A A A C
email
Retornando 27 resultados para o mês de 'Fevereiro de 2013'

Terça-feira, 19/02/2013

Compartilhando e Renovando o Conhecimento

Tags: 2ªcre, capacitação.

A Semana de Capacitação aconteceu no período de 4 a 7 de fevereiro. Foram dias nos quais os professores puderam participar de cursos de formação continuada e aprimorar seus conhecimentos.

 

 

Este ano os professores da Rede Municipal estiveram à frente dos encontros de formação continuada. Foi a valorização da “prata da casa”, em que professores regentes com boas práticas pedagógicas dinamizaram os encontros.


Na sexta-feira, 01/02, os professores regentes dinamizadores da disciplina de Língua Portuguesa reuniram-se com a professora Gina Bernardino, da equipe de Língua Portuguesa da Secretaria Municipal de Educação.


A reunião aconteceu na Escola de Formação do Professor Carioca- Paulo Freire, com a exibição de um vídeo sobre a Semana de Capacitação 2013 e orientações sobre a dinâmica dos encontros. Os professores presentes puderam participar, conversando sobre as orientações curriculares e os assuntos propostos pela Equipe de Língua Portuguesa.

 


 

 

 

 

O encontro entre professores de Língua Portuguesa da 2ª CRE aconteceu nas dependências do Núcleo de Artes Leblon na segunda-feira, 04/02. Foi dinamizado pela professora Angela Ramos no horário da manhã e, no horário da tarde, pela professora Renata da Silva Pinto,  regente de Língua Portuguesa da Escola Municipal República Argentina, na 2ª CRE, e da Escola Municipal Marechal Mascarenhas de Moraes, na 1ªCRE.

 

A professora Renata iniciou o encontro com a poesia “Poema de Moreno”, de Jacob Levy Moreno. Após a leitura, os docentes puderam escolher os versos que mais lhes chamaram atenção e comentar sobre eles.

 

A primeira dinâmica girou em torno do questionamento “O que ensinar em Língua Portuguesa?”. Os professores conversaram sobre o assunto e assistiram ao vídeo preparado para a Semana de Capacitação 2013. No vídeo, a professora Gina Bernardino falou sobre o ensino de Língua Portuguesa e também sobre as provas bimestrais. Além disto, dois professores regentes desta disciplina falavam sobre suas práticas pedagógicas em sala de aula usando os cadernos de apoio pedagógico.

 

A professora Maria Poyares, coordenadora de disciplina de Língua Portuguesa da Educopédia, falou aos professores sobre esta plataforma de aulas digitais que são preparadas por e para professores da rede.


Este encontro teve como objetivo indicar diversas modalidades de usos dos materiais oferecidos pela SME e foi bastante proveitoso porque os professores puderam adquirir novos conhecimentos e compartilhar suas experiências.


 

 

 

 

 

Ciência Hoje na Escola

 

Na quarta-feira, 06/02, aconteceu no Centro de Convenções SulAmérica a formação continuada para professores dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental. O objetivo foi orientar os regentes sobre um projeto utilizando a revista "Ciência Hoje das Crianças".


Este projeto tem o objetivo de apoio à educação da criança em uma ação de reforço escolar para o ensino de Ciências. Também está integrado ao projeto “Rio, uma Cidade de Leitores”, pois, após ser utilizada em sala de aula, o aluno leva a revista para casa, contribuindo com o acervo da família.

 

O trabalho é realizado em consonância com o currículo proposto pela Secretaria Municipal de Educação e possibilita aos professores oportunidades de criarem projetos de acordo com a realidade dos alunos e também por áreas de interesse, buscando trabalhar a ciência para a cidadania.


A palestrante do encontro com os professores do 5º ano do Ensino Fundamental foi Maria del Carmen Guadalupe Chude, diretora pedagógica do Programa Ciência Hoje de Apoio à Educação. Inicialmente, os docentes assistiram a um vídeo sobre o projeto e suas ações no ano de 2012. Também foram apresentadas aos professores algumas estratégias didáticas possíveis de serem realizadas utilizando a revista "Ciência Hoje das Crianças".

 


 

 

 

 

Os encontros da Semana de Capacitação proporcionaram aos professores a participação em cursos de formação continuada, nos quais puderam compartilhar e adquirir novos conhecimentos. Agora, sigamos neste ano letivo novinho que temos a nossa frente. Sucesso a todos!

