A A A C
email
Retornando 89 resultados para o mês de 'Abril de 2012'

Sexta-feira, 20/04/2012

Alunos de Olho no Programa Saúde nas Escolas

Tags: 8ªcre, saúde.

 

 

O Programa Saúde nas Escolas evidencia a preocupação com o bem-estar dos alunos da Rede Municipal do Rio de Janeiro.

A saúde dos olhos é de importância singular, pois influencia diretamente na capacidade de desempenho dos alunos dentro das escolas.

Exames Oftalmológicos e prescrição de óculos foram ações previstas no programa que aconteceu este mês na 8ª CRE.

 

 

 

 

O Programa Saúde nas Escolas foi lançado em Fevereiro de 2011 e conta com oito Unidades Móveis.

 

A equipe de Profissionais de Saúde é formada por: Médico, Enfermeiro, Dentista, Psicólogo, Auxiliar de Saúde Bucal e mais 160 Técnicos de Educação e Saúde.

 

Os atendimentos implementam ações de promoção de saúde para a melhoria da qualidade de vida dos alunos da Rede Municipal de Educação.

 

No dia 11 de abril, o ônibus para atendimento oftalmológico esteve estacionado na E. M. Getúlio Vargas, para atender os alunos de lá e também das escolas  Antonio Austregésilo e  Henrique de Magalhães.

 

 

 

 

 

Os alunos passaram anteriormente por uma triagem e foram selecionados os possíveis casos para uso de correção visual.

 

 

 

 

Na unidade móvel, os alunos eram examinados primeiro pela técnica de ótica Gisele Garcia.

 

 

 

 

Depois entravam na sala do oftalmologista para exames mais específicos e, se fosse o caso de indicação para uso dos óculos, o aluno poderia fazer a escolha da armação imediatamente.

 

 

 

 

 

Quando os óculos estiverem prontos, serão entregues nas escolas dos respectivos alunos.

 

 


“A visão é um dos mais importantes meios de comunicação, sendo 80% das informações que recebemos obtidas por seu intermédio. É, portanto, importante para o pleno desenvolvimento pessoal e relacionamento do indivíduo com o meio ambiente circundante.”

(Ministério da Saúde, 1994)

 

 


Zelar pela acuidade visual dos alunos é um fator de extrema importância, pois a visão é essencial para a aprendizagem.

 

 


A Prefeitura do Rio de Janeiro trabalha com seriedade, para que seus alunos se desenvolvam de forma plena!

 

 

Quais são os projetos que sua escola participa para melhorar o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos?

 

Conte para o Rioeduca!
 

 

 

                    tweet           

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/04/2012

Rio de Janeiro Sempre Presente na E. M. Dom Pedro I

Tags: 7ªcre.

A Escola Dom Pedro I está localizada na Barra da Tijuca e atende alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

  


Na escola Dom Pedro I, a professora de História, Ana Cristina Bouças, elaborou com as turmas 1703, 1704, 1705 e 1706, um mural permanente, mas com frequente interação com os acontecimentos da cidade do Rio de Janeiro e suas ações tais quais: Rio + 20, BRT, aniversário da cidade, entre outras.

 

 


 

A professora de História Ana Cristina Bouças

 

 

A professora Ana, com alunos da turma 1703

 

 

O objetivo principal do mural é desenvolver reflexões sociais, econômicas, políticas e ambientais.


Objetivos gerais:


- avaliar habilidades e possíveis deficiências na construção de pequenos textos;


- incentivar o trabalho coletivo;


- desenvolver o espírito crítico e valorizar a produção das turmas através da montagem do mural.
 

 

O mural permanente instigou os alunos a pensarem em um presente para a cidade do Rio de Janeiro, no dia do seu aniversário e justificar o motivo da escolha. Eles produziram pequenos textos felicitando a cidade, enaltecendo suas belezas e sugerindo algumas ações que pudessem melhorar a qualidade de vida dos cidadãos cariocas.
 

