A A A C
email
Retornando 38 resultados para o mês de 'Dezembro de 2018'

Quinta-feira, 20/12/2018

Conselho de Segurança se reúne e define metas para 2019

Tags: 9ª cre, conselho de segurança, proerd.

 

Representantes do 40º Batalhão da Polícia Militar reúnem-se com a Coordenadoria da 9ª CRE, gestores escolares, professores, alunos e representantes da Comunidade Escolar.

 

No último dia 06/12/2018, foi realizada a última reunião no ano de 2018 do Conselho de Segurança da 9ª CRE. O encontro ocorreu na Escola Municipal (09.18.098) Miguel de Oliveira e contou com a presença do Coordenador da 9ª CRE, professor José Mauro da Silva, gestores escolares, professores, alunos, representantes da Comunidade Escolar e Policiais Militares do 40º BPM.

 

 

A gestora Nílber e a professora Camila abrem a reunião com a apresentação dos alunos

 

 

Inicialmente, os alunos da escola Miguel de Oliveira fizeram uma linda apresentação de dança e encantaram a todos os presentes. A diretora da unidade escolar, professora Nilber Lázaro de Abreu Pequeno, relatou que os ensaios ocorrem durante as aulas de Educação Física, ministradas pela professora Camila Gomes de Souza, e as apresentações têm surtido um efeito muito positivo dentro da escola.

 

 

Alunos da Escola Municipal Miguel de Oliveira realizando a apresentação de dança

 

 

Logo após, o Coordenador da 9ª CRE iniciou agradecendo os policiais militares presentes, Tenente Ivanir, Tenente Rezende, Sargento Eduardo, Cabo Ebert e Cabo Josiane. As reuniões do Conselho de Segurança ocorrem bimestralmente e fazem parte de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e diversos órgãos de segurança pública, como a PMERJ, Guarda Municipal da Cidade do Rio de Janeiro, Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, além do Conselho Tutelar.

 

 

O Coordenador José Mauro agradece a parceria firmada com o 40º Batalhão da Polícia Militar 

 

 

O Comando do 40º BPM inovou na forma de manter as escolas da 9ª CRE seguras. Fora criado um aplicativo que permite um contato direto entre a 9ª CRE, os gestores escolares e o 40º BPM, garantindo uma agilidade na prestação dos serviços de emergência, quando solicitados pelas unidades escolares. Todos os gestores foram unânimes em afirmar que o uso do aplicativo revolucionou a garantia da ordem, culminando com uma segurança mais eficaz para os alunos e professores.

 

 

José Mauro sempre mantendo o diálogo com os órgãos de segurança pública

 

 

O Coordenador José Mauro agradeceu a parceria e todo o empenho dos policiais nos atendimentos às unidades escolares durante o ano de 2018. O Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD, de autoria da PMERJ, foi bastante elogiado pelos professores. Nesse contexto, foram, ainda,  traçadas metas e estratégias para realização do projeto no ano de 2019. Além disso, foi ressaltada a importância do aplicativo para que as direções das escolas sempre estejam informadas sobre eventuais operações ou ocorrências no entorno das unidades.

 

 

Público atento às palavras do Coordenador da 9ª CRE

 

 

A Tenente Ivanir afirmou ser um prazer atender às demandas das escolas e agradeceu todos os elogios dos gestores escolares presentes ao trabalho realizado pela PMERJ. Segundo a oficial, a parceria entre os segmentos Educação e Segurança Pública é sinônimo de sucesso e promove melhorias nas condições de trabalho dos policiais e nas condições de vida da população carioca.

 

 

Policiais militares anotam as demandas da 9ª CRE

 

 

De acordo com o Tenente Rezende, a parceria firmada tende a ser mantida, mesmo com a mudança no Comando Geral da Polícia Militar e com a assunção do novo governador eleito. 

 

Para saber mais sobre a 9ª Coordenadoria Regional de Educação:

Coordenador: José Mauro da Silva
Coordenadora Adjunta: Sandra Maria Jardim de Souza Jeronimo
Telefone: 3498-1389
Email: gabcre09@rioeduca.net

 

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!

 

Contato para publicações:

   

 


 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 19/12/2018

Conhecendo a Cultura Brasileira

Tags: 2ªcre, folclore.

