A A A C
email
Retornando 49 resultados para o mês de 'Abril de 2017'

Quinta-feira, 13/04/2017

F. J. Oliveira Viana na luta contra o mosquito Aedes aegypti

Tags: 4ªcre, jogo, aedes.

 

A Escola Municipal F. J. Oliveira Viana na luta contra o mosquito Aedes aegypti escolheu as melhores armas para o combate: o conhecimento e a informação. Desenvolveu um projeto onde o lúdico otimizou a aprendizagem, trabalhando o jogo e a construção de uma mosquitoeira. Vamos saber mais?

 

 

Toda a escola envolveu-se no Projeto contra o mosquito vetor da dengue e de outras doenças, Aedes aegypti. Cada turma realizou uma atividade. A Trilha do Combate envolveu os alunos do 4º ano da manhã, Turma 1401. A Professora Verônica de Matos Berto da Silva, com o objetivo de conscientizar os alunos quanto aos cuidados necessários à prevenção e erradicação do mosquito Aedes Aegypti, bem como as doenças transmitidas pelo mosquito (dengue, zika e chicungunya), construiu com a turma um jogo de trilha “ A Trilha do Combate”.

 

 

A atividade foi realizada em 5 dias, desde a confecção até a realização do jogo. No primeiro dia, os alunos realizaram uma pesquisa sobre o Aedes aegypti, reunindo gravuras usadas em discussão em sala. No segundo dia, as gravuras foram utilizadas para montagem de cartazes, feitos em grupos de alunos.

 



No terceiro dia, foi feita uma pesquisa sobre jogos possíveis, em seguida a escolha do jogo da trilha e deu-se início a sua confecção. No quarto dia, realizou-se a colagem das indicações da trilha e o dado. No quinto dia, a turma reuniu-se na quadra da escola e, em duplas, os alunos puderam participar do jogo. Durante a brincadeira, as indicações da trilha eram lidas e discutidas. Após esse primeiro momento, no qual todos os alunos participaram, houve um momento de recreação onde os alunos preferiram continuar brincando com a trilha a realizar outras atividades.

A turma 1502 da Professora Mônica Tami Couto realizou entre outras atividades de combate ao mosquito, a confecção da MOSQUITOEIRA (uma armadilha para o mosquito). O Projeto foi desenvolvido durante uma semana (entre pesquisas, relatórios, exercícios e confecção da mosquitoeira).

 

 

Primeiramente, os alunos pesquisaram reportagens e notícias sobre o tema em revistas e jornais. As informações obtidas foram levadas para sala de aula. Em aula, os alunos explicaram o conteúdo das reportagens/notícias escolhidas e trocaram ideias sobre o tema. As informações foram anotadas no quadro. Discutiram sobre as condições ambientais que permitem a propagação da doença e a continuidade de sua existência.

 

 

Construíram um painel demonstrativo do ciclo de vida do mosquito. Elaboraram histórias em quadrinhos sobre o tema e fizeram a exposição no mural da sala. Após ampla análise do tema e a realização de atividades complementares, as crianças começaram a montagem da armadilha para coletar o mosquito, reaproveitando garrafas pet. Como tarefa de casa, os “caça-mosquitos” colocaram a mosquitoeira em ambientes que necessitavam da proteção contra o Aedes aegypti.

 

 

O Projeto foi muito bem recebido pela equipe pedagógica. Os responsáveis elogiaram as atividades desenvolvidas e amaram a armadilha que seus filhos levaram para casa. Os alunos se envolveram intensamente no trabalho, aprendendo, participando e construindo de maneira lúdica e responsável os conceitos trabalhados.

Parabéns a Equipe da escola pelo excelente trabalho realizado!

Sobre a escola:

Escola Municipal F.J. Oliveira Viana
Gestora: Vera Lucia Angelim Franco Pimentel
Coordenadora Pedagógica: Amanda dos Santos Monteiro Paiva Pereira
Endereço: Av. Antônio Ferraz, s/n - Cordovil, Rio de Janeiro - RJ, 21012-255
Telefone: (21) 2485-2872
Email: emfviana@rioeduca.net

 

Texto: Enviado por Amanda dos Santos Monteiro Paiva Pereira.
  

 




 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 12/04/2017

Alteração do Calendário

Tags: resolução, smeel, calendário.

 

RESOLUÇÃO SMEEL N.º 14, DE 11 DE ABRIL DE 2017 (PUBLICADO NO DO DE 12/04/2017)


Altera o Calendário Escolar da Secretaria Municipal de Educação para o ano letivo de 2017 e dá outras providências.


A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

RESOLVE:

Art. 1.º Fica alterada, no Calendário Escolar para o ano de 2017, concernente à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental, nas Escolas Públicas do Sistema Municipal de Ensino, a data da Reunião de Responsáveis relativa ao 1º bimestre, a qual deverá ser realizada no dia 06 de maio de 2017.

Art. 2.º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 


Rio de Janeiro, 11 de abril de 2017.

César de Queiroz Benjamin


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 12/04/2017

Descobrindo o Brasil através da Artes

Tags: 3ªcre, artes, portinari.

   

É com muito orgulho que apresentamos um pouquinho do trabalho do EDI Félix Pacheco no projeto DESCOBRINDO O BRASIL ATRAVÉS DAS ARTES! - Conhecendo os artistas brasileiros.

 


 

 

Nosso primeiro artista a ser trabalhado foi Cândido Portinari.