 

 

Professor, queremos conhecer e divulgar os projetos realizados por sua escola. Entre em contato com o representante do portal Rioeduca em sua CRE.

 

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.


 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca, na 2ªCRE

Email: renata.carvalho@rioeduca.net

Twitter: @tatarcrj

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 18/02/2013

Acolher, a Arte de Aceitar!

Tags: 6ªcre, protagonismojuvenil, ginásiocarioca.

 

O Ginásio Carioca Coelho Neto investe no acolhimento dos alunos no início de cada ano. Todas as atividades planejadas são baseadas em três eixos: excelência acadêmica, projeto de vida e educação para valores.

 

 

Acolher pode ser sinônimo de receber, aceitar, confortar ou dar colo. Portanto, ele é o oposto de rejeitar e julgar. Acolhimento é um afago, é a maior expressão de amor próprio e busca  de bem estar. Como é poderoso o ato de acolher! Transforma quem é acolhido e ao mesmo tempo quem acolhe. 

Experimente!

 

 

 

 Que este vídeo nos inspire na capacidade de acolher mais. Abraçar, cuidar de quem precisa nas horas mais desafiadoras, sem julgar, sem impor condições. Apenas compreender de forma protetora.

 

 

Acolhimento na Escola, um Ato de Amor!

 

Acolher com carinho e respeito deve ser um plano de ação institucional de uma escola independente da faixa etária. Afinal, quem é que não gosta de ser bem recebido? Ter insegurança e sentir-se ansioso não é coisa só das crianças da Educação Infantil. Lidar com o novo,  o inesperado, traz sentimentos nada comuns a qualquer pessoa, não importa a idade.

 

Quando as crianças saem da Educação Infantil e chegam ao Ensino Fundamental, sentem-se na Terra dos Gigantes. A dinâmica desse segmento é diferente, mas existe algo em comum: a certeza de que estabelecer vínculos  de confiança pode contribuir para o desenvolvimento cognitivo dos alunos, além de diminuir o abismo que existe entre as famílias e a escola.

 

 

 

O primeiro contato em um ambiente diferente do familiar não pode ser marcado por medo, susto ou insegurança; mas pelo sentimento de aconchego, respeito e credibilidade.

 

 

Receber todos os alunos de uma só vez é desgastante e complicado. Contudo, não se trata apenas de marcar dias diferentes para cada turma começar, e sim planejar ações e  atividades pedagógicas para que, com tranquilidade, os que frequentam e os que vão frequentar a escola sejam tratados como pessoas e não como números de matrícula.

 

Sabemos que muitas pessoas no mesmo espaço, ao mesmo tempo, tentando se localizar, conhecer e conversar provocam agitação de todas as partes. Então, o que é possível fazer para que tudo se inicie com tranquilidade?

 

Trouxemos algumas ações realizadas pelo Ginásio Carioca Coelho Neto quanto ao acolhimento e adaptação dos alunos do 2º segmento do Ensino Fundamental. Vamos conferir?

 

 

Acolhimento no Ginásio Carioca Coelho Neto

 

O Ginásio Carioca Coelho Neto tem como base três eixos: excelência acadêmica, projeto de vida e educação para valores. Localiza-se em Ricardo de Albuquerque e atende alunos do 7º ao 9 º ano. Baseado nestes eixos, o acolhimento é levado a sério  pela gestora Maria Rejane de Oliveira e sua equipe. As ações planejadas para esta semana têm por objetivo sentir o outro por dentro e, assim, enxergar sua alma.  

 

A Semana de Acolhimento é uma atividade pedagógica das escolas em Tempo Integral que acontece nos primeiros dias de aula. É realizada por um grupo de jovens protagonistas que tendo vivenciado os conceitos do Protagonismo  Juvenil e as demais premissas deste modelo  de escola, dedicam-se a inspirar novos estudantes a ingressarem nas escolas assumindo que a partir dali seus sonhos ganharão vida com muito trabalho, dedicação e determinação.

 

 

 

Na escola, a atitude receptiva dos gestores aos que fazem parte da comunidade gera benefícios nem sempre percebidos, mas que conduzem a resultados gratificantes, principalmente relacionados ao desempenho dos estudantes.