 

Os alunos da Escola Municipal Barão de Itacurussá participaram de um projeto sobre o folclore brasileiro que envolveu muita cultura e diversão.

 

A professora Denise Dias, regente da turma 1.102 da Escola Municipal Barão de Itacurussá, contou ao portal Rioeduca sobre as atividades desenvolvidas com sua turma no projeto sobre o folclore brasileiro.

 

 


O projeto Folclore Brasileiro foi desenvolvido com as turmas do primeiro segmento do Ensino Fundamental. E teve como objetivos principais o conhecimento da riqueza, da diversidade e a valorização do folclore brasileiro.

 

 


A professora Denise relatou que para cada semana do mês foi escolhida uma lenda, uma cantiga e uma parlenda a ser trabalhada. Na última semana, foram confeccionados os brinquedos.

 

 

  • 1º momento: Sensibilização e conhecimento – apresentação de cantigas e lendas do nosso folclore – sala de vídeo;

 

  • 2º momento: Sala de aula – escrita das cantigas, lendas e parlendas que resultou na confecção de três livros. Atividades de oportunidades de prática da escrita e leitura com textos de conhecimento dos alunos (completar lacunas);

 

  • 3º momento: Confecção de cartazes com resumo das lendas;

 

  • 4º momento: Sala de aula – confecção de brinquedos (pipa, pião, teatro de fantoches e o Boitatá com tampinhas);

 

  • 5º momento: Brincadeiras com o painel representativo das lendas brasileiras. 

 

 

 

Dessa forma, o projeto mobilizou todo o primeiro segmento. Os responsáveis dos alunos da turma 1.102 também se envolveram, pois enviaram caixas de sapato e tampinhas de garrafa pet para que fossem usadas nos trabalhos pedagógicos desenvolvidos. As crianças ficaram surpresas e encantadas com os brinquedos confeccionados em sala de aula.

 

 


Agradecemos a professora Denise Dias por compartilhar conosco o relato deste projeto que proporcionou aos educandos o conhecimento do folclore brasileiro.

 

 

Quer saber mais?

O contato da Escola Municipal Barão de Itacurussá é: emitacurussa@rioeduca.net

Telefones: 2268-3029 2258-7244

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 19/12/2018

Mundo Mágico das Canções e dos Livros

Tags: cre10, 10ªcre.

 

O EDI Alfredo Mercadante desenvolveu o projeto “Conta, Canta e Encanta com Bia Bedran”, um encontro com a arte da cantora, compositora e escritora, em que ela contou e cantou suas histórias e canções.

 

O Espaço de Desenvolvimento Infantil Professor Antônio Alfredo Mercadante, está localizado a Estrada Aterrado do Leme, s/n – Jesuítas, Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A Unidade Escolar tem 250 alunos na faixa etária de 2 a 5 anos, com três turmas integrais (maternal I e II) e 9 turmas parciais (maternal I, Pré Escola I e II). Tem como diretora, a professora Cristiane Pessoa, como diretora adjunta a professora Alessandra Castro, e como professora Articuladora, a professora Priscila Mesquita. O quadro de funcionários da Unidade Escolar é composto por 8 professoras de Educação Infantil e 8 Agentes de Educação Infantil.

 

 

Apresentação Bia Bedran no EDI Alfredo Mercadante

 

“10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2,1
Chego ao zero aonde eu quero
O foguete vai subir
A contagem vai cair
Conto de 10 até 0
Ele vai pra onde eu quero
Dentro do foguete eu ponho
Um pedaço do meu sonho
Conto de 10 até 0
“E Ele vai pra onde eu quero...”  

Bia Bedran

 

 

Por todas suas músicas e estilo inconfundível de apresentações lúdicas, Bia Bedran é muita querida por todos na Unidade Escolar e, com isso, o grupo decidiu realizar um projeto com suas histórias e canções.

 

A equipe realizou o projeto com muito entusiasmo e criatividade, proporcionando aos alunos momentos para tocar e conhecer os livros da autora.  

 

"Ao realizar este projeto, pensamos em ampliar as experiências literárias das crianças, desenvolvendo, através dos livros e canções da Bia Bedran, o gosto pela leitura e a valorização do livro como um meio de se obter conhecimento, informação e prazer."afirma a professora articuladora Priscila.

