A A A C
email
Retornando 77 resultados para o mês de 'Maio de 2013'

Segunda-feira, 20/05/2013

Limpando e Conservando o Ambiente Escolar


Limpando e conservando as dependências da Escola Municipal Almirante Newton Braga de Faria, o Gari Roberto Malaquias faz um pequeno resumo de ideias sobre seu trabalho nesta entrevista em homenagem ao Dia do Gari.

 

 

A COMLURB (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) é a maior organização de limpeza pública na América Latina e tem como principal objetivo a limpeza urbana no município do Rio de Janeiro. Tem como principais atribuições os serviços de coleta domiciliar, a limpeza dos logradouros públicos, das areias das praias, de parques públicos, do mobiliário urbano, dos túneis, viadutos e, em especial, a limpeza de escolas e a higienização de hospitais municipais.


As escolas da rede municipal em parceria com a COMLURB mantêm em suas dependências os garis que, com zelo e dedicação, fazem o ambiente escolar mais acolhedor e higienizado.


Para comemorarmos o Dia do Gari, 16 de maio, nada mais alegre que homenagearmos este profissional através desta matéria produzida com muito carinho no portal Rioeduca.
 

 

Curiosidades da Profissão Gari

 

 

Em Portugal, os garis eram conhecidos como "almeidas", em homenagem a um cidadão com Almeida no nome que foi diretor geral da limpeza urbana da capital portuguesa.


Já no Rio de Janeiro, o nome gari também foi em homenagem a uma pessoa que se destacou na história da limpeza da cidade do Rio de Janeiro, o francês Aleixo Gary, que assinou contrato em 11 de outubro de 1876 com o Ministério Imperial para organizar o serviço de limpeza da cidade do Rio de Janeiro. O serviço incluía a remoção de lixo das casas e praias e posterior transporte para a Ilha de Sapucaia, onde hoje fica o bairro Caju. Ele permaneceu no cargo até o vencimento do contrato, em1891. Em seu lugar, entrou o primo Luciano Gary.


A empresa foi extinta um ano depois, sendo criada a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da Cidade, cujos serviços deixavam a desejar. Em 1906, a superintendência tinha 1.084 animais, número insuficiente para carregar as 560 toneladas de lixo da cidade. Assim, da tração animal passou-se à tração mecânica, e depois ao uso do caminhão até os dias atuais.


Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

 

 

Roberto Malaquias, Limpando e Conservando o Ambiente Escolar


Mas sabia que a gente pode facilitar a vida do gari e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente? Como? Simplesmente separando o nosso lixo de cada dia.


Veja o que acha Roberto Malaquias, o Gari que trabalha na Escola Municipal Almirante Newton Braga, sobre esse assunto.

 


Entrevistado pela representante do Rioeduca na 5ª CRE no dia 7 de maio, o gari Roberto Malaquias, 49 anos, 18 na COMLURB, disse como se sente sendo um dos responsáveis pela limpeza e conservação da Escola Municipal Almirante Newton Braga de Faria.

 

 

 


Rioeduca: Qual sua formação?

Roberto: Concluí o ensino médio regular.


 

Rioeduca: O senhor atualmente trabalha como gari, servidor público da prefeitura. O que fez optar por esta profissão?

Roberto: Segurança profissional, estabilidade no trabalho.

 


Rioeduca: O senhor já teve outros trabalhos de destaque e responsabilidade. O que fez abandonar e seguir a profissão de Gari?

Roberto: Já trabalhei de auxiliar de escritório numa agência de viagens, a opção foi justamente a estabilidade no trabalho.

 


Rioeduca: Atualmente o seu trabalho é livre do estresse da vida moderna?

Roberto: Sim, acho mais tranquilo trabalhar em escola, pois juntar-se a crianças é muito legal. Criança sempre dá alegria.

 


Rioeduca:  É realizado e feliz com seu trabalho?

Roberto: Em geral sou, mas nem todos os dias são bons, pois de vez em quando “pinta” um estresse. Escola é assim mesmo.

