A A A C
email
Retornando 54 resultados para o mês de 'Dezembro de 2013'

Domingo, 15/12/2013

Metodologia de Projetos Rioeduca para 2014

 

Metodologia de Projetos Rioeduca definirá habilitação de postagens para 2014. 

 

A partir de março de 2014, a METODOLOGIA DE PROJETOS RIOEDUCA norteará a habilitação para postagens; ou seja, todos os projetos de escolas deverão seguir os critérios estabelecidos pela metodologia.

 

Todos os representantes Rioeduca nas CREs estarão preparados para orientar, a qualquer momento, as direções das escolas e sua equipe pedagógica acerca desse novo procedimento, bem como faremos reuniões nas próprias coordenadorias. 

 

O objetivo desta mudança é uniformizar as postagens e fazer transparecer a maneira como esses projetos já ocorrem em sua prática.

 

Ou seja, todos preocupados em atender os interesses do aluno, da comunidade escolar e da sociedade. Projetos sustentados pelo PPP de cada escola, proporcionando ao educando não só a oportunidade de novas maneiras de aprendizagem, bem como incentivando o protagonismo infantil e juvenil, bem como, a Educação para valores cognitivos e não-cognitivos. 

 

 

Texto da Professora Lilian Ferreira, gerente do Portal Rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 13/12/2013

Halloween e o Projeto Para Sacudir o Esqueleto e Outros Bichos

Tags: 5ªcre, projetos.

Para comemorar o Halloween, a Escola Municipal França criou um trabalho todo especial envolvendo contação de histórias de terror, mistérios e espertezas, ampliando a cultura dos alunos em relação ao conhecimento do folclore de outros países.

 

Em novembro, a Escola Municipal 05.15.038 França criou um trabalho muito interessante sobre o Halloween, que é comemorado no dia 2 de novembro em muitos países. O objetivo foi tornar o processo de leitura mais dinâmico e lúdico e, para isso, a Sala de Leitura promoveu uma semana de contação de histórias de terror, mistérios e espertezas, dando um brilho todo especial aos Centros de Estudo.

 

 

Segundo a professora Ruth Macedo, regente de Sala de Leitura da E. M. França, a equipe aproveitou a oportunidade, já que estamos na era da Globalização, para ampliar a cultura dos alunos em relação ao conhecimento do folclore de outros países.

 

 

 

 

Projeto Para Sacudir o Esqueleto e Outros Bichos

 

O projeto "Para Sacudir o Esqueleto e Outros Bichos” foi desenvolvido para mediar e contar histórias para as turmas atendidas durante os Centros de Estudos com temas de terror, suspense, esperteza e mistério. Foram realizadas rodas de leitura e outras atividades com as turmas para que o tema fosse internalizado. Assim, as professoras utilizaram alguns livros, como: “Todo mundo tem medo”, de Anna Claudia Ramos; “Bruxa, Bruxa venha à minha festa”, de Arden Druce; “Sete historias para sacudir o esqueleto", de Angela Lago; “Quando nasce um monstro”, de Taylor Sean; e “Só um minutinho”, de Yuyi Morales.

 

 

“Movidas pela data em que muitos festejam o Halloween, 31 de outubro, as professoras da Educação Infantil receberam os alunos caracterizadas de múmia, bruxa e caveira. Foi um verdadeiro show de criatividade! Alguns alunos entraram no clima da festa e vieram com suas fantasias também”, relata a professora Ruth Macedo.

 

 

A comemoração teve uma decoração toda especial, com morcegos, esqueletos, teias de aranhas, máscaras, tudo confeccionado pelos alunos, com direito a “mãos de pipoca” (feitas com luvas de plásticos), “maçãs envenenadas” (confeitadas com chocolate), “pirulitos de monstros”, tudo organizado pelas professoras da Educação Infantil Kriestyanne, Ana Lúcia e Cíntia.

 

 

Fotos do vídeo cedida pela E. M. França. Edição de vídeo: Regina Bizarro.

 

O evento estendeu-se por toda Escola Municipal França: corredores, salas de aula e sala de leitura num clima de animação com uma decoração “de terror” para ninguém botar defeito.


Agradecemos com carinho a professora Ruth Macedo pela presteza em nos relatar este trabalho que muito agrada as crianças, levando-as a entenderem o significado dessa comemoração.


Agradecemos, também, a direção, professoras Marília Leal e Suely Duarte, e toda equipe, pela belíssima caracterização de alunos e professores, dando uma originalidade ainda maior ao evento.

 

Visitem o blog da E. M. França: http://emfranca2011.blogspot.com.br/
 

 

Regina Bizarro é professora representante do Portal Rioeduca/5ªCRE.