 

O diálogo  de jovem para jovem é, nesse sentido, uma premissa do acolhimento que valoriza a transmissão e a replicação do protagonismo feito de uma geração de estudantes para outra. Dessa forma, professores e equipe de direção atuam apenas como apoio, fornecendo todo o suporte para os jovens protagonistas na execução do acolhimento.

 

Vários são os caminhos para acolhermos e nos relacionarmos com o outro. A equipe do Ginásio Carioca Coelho Neto direcionou, de forma sensacional, a maneira como a Semana de Acolhimento 2012 aconteceu. Foram momentos de muita alegria e cheios de significado para os jovens que ali estavam. O momento de mais emoção foi quando os estudantes soltaram os balões de gás com seus sonhos escritos. Eles jamais esquecerão este momento, quando seus sonhos foram bater na porta do céu.

 

 

 

Vídeo que traduz o que foi a semana de acolhimento aos alunos novos do 7º ano e o retorno dos alunos já protagonistas (8º e 9º anos).

 

 

Para a equipe do Ginásio Carioca Coelho Neto, não foi uma surpresa perceber que os jovens  estavam falando de seu futuro com esperança. Eles demonstravam nos relatos dados a alegria por estarem sendo respeitados e aplaudidos por um grupo de professores que incorporaram o projeto.

 

A semana de acolhida foi sensacional! O desfecho se deu com as apresentações de diversas atividades preparadas pelos alunos. Uma delas foi o vídeo que levou o público que lotava o auditório às lágrimas. Professores e alunos se emocionaram, pois perceberam que há algo muito importante a ser feito: construir a educação de maneira digna e objetiva, a fim de garantir o protagonismo desses jovens na sociedade em que vivem.

 

 

 

Vídeo que conta a história de perseverança do mágico Renner no programa "Qual é o seu Talento?" da emissora SBT.

 

 

Parabéns à equipe do Ginásio Carioca Coelho Neto por dar importância aos jovens, recebendo-os com boa vontade, carinho e atenção, não importando se os conhecem ou não. Vocês ajudam este ser humano que está sob sua responsabilidade a se sentir o mais importante naquele momento, por doar um pouco do seu tempo, do seu eu; sem interesses, sem esperar nada em troca. Nos orgulhamos por esta equipe ser nossa parceira!

 

 

Desejamos a toda equipe do Ginásio Carioca Coelho Neto muito sucesso em 2013! Nós somos a seXta CRE!

 

 

Professora Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

Facebook: Patricia Fernandes

E-mail: pferreira@rioeduca.net


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 18/02/2013

Acolhimento na Educação Infantil

Tags: 1ªcre.

 

 

No dia 5 de fevereiro, as instituições da rede municipal de Educação do Rio de Janeiro que atendem a Educação Infantil abriram suas portas para receberem as crianças. O planejamento para estes dias é realizado com carinho e de forma criteriosa para que as famílias recebam um acolhimento de excelência.

 

Abraço Completo a Toda a Família

 

 

 

 

O inicio do ano letivo é um marco na vida de todos os alunos, principalmente para os que são tão pequeninos, que ainda estão aprendendo a andar e a falar. Esse primeiro momento com a instituição se torna essencial para o sucesso da criança e da família no decorrer de todo processo escolar.

 

 

Imagine como é para a pequena criança deixar o aconchego do colo da mãe, o berço, o ambiente e as pessoas que já conhece para permanecer em um espaço completamente diferente, cheio de crianças e adultos que nunca viu? Quem são as pessoas que lhe oferecem colo, brinquedos e os “distancia” do abraço materno?

 

 

 

“Acolher significa estar apto a dar e receber afeto, procurando resgatar em si e nos outros as melhores possibilidades de encontro e de relacionamento... Significa a possibilidade de se colocar no lugar do outro, estabelecendo relações de cooperação, solidariedade, cumplicidade e apoio.”

(Abraço Completo à Infância)

 

 

 

É por este motivo que o acolhimento é mais que uma simples adaptação. Na nossa rede, a Gerência de Educação Infantil determina que as horas que a criança permanece na instituição aumentem gradualmente, respeitando o ritmo e sensibilidade de cada menino ou menina.

 

 


 

Nas instituições de Educação Infantil, os pais são convidados a permanecer os primeiros dias com seus filhos. Deste modo, têm a oportunidade de conhecer o trabalho pedagógico realizado e adquirir confiança nas educadoras. Nesses momentos, há rodas de conversa, atividades entre pais e filhos, brincadeiras e produções de arte. Assim, aos pouquinhos, família e creche vão estabelecendo laços de confiança, e as crianças brincam e aprendem mais por se sentirem amadas e seguras.

