e explicativas, além de orientação prática e atendimento personalizado, tanto na Assessoria de Informática e Tecnologia da 10ª CRE, quanto nas chamadas efetuadas pelas unidades escolares com o uso do 0800 do Help Desk.

 


Inúmeras outras providências e participações marcaram a nova atuação da Assessoria de Informática, que repaginou o site da 10ª CRE na Intranet, dando grande visibilidade aos projetos pedagógicos desenvolvidos pelas unidades escolares, além de possibilitar o acesso, consulta e reprodução dos modelos de documentos produzidos pelas diversas gerências, que são imprescindíveis para o bom funcionamento pedagógico e administrativo das escolas.
 

 

Durante a realização do Curso de Aperfeiçoamento em Gestão Educacional Pública organizado pelo SENAC, e promovido pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, a Assessoria de Informática da 10ª CRE prestou inestimável contribuição aos professores inscritos, disponibilizando textos, slides e vídeos, orientando sobre a utilização da plataforma e colaborando na elucidação de dúvidas dos cursistas quanto à utilização da ferramenta tecnológica.

 

 

Curso Pé de Vento: Suelen, Rodrigo, Débora e Laila.

 

Equipe da Assessoria de Informática e Tecnologia (AIT) da 10ª CRE.

Primeiro Curso sobre Redes Sociais e Rioeduca, realizado em 11 de julho de 2011.

Curso e Oficina Pé de Vento para professores do 1º e 2º anos, realizado em 6 de outubro de 2011.

Página de abertura da Intranet da 10ª CRE.


As metas que estão sendo previstas no plano pedagógico da 10ª CRE para o próximo ano letivo, certamente passam pela Assessoria de Informática e Tecnologia, que já vem oferecendo a possibilidade de inscrições online para os cursos e capacitações, que terão início nas primeiras semanas do mês de fevereiro de 2012, além de ampliar a rede de divulgação das atividades de todas as Escolas, Cieps, Creches e Espaços de Desenvolvimento Infantil, cujos sites e blogs podem ser divulgados, acessados e compartilhados mediante a inserção de links diretamente na página da Intranet da 10ª CRE.

 


Parabéns aos professores Rodrigo Abreu e Suelen Correa, e aos técnicos de Help Desk, Antonio Carlos, Diego, Carlos Renato, Rodrigo Ribeiro, Ricardo, Débora, Fred, Gustavo, Júnior, Mateus, Philippe e Marcelo, da Assessoria de Informática e Tecnologia da 10ª CRE, pelo esforço empreendido ao longo de 2011, para a consolidação de um novo processo pedagógico a partir da Informática Educativa.

 

 

 

 

                                                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 26/12/2011

Contagem Regressiva para 2012

Tags: 4ªcre.

 


 

2011 chega ao fim, estamos ávidos e em contagem regressiva para receber o ano de 2012. Ano esse que promove grande expectativa entre nós, profissionais da maior Rede de Educação Pública da América Latina, pois teremos a Educópedia em pleno funcionamento, o Pé de vento, a ampliação dos GECS, o GEO, entre muitas outras novidades.

 


Em 2012, nós do Rioeduca.net da 4ª CRE estaremos conectados e postando com muito orgulho, é claro, para que vocês possam acompanhar de perto cada conquista alcançada pela nossa Rede.


Entretanto, construir o futuro é também lembrar o passado, é lembrar os desafios vividos, é valorizar cada passo, valorizar a cada um que fez parte do sucesso de 2011 e por isso, precisamos lembrar de agradecer aos parceiros dessa empreitada pela qualidade da Educação Carioca. Parceiros como o BAIRRO EDUCADOR, FIOCRUZ, CEDAE, COMLURB, ONG REDES DA MARÉ, LAMSA, UFRJ, entre muitos outros que nos ajudaram a desempenhar com tanto exito os nossos trabalhos. Dedicamos também o nosso agradecimento especial a todas as Unidades Escolares que contribuiram com a existência desse canal.


Agora chegou a hora, convido orgulhosamente a todos para relembrarmos e reconstruirmos os momentos que fizeram do nosso portal um marco digital de uma Educação Pública de qualidade.
       

 

 

O Rioeduca deseja um Feliz Natal e esperamos por todos vocês em 2012 para que juntos transformemos esse espaço no melhor e maior Portal Digital de Educação Pública!

                                           

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


 


   
           



Yammer Share

Sábado, 24/12/2011

As Aventuras da Profª Diana e sua Turma (Parte II)

Tags: 6ªcre, projetos, visitas.

 

Esta é a segunda parte das aventuras pedagógicas vividas pela professora Diana Sobreira em 2011 com sua turma 8802 do Projeto Autonomia Carioca, da E.M. Levy Miranda. 

Para a professora Diana este foi um ano de gratificantes experiências, tanto acadêmicas - ao ter seu trabalho divulgado em diversos meios, quanto pela alegria de ver sua turma do Projeto conquistar espaços, crescer, adquirir experiências novas, construir conhecimento... mas foi também um ano de despedidas... de saudades...  