 

Em relação ao aniversário da cidade, em março, foram mencionadas ações tais quais: mais policiamento através das UPPs; questões do meio ambiente como evitar o desmatamento e a poluição e incentivar o programa seletivo do lixo; questões sociais como salários dignos para motoristas e cobradores de ônibus e igualdade social; questões de saúde como mais hospitais e médicos; mais atenção para os idosos e pessoas com necessidades especiais.


 

 

 

Mural permanente e a comemoração do aniversário da cidade do Rio de Janeiro

 

 

 

Pequenos textos produzidos pelos alunos para serem afixados ao mural

 

 

 

Os alunos justificaram que precisamos cuidar da cidade porque é o lugar onde vivemos e por sediar as olimpíadas.
 

 

“O Rio precisa de paz para ser uma das melhores cidades.” (Larissa Castro T.1703)

 

 

 

 

Alunos da turma 1703  felizes com a produção do mural

 

 

 

PARTICIPEM TAMBÉM DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR QUAL O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?


http://portalrioeduca.mstech.com.br/sobrenos.php

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/04/2012

Na E. M. Atenas Interagir é Preciso

Tags: 9ªcre, monitores, blogdeescola.

 

 

A E. M. Atenas que está localizada no bairro de Inhoaíba e faz parte do grupo de unidades escolares da 9ª Coordenadoria Regional de Educação, apresenta, hoje, o Projeto Monitores de Alfabetização, mais uma experiência bem sucedida desta Unidade Escolar, que em 2011 foi premiada pela Secretaria Municipal de Educação por ter alcançado a melhor nota da 9ª CRE e 5º melhor da Rede.

 

 

 

Professora Solange e a turma 1501

 

 

O projeto da professora Solange de Souza Santos Alves, com a Turma 1105, foi enviado pela professora Cristiane Norris, uma parceira do Rioeduca na divulgação desta escola.

 

O  projeto surgiu da necessidade de estimular os alunos que já compreenderam o processo de leitura a auxiliar os colegas que ainda  estão iniciando, incentivando a leitura e melhorando o aprendizado.  De acordo com Vygotsky (1998), as necessidades e os incentivos para colocar a criança em ação não devem ser ignorados para que possamos entender os estágios de seu processo de desenvolvimento, porque todo avanço está conectado com uma transformação acentuada nas motivações, tendências e incentivos.

 

Segundo Vygotsky (1991), o domínio dos instrumentos de mediação, inclusive sua transformação por uma atividade mental, é a atividade do sujeito, que não é apenas ativo, mas interativo, pois ele forma e constitui conhecimentos a partir das relações intra e interpessoais. Acredita que na troca com outros sujeitos, internalizam-se conhecimentos, papéis e funções sociais, o que possibilita a formação de conhecimentos e da própria consciência. Será utilizado o atendimento individualizado pelo professor, trabalho diversificado de acordo com o nível do aluno e o projeto aluno-monitor.

 

 

 

 

 

Objetivos:


• Perceber as relações sociais nos diferentes contextos.


• Estimular o reconhecimento da função social da escrita.


• Valorizar a leitura como forma de conhecimento e fruição.


• Perceber que os colegas influenciam o seu modo de vier através de seus exemplos.


 

 

Desenvolvimento:


O projeto foi posto em prática após o resultado das avaliações do 1º bimestre. Alguns alunos apresentaram dificuldades na apropriação de conhecimentos e houve a necessidade de recuperação paralela. A professora estimulou a turma a ajudar os  amigos que ainda estavam no processo inicial de leitura.

 

Após  ter compreendido o processo de leitura, o aluno é denominado monitor. Ganha um avental identificador e um livro de histórias, sendo fotografado para o mural. Este aluno-monitor escolhe um amigo para apoiar. Quando seu monitorando consegue ler, também vira monitor e apoia outro aluno.