 

O Berçário da Ladeira

 

 

 

 

Na Creche Municipal Ladeira dos Funcionários, no bairro do Caju, as diretoras Teresa, Fabiane e toda equipe receberam os pequeninos com todo carinho. A diretora adjunta percebeu que os pais das crianças do berçário se sentiram tranquilos e mais seguros ao saberem que poderiam ficar na sala com seus bebês. Fabiane afirma que o segredo do sucesso do acolhimento é conquistar a confiança dos pais e das crianças. Assim, a ansiedade de todos é amenizada logo nos primeiros dias de convivência.

 

 

Professora Fabiane Nogueira, Diretora Adjunta da Creche Municipal Ladeira dos Funcionários.

 

 

 

Para a diretora, acolher os bebês, reconhecer seus sentimentos e fortalecê-los emocionalmente são ações que devem ser realizadas de forma delicada por cada educador. E ela garante que a equipe da Creche Municipal Ladeira dos Funcionários está preparada para abraçar não só os bebês, mas toda a família.

 

 

Família e Creche - Um Laço, Um Abraço

 


Sabemos que os primeiros dias da criança na Crehe ou EDI  não são fáceis, pois ela está se deparando com muitas novidades. No entanto, gerências, gestores e educadores estão comprometidos em dar às famílias todo o apoio necessário. 2013 será um ano muito especial para cada criança matriculada em nossa rede: haverá muitas brincadeiras, contação de histórias, livrinhos que encantam, divertem e ensinam. Além disso, um ambiente letrado fará parte dos espaços da meninada, onde os alunos aprenderão de forma serena, alegre e também lúdica.

 

As famílias contarão com todo o apoio na Escola de Pais realizada em um sábado de cada mês, e que já consta no Calendário Escolar da Educação Infantil. Portanto, papai, mamãe, vovó e vovô sintam-se acolhidos e bem-vindos em nossas creches, EDIs e escolas. Nosso compromisso com vocês é escrever uma belíssima história, na qual, aprendemos e ensinamos, sonhamos e realizamos. Com essa união é possível semearmos amor, esperança, solidariedade e cooperação.

 

Veja AQUI o Calendário para a Educação Infantil.

 

Clique na imagem abaixo e conheça mais os Recursos Pedagógicos da nossa rede:

 

 

* Professor, queremos conhecer e divulgar o blog e os projetos desenvolvidos por sua escola. Aproveite este espaço que é feito para nós! Entre em contato com o representante do Rioeduca em sua Coordenadoria e participe. *

 



Rute Albanita
 Professora e Representante Rioeduca.net da 1ª Coordenadoria Regional de Educação
ruteferreira@rioeduca.net
Twitter: @Rute_Albanita

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 08/02/2013

Acolher, Um Ato de Comprometimento

Tags: 5ªcre, projetos, acolhimento.

 

Acolhimento, um momento especial na escola quando se renovam esperanças e entusiasmos daqueles que chegam a este espaço educacional pela primeira vez, ou que regressam ao convívio escolar.

 

 

     Entrar realmente no mundo do outro, com aceitação, cria um  tipo de vínculo muito especial que não se compara a nenhuma outra coisa que eu conheça. 

Carl Rogers


 

 

Quando o professor volta às aulas, é inevitável deixar de pensar assim e, dessa forma, o aluno também. Assim é: somos todos únicos e, ao mesmo tempo, somos todos semelhantes.

 

O trabalho do professor significa estar em constante contato com o outro. Codo (1999) considera que esse cuidado, relação entre dois seres humanos cuja ação de um resulta no bem-estar do outro, é inerente à relação de ensino-aprendizagem. Assim, no campo educativo, não há como separar trabalho e afetividade. Ele acredita que, para o educador, o produto de seu trabalho é o outro, ou seja, o aluno, e os meios de trabalho é ele mesmo.

 

O processo de acolhimento aos profissionais da educação (que geralmente se dá logo no primeiro dia de apresentação) é sempre dinâmico e incentivador, além de envolver a todos num sentimento de valorização, instigando-os a mostrar a capacidade de responderem com iniciativa e criatividade, como só eles sabem fazer. 

