A A A C
email
Retornando 54 resultados para o mês de 'Dezembro de 2013'

Sexta-feira, 20/12/2013

Alô, Alô, Sementinha Notícias!

Tags: 5ªcre, projetos.

A Creche Municipal Sementinha encontrou uma maneira diferente de informar tudo que acontece no seu espaço. Criou um projeto jornalístico distribuído nas reuniões de pais.

 

“Quando madura, toda e qualquer semente germinará se encontrar condições adequadas. Podemos definir germinação como a retomada do crescimento e do desenvolvimento do embrião. Para que isso ocorra, a semente precisará principalmente de água, gás oxigênio e temperatura adequada”.


Escola Kids, Falando de Sementes.


“Assim somos todos nós da Creche Municipal 05.14.607 Sementinha. Damos água, gás oxigênio e temperatura adequada' aos nossos pequenos através da educação, na qual a germinação se dará mais adequadamente se plantarmos e regarmos nossas sementes com muito carinho e atenção, eles serão os adultos saudáveis de amanhã”, relata a diretora, professora Monica Martins.

 

A equipe da Creche Municipal Sementinha, na ânsia de informar aos responsáveis tudo que acontecia durante o mês, resolveu mobilizar os pais e responsáveis a se informarem sobre os acontecimentos criando um jornal informativo. E, para que sua circulação fosse abrangente, este deveria ser entregue durante a reunião para os responsáveis.

Assim aconteceu o “Sementinha Notícias”, que é uma mistura de informação e sugestões deliciosas.

 

Foto do dia da reunião de responsáveis

 

 

A Creche Municipal Sementinha é gerida pela professora Monica de Andrade Martins e está localizada a Rua Carneiro de Mendonça, s/nº, no bairro de Vicente de Carvalho.

 


Projeto Sementinha Notícias

 

 

 

Edição 4 do "Sementinha Notícias"

 

 

Justificativa


Desde a antiguidade o homem tem sede de se informar e divulgar essas informações vê – se isso quando ele pintava o que via e pensava nas paredes das cavernas.


Na atualidade, é urgente que todos fiquem informados sobre a época em que vive. Para isso, é necessário que seja desenvolvido o hábito da informação, assim sendo, é papel da Creche incentivar a informação e não existe lugar melhor para isso do que a própria Creche e o Boletim Informativo é um excelente meio de incentivar a busca das informação do interesse e divulgar essas informações.


Estratégias


• Criar uma equipe para discussão sobre o informativo;
• Dividir as seções do informativo;
• Ir em busca de informações para cada seção.
• Montar o informativo com a comunidade escolar
• Apresentar o produto pronto para a comunidade escolar em reunião de responsáveis mensal.


A culminância do projeto Sementinha Notícias foi justamente a partir das primeiras edições, quando a comunidade escolar passou a se inteirar mais do que acontecia na Creche, criando uma nova mentalidade nos responsáveis sobre o trabalho desenvolvido por toda equipe, além de movimentar mais as reuniões de pais, aumentando a parceria dos mesmos na pesquisa de novidades para as matérias seguintes.

 

 

Foto da equipe da creche Municipal Sementinha. De vestido estampado a direita a diretora, professora Monica Martins

 

 

Agradeço a todos da Creche Sementinha, especialmente a professora Monica Martins, diretora da creche, pelas informações sobre este projeto, além do envio das fotos.


Parabéns a toda equipe!

 


Regina Bizarro é professora representante do Portal Rioeduca/5ªCRE.

Contatos:
E-mail: reginabizarro@rioeduca.net
Twitter: @rebiza
Rioeduca/5ªCRE no Facebook:
https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre

 

                               

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 20/12/2013

Espetáculo Teatral na E. M. Professor Castilho

Tags: 10ªcre.

Nos dias 16 e 18 de dezembro, na Escola Municipal Professor Castilho, o professor de Artes Cênicas Marcelo Andriotti apresentou dois trabalhos teatrais realizados com os alunos do 5º ano.

 


A Escola Municipal Professor Castilho, localizada em Guaratiba, atende aproximadamente 1.200 alunos, do 1º ao 5º ano de escolaridade, além da modalidade de PEJA. Os espetáculos teatrais foram organizados em quatro semanas e apresentados no auditório da Unidade Escolar, envolvendo todos os alunos.


