A A A C
email
Retornando 63 resultados para o mês de 'Dezembro de 2014'

Segunda-feira, 22/12/2014

III Fórum de Libras

Tags: 6ªcre, libras.

 

 

No dia 10 de dezembro, no auditório da Escola Municipal Maurice Maeterlinck, realizou-se o III Fórum de Libras organizado pelas professoras Christine Penha e Alessandra Cardoso, da Gerência de Educação da 6ª CRE. 

 

O ideal de inclusão defendido pelas leis atuais prevê que todas as crianças frequentem a escola regular e esta deve se fazer apta a recebê-las. Mas o que acontece quando a primeira língua dos alunos não for o português? Nesse caso, o ensino de Libras se faz necessário.

 

Contudo, para que haja a inclusão, não é suficiente apenas a comunidade surda aprender Libras. Esta língua não é patrimônio das pessoas surdas e sim de todos os brasileiros. 

 

Nesse contexto, a escola, espaço singular para o desenvolvimento da aprendizagem de forma sistemática, frente ao movimento de inclusão, precisa priorizar o ensino da Libras a surdos e ouvintes como uma das condições para garantir o acesso, permanência e sucesso escolar.

 

A professora Kátia Barboza, gerente da GED 6ª CRE, faz a abertura do fórum e a professora Christiane Penha traduz para a linguagem de sinais.

 

Pensando nisso, as professoras Christiane Penha e Alessandra Cardoso, da Gerência de Educação da 6ª CRE, realizaram o Fórum de Libras com os professores dessa Coordenadoria.

 

A professora Kátia Barbosa, Gerente de Educação da 6ª CRE, iniciou o III Fórum de Libras falando sobre a importância da capacitação e do envolvimento de todos os profissionais no processo de inclusão de alunos surdos. 

 

O evento contou com a presença de responsáveis, alunos, professores, instrutores, intérpretes, representantes das Creches Conveniadas da 6ª CRE, entre outros.

 

O coral de Libras se apresenta no III Fórum de Libras.

 

Este ano, o fórum contemplou a importância das ações previstas na Lei 10.4362/2002 e decreto-lei 5626/2005, nos quais recomenda-se a aquisição da Língua Brasileira de Sinais como primeira língua (L1) e o Português escrito como segunda língua (L2).

 

Na sessão "Relato de Experiências Bem-Sucedidas", tivemos a apresentação do trabalho realizado pela professora Cláudia Carvalho, pelo instrutor de Libras Rangel e pelas intérpretes Sulamita e Maria Regina, do CIEP Oswald de Andrade.

 

A professora Christiane Penha, elemento da GED 6ª CRE, palestrou sobre os cuidados que devemos ter quanto a prevenção da surdez, os indicativos da perda auditiva, os sinais que indicam quando o barulho é prejudicial, dentre outros assuntos relevantes para os profissionais da educação.

 

Professores apresentam experiências exitosas no trabalho com alunos surdos.

 

No espaço do auditório, também havia uma exposição de trabalhos do CIEP Oswald de Andrade e da Escola Municipal Maurice Maeterlinck adaptados para a língua de sinais.

 

O evento foi finalizado com os devidos agradecimentos e com a lembrança da importância do Dia do Surdo, comemorado tanto nacionalmente, como internacionalmente em 26 de setembro. Em seguida, um delicioso bolo foi oferecido aos presentes.

 

Exposição de materiais utilizados com os alunos surdos.

 

As capacitações feitas pela Educação Especial da 6ª CRE finalizaram, com brilhantismo, o ano de 2014 através do III Fórum de Libras com informação adequada e muito esclarecimento. Segundo as professoras Christiane Penha e Alessandra Cardoso, o trabalho com a Educação Especial começa com o coração e é nisso que acreditamos.

 

Parabéns às professoras Christiane Penha e Alessandra Cardoso pelo trabalho de excelência que realizam com os professores da 6ª CRE! 

 

As professoras Christiane Penha e Alessandra Cardoso organizaram o III Fórum de Libras da 6ª CRE.

 

Você quer ver o seu trabalho publicado no Portal Rioeduca? Entre em contato com o professor representante da sua CRE! Até a próxima semana!

 

Prof.ª Patrícia Fernandes – Representante do Rioeduca na 6ª Cre
Facebook: patrícia_pff@yahoo.com.br
E-mail: pferreira@rioeduca.net


 

                               

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 22/12/2014

Pé de Vento - O Mundo Mágico da Alfabetização

Tags: educopédia, alfabetização, letramento.

 

 

Hoje as crianças já nascem conectadas. Gostam de celulares, tablets e adquirem uma fluência nos computadores que alguns adultos ainda buscam. Com essa facilidade e alegria, porque não levar aos pequenos uma alfabetização interessante e divertida?

 

Pé de Vento - O que é?

