A A A C
email
Retornando 25 resultados para o mês de 'Abril de 2018'

Quinta-feira, 05/04/2018

Acolhimento: o protagonismo juvenil começa aqui!

Tags: turno único, primário carioca, ginásio carioca, 9 cre.

 

O Acolhimento buscando o Protagonismo 

 

As escolas de turno único viveram no início deste ano o período do acolhimento. Um momento importante que envolveu toda a comunidade escolar da 9ª CRE, acolhendo os alunos e seus interesses, a fim de constituí-los como protagonista. 

 

 

 

Um dos principais pilares na inovação dentro da educação é a participação cada vez mais efetiva dos alunos nos processos de aprendizagem e de decisão. O protagonismo infantil, que pode e deve ser estimulado em sala de aula, começa neste contexto e traz uma série de benefícios, tanto para as crianças e suas famílias quanto para os próprios professores. 

 

E.M. Primário Lazaroni, atendendo os alunos do 1º ao 6º ano Experimental nos primeiros dias do acolhimento.

 

O acolhimento dos alunos nas escolas de turno único teve como objetivo recepcioná-los e apresentá-los à dinâmica escolar. Neste momento, os alunos foram apresentados ao conceito de Protagonismo Infantil e ao Projeto de Vida. Nos últimos anos, os alunos deixaram de ser meros espectadores e, desde os primeiros anos de vida escolar, passam a ter um papel mais ativo dentro das instituições.

 

.

Continuidade do acolhimento com integração entre alunos e professores na E.M. Primário Lazaroni.

 

É também na dinâmica do acolhimento que se dá a primeira etapa da construção do Projeto de Vida dos alunos do Primário, por meio de dinâmicas que promovem reflexões, acerca dos sonhos e dos meios para alcançá-los

 

Escolha dos alunos protagonistas do Ensino Fundamental II na E. M. Embaixador Araújo Castro.

 

O acolhimento deu-se em clima de festa com professores, protagonistas e toda comunidade escolar celebrando a volta às aulas.

 

Acolhimento e integração na E.M. Samuel Wainer com os alunos do Ensino Fundamental I

 

 

 

Acolhimento e integração na E.M. Samuel Wainer com os alunos do Ensino Fundamental I

 

“Aprender a Conviver - Faz parte da educação, aprender a lidar com pessoas diferentes, tratar de assuntos relevantes, não falar mal dos outros, não usar a força para resolver conflitos, demonstrar gentileza e sinceridade no tratamento com os colegas e professores. É justamente na escola que os alunos aprendem as regras básicas de convivência em sociedade. Para que todos possam viver juntos e aprender a viver com os outros, a educação tem um papel importantíssimo”.

(DELORS, 1999)

 

 

 

 

 

 

Integração dos alunos do 6º ao 9º ano na E. M. Miguel de Oliveira

 

“Aprender a Conhecer - Cada vivência é motivo de aprendizagem, especialmente na escola. As responsabilidades que são assumidas, a confiança que é depositada em cada um diante das tarefas do dia a dia, o trabalho nos clubes estudantis, as escolhas, as dificuldades, a dedicação nas matérias, enfim. Tudo é motivo de aprendizado. “Aprender a Aprender é saber que a formação do estudante vai além do conteúdo dos livros e da sala de aula e passa por toda a vivência e convivência dele na escola”.

(DELORS, 1999.)

 

Registros do acolhimento na E. M. Gilberto Bento: desejos para a escola que queremos

 

 

“Aprender a Ser - Se o aluno não estiver preparado para compreender que a educação deve em princípio mudar a sua vida, o seu caráter, para depois servir aos outros, então a educação falhou. Educação deve contribuir para o desenvolvimento total da pessoa, espírito e corpo, inteligência, sensibilidade, responsabilidade pessoal, espiritualidade. Todos os seres humanos devem ser preparados pela educação que recebem, para agir nas diferentes circunstâncias da vida. Só que para isso cada um deverá ter personalidade própria e desenvolver seus talentos”.

(DELORS, 1999.)

 

 

Muita animação e ludicidade na recepção aos alunos da E. M. Helton A. Veloso Castro

 

 

"Devemos perceber que tudo o que recebemos na escola, deve ser revertido em prática, em tomada de decisões e de atitude. O conhecimento que vem de todas as partes, não só da escola, deve se materializar em ações. Colocar em prática os conhecimentos adquiridos, desenvolvendo novas habilidades e aptidões, importantes para enfrentar as situações que se apresentarem na carreira escolar e na vida em sociedade”.

(DELORS, 1999)

 


 

Gerência de Educação - 9ª CRE

Responsável pelo Turno único: Prof. Cristina Sá

Contato: 33941978


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 04/04/2018

Parcerias para o Crescer e Aprender com Qualidade!

Tags: creche, educação infantil, pse.