O primeiro espetáculo, “As Garotas de Ipanema” ,feito com bonecos, foi em homenagem aos 100 anos de nascimento de Vinicius de Moraes. Além de trabalhar com a consciência ambiental e a reciclagem, teve como principal foco conceitos de respeito às diferenças, pluralidade cultural e miscigenação, apresentando as diversas "garotas de Ipanema" (loiras, mulatas, ruivas etc.). Os próprios alunos confeccionaram os bonecos feitos com garrafa pet, sobras de papel e outros materiais usados na escola.


O segundo foi “O Fantástico Circo do Professor Castilho”: “Desde o primeiro dia em que propus fazermos algo com o circo, os alunos da turma 1504 compraram a ideia e se esforçaram ao máximo para que o resultado fosse tão divertido quanto foram os ensaios."

 

Apresentação teatral na E. M. Professor Castilho.

 

E por que “O circo” foi escolhido?


O circo é uma das formas mais lúdicas de se fazer arte. O uso das cores e das diferentes figuras que vivem no picadeiro trazem de volta nossa capacidade de criar e brincar, essenciais para as crianças.


O circo traz um mundo mágico, onde podemos ser quem a gente quiser: o mágico, o palhaço, a bailarina ou, quem sabe, até o feroz leão!


“A alegria, a animação e a concentração dessa turma me motivaram muito e eu senti que precisava dar um presente para eles. Acho que não existe presente melhor do que aquele que vem do coração. Por isso resolvi dar um pouco do que mais amo, que é a experiência de estar em cena.”

 

 

 

 

 

Apresentação Teatral na E. M. Professor Castilho.

 

Os pais também compareceram, fortalecendo o interesse do professor e da Direção e aproximando cada vez mais o núcleo familiar do escolar.

 

Presença dos responsáveis no evento.

 

Como bem disse o professor, antes da apresentação dos espetáculos:


“A educação depende não apenas da frequência na escola e do interesse dos professores. O trabalho é pleno quando o aluno chega em casa e há um apoio dos pais, quando os responsáveis participam ativamente da vida escolar da criança. A motivação, o interesse e o entusiasmo do aluno aumenta quando ele vê que sua família se interessa pelo que ocorre com ele na escola e, por incrível que pareça, até mesmo quando o papai ou a mamãe quer saber se tudo correu bem ou de há algum dever de casa”.

 

O professor Marcelo mencionou ainda: 


“Meu trabalho na escola é desenvolver as Artes Cênicas. Num primeiro momento a gente pensa: para que estudar teatro na escola, não é? Mas, se pararmos pra refletir sobre como ele pode nos ajudar, veremos a importância dessa ferramenta de ensino.

No teatro, nós trabalhamos a pesquisa, a troca de conhecimentos e de visões sobre as mesmas questões, sobre o mundo que vivemos, além de trabalharmos constantemente com o respeito, o compromisso, a escuta, a reflexão a atenção e a cooperação mútua. Pelo teatro podemos expressar o que sentimos da realidade e como nos relacionamos com ela. 

Nos dias de hoje, o mundo está cada vez mais individualista. Com tanta tecnologia a gente acaba vivendo num mundo virtual com tablets, celulares, televisão... o teatro é uma atividade em que o trabalho em grupo é essencial. A troca de experiências e o contato são fundamentais.

Dessa forma, o teatro dentro da escola ajuda na formação do aluno como um ser crítico, ampliando a forma como ele vê o mundo atual.
E o mais legal é que fazemos isso de forma lúdica, ou seja, brincando. O aluno acaba se desenvolvendo sem perceber, apenas brincando, jogando.”

 

Um pouquinho do Professor responsável por este trabalho:

 

O Professor Marcelo Andriotti é professor da Rede Municipal de Ensino em três Unidades Escolares da 10ª CRE, sendo elas: a E. M. Professor Castilho, a E. M. Floripes Angladas Lucas e a E. M. Ana Neri. Formado em Artes Cênicas pela UNIRIO (Interpretação e Licenciatura), iniciou sua carreira em 1993, em Porto Alegre, e mudou-se para o Rio de Janeiro em 1999. Como ator, já participou de mais de quinze espetáculos que percorreram diversas cidades brasileiras e argentinas.


Como maquiador/caracterizador, já realizou diversos trabalhos em diferentes companhias teatrais do país e escolas de samba do Rio de Janeiro e, ainda, ministra cursos de caracterização por festivais e cidades brasileiras. Recebeu diversas indicações de melhor maquiagem pelos seus trabalhos, sendo o vencedor em alguns grandes festivais. O mais recente foi conquistado entre 33 espetáculos de todas as regiões do país, concorrendo com espetáculos de rua, adulto e infantil.