 


Rioeduca: Qual a sua rotina de trabalho?

Roberto: Chego às seis horas da manhã, logo vou varrer as salas de aula, limpar banheiros, pátio para, quando os alunos chegarem à escola, elas estejam limpas. Depois vou limpando outros locais da escola durante o dia e assim faço todos os dias.

 


Rioeduca: Você acha que seu trabalho contribui para uma melhoria do meio ambiente?

Roberto: Em minha opinião, o meu trabalho, assim como os de meus colegas, contribui para o saneamento da escola, tornando o ambiente limpo e agradável para todos da comunidade escolar, e cuidando também do lixo que sai da escola.

 


Rioeduca: O que falta para a nossa cidade ser uma cidade ainda melhor?

Roberto: Falta uma política voltada para a conscientização de toda população no seu cuidado com o lixo que produz. Seria importante divulgar junto a todos medidas de educação ambiental, principalmente no sentido da separação de lixo orgânico e reciclável, para que o mesmo seja reciclado, diminuindo a agressão ao meio ambiente. E que a coleta de lixo seletiva possa muito em breve ser estendida a toda cidade. A palavra exata é compromisso, compromisso de ideias e de atitudes de todos.


 

Agradecimentos à direção da E. M. Almirante Newton Braga de Faria, na pessoa da professora Fátima Mendes e, especialmente, à professora de Língua Portuguesa e da Sala de Leitura Jane Nunes, pela intermediação dessa entrevista.

 

Agradeço ao Sr. Roberto Malaquias por tão gentilmente participar desta matéria.

 

 

Escolas e professores, participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos. Clique aqui para saber o e-mail do seu representante.

 

 

Visitem, acompanhem e comentem nos blogs das Escolas da Rede Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro. Conheça os blogs da 5ªCRE.

 

 

Acompanhem, também, nosso grupo no Facebook, sendo mais um membro:

https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre/

 

 

Professora Regina Bizarro _ Representante do Rioeduca na 5ªCRE

Twitter: @rebiza

Facebook: Regina Biza

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                               

 

   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 17/05/2013

Encontro da Inclusão na E. M. Profª Sonia Mota Molisani

Tags: 10ªcre, inclusão, pse.


 

Aproveitando a proximidade com o Dia Internacional da Síndrome de Down, a Escola Municipal Professora Sonia Mota Molisani realiza encontro das mães com crianças portadoras de necessidades especiais.

 

Na Escola Municipal Professora Sonia Mota Molisani não há nenhuma criança matriculada com a Síndrome de Down. Há, no entanto, outras que apresentam necessidade de cuidados especiais por razões diversas como hidrocefalia, múltiplas paralisias, suspeita de autismo, fissura labiopalatais, hiperatividade, entre outras.

 

Como todas as demais crianças, elas são especiais e precisam de um apoio, de um olhar, de uma atenção, de um acompanhamento diferenciado e, acima de tudo, de muito carinho.

 

Se depender da diretora Valéria, dos professores, dos funcionários, dos alunos e dos responsáveis, carinho é o que não vai faltar para as crianças especiais da Escola Municipal Professora Sonia Mota Molisani. Todos são muito amigos e solidários.

 

 

Diretora Valéria (à direita, de blusa preta) com as mães e alunos especiais da Escola Municipal Professora Sonia Mota Molisani no encontro realizado no dia 4 de abril de 2013.

 

Para falar sobre as peculiaridades de cada criança e sobre o processo de inclusão na vida escolar, a diretora Valéria marcou um encontro especial que aconteceu no dia 4 de abril de 2013.

 

Compareceram ao encontro, além da diretora Valéria e da diretora adjunta Sandra, as seguintes mães e alunos: Jeane, responsável pela Maryanne; Aline, com a aluna Sara Helen; Ellen, com o filho Alexandre; Maria José, com o Kayque; Lucinéia, com a filha Bruna; Mirlene e Vitória; Andréa, com o filho João Vítor; Maria Rita e Dyana de Cássia e Maria, avó do Emerson Eduardo.