 

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net
Twitter: @rebiza

 

Rioeduca/5ªCRE no Facebook:

https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre/

 

 

 

                               


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 13/12/2013

Conquistas da E. M. Joaquim da Silva Gomes

Tags: 10ªcre.

 

Às vésperas do encerramento do ano letivo, a Unidade Escolar tem grandes motivos para comemorar, pois conseguiu classificar três alunos como medalhistas e dois com menção honrosa na 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2013).

 

A Escola Municipal 10.19.047 Joaquim da Silva Gomes, da 10ª CRE, está localizada no bairro de Santa Cruz e atende os Grupamentos do 6º ao 9º ano, com 34 turmas e aproximadamente 1400 alunos.


Esta Olimpíada foi criada com o objetivo de incentivar o estudo da matemática e fazer despontar os destaques na área, sendo considerada a maior olimpíada de matemática do mundo, contando desde o seu início, em 2005, com a participação de quase vinte milhões de alunos, procedentes de cerca de 98% dos municípios brasileiros.


A Unidade Escolar participa da OBMEP desde o seu início e, a cada ano, com o maior número de alunos inscritos e premiados.


Em 2013, a Escola Municipal Joaquim da Silva Gomes conseguiu classificar 21 alunos para a segunda fase da OBMEP, com três medalhistas e duas menções honrosas. São eles:

 

* Aluna Larissa de Souza Mattos, turma 1602, Medalha de Prata

* Aluno Kaio Abreu de Freitas, turma 1701, Medalha de Bronze

* Aluno Pedro Ivo Abreu de Freitas, turma 1901, Medalha de Bronze

* Aluno Erick Ítalo Ferreira Silva, turma 1701, Menção Honrosa

* Aluno Jonathan Davi Fortes Caldeira, turma 1901, Menção Honrosa


De acordo com o regulamento da OBMEP, os alunos medalhistas poderão participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC), que se realizará em 2014.


O PIC, com duração de doze meses, é um programa que oferece possibilidade de ampliar o conhecimento científico de matemática e preparar o aluno para um brilhante futuro profissional e acadêmico.


Como principal incentivador da participação dos alunos da Escola Municipal Joaquim da Silva Gomes na OBMEP, o diretor da unidade escolar, João Luiz da Silva, que é também professor de Matemática, sente grande orgulho pela conquista dos alunos.

 

Aluna da E. M. Joaquim da Silva Gomes com o certificado pela participação na OBMEP.

 

Mesmo diante das inúmeras responsabilidades como gestor, João Luiz acredita ser importante compartilhar os seus conhecimentos de professor, dando aulas de reforço e contribuindo de forma significativa na preparação dos alunos dos últimos anos do ensino fundamental para a prestação de concursos em escolas e colégios técnicos de qualidade. Tudo isso em razão da metodologia utilizada pelos organizadores da OBMEP e do excelente material didático disponível para professores e alunos.


Além de ter sido premiado com o diploma de Menção Honrosa pela sua participação destacada na OBMEP 2013, o aluno Jonathan Davi Fortes Caldeira, 9º ano, turma 1901, obteve o primeiro lugar na classificação geral do concurso para cursar o ensino médio, em 2014, no Colégio Estadual Erich Walter Heine, reconhecido pela boa qualidade de ensino e por ter sido considerado como “a primeira escola totalmente sustentável da América Latina”.

 

Segue, abaixo, a listagem dos alunos que fizeram a prova na segunda fase:


ANA BEATRIZ SILVA PEREIRA; 1606

ANA FLAVIA SOUZA DOS SANTOS; 1605

EMILLY DA SILVA FARIA; 1701

ERICK ITALO FERREIRA SILVA (Menção Honrosa); 1701

GABRIEL CORREA DOS SANTOS; 1902

GABRIEL SILVA DIAS DO NASCIMENTO; 1801

HAYRA CORREA DOS SANTOS; 1801

JENIFER AGUIAR DA SILVA; 7702

JOANA CRISTINA PEREIRA FILHO; 1801

JOAO VICTOR DIAS AZEVEDO; 1702

JONATHAN DAVI FORTES CALDEIRA (Menção Honrosa); 1901

KAIO ABREU DE FREITAS (Medalha de Bronze); 1701

KARINY FERNANDA DOS REIS VIVEROS; 1602

LARISSA DE SOUZA MATTOS (Medalha de Prata); 1602

MATEUS ANTONIO RODRIGUES DA SILVA; 1602

PAULO RICARDO FRANCA SANTOS; 1903

PEDRO IVO ABREU DE FREITAS (Medalha de Bronze); 1901

ROBERTA PAMELA DA SILVA COSTA 1901

SUIANNY FERREIRA PINTO DOS SANTOS; 1603

VITORIA LUIZA REIS DA PAIXAO; 1704

YURI NEVES CRUZ; 1601

 

Reconhecendo a importância da participação da Escola Municipal Joaquim da Silva Gomes na OBMEP, o diretor João Luiz da Silva prestou homenagem a todos os alunos premiados, fazendo a entrega, no dia 9 de dezembro, de certificados especialmente confeccionados para a ocasião.