Como arte-educador, trabalhou em escolas como o Colégio de Aplicação da Lagoa, Colégio Salesiano e Escola Municipal Roma com idosos. Entre 2010 e 2013, foi mediador da matéria laminação na Escola das Artes Técnicas-EAT/Faetec.
Representou o Brasil em eventos culturais e pedagógicos em Cuba (como convidado do Ministro da Educação Cubano) e no México.


Foi selecionado, entre mais de 20.000 pessoas do mundo todo, para participar do UNAOC-EF Summer School em Nova York/EUA, em agosto de 2013. Evento que selecionou cem jovens líderes de ONGs ou projetos sociais de 96 países para debaterem sobre desenvolvimento social, diversidade cultural, racial e religiosa, com a participação dos maiores nomes da ONU. Marcelo foi o único participante com projeto social desenvolvido no Brasil.

 

Os alunos da E. M. Professor Castilho viveram um dia diferente, integrando cultura aprendizagem, escola e família.

 

Parabéns aos Gestores!

Parabéns aos Professores!

Parabéns a toda Comunidade Escolar!

 

Suelen Corrêa
é professora da rede municipal de ensino e
representante do Rioeduca da 10ª CRE


Contatos:
suelencorrea@rioeduca.net
twitter: SuelenCorrea29

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/12/2013

Vida de Criança

Tags: 9ªcre, blogdeescola.

A C. M. Zélia Chauke Curi, da 9ª CRE vem nos mostrar o trabalho que vem realizando com seus pequeninos através do subprojeto “Vida de Criança” que visa à formação de futuros cidadãos.

 

Quem nos conta essa trajetória, realizada ao longo de 2013, é a equipe da unidade:

 

Todos os anos, em nossa Creche, desenvolvemos atividades que reforçam junto às crianças, seus direitos segundo o ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente. Queremos agora, compartilhar ricos momentos onde brincando levamos os pequenos a vivenciarem ações que os levaram ao conhecimento e exercício de alguns desses direitos, dando início à formação de futuros cidadãos.

 

Como acreditamos que é através do lúdico que a criança aprende e reproduz, utilizamos o ECA como base para o desenvolvimento das atividades por meio do subprojeto “Vida de Criança”.


Direito à Educação

 

 

O Projeto Pedagógico Anual 2013, “Creche, Berço de Futuros Leitores”, oportunizou focar o direito à educação em atividades voltadas para o manuseio de livros, às contações e recontações de histórias, permitindo a todos os grupamentos o desenvolvimento do gosto pela leitura.


 

A observação do boneco do corpo humano sendo relacionado ao próprio corpo da criança rendeu belas gargalhadas e a brincadeira “boia ou afunda?” Despertou a curiosidade da criançada em relação aos conceitos de leve e pesado, através de uma vivência concreta.

 

Direito à Cultura
(Homenageando Vinícius De Moraes)

 

 

O Maternal II, reforçando uma educação de qualidade, participou com a confecção do cartaz “A casa”, tendo a oportunidade de brincar, observando e cantando a letra da música, desenhando livremente e exercitando a tentativa de escrita.


 

Os bebês também tiveram garantido seu direito à cultura, participando do projeto com muita alegria, ouvindo e interagindo com “A Arca”, participando da pintura e brincando com fantasias de animais, imitando os sons que emitem, seus respectivos modos de locomoção e sendo estimulados a protegê-los.


 

“O Pato” também foi um sucesso, oportunizando o Maternal I a desenvolver diversas habilidades ao participar da montagem do cartaz, cantar a música, desenhar e pintar na construção do pato, sempre reutilizando materiais.

 

Direito à Saúde

 

 

Nas brincadeiras de médico e nas parcerias firmadas com o Posto de Saúde Dr. Garfield de Almeida e contando sempre com o carinho da THD Neide, cuidando da higiene bucal das crianças e também da FABA (Faculdade Bezerra de Araujo) com as equipes de Nutrição, Enfermagem e Fisioterapia que oferecem práticas lúdicas garantindo o direito à saúde.

 

Direito à Alimentação

 

 

Na sala de Natureza e Sociedade e no momento extraclasse, visitando o Sacolão da Comunidade, as crianças tiveram a oportunidade de observação das características dos legumes, frutas e verduras, reconhecendo-os in natura.