Antes de deixar sua querida turma, a professora Diana solicitou esta bela homenagem relatando suas aventuras pedagógicas ao Planetário de Santa Cruz (Parte I) e ao Museu da República (Parte II), que agora veremos

 

 

Museu da República (Era Virtual Museus - clique na imagem)


 

Este foi um ano, como dissemos na Parte I desta postagem no Rioeduca Net - A Revolução Acontece, de experiências gratificantes para a professora Diana Sobreira, que teve um artigo publicado no Globo Online - Educação Nota 10, postagens aqui no Portal Rioeduca e uma publicação sobre seus projetos no livro Escola entre Mídias, da MultiRio (ver Notas). Mas de todos esses momentos marcantes, certamente, como também dissemos, o mais significativo foi o trabalho realizado com sua turma 8802, do Projeto Autonomia Carioca, Aceleração 2, na E.M. Levy Miranda, da qual ela agora se despede. 

 

Formada em Educação Física, a professora Diana aceitou, neste ano de 2011, o desafio de lecionar para uma turma de vinte e três alunos, com defasagem escolar idade/série, todas as disciplinas (Matemática, Língua Portuguesa, História, Ciências, Geografia), pelo projeto da Prefeitura do Rio (SME-RJ) em parceria com a Fundação Roberto Marinho, Autonomia Carioca / Acelera. 

 

Em 2012, caminhos diferentes... Novos desafios, novas conquistas, novas vitórias... A professora Diana vai trabalhar em outra escola, outra CRE, mas leva a certeza de que deixa sua turma preparada para a próxima jornada... E, para consolar a saudade e  relembrar os bons momentos, a professora decidiu homenagear seus alunos e consolar seu coração através dos relatos das experiências vividas juntos em 2011... Fiquemos, portanto, com mais um emocionante relato das aventuras da professora Diana Sobreira e sua turma - agora, no Museu da República -, por ela mesma...

 

 

E a Aventura Continua...

Relato da profª Diana Sobreiro

 

 

 

Alunos da turma 8802 no Salão Nobre do Museu da República

 

 

A turma 8802 visita o Museu da República

 

Tudo deu certo para que conseguíssemos encerrar a “Era Vargas” com chave de ouro!


Era uma terça-feira e percebi que os alunos estavam muito interessados por Getúlio Vargas e suas realizações, principalmente as trabalhistas. Pensando nisso, perguntei a eles se gostariam de conhecer o local onde se passou o que vimos nas nossas Teleaulas de História e a resposta foi um empolgado “SIM!”. Só que... Era urgente, pois logo entraríamos na Ditadura Militar; iríamos de Metrô.


Mandei um e-mail para o Museu da República explicando o motivo da urgência e eles prontamente nos agendaram para a quarta-feira seguinte. Mas faltava o metrô. Mandei um e-mail para a empresa solicitando a gratuidade e no dia seguinte recebia resposta positiva. Pronto! Tudo garantido para nossa visita ao Museu da República!


Éramos 10. Em um metrô cheio, bem na hora do rush. Mas ninguém demonstrou cansaço; pelo contrário, estavam todos felizes e ansiosos. Ao chegarmos lá, o Museu ainda não estava aberto; fomos passear pelos jardins. Que festa! Muitas fotos, muitos sorrisos, muitos olhinhos brilhando. E uma professora feliz. Tensa, mas feliz. Era uma grande responsabilidade fazer aquilo.


Na entrada do Museu, pude ouvir vários “- Que lindo!”, “- Quanto luxo!”, “- Olha essa escultura!”. A partir daquele momento percebi que realmente todo o esforço valeu a pena. Nenhum detalhe passou despercebido aos olhos dos meus meninos. Fiquei orgulhosa ao ver isso: desde o teto até o chão, para tudo me chamavam a atenção e me pediam para tirar fotos, a fim de registrar aquele momento especial na vida deles.


Ouvi um deles me chamando: “- Professora, vem ver isso aqui! Olha, a Revolta dos Canudos, que a senhora ensinou!”. Eram fotos deste momento histórico. E fui ver, com o maior sorriso nos lábios. Ao entrar na sala de jantar, ouvi: “- Nossa, precisa de isso tudo para comer?”. Sorri mais uma vez. Outro aluno me disse: “- Professora, olha aquele outro grupo de outra escola! Eles entraram quase junto com a gente e já nos passaram. Nem estão aproveitando...”. Orgulho.


Adoraram ver as cédulas antigas, a escarradeira, o tinteiro de ouro, o elevador presidencial, as pinturas do teto, os vitrais e até as maçanetas das portas... Mas o pijama e a arma com a qual Vargas se suicidou foram o que marcaram. Silêncio absoluto ao observarem esses dois itens. Pareciam que estavam fazendo um minuto de silêncio em memória ao ex-presidente do Brasil.
Notaram que no quarto de Vargas não havia luxo. Chegamos à conclusão de que não seria necessária ostentação em seu quarto, pois o presidente não receberia ninguém naquele aposento. Ali, naquele lugar, Vargas deixava de ser o presidente e era Getúlio, um brasileiro.


Voltamos. Cansados. Mas imensamente felizes. Na certeza de que o conhecimento está em todos os lugares.