 


 

 

 

Na reunião de pais, conversamos sobre o projeto e a mãe do aluno Gabriel da Silva Coelho confeccionou doze bolsinhas de TNT, que foram divididas por fases:


- Fase 1 - (cor laranja) cartelas com as vogais para dar os “abraços mágicos” e formar encontros de vogais.


- Fase 2 - (cor vinho) cartelas com sílabas já apresentadas para a formação de palavras novas.


- Fase 3 - (cor azul) cartelas com palavras escritas em letra cursiva.


- Fase 4 - (cor azul) livros de história com pouco diálogo, para levarem para casa e depois lerem para os colegas.


 

 

Atividades realizadas:


• Monitoria:


O aluno senta-se ao lado do seu orientando e observa suas dificuldades, estimulando-o a concluir suas tarefas e auxiliando-o na leitura das atividades.


O aluno podem usar as bolsinhas ou alfabetário como material de apoio para ajudar seu colega, após concluir suas tarefas.

 

 

 

Avaliação:


A avaliação acontece durante a aula, levando em conta o comportamento do orientando diante de seu monitor. As duplas que estão progredindo continuam e as que não evoluem, poderão ser substituidas. 

 

Muito nos encanta ver os pequenos com este entusiasmo pela leitura e também, contagiando seus colegas para o mesmo fim. A escola está de parabéns por mais uma vez estar presente neste espaço compartilhando suas experiências de sucesso.

 

Conheça mais detalhes deste trabalho nos slides abaixo:

 

 

 

 

A E. M. Atenas tem seu blog, que vale a pena visitar e acompanhar, pois nele temos chance de ficar por dentro do que a escola vem desenvolvendo. O blog já foi apresentado aqui no Rioeduca em outra ocasião, mas vamos colocar abaixo o seu link e também das outras postagens desta unidade escolar que tanto nos motiva a divulgar.

Blog da Escola Municipal Atenas

 

 

 

Postagens no Rioeduca:

Viagem Cultural à Nova York

E. M. Atenas garantindo o 3º lugar no IDERIO 2010 

Prova Rio 2010 - Escola Municipal Atenas - 9ª CRE

 

 

Venha você também fazer parte desta REVOLUÇÃO, basta enviar o projeto que a sua unidade escolar está desenvolvendo para o representante da sua CRE na seção SOBRE NÓS e enviar um breve relato com registros de imagem (fotos, vídeos, ppt).

 

 

Profª Márcia Cristina Alves
Representante do Rioeduca na 9ªCRE
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/04/2012

Os Frutos da Primeira Oficina de Blog da 4ª CRE

Tags: 4ªcre, blogdeescolas.



 


Com a revolução tecnológica, tornou-se imprescindível que a atividade de ensino-aprendizagem tenha a mídia como aliada. Nessa perspectiva, o Blog de Unidade Escolar vem ganhando espaço no cenário da Educação Carioca.
 

 

É o que veremos agora, após a nossa 1ª Oficina de Blog da 4ª CRE, onde os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o passo a passo para a criação de um blog. A Escola Municipal Holanda e a Escola Municipal Alice Tibiriçá criaram cada uma um blog para a sua Unidade.

 

 

 

Muito mais do que diários on-line, os blogs assumiram significativas funções no processo de comunicação e informação. É necessário que o blog seja atualizado constantemente e inove para cativar e tocar os sentidos da comunidade escolar. Seus conteúdos precisam compor um processo de educação em que os alunos estejam ativamente envolvidos.

 

 

 

 

 

"O atual professor se depara com uma nova configuração nos modelos de ensino, trazida pelas mídias. Ao buscar metodologias, recursos ou estratégias de ensino, ele precisa considerar a apropriação das novas tecnologias, já que elas fazem parte da vida diária dos alunos, e acima de tudo, porque atraem os estudantes e os estimulam a aprender. As mídias tecnológicas e digitais estão hoje no centro dessa discussão." (Maria João Gomes  - 2007)

 

Parabéns às Unidades Escolares que aderiram e estão utilizando o blog escolar como mais uma ferramenta educacional!

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share