 

Como sempre faz em todos os encontros e reuniões realizados na Escola Professora Sonia Mota Molisani, a diretora Valéria, de forma muito simpática e receptiva, falou sobre a importância daquele momento. Principalmente para que as mães pudessem relatar ao Rioeduca suas experiências de acompanhamento das crianças na escola e também para apresentarem comentários que trouxessem algum tipo de contribuição para melhorar ainda mais o atendimento daqueles alunos.

 

Todas as mães presentes fizeram uso da palavra, umas para relatar os avanços observados no comportamento e aprendizado dos seus filhos e outras para reforçar os pedidos já feitos de melhorias nas solicitações, inclusive relacionados ao atendimento nos postos de saúde da região.

 

A diretora Valéria ressaltou o ótimo relacionamento com o Posto de Saúde Municipal Carlos Chagas, que fica no mesmo quarteirão onde se encontra a Escola Municipal Professora Sonia Mota Molisani. Lembrando que a parceria, que já acontece por vários anos, vem trazendo ótimos benefícios para as crianças que estão matriculadas na escola, incluindo os programas de saúde escolar e de saúde bucal.

 

Um dos pedidos feitos pelas mães à Secretaria Municipal de Educação, para melhorar o atendimento das crianças especiais, é da contratação temporária de estagiários que possam colaborar ajudando no atendimento às crianças em sala de aula.

 

Outra forma de melhorar o trabalho seria a utilização de tecnologias especiais para crianças com necessidades especiais, surgindo a sugestão de que os alunos pudessem receber tablets com softwares apropriados ao trabalho de inclusão.

 

 

 

Nas fotos acima, os participantes do encontro especial realizado na Escola Municipal Professora Sonia Mota Molisani no dia 4 de abril de 2013.


 

Mesmo reconhecendo que na realidade brasileira ainda são muitas as dificuldades enfrentadas pelas pessoas com necessidades especiais, como a acessibilidade e a carência de tecnologias assistivas, as mães presentes ao encontro na Escola Professora Sonia Mota Molisani foram unânimes em reconhecer que, pelo menos naquela unidade escolar, a direção, professores e funcionários vêm trabalhando com muito carinho, entusiasmo e disposição para tornar real a política de inclusão educacional.

 


Sinvaldo do Nascimento Souza, professor representante da 10ª CRE no Rioeduca.
E-mail: sinvaldosouza@rioeduca.net
Twitter:@SinvaldoNSouza
Facebook.com/SinvaldoSouza



 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 17/05/2013

A Família, Foco do EDI Buriti Congonhas

Tags: 5ªcre, familia.

Em comemoração ao Dia das Mães, o EDI Buriti Congonhas realizou atividades que demonstraram o carinho que toda a equipe sente pelas responsáveis de seus pequenos, promovendo atividades que agradaram todas as mamães.

 

Na semana de 24 e 30 de abril, o Espaço de Desenvolvimento Infantil Buriti Congonhas realizou atividades com as mães de seus alunos, iniciando assim as homenagens a esta data. As atividades/reuniões do dia 24 foram realizadas por segmento: berçários, maternais I e maternais II e no dia 30 de abril foi a vez do Pré.


“O objetivo destas reuniões é levar as mães a conhecerem a rotina do EDI, a equipe da turma de seu filho(a) e a unidade como um todo. Busca-se, a partir desta interação, o reconhecimento e a parceria com o nosso cotidiano, além de conscientizar sobre a importância do responsável na qualidade do atendimento às crianças, visando estreitar os laços entre família e escola. Também propõe refletir e entender o que é um trabalho em equipe e, ainda, expor o nosso objetivo maior que é o bem-estar e o desenvolvimento da criança”, relata a diretora, professora Luciana Feidman Prietos.


Durante as reuniões, foram realizadas atividades que propiciaram o envolvimento do responsável no projeto anual do EDI Buriti: "Nessa Bossa eu vou... Descobrindo a magia de Vinicius de Moraes”.