 

 

Bia Bedran no espaço de Arte e Cultura que tem o seu nome

 

 

Com isso, a direção aproveitou o rico repertório da Bia Bedran para trabalhar com os alunos, durante o ano. O belíssimo trabalho da compositora e autora oportuniza ao público infantil transitar pelo universo mágico das histórias e músicas, no qual é repleto de possibilidades, capaz de aguçar a imaginação, de resgatar e fazer aflorar sentimentos e emoções. 

 

" O bom de trabalhar com elas, é que as canções são facilmente memoráveis e acompanhadas de brincadeiras e dramatizações tornando o aprendizado mais lúdico e prazeroso. Assim, a criança participa de situações de leitura, escrita mais facilmente. Afinal, ela já sabe o que está escrito e pode prestar mais atenção a forma com que se escreve. Os alunos da Pré-Escola foram muito enriquecidos com as obras da autora Bia Bedran e aprenderam letras, números, cores e sentimentos, usando as canções como ferramentas de aprendizagem." afirma a professora Ana Lucila.

 

O EDI Antonio Alfredo Mercadante foi além, pois fez o sonho virar realidade. No dia 10 de dezembro, recebeu a contadora de histórias Bia Bedran, que proporcionou momentos de pura magia. O tão esperado show para encerramento do projeto foi marcado por música, história e alegria, que contagiou a todos os presentes. Bia Bedran levou alguns de seus premiados livros, que em suas mãos ganharam ainda mais vida por meio dos bonecos e adereços que compõem seu singular e marcante estilo de narrar histórias. Com a participação especial de Guilherme Bedran no violino, bandolim e vocais.

 

 

"Homenageamos a querida autora inaugurando no EDI o Espaço de Arte e Cultura Bia Bedran, onde os alunos terão acesso ao acervo da unidade, inclusive com as obras da autora e poderão trabalhar com artes plásticas e cênicas, bem como manusear instrumentos musicais, aproximando-os mais da tão envolvente ARTE."comenta a diretora Cristiane

 

 

Equipe da Unidade Escolar com a cantora Bia Bedran

 

 

Durante a apresentação, os alunos do EDI participaram de cada canção, pois já conheciam e trabalharam durante todo o ano de 2018.

 

 

Apresentação da musica Dona Árvore com os alunos do Maternal I - EI21

 

 

Também com o projeto “Conta, Canta e Encanta com Bia Bedran”, a equipe desenvolveu a atividade da “Bolsa que Canta e Encanta” que tem como objetivo despertar o amor à leitura e proporcionar oportunidades de interação entre o aluno e o responsável, contextualizando as obras literárias com o PPA da unidade. A bolsa que Conta e Encanta contem um livro infantil e um registro, que a criança leva pra casa para realizar junto com seu  responsável. Em seguida, o aluno ilustra o momento que mais gostou da história, também com a ajuda da pessoa que realizou a leitura para ele.

 

 

Bia Bedran com a Bolsa que canta e encanta

 

 

Que saber mais sobre o projeto?
Entre em contato com a unidade escolar.

E/CRE (10.19.807) Espaço de Desenvolvimento Infantil Professor Antônio Alfredo Mercadante.
Email:
edimercadante@rioeduca.net
Telefones: 3365-2220
 

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/12/2018

Caminhos e Aprendizagens de Cada Dia

Tags: 8ªcre, projetos, inclusão, ensino especial.

 

Muitas ações para uma educação de qualidade foram realizadas em todas as escolas da Rede Municipal de Educação nesse ano letivo.

O Rioeduca destaca hoje o investimento dos professores do CIEP Marechal Henrique Teixeira Lott e do CIEP Amilcar Cabral para planejar ações que proporcionem experiências de aprendizado, visando a participação de todos.

 

 

Professora Tatiana Guedes apresentando a gaiola do projeto "Liberte um Texto"

e aluno fazendo a leitura para a turma

 

 

Uma das vertentes da educação de qualidade é proporcionar aos alunos não só o aprendizado, mas o gosto em adquirir o conhecimento. A professora Tatiana Guedes, do CIEP Marechal Henrique Teixeira Lott, realizou com sua turma o projeto "Liberte um Texto". O projeto consiste em produções e leituras realizadas diariamente pelos alunos. 