 

Pé de Vento é parte integrante da plataforma colaborativa da Educopédia. É produzido seguindo as Orientações Curriculares da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e é um grande aliado dos professores nas turmas de alfabetização. O Projeto tem como proposta principal oferecer ao professor ferramentas tecnológicas que colaborem para uma aprendizagem que vá ao encontro da curiosidade das crianças.

O projeto está dividido em quatro aventuras subdivididas em oito semanas que contemplam as trinta e duas do ano letivo. Para que as crianças, ainda pequenas, se interessem mais pelo incrível mundo das letras, o projeto é apresentado por um menino e uma menina - Bia e Marcelo, que, por encantamento, são transportados a uma floresta mágica.

 

 

 

As atividades se tornam ainda mais atraentes, pois os alunos podem participar do jogo, ajudando os protagonistas da história a viverem suas aventuras. As crianças se divertem enquanto resolvem os desafios propostos. À medida que uma atividade vai sendo realizada, outros desafios surgem, permitindo ao aluno dar prosseguimento à história.

Por ser uma ferramenta tecnológica, o Pé de Vento se torna material de suporte aos professores. Além dos vídeos, imagens, jogos e músicas, o projeto vem acompanhado de planos de aula com orientação, competências e habilidades, auxiliando o professor na hora do planejamento.

 

Como acessar?

 

O Pé de Vento pode ser acessado por professores, e até mesmo pelos pais que desejarem acompanhar o desenvolvimento escolar dos filhos. O endereço é: www.educopedia.com.br.

As versões do Pé de Vento 1 e 2 estão disponíveis na plataforma da Educopédia e podem ser baixadas seguindo o passo a passo abaixo. Os vídeos podem ser usados em salas de aula sem a necessidade de conexão de internet, basta salvá-los em pendrive ou notebook.

 

Faça seu login ou entre como visitante. 

 

 

Clique no mascote da Educopédia e a tela de opções se abrirá.
Escolha o conteúdo off-line.

 

 

Escolha o que deseja baixar.

 

 


Ao clicar na pastinha, você iniciará o download, bastando escolher o local onde deseja salvar o arquivo.

 


 

 

Depois é só apresentar o mundo mágico do Pé de Vento para a turminha!

 


 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 19/12/2014

Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante e a Família

Tags: família, creche, leitura.

 

A Creche Municipal Acalanto desenvolveu o projeto “Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante”, que tem proporcionado, além da prática da leitura, o estreitamento de laços entre a família, a criança e a creche.

 

Localizada na avenida Martin Luther King Junior, s/nº, em Vicente de Carvalho, a Creche Municipal 05.14.606 Acalanto atende a comunidade do Juramento e é dirigida pelas professoras Selma Martins Farias e Maria da Conceição Silva Matias Gonçalves Glória.


A equipe, levada pela vontade de desenvolver o gosto pela leitura nas crianças, criou o projeto “Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante”, contando e recontando histórias, fazendo dramatizações, rodas de leitura, etc., desenvolvendo seu objetivo principal, que é proporcionar o gosto pela leitura em suas crianças.

 

Projeto "Ciranda de Leitura – A Bolsa Viajante"


Incentivando o gosto pela leitura das crianças de muitas maneiras, em todos os grupamentos (Berçários e Maternal), através da contação e recontação de histórias, de dramatizações, de rodas de leitura, etc., a Creche Acalanto foi mais além: chamou os pais para compartilhar este momento em seus lares, estreitando laços ainda maiores com a Creche. Dessa forma, as professoras das turmas do Maternal II, que estavam preocupadas com a continuidade do trabalho e em demonstrar aos responsáveis como é importante e prazeroso para as crianças proporcionar a leitura em casa, agregaram-se diversas atividades.


No início do segundo semestre, as famílias foram informadas da proposta e incentivadas a participar.

 


Desenvolvimento do projeto com a família


O projeto consiste em que cada criança do Maternal II, tenha a oportunidade de levar para sua casa “A Bolsa Viajante”, que contém alguns livros para que pelo menos um membro da família possa fazer a leitura para a criança. Quando a criança retorna com a “bolsa”, ela é incentivada a contar aos colegas como foi a experiência.

 

 


"Pelos relatos das crianças e pelos depoimentos dos pais, percebemos que esse momento de leitura tem proporcionado, além da prática da leitura, estreitar os laços entre a família, a criança e a creche", diz a professora Selma Martins Farias.


As professoras Monique Ferreira Mendes, Jéssica Roberta M. Lima, Sandra Lívia Carvalho e Marlucy Cristina Silva puderam constatar um interesse maior por parte das crianças não só em ouvir as histórias, mas também em assumir o papel de “contadora de histórias”.