Portinari apreciava a infância e suas manifestações, brincadeiras e linguagens. Aproveitando toda a predileção que esse artista brasileiro tinha pelos pequenos, vamos apresentá-las as suas obras e inventar maneiras de torná-las significativas de um jeito divertido!

Suas obras, entre outros, retratam a diversidade cultural e também a infância das crianças brasileiras.

 

 

AUTORRETRATO

Iniciamos conhecendo a biografia do artista PORTINARI e ao mesmo tempo conhecemos as crianças e os grupos através do autorretrato que as próprias crianças criaram, onde trabalhamos as diferenças entre elas, as partes do corpo e esquema facial. Esse foi o primeiro contato com a arte de Portinari e sua história. Descobrindo o mundo das cores de Candinho, pintamos feito Portinari.

 

 

O ESPANTALHO

A segunda obra foi O Espantalho - trabalhando os sentimentos, cada turma pode vencer seus medos. Também puderam resgatar a historia do Brasil através de suas plantações.

Com a imaginação de criança, as professoras construíram uma plantação de milho. Não poderia faltar o personagem principal de nossa brincadeira... O ESPANTALHO. Na brincadeira, as bolas eram os passarinhos, e os espantalhos tinham que proteger a plantação e tirar os passarinhos de lá. Após a colheita na plantação, foi a hora de ver na rodinha o milho.

O que podemos fazer com ele?

Muitas coisas gostosas... e, entre elas, escolhemos a pipoca.

Assim, as crianças despertaram para a letra inicial do espantalho, criando o gancho para o letramento e escrita. Tivemos a criação de vários espantalhos, e muitas outras brincadeiras.

 

  

 

MENINOS SOLTANDO PIPAS e O MENINO E O PIÃO

Terceira e quarta obra foram: Meninos soltando pipas e O menino e o pião. 

Os professores levaram pião e pipas para a rodinha. As crianças tiveram o privilégio de resgatar as brincadeiras. A brincadeira com o pião foi muito divertida, ainda mais quando elas aprenderam a música: roda pião. Com a música criaram a brincadeira Gira pião.

E, por fim, confeccionaram o seu próprio pião.

 

 

Confeccionaram as pipas aprendendo cada parte delas: rabiola, cabresto, linha, vela, e como levantar voo. Promovemos experiências significativas de aprendizagem da língua, por meio das Obras com a linguagem oral e escrita, ampliando assim a capacidade de comunicação e expressão e de acesso ao mundo letrado pelas crianças. Despertando elas para a escrita inicial e para as palavras pipa, pião e espantalho.

 

 

Fizemos a releitura corporal: imitando as crianças retratadas nas obras de Portinari. Resgatando a infância de Portinari, como antigamente as crianças não tinham tantos brinquedos como as de hoje, usamos a criatividade para criá-los. Palhacinhos na gangorra, Futebol em Brodósqui e Roda infantil.

 

 

O trabalho tem sido memorável. Inesquecível para os alunos e para todos os envolvidos. Mostrar a cultura do Brasil através dos seus pintores para as crianças pequenas é incentivar o conhecimento da  história e das artes plásticas e quem sabe a descoberta de novos talentos... Parabéns ao EDI Felix Pacheco pelo interessante trabalho!

 

 


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 11/04/2017

Questões de interesse da rede

 

Como todos sabem, há em nossa rede muitas pendências de natureza funcional. O quadro de recursos humanos é excepcionalmente complexo, com grande diversidade de situações e de reivindicações. Tenho recebido muitas indagações a esse respeito.

A preparação de resoluções oficiais da Secretaria sempre demanda estudo cuidadoso, seja de natureza legal, incluindo a legislação federal, seja sobre os impactos financeiros, presentes e futuros, de qualquer decisão. São necessárias, além disso, consultas a outros órgãos da Administração. Isso explica o ritmo aparentemente lento desses processos.

Estamos atravessando uma fase difícil em termos orçamentários. Mesmo assim, há estudos em curso sobre os seguintes temas de interesse geral da rede.

1. A situação funcional dos diretores de escolas, tendo em vista corrigir distorções, cuja existência reconhecemos.

2. A criação de melhores condições de trabalho para as merendeiras.

3. A retomada da possibilidade de migrações para 40 horas.

4. A contratação de novos professores concursados.

5. A definição das escolas que devem receber prioritariamente reformas de infraestrutura.

6. O estabelecimento de regras de alocação de pessoal em escolas de turno único, de modo a evitar transferências súbitas.

7. A adequação da legislação municipal à LDB para que possamos realizar concursos para agentes educadores com escolaridade de nível médio.

8. A criação de norma específica para escolas de difícil lotação, ampliando o conceito, em vigor, de difícil acesso.

9. A regulamentação do 1/3 do tempo dedicado a atividades de preparação de aulas.

Os seis primeiros itens estão mais adiantados. Vários deles poderão ficar prontos em abril ou no início de maio. Pretendemos concluir todo o conjunto, adotando novas normas, até meados deste ano. Uma vez redigida, cada resolução será submetida a consultas.

Terminamos o censo que nos deu uma posição bastante precisa sobre a infraestrutura de todas as escolas e estamos preparando o censo de pessoal, que também será submetido a toda a rede.

Muito obrigado a todos.

Cesar Benjamin
Secretário


   
           



Yammer Share

Postado por Cesar Benjamin Ver Comentários (10)