 

 

 

Diante do retrato de Getúlio Vargas

 

 

 

Vista do quarto de Getúlio Vargas

 

 

Levar meus alunos ao Museu da República foi uma experiência única. Incialmente achei uma ideia impraticável: como eu iria colocar esses adolescentes em um Metrô cheio? Será que os pais iriam deixar? E a passagem de ônibus da escola até o metrô? E o bilhete do Metrô? Será que teriam que pagar entrada? E o lanche?


Sabia que, se tivesse pensado mais cedo em levá-los, conseguiria facilmente tudo isso por meio da 6ª CRE. Mas era urgente, a matéria iria logo para a época da Ditadura Militar e Getúlio Vargas talvez perdesse seu “glamour”. Conectei meu 3G ao netbook e consegui tudo, na mesma hora: agendamento da visita com o Museu da República e a passagem com o Metrô. Mediante a autorização dos pais, pus a ideia em prática, mas avisei que o Metrô estaria cheio.


Na manhã da visita, passei na padaria perto da escola e comprei pão, queijo, presunto e leite achocolatado. Levei também algum dinheiro, pois não sabia se todos possuíam o RioCard. Felizmente tudo deu certo e chegamos ao Metrô. Ao entrarmos, pedi que não ficassem na porta do trem; três meninos disseram: “- Não, Professora, tá legal aqui”. E as pessoas foram entrando. E eu controlando o movimento deles. Eles foram ficando apertados, cada vez mais apertados. Daí eu disse: “- Acabaram de ter a primeira lição: não se deve ficar na porta do Metrô”. Eles riram e concordaram. Além da parte pedagógica, tivemos aprendizados para a vida. Outra aluna, ao analisar todos ao redor, me perguntou: “- Professora, no Metrô só tem adulto?”. Respondi que naquele horário, os meninos e meninas da idade dela deveriam estar na escola; por isso que só havia adultos no Metrô. Ela sorriu, me dizendo com os olhos que se tivesse pensado mais um pouquinho, chegaria àquela conclusão sozinha.


Estive tensa o tempo todo. Sabia da responsabilidade que era. Tinha vários objetivos ao idealizar a visita ao Museu da República: sair de sala de aula; conhecer um local novo; ver como vivia Getúlio Vargas; estabelecer conexões entre o aprendido em sala de aula e o que se estava vendo no Museu; analisar a arquitetura da época; passear pelos jardins do Palácio...


Confesso que não planejei a visita em si; não sou professora de História e só visitei o Museu da República uma única vez, bem rapidamente, pois estava no horário de fechar. Mas no início da visita fui chamando a atenção aos detalhes. E logo não precisei mais: eles mesmos já percebiam cada detalhe, cada desenho, cada cor, cada textura...


Minha ideia era fazer em sala de aula um trabalho sobre o que eles acharam da nossa visita. Mas infelizmente não deu tempo. Tive que me afastar da turma e não sou mais a professora deles.
 

 

 

 

Vamos de elevador presidencial?

 

 

 

Tinteiro de ouro: impressiona!

 

 

 

Muito luxo nesta mesa posta!

 

 

 

Alunos observando o pijama e a arma de Getúlio Vargas

 

 

 

Os alunos observando as moedas antigas...

 

 

 

Registros fotográficos da Revolta de Canudos

 

 

 

Uma pose nas escadarias do Museu da República

 

 

 

Nos jardins do Museu da República

 

 

Mais fotos no jardim...

 

 

 

Na gruta artificial dos jardins do Museu

 

 

 

 

NOTAS:

 

(1)  Site Era Virtual Museus: Museu da República: http://www.eravirtual.org/pt/index.php?option=com_content&view=article&id=111&Itemid=28 e o link para uma panorâmica do Museu: http://www.eravirtual.org/mrepublica_01_br/

 

(2) Postagem sobre a visita da Profª Diana e sua turma ao Planetário de Santa Cruz: Rioeduca Net - A Revolução Acontece: "As Aventuras da Profª Diana e sua Turma (Parte I)": http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1706

 

(3) O Globo Nota 10: "Autonomia Carioca: a semente da criatividade" (10/11/2011): http://oglobo.globo.com/projetos/educacaonotadez/

 

(4) Rioeduca Net - A Revolução Acontece: "TV Autonomia: Projeto de Audiovisual da E.M. Levy Miranda" (02/07/2011):  http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1119

(5) "Sintonize... Novela de Rádio" in A Escola Entre Midias, MutiRio - Empresa Municipal de Multimeios , Rio de Janeiro: MultiRio, 2011. p.59

(6) Para saber mais sobre o conceito de aula-passeio, ver: Rioeduca Net - A Revolução Acontece: "Creche Trabalha Projeto Inspirado em Célestin Freneit - De onde Surgiu o Conceito de Aula Passeio?": http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1561
 

 

 

PARABÉNS PROFª DIANA E TURMA 8802 - E.M. LEVY MIRANDA!

 

 

PARTICIPEM TAMBÉM DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO,
DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS
QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

 

                                                                            

 

Print Friendly and PDFPrintPrint Friendly and PDFPDF


   
           



Yammer Share