 

 "Dançando, Jogando e Brincando, vou Crescendo e Aprendendo"

 

"Dançando, Jogando e Brincando, vou Crescendo e Aprendendo" é o tema do Projeto Pedagógico Anual da Creche Municipal Célia Alencar.

A Unidade Escolar, além de possuir uma excelente equipe pedagógica, conta com o apoio de parcerias que auxiliam na diversidade de atividades e na construção do conhecimento.

Para 2018, a creche usou uma temática que se baseia nas principais atividades comuns entre os pequenos. Dançar, jogar e brincar é o que naturalmente compõe o universo infantil, portanto, é o melhor instrumento na construção do conhecimento das crianças.

 

 

 

 

Para colocar seu Projeto Pedagógico Anual em ação, nesse primeiro momento, a Creche Municipal Célia Alencar contou com o apoio da Clínica da Família Faim Pedro.

A clínica auxiliou na primeira etapa do projeto, trabalhando conhecimentos relacionados ao corpo e higiene, além de realizar uma avaliação odontológica e antropométrica das crianças. Dessa forma, cada aluno teve o registro de seu peso e sua altura e também tiveram sua arcada dentária bem examinada pela equipe. Ter parcerias para contribuir com a aprendizagem possibilita aos espaços escolares a oportunidade de desenvolver integralmente os alunos.

 

 

 

Foram trabalhadas música que estimulassem a aprendizagem das partes do corpo, suas funções e os bons hábitos para manter a higiene. Os sons e os ritmos encheram a escola de muita animação e alegria! As crianças participaram de várias atividades, nas quais aprenderam sobre cuidados com os dentes, limpeza das mãos e inúmeras atitudes preventivas na manutenção da saúde. 

 

 


Sem deixar o lúdico de lado, a aprendizagem não ficou somente nas teorias, pois todos os alunos demonstraram que estavam criando significados naquilo que estavam aprendendo. 

 

"A Creche Municipal Célia Alencar traz a ludicidade presente nas músicas para promover aprendizagem com sentido e significado para nossas crianças. A parceria com a Clínica da Família foi muito importante no momento em que o tema central é o Corpo e a Higiene." Professora Viviane Bonfim - Diretora da C.M. Célia Alencar

 

 

 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza à Creche Municipal Célia Alencar por esse primeiro momento do seu Projeto Pedagógico Anual, assim como a seus parceiros.

 

Para entrar em contato com a C.M. Célia Alencar, mande email para:

cmcalencar@rioeduca.net

 

 

Participe do Portal Rioeduca!

Entre em contato conosco.

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 04/04/2018

Posse solene dos Conselhos Escola Comunidade da 3ª CRE

Tags: 3ªcre, cec, representatividade.

 

Posse Solene dos Conselhos Escola Comunidade da 3ª CRE

 

O teatro da Escola Municipal Maranhão, em Pilares, recebeu diretores, alunos, professores e funcionários para a Posse Solene dos Conselhos Escola Comunidade (CEC) das unidades escolares da 3ªCRE. O evento contou com a ilustre presença do secretário municipal de Educação do Rio de Janeiro, César Benjamin, que fez o lançamento oficial do projeto de autoavaliação nas escolas da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro.

 

Para abrilhantar ainda mais a festa , houve a apresentação da coreografia intitulada Legitima Defesa, apresentada por 33 alunos que se revezavam  no palco, abordando questões relacionadas ao  bullying em suas cenas.

 


 

 

Segundo o coreógrafo e Professor Diego, “ o bullying é um tema muito comum no ambiente escolar que muitos acham fantasia, até sofrer na própria pele esse mal" . Seja físico ou psicológico, ele não deve ser tratado como piada e muito menos brincadeira. Agindo com coragem e sem medo de denunciar, podemos fazer das escolas um espaço em que todos aprendam e se divirtam, possibilitando que o respeito mútuo torne-se uma regra em toda a sociedade”

 

 

 

A impactante apresentação introduziu a fala do Professor Claudio Maia Fugueiredo, Coordenador da 3ª CRE, que ressaltou a importância do CEC na organização e no dia-a-dia das unidades escolares. 

 

 

A importância da Gestão Democrática e do Conselho Escolar, ainda é destacada pela da Gerente de Supervisão e Matrícula da 3ªCRE, professora Raquel de Almeida Silva.  A professora destaca que:

"Hoje em dia, os princípios democráticos e de participação dos cidadãos nos processos de tomadas de decisões que envolvam suas necessidades e interesses são recorrentes e cada vez mais perceptíveis nas mais diversas áreas da sociedade. Essa intervenção, quando de forma organizada, planejada e intencional, através da representatividade, pode acontecer de maneira mais eficaz. Nesse sentido, a formação de uma unidade administrativa, um colegiado, que possibilite a prática de uma gestão participativa, com um arranjo organizacional independente e autônomo, mas que vinculado à Instituição Escola, é pensada para tornar-se um grande aliado de uma gestão escolar de qualidade."