 

Ao iniciar a aula, um aluno é escolhido para retirar da gaiola o texto que será trabalhado naquele dia. Em seguida o gênero literário do texto é analisado pelos alunos sob a supervisão da professora. Todos os alunos são incentivados a produzirem escritas, que podem ter um tema único ou de livre escolha. Após os textos estarem prontos, eles são entregues à professora para a correção.

 

Quando o aluno consegue entender a proposta da escrita e apresenta um texto com coerência e coesão, na aula seguinte ele ganha uma marcação na planilha de pontos do projeto Liberte o seu Texto. A professora Tatiana Guedes falou ao Rioeduca que os alunos estão apresentando um ótimo retorno em relação à produção textual, o estímulo à leitura e o conhecimento de diferentes tipos textuais.

 

O Projeto Liberte o seu Texto foi um sucesso e aconteceu de agosto até o término do ano letivo.

 

  

Mural com os tipos de textos trabalhados no projeto

 

Parabéns, professora Tatiana Guedes e alunos do CIEP Teixeira Lott!

 

 

O CIEP Amilcar Cabral desenvolveu o seu projeto anual com o tema: "Era uma vez...". Durante todo o período letivo foram exploradas as diferentes áreas do conhecimento de maneira interdisciplinar. A partir de textos literários diversos, toda a comunidade escolar foi convidada a mergulhar no mundo dos clássicos infantis,  dos contos de fadas, lendas, fábulas e cordéis.

 

O objetivo do projeto foi incentivar o desejo de conhecer o mundo através da leitura e fazer dela algo vivo e constante no ambiente escolar. As atividades desenvolvidas tornaram possível o desenvolvimento de diferentes habilidades e a construção de novos conhecimentos, e os alunos puderam tirar o melhor proveito pessoal de cada uma delas.

 

No terceiro bimestre as turmas ficaram fascinadas pelo universo das fábulas e lendas.

 

 

Alunos dramatizando no projeto "Salada de Fábulas"

 

 

Os alunos do 5º ano, orientados pela professora Renata Sipauba, realizaram o teatro “Salada de Fábulas”. As fábulas, com seus encantamentos e lições de moral, foram dramatizadas para as turmas desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental. Lições como respeito ao próximo, empatia, força de vontade, perseverança, perdão e compreensão, foram apresentadas nas fábulas e trabalhadas com as turmas no decorrer do bimestre.

 

"O CIEP Amílcar Cabral acredita que a valorização das relações sociais e das experiências dos alunos enquanto participantes do processo de aprendizagem são essenciais na formação de cidadãos participativos na sociedade." Professora Renata Sipauba

 

 

Van do Programa Meio Ambiente Itinerante participando do Dia da Inclusão no Ciep Amilcar Cabral

 

 

O dia da Inclusão, 21 de setembro,  não foi diferente desse clima de interação e participação de toda a comunidade escolar. A Classe especial e a Sala de Recursos apresentaram  a adaptação da cena do filme A Noviça Rebelde com os alunos do 5º ano.

 

Os alunos cantaram a paródia "Dó, Ré, Mi da Inclusão", os professores usaram uma camisa temática e todos foram convidados a refletir sobre temas como igualdade, diversidade e acessibilidade, que são assuntos tão pertinentes ao universo escolar e à sociedade em geral.

 

 

DÓ, RÉ, MI DA INCLUSÃO

         Não cabe mais em mim.

Não ficarei pra traz.

          MI Minha vida é incrível aqui.

De fato sou capaz.

SOL Para todos nasceu.

Bem longe posso ir.

SI Pensar na Inclusão:

É de todos a missão!

 

O CIEP Amilcar Cabral é mais uma das escolas da Prefeitura do Rio de Janeiro que se dedica à oferecer educação de qualidade para todos que fazem parte de sua comunidade escolar.

 

 

O Rioeduca parabeniza à equipe pedagógica, alunos e funcionários do Ciep Amilcar Cabral!

 

 

Participação de professores e alunos nas ações do Dia da Inclusão

 

 

Quer saber mais sobre essas escolas?

 

Ciep Henrique Teixeira Lott

Endereço: Estr. Gen. Americano Freire, S/N - Realengo

Telefone: 3468-4954

 

Ciep Amilcar Cabral

Endereço: R. Engenheira Paula Lopes - Bangu

Telefone: 2402-1803

Facebook: www.Ciep Amilcar Cabral

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share