 

 

Sendo assim, agruparam alguns depoimentos dos responsáveis:


EI-32

Roberta (mãe da Carolina):

"Carolina adorou o livro! Quando o levou para casa, chegou animadíssima. Nós contamos a história para ela várias vezes. Depois ela recontou, incrementando situações. Carolina queria até dormir com o livro".

 

Daniele (mãe do Gustavo):

"Ele gostou! Tem que continuar! Até a irmã dele leu e gostou".


Daniele (mãe do Davi Silva):

"Davi gostou muito! Acho importante proporcionar este momento. É um diferencial".

 

Rayllana (mãe da Temilly):

"É bom! Ajuda a estimular o gosto pela leitura. Depois disso eu a levei no shopping que tinha uma feirinha de livros e ela mesma escolheu. Em casa, estou tentando montar uma mini biblioteca para a Temilly e a irmã. Ela pega o livro conta e reconta histórias. É muito legal, pois incentiva a leitura desde pequenininho".


EI- 31

Daniela Cristina Marins (mãe da Lívia):
"Ela gosta de levar o livro, está lendo, sento, abro para ler com ela. Acho importante".

Juliana Ferreira de Souza (mãe do Raphael):
"Eu lia e ele terminava. Gosta muito, acho válido o projeto".

Eliza de Sousa (avó da Maria Luiza):
"Maria gosta de ler, a leitura é importante".

Tatiane Ferreira (mãe do Kaio):
"Acho importante, ele gosta de ver as histórias".

 

 

O resultado não podia ser outro!

Satisfação das crianças que compartilham a história com seus pais e satisfação das professoras em saber que os objetivos desse projeto estão sendo cumpridos.


Parabéns a todos!


A Creche mantém uma página no Facebook, interagindo com toda sua comunidade.
https://www.facebook.com/cmacalanto

 

Agradeço a colaboração no envio das informações da professora Selma Martins Farias, diretora da Creche Municipal Acalanto.

Regina Bizarro, é professora da rede municipal e responsável pelo Blog Família.

Contato: reginabizarro@rioeduca.net
 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 19/12/2014

O Brasil É o Meu País, Eu Moro Nele e Cuido Dele!

Tags: 5ªcre, culturabrasileira.

 

“O Brasil é o meu país, eu moro nele e cuido dele!”. Esse é o projeto que o Espaço de Desenvolvimento Infantil Luxemburgo trabalhou com seus alunos preparando-os para viverem a prosperidade.

 

Localizado na rua Aveiros, 40, bairro Vista Alegre, o Espaço de Desenvolvimento Infantil 05.14.802 Luxemburgo faz um trabalho significativo na vida de seus alunos.

No ano de 2014, o Projeto Pedagógico Anual teve como foco central o Brasil e suas riquezas: humanas, culturais e ambientais, por considerar que nosso país é muito mais que uma grande extensão de terra, e sim um país que foi, é e será construído com a participação efetiva das pessoas que moram nele.


Segundo a coordenadora pedagógica Aline Brillo, a partir dessa reflexão, a equipe de professores chegaram ao tema: “O Brasil é o meu país, eu moro nele e cuido dele!”. Nele, os assuntos foram tratados de maneira que a escola se envolvesse com as riquezas culturais do país. Assim, as turmas do Maternal II trabalharam as Cantigas de Rodas e apresentaram "Pai Francisco", "Samba Lelê" e "De abóbora faz melão".

 

 

 


As turmas do PRÉ I trabalharam com "Brinquedos e brincadeiras" e, durante o trimestre, construíram brinquedos, pesquisaram sobre brinquedos antigos com seus familiares, listaram suas preferências formando gráficos e tabelas e, na culminância, apresentaram para toda a escola as músicas alusivas ao tema.

 

 

Os alunos do PRÉ II passaram o trimestre conhecendo um pouco sobre três festas brasileiras: Carnaval, Festa Junina e o Festival Folclórico de Parintins. Segundo o relato, este último festejo foi apresentado pelos alunos que conheceram os Bois Caprichoso e Garantido, encenaram a lenda do Boi Bumbá, que originou a festa, finalizando com a música "Vermelho".

 

 

 

"Mais um tempo a frente estaremos chamando nossos pequenos à responsabilidade com o cuidado com o ambiente em que moram. Conversaremos sobre a importância da água, do reaproveitamento do lixo e o cuidado com os animais e plantas", finaliza a professora Aline Brillo, coordenadora pedagógica da escola.


É por isso que o Brasil é o meu país, eu moro nele e cuido dele!


Obrigada, Aline Brillo, pelo relato e fotos!

À frente da direção estão as professoras Lucia Gonçalves, diretora, e Rosidalva Abreu, adjunta, que parabenizam toda a equipe de professores e seus alunos envolvidos neste evento tão significativo para suas vidas, obtendo êxito.


Acompanhe a página do EDI Luxemburgo através do Facebook:
https://www.facebook.com/ediluxemburgo.sme?fref=ts

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share