 

 

 

Atualmente, não podemos pensar a discussão a respeito de uma Gestão Democrática, algo que entendemos como ideal e também possível, sem estabelecer relação direta com o Conselho Escola-Comunidade.


Os CECs são ferramentas de participação da Comunidade Escolar nas atividades de manutenção das escolas, como espaços de democratização e aprendizagens significativas. O Conselho é o órgão que pode contribuir para a consolidação dessa democracia dentro da Escola, quando assume, de fato, seu papel descentralizador, consultivo, fiscalizador, deliberativo, normativo e mobilizador.

 

O Conselho é um dos caminhos para a efetiva gestão democrática. É um trabalho necessário e bastante desafiador para a Educação de hoje, visto que é fundamental o engajamento de todos os envolvidos, para que estes assumam seu compromisso com o processo educativo de forma responsável e ativa.

 

Nesse contexto, o secretário César Benjamin, ressaltou, em sua fala, a importância dos Conselhos Escola Comunidade na construção de espaços escolares que respeitem as diferenças e aproveitou a oportunidade para apresentar, em primeira mão, o Projeto Autoavaliação nas escolas, que terá  como  bases norteadoras da SME  assuntos importantes para a rotina das unidades escolares tais como: a alfabetização dos alunos, o desempenho escolar, a assiduidade, o respeito à diversidade, a defasagem entre idade e ano de escolaridade, o protagonismo infantojuvenil, o ambiente interno, os relacionamentos dentro da escola, a relação com os responsáveis e a participação da comunidade.

Esses eixos de discussão devem envolver os diversos atores que compõem o CEC: alunos, professores, funcionários, responsáveis e associações de moradores, utilizando ferramentas como questionários e reuniões, além da elaboração de um mapa de empatia que permita verificar a percepção que têm sobre a escola.

O secretário finaliza ressaltando o papel fundamental da gestão nesse processo: “É muito importante que os diretores liderem esse processo e consigam detectar o que está fazendo bem e o que está fazendo mal à escola”, disse César Benjamin, durante a solenidade de posse dos Conselhos da 3ª CRE.

 

 

Após a entrega simbólica de certificados aos representantes dos diversos segmentos que compõem o CEC, a solenidade termina com uma citação de Paulo Freire:

 

"Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo, torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda"

(Paulo Freire)

 


Contamos com TODOS para encararmos juntos esse grande desafio!


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 03/04/2018

Projeto Somos todos Extraordinários: uma escola gentil com o meio ambiente

Tags: extraordinário, projeto, valorização.

 

 

A Escola Municipal Anita Garibaldi tem como projeto pedagógico para 2018 o tema "Somos todos Extraordinários", tendo como temática a valorização do Outro a partir de um olhar mais gentil. CONFIRA!

 

 

O Projeto Somos todos Extraordinários tem como temática a valorização do "outro" a partir de um olhar mais gentil, um olhar mais profundo além das aparências, dos rótulos, do superficial. A atividade do sub tema ambiente teve seu início em parceria com a Secretaria de Obras nas turmas do 6º ano experimental.

 

 


O projeto inclui vários subtemas e ramificações que vão desde a valorização dos professores (entre si, pela comunidade e pelos alunos), valorização do aluno (entre si e pelos professores) e valorização do ambiente (escola e comunidade), tudo pelo prisma da gentileza, da boa vontade, do esforço e principalmente da cooperação.

 

O projeto foi idealizado pela coordenadora pedagógica Ingrid Medeiros em parceria com a direção da unidade escolar, com duração anual.

 

 

 

 

O projeto envolve toda a escola e as atividades são distribuídas de acordo com a faixa etária. Na atividade do sub tema ambiente foram abordados temas de preservação do meio ambiente como reciclagem, reaproveitamento, replantio, lixo e sustentabilidade, focados principalmente no meio (ambiente) onde os alunos vivem: escola e comunidade.

 

Foram envolvidos na atividade o mais novo extraordinário da equipe, o professor Leandro de Biologia, junto com os regentes extraordinários do 6º ano experimental Eduardo Lopes e Roosevelt Neiva

 

 


Os responsáveis, alunos e alguns moradores da comunidade também foram convidados a aprenderem a cultivar uma horta suspensa e para isso, foram guiados por uma engenheira agrônoma. Nesse momento, semearam alguns recipientes e plantaram algumas mudas já crescidas.


O subtema meio ambiente tem como objetivo deixar de legado a implantação de uma horta de solo pra escola, e principalmente, conscientizar e formar cidadão mais gentis e atentos ao meio em que vivem.

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Anita Garibaldi

Telefone: (021) 3975-9461 e 3367-3542

 

 

Contato para publicações:

 

 


 


   
           



Yammer Share