 

No momento das refeições, a valorização dos alimentos saudáveis tem também o incentivo da utilização do joguinho americano confeccionado pelas próprias crianças.O direito à alimentação (saudável) também é oferecido aos responsáveis através de palestras e oficinas de reaproveitamento de alimentos (FABA), com direito a degustação.


Direito ao Lazer

 

 

As crianças têm a oportunidade de interação com outras crianças e com adultos, desenvolvendo nos momentos de lazer, a troca, o compartilhar, a alegria e a satisfação de estar na Creche.

 

Aproveite agora e conheça o blog da Creche Zélia Chauke Curi onde você poderá conferir projetos desenvolvidos e toda nossa história desde o ano de 2006, nosso primeiro ano de atendimento.

 

http://blogdacrechezeliachaukecuri.blogspot.com.br/


Parabéns a toda equipe da C. M. Zélia Chauke Curi por realizar um trabalho tão importante na formação desses futuros cidadãos e também por gentilmente compartilhar conosco esses ricos momentos.

 

Profª Márcia Cristina Alves Representante da 9ª CRE:
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/12/2013

Autores de A a Z

Tags: 4ªcre, projetos.

 

Os grandes autores da nossa Literatura permitem ao leitor descobrir mais sobre a alma, o mundo e os recursos estilísticos da própria Língua, já que conseguem organizar seus pensamentos, focando nos principais conflitos da existência humana. Assim, ao experimentar as emoções de personagens consagrados, o leitor passa a compreender melhor o mundo e se torna um escritor mais criativo.

 

"A minha adolescência foi repleta de livros, que me proporcionaram grandes prazeres e descobertas. Ficava abismado com o jeito de escrever de grandes autores e cronistas, como Rubem Braga. Na escola, em casa e com meus amigos, estava sempre rodeada de gente que também gostava de curtir a vida tendo bons livros ao seu lado."

 MACHADO (2011, p. 2).
 

 

Decerto, trabalhar com literatura variada na escola significa proporcionar às crianças, antes de tudo, a oportunidade de ler e nesse sentido, a escola é um dos espaços ideais para que ocorra essa troca, devido às oportunidades de convivência que ela proporciona. 

 

Além disso,  a literatura, por ser arte, não estabelece normas nem regras de comportamento. Portanto, é fundamental que a própria criança leitora descubra nas entrelinhas do texto que valores estão implícitos nas ações dos personagens e isso, o leitor só constroi através do contato diário com o mundo dos livros.

 

A Escola Municipal Lais Netto dos Reis Conta Ana Maria Machado
  

E porque Ana Maria Machado? Simples, porque ela é personalidade de destaque no campo cultural do Brasil e entre as suas diversas atividades – jornalista, radialista, pintora, professora, tradutora, escritora, entre outras, Machado sempre esteve envolvida em diversas instâncias que se ocupam da formação leitora do país. Entre as diversas militâncias nesse campo, sua atividade  de escritora de literatura infanto-juvenil é o que lhe confere mais destaque.

 

  

 

"Nosso Projeto Político Pedagógico : Ler com Prazer da Escola para o Mundo.

Subtema: Autores Brasileiros de A a Z: Para leitura Acontecer

Trabalhamos com os Autores : Ziraldo,Vinícius de Moraes, Ana Maria Machado e Maurício de Souza. 

 

Todas as turmas participaram do projeto..."

Texto da Professora Delfina - Regente das turmas 1201 e 1101 nessa U.E.

 

Confira aqui o projeto "Pintando o Sete", da escola, baseado na autora Ana Maria Machado.

 

 

"[...] em relação à tradição notam-se, nos textos de Ana Maria, doismovimentos: fica claro, de um lado, que o projeto da escritora tem muito a ver com o projeto lobatiano de renovação da literatura brasileira; de outro, fica igualmente patente seu esforço de ruptura com o que se poderia chamar de tradição alienante e/ou escapista da literatura voltada para infância."

Lajolo (1983, p. 102)
 

 

Parabéns a todos da equipe Lais Netto por levar as crianças a apreciação estética, valorizando-a como uma experiência pessoal e única, onde cada leitor tem seu jeito próprio de desfrutar a história.

 

Professor, queremos conhecer e divulgar o blog e os projetos desenvolvidos por sua escola. Aproveite este espaço que é feito para nós!

 

Entre em contato com o representante do Rioeduca em sua Coordenadoria e participe

 

Professora Ana Accioly
 Representante Rioeduca.net da 4ª Coordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

 

COMPARTILHE E COMENTE!

 

 

                              

 

 

 


   
           



Yammer Share