Boa vontade, profissionalismo, comprometimento e dedicação são alguns dos atributos que os professores levam para as salas de aula, mesmo sabendo das dificuldades normais que possam surgir ao longo do ano letivo, como em qualquer momento de suas vidas. Como educação não é um trabalho individual, mas coletivo, direção, funcionários e responsáveis, juntos, têm uma grande responsabilidade nesse processo. 


Assim, a Escola Municipal 05.15.006 Gustavo Lessa acolheu seus professores nesse primeiro momento de retorno à escola, com o objetivo de estabelecer uma relação de confiança recíproca entre toda equipe, além de criar outras práticas eficazes de elaboração e execução dos planos de metas, do acompanhamento contínuo do trabalho do professor e do rendimento do aluno.

 

“Caminhando e cantando, e seguindo a canção...”.


Este é o título do Projeto Pedagógico Anual de 2013, “Caminhando e cantando, e seguindo a canção...”, que tem como seu primeiro subprojeto Acolher todo o dia é dia!


Nesta matéria, daremos prioridade à parte do subprojeto de acolhimento (direcionado aos professores, funcionários, alunos e famílias da Educação Infantil) e será o primeiro grande trabalho da E.M. Gustavo Lessa, entendendo que o acolhimento ao professor é prioritário para um feliz retorno à escola.

 
Para organizar este momento foi criada a atividade Baú Mágico, com a finalidade de fazer com que os professores percebam a importância de ser bem recebido e de se sentir acolhido. 

No "Baú Mágico”, foram colocados todos os materiais que fazem parte das etapas a serem desenvolvidas: aula inaugural, mensagens, músicas, máscaras, dinâmicas, turmas, entrevistas, horários e sugestões de atividades para o planejamento do período de acolhimento.


1ª Etapa

Apresentação da aula inaugural pela Secretária Municipal de Educação Claudia Costin.

 

 

Em seguida, distribuição da mensagem A Ratoeira e comentários por todos.

 

 

 • Dinâmica – Escolha dos bichos e Dramatização

Objetivos: Quebrar gelo; cultivar boa convivência; perceber as razões de conflito em um grupo de trabalho; Rever as próprias atitudes para tentar mudar.

 

 

 • Música – "Todos juntos", de Chico Buarque

 

 

  Etapa

 

Coffee Break e planejamento das atividades e organização dos ambientes (salas e horários).

 


3ª Etapa

 • Preparação de acolhimento aos pais e responsáveis através da 1ª Reunião de Responsáveis da escola (Mensagem de boas-vindas, dinâmica do abraço), que acontecerá dia 18 de fevereiro. Este vídeo foi editado com atividades já realizadas no ano de 2012, incluindo o vídeo “Jardim de Infância”, com Pedro Bial.

 

 

 

Resultados Previstos: maior participação da família na vida da criança; processo de adaptação menos traumatizante para crianças, famílias e educadores; criação de laços afetivos e de confiança entre as partes envolvidas.

 

A escola também preparou um espaço nesse dia (01/02/2013), onde os professores veriam o vídeo “A Língua das Mariposas” (cinema com pipoca), porém, esta atividade por levar uma hora e meia de duração, não pode ser concretizada. Os professores assistirão nesta semana, véspera de carnaval.

 

 

 

Parabéns à Escola Municipal Gustavo Lessa pelo trabalho desenvolvido ao longo de 2012.

A EM Gustavo Lessa foi reconhecida e agraciada pelo Portal Rioeduca com o Troféu Rioeduca na categoria Rio, Escola da Família, com o projeto Aprendendo, Criando e Brincando com a Turma da Mônica.


Agradecimentos especiais à professora Roseli Tejo, diretora da escola, que prontamente se dispôs a nos relatar esta atividade inicial e tão importante na vida do professor e da escola. 

 

Conheçam e acompanhem o blog da Escola Municipal Gustavo Lessa http://emgustavolessa.blogspot.com.br/

 

Escolas e professores, participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos.

 

Acompanhem e comentem nos blogs das Escolas da Rede Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro. Clique aqui para saber o e-mail do seu representante.

 Se você está com dificuldade de acessar seu e-mail do rioeduca.net veja aqui o passo a passo de como abrir sua solicitação na Central de Gerenciamento.
 

Representante do Rioeduca na 5ªCRE _ Professora  Regina Bizarro

Twitter: @rebiza / Facebook: rebiza

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 

                               


   
           



Yammer Share