A A A C
email
Retornando 77 resultados para o mês de 'Maio de 2013'

Sexta-feira, 17/05/2013

Desfile Olímpico Abrilhantando a 10ª CRE

Tags: 10cre.

 

A Prefeitura do Rio realizou no dia 10 de maio o Desfile Olímpico com professores, alunos e profissionais da rede municipal de ensino da 10ª Coordenadoria Regional de Educação. O evento foi realizado no Largo do Bodegão em Santa Cruz.

 

"O prefeito Eduardo Paes acompanhou o evento ao lado do subsecretário municipal de Educação, Paulo Figueiredo, e da coordenadora da 10ª CRE, Maria das Graças Muller de Oliveira Gonçalves.

 

 

 

Toda comunidade escolar participou de alguma maneira, desfilando ou comparecendo para assistir.

 

 

A intenção da Secretaria Municipal de Educação é desenvolver os valores olímpicos, sendo eles: Respeito, Amizade e Excelência. Estes valores são os que mais se aproximam dos símbolos olímpicos.

 

 

Com a realização do desfile, muitos alunos e toda a comunidade pôde observar a cultura de vários países que irão participar da Olimpíada de 2016.

 

 

O desfile cívico foi aberto com a chegada da Bandeira Olímpica e Paraolímpica que estão na nossa cidade desde o encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres.

 

Cerca de 800 alunos e 600 professores de 160 escolas da 10ª CRE, divididos em 17 alas, abrilhantaram o evento.

 

 

Os três melhores alunos da rede de ensino do Rio de Janeiro, que moram em Santa Cruz, foram premiados com medalhas por conquistarem as melhores notas e médias entre as escolas da coordenadoria.

 

 

Houve uma belíssima exposição de trabalhos realizados por alunos de várias escolas da 10ª CRE com o Tema: Olímpiadas de 2016. Os trabalhos foram expostos no EDI Celso De Almeida Chaves que fica no Largo do Bodegão. 

 

Os trabalhos realizados por diversas escolas da 10ª CRE foram registrados em lindas fotos, como se pode conferir no vídeo.

 

 

Texto da Professora Maria Helena Lima . Fotos: Maria Helena Lima e  Maria Galdino - 10ª CRE. Edição Rioeduca.net.

 

É gratificante a iniciativa da Secretaria Municipal de Educação em promover o desfile olímpico em todas as coordenadorias, destacando os Jogos Olímpicos, grandioso evento que a nossa cidade sediará em 2016.

 

Parabéns à equipe da 10ª Coordenadoria Regional de Educação e  a Rodrigo Abreu, assessor adjunto da E/SUBE/10ªCRE  pelo belíssimo trabalho!

 

 

Vilma Barbareto

Professora da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro 

Colaboradora do Portal Rioeduca.net - Supervisão de Postagens

vilmabarbareto@rioeduca.net

Twitter: @VilmaBarbareto

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 16/05/2013

Uma Escola de Valor!


 

Conversar com os alunos e a comunidade sobre a conservação do prédio e conscientizá-los de que o público é algo de todos, é muito importante.

Cultivar as relações entre alunos e ambiente escolar permite que o aluno sinta-se valorizado e encontre na escola a esperança de uma vida melhor. Para isso, o ambiente escolar deve ser acolhedor, agradável e bonito aos olhos de todos.

 


 

 

Pensando nisto, a Escola Municipal Anita Garibaldi está desenvolvendo o projeto Resgatando Valores.

 

O projeto tende a envolver a família no processo de aprendizagem, valorizando não só o aluno, mas a comunidade, envolvendo as crianças em um momento de diversão, reflexão e participação/ Revitalização do muro do parquinho.

 

 

 

Diretora Adjunta Milda Moreira: “a nossa escola assume a missão de ser um agente transformador da nossa sociedade”

 

 

 

 

O respeito às diferenças físicas, culturais e sociais exercitam a cidadania, respeito e tolerância no ambiente escolar.

 

Os professores registraram momentos em que os alunos demonstraram não só interesse em cuidar e zelar da escola, assim como manter um bom relacionamento de amizade com seus colegas, professores e demais funcionários.

 

 

Revitalizando os jardins da escola

 

 

 

Trabalhando a individualidade e igualdade
 

 

Atividades sobre as diferenças podem ser enriquecedoras como o vídeo baseado no livro “Na minha escola todo mundo é igual”
          

 

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=aSwdAWkLGmM

 

 

Texto da Professora Ingrid Medeiros  

Participante da segunda etapa do processo seletivo para representante da 11ª CRE.

 


 


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 16/05/2013

Entendo o Passado Utilizando uma Ferramenta do Futuro

No início dos anos 90, a internet ganhou ares de que vinha para ficar. Logo se pensou que seria uma grande ferramenta para ser utilizada no meio educacional; os visionários se desdobravam em inúmeras formas de aplicação, mas com poucos resultados práticos.

 

O tempo passou e, como toda ferramenta, o seu uso foi se aperfeiçoando em vários setores. No entanto, no meio educacional, percebeu-se que os professores e pedagogos encontraram um desafio a mais: Como utilizar a internet não apenas como um gerador de conteúdo, mas como um elemento capaz de interagir, gerar conhecimento e, principalmente, provocar interesse no aluno para utilizar essa ferramenta a seu favor?