 

Projeto com Foco na Família

 

As atividades das reuniões referenciaram o projeto com foco na família, assim distribuídas:

 

  • Berçários - a reunião foi realizada em parceria com a pedagoga Maria José, representante do CRAS Zózimo. Os assuntos tratados foram: rotina da creche, papel da família na educação da criança e desenvolvimento infantil;

 

 

  • Maternal I - num primeiro momento, para se ambientarem ao projeto e à magia de Vinicius de Moraes, os pais ouviram a música "A Casa". Em seguida, realizaram atividades de dobradura de casa e um desenho da família, valorizando sempre a importância da família na vida da criança;

 

 

  • Maternal II - foi realizada uma conversa informal com os responsáveis sobre a importância da família no contexto escolar. Depois, fizeram uma atividade em que desenharam as suas famílias e escreveram sobre o que a família representa na vida de cada um.

 

Segundo a diretora, professora Luciana Prietos, as reuniões foram muito proveitosas e agradáveis, abrindo um canal de troca e parceria muito importante para a qualidade do atendimento à criança.

 

Desejamos que todas as mamães do EDI Buriti Congonhas tenham vivido no dia das Mães muitos momentos de alegria e prazer ao lado de seus filhos amados, assim como todas as mamães professoras e funcionárias.

 

Escolas e professores, participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos. Clique aqui para saber o e-mail do seu representante.

 

Visitem, acompanhem e comentem os blogs das Escolas da Rede Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro. Conheçam os blogs da 5ª CRE.

 

Acompanhem, também, nosso grupo no Facebook:

https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre/

 

Professora Regina Bizarro _ Representante do Rioeduca na 5ªCRE

Twitter: @rebiza

Facebook: Regina Biza

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 

 

                               


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 17/05/2013

Estão Abertas as Inscrições para o Módulo de Introdução à Linguagem de Animação

Estão abertas até o dia 21 de maio as inscrições para as unidades escolares de Ensino Fundamental, em especial às que participam do Projeto Cineclube nas Escolas, para o módulo Introdução à Linguagem de Animação.

 

 

 

No módulo, os professores poderão experimentar a animação por pixilation.

Foto extraída do bloganimamundi.com.br

 


O módulo será ministrado por profissionais do Anima Escola. Os interessados devem enviar um e-mail para inscricaoanima2013@gmail.com com as seguintes informações:
 

1) Nome Completo;

2) Lotação (designação e nome da unidade) pela qual se inscreverá para a ação;

3) Matrícula;

4) Cargo e/ou Função;

5) E-mail.

 

 

Os professores que participarem do módulo de Introdução à Linguagem de Animação terão prioridade de inscrição para as próximas etapas do projeto Anima Escola.

 

 

Sobre o Módulo Introdução à Linguagem de Animação

I - Data: 27/5 (segunda-feira).

II - Horário: 13h às 17h.

III - Local: Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (Av. Presidente Vargas, 1314, Centro. Tel.: 2253 4387 ou 2253 0312).

IV - Vagas: 100 (Participarão da capacitação os 100 primeiros professores que enviarem suas inscrições. As inscrições serão confirmadas por e-mail).

V - Carga horária: 4 horas.

VI – Inscrições: SOMENTE pelo e-mail inscricaoanima2013@gmail.com até o dia 21/5. 

VI - Programa:

  • Apresentação do projeto Anima Escola 2013;
     
  • Exibição de filmes de animação realizados em 2012;
     
  • Apresentação das técnicas de animação e suas possibilidades de uso em sala de aula;
     
  • Experimentação prática dos professores das técnicas de massinha e pixilation.

 

 

Animação com massinha.

Foto extraída do site www.animaescola.com.br

 

 

Essa é mais uma ação de formação do Projeto Cineclube nas Escolas, da Gerência de Mídia-Educação. 

 

 

Luciana Bessa é professora da Rede Municipal e colaboradora do Blog dos professores
lucianabessa@rioeduca.net
Blog do Professor

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share