 

Alunos da E. M. Joaquim da Silva Gomes recebendo o certificado pela participação na OBMEP pelas mãos do Diretor João Luiz (de camisa lilás).

 

Parabéns aos Gestores!

 

Parabéns aos Professores!

 

Parabéns a toda Comunidade Escolar!

 

Suelen Corrêa
é professora da rede municipal de ensino e
representante do Rioeduca da 10ª CRE

 


Contatos:
suelencorrea@rioeduca.net
twitter: SuelenCorrea29

 


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 12/12/2013

Projeto Brasil de Tuhu no CIEP Ministro Gustavo Capanema

Tags: 4ªcre, projetos.

 

 

O projeto Brasil de Tuhu promove o acesso às Vivências Musicais para estimular o pensamento e a expressão da música através de bate-papo com professores. Abre, assim, um espaço mais para trocas do que para ensinamentos e visa tornar as aulas de música uma atividade muito mais prazerosa.

 

"Considero minhas obras como cartas que escrevi à posteridade, sem esperar resposta."
Heitor Villa-Lobos

 

 

O menino Villa-Lobos era uma criança curiosa, atenta aos sons e às cores que o cercavam: "Que sonzinho gostoso esse, hein, pai... Tuhuuuu, Tuhuuuu, Tuhuuuu, parece que leva a gente...", "É o trem", responde o pai. E mais adiante: "E aquele som que molha?". "É o rio que corre." "E esse som que batuca no meu peito, certinho, certinho?". "É o seu coração, meu filho...". Daí o apelido que lhe caiu como uma veste que o acompanhou por todos os anos de sua vida.

 

Na verdade, a música com maior ou menor intensidade está na vida do ser humano, ela desperta emoções e sentimentos de acordo com a capacidade de percepção que cada um possui para assimilá-la.

 

Conheçam o relato dessa experiência pela Gestora do CIEP Mnistro Gustavo Capanema

 

 

Nossa escola teve o prazer de receber o projeto Brasil de Tuhu, que atua com Concertos Interativos e propõe a circulação de concertos de música erudita apresentados pelo premiado Quarteto Radamés Gnattali, especialmente desenvolvidos para jovens e crianças da rede pública de ensino.

 

 

Os músicos se basearam no antológico "Guia Prático" (1932), de Heitor Villa-Lobos, para selecionar e adaptar o repertório que é mostrado aos jovens do ensino público e que tem na interação com a plateia seu principal diferencial e estratégia para estimular interesse e percepção musicais. Além de aproximar os alunos dessa estética que muitas vezes encontra-se distante de suas realidades.

As crianças puderam interagir com os músicos e conhecer novos estilos de música. Nossos alunos prepararam trabalhos lindíssimos. Esperamos que o projeto Tuhu possa nos visitar no horário da manhã e presentear nossos alunos do primeiro turno.

Ao final, os alunos ainda prestigiaram a turma 1306, que apresentou um número de Hip-Hop ensaiado com o Professor Michel do Grupo "Arte é o melhor remédio".

 

MUITO OBRIGADA PELA PARCERIA DE SEMPRE DO NOSSO GRUPO DE PROFESSORES, FUNCIONÁRIOS, ALUNOS E COLABORADORES.

 

ESCOLA=VIDA=MOVIMENTO

Texto da Professora Carmen, gestora da Unidade.

 

Desde cedo, a criança precisa ser sensibilizada para o mundo dos sons, pois, quanto maior for a sensibilidade da criança para o som, mais ela descobrirá as suas qualidades. Portanto é muito importante exercitá-la desde muito pequena para que esse treino faça desenvolver sua memória e atenção. 

 

 “(...) a música permite a expressão pelo gesto e pelo movimento, que traz satisfação e alegria. A criança aprende e se desenvolver através dela”  

ESTEVÃO (2002, p. 34)

 

Professor, queremos conhecer e divulgar o blog e os projetos desenvolvidos por sua escola. Aproveite este espaço que é feito para nós!

 

Entre em contato com o representante do Rioeduca em sua Coordenadoria e participe

 


Professora Ana Accioly
 Representante Rioeduca.net da 4ª Coordenadoria Regional de Educação
anaaccioly@rioeduca.net
Twitter: @Ana_Acioly

 

 

COMPARTILHE E COMENTE!

 

 

                              

 

 

 


   
           



Yammer Share