O advento das redes sociais e a sua consolidação na vida das mais diversas camadas sociais, somadas ao desejo do Professor de História Marcelo Freire, da Escola Municipal Rodrigo Otávio e da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, ambas da 11ª CRE, em promover o debate com seus alunos e orientar a pesquisa escolar dentro de uma infinidade de informações, fez surgir uma metodologia inovadora e eficaz no processo de aprendizagem.

 

 

 

 

O Professor Marcelo Freire percebeu que o Orkut e, atualmente, o Facebook apresentavam todo potencial para se tornar uma ferramenta interessante para se apresentar textos, imagens e vídeos, uma vez que, o aluno visita frequentemente esse ambiente virtual e, dessa forma, poderia aproveitar essa oportunidade para estimular o mesmo a participar ativamente de um debate ou até mesmo dando um simples “Curtir” em publicações direcionadas por segmento.
 

 

O processo se baseia em transformar a área de comentário em um “Chat”, onde o aluno, ao fazer sua pesquisa, deixa alguma informação como um link ou sugestão de leitura de algum texto. Dessa forma, o professor acompanha a pesquisa também apresentando sugestões ou filtrando informações. O mais interessante, segundo o Professor Marcelo Freire, é que, muitas vezes, acontece uma interação entre os alunos, onde desafios são lançados com diferentes perguntas em diferentes níveis de complexidade; repostas são apresentadas e comentadas por outros alunos, antes mesmo da visualização do professor. Isso proporciona aos alunos dialogarem sobre determinados temas entre si, criando uma verdadeira REDE de trabalho.

 

Dessa forma, o famoso “Ctrl+C e Ctrl+V” é substituído por uma pesquisa orientada, discutindo as fontes, gerando um bom número de comentários e permitindo com que o aluno desenvolva o trabalho ao seu tempo e no horário mais oportuno.
 

 

O trabalho desenvolvido pelo professor Marcelo Freire permite até mesmo que, o aluno que muitas vezes não se posiciona em sala de aula se expresse e interaja no ambiente virtual, surgindo uma grande oportunidade de iniciar um processo de socialização a partir da interação promovida. E por falar em sala de aula, esse espaço se torna mais importante do que nunca, uma vez que os debates são estendidos para a aula presencial, o aluno de alguma forma familiarizado com o assunto contribui muito mais com a aula estimulando ainda a participação dos demais que, por algum motivo, não têm acesso à internet.
 

 

O trabalho do Professor Marcelo Freire não está finalizado, muito pelo contrário, a cada ano é aprimorado e adaptado às transformações e necessidades que surgem na mesma velocidade das evoluções tecnológicas, mesmo com toda força do Facebook, hoje tem-se a convicção de que a qualquer momento poderá surgir um novo meio de interação. Apesar dos pessimistas do início dos anos 90 declararem o risco de extinção do papel do professor, percebe-se mais do que nunca, a importância da orientação, atenção às necessidades dos alunos, adaptação e reinvenção sempre foram e continuarão sendo as principais funções que dão sentido ao papel dos profissionais de educação.

 

Texto do Professor Marco Antonio Alves Pereira.

Participante da segunda etapa do processo seletivo para representante da 11ª CRE. 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 16/05/2013

O Trabalho das Escolas no Mundo Virtual

Tags: 11ªcre, internet, divulgação, conhecimento.



A disponibilidade e fácil uso da tecnologia possibilitou o acesso de todos às informações. As redes sociais podem unir alunos, professores e escolas fora do ambiente escolar.

 


Hoje em dia, o mundo, incluindo nossos alunos, está sempre online, o que pode manter as pessoas em contato o tempo todo. Para aproveitar essa conjuntura, as escolas criaram blogs e grupos no Facebook, onde divulgam calendários, atividades, trabalhos que podem ser feitos com o auxílio da internet e informações que podem ajudar os alunos a estudar e, também, a ter uma maior cultura geral. É o caso de escolas como a E. M. Belmiro Medeiros e a E. M. Rodrigo Otávio (ambas da 11ª CRE). As duas escolas mantêm blogs muito interessantes.

 


A E. M. Belmiro Medeiros mantém um blog sobre sua Sala de Leitura (http://saladeleiturabelmiromedeiros.blogspot.com.br/), onde dá dicas de livros, explica termos literários, fala sobre projetos da escola e há um espaço para os professores da escola falarem para os alunos.

 


Página inicial do blog “Sala de Leitura”

 

No blog, há uma postagem muito interessante sobre a verdade dos contos de fada, onde conta as versões originais das nossas histórias preferidas.

 

 

A E. M. Rodrigo Otávio mantém um blog sobre a escola de modo geral (http://emrodrigootavio.blogspot.com.br/). Nesse blog está retratado o dia a dia da escola, mostrando para todos o que acontece com cada turma:  Os projetos dos professores, os eventos da escola, projetos futuros, como o Café Literário (evento sobre poesia), que escolherá os 5 poemas que serão enviados para participar do projeto Poesia na Escola, da SME.

 



Quem ainda não conhece o trabalho virtual dessas escolas, precisa conhecer. Trata-se de  um conteúdo extremamente interessante e inspirador para aplicar alguma das ideias em sua escola ou comunidade.

 

 

Renata Araujo de Souza,  lotada na E. M. Rodrigo Otávio,  é candidata à representante Rioeduca. Ela é da 11ª CRE.

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share