A A A C
email
Retornando 39 resultados para o mês de 'Maio de 2015'

Terça-feira, 19/05/2015

Conversando Sobre o Plano Municipal de Educação

Tags: 2ªcre, pme.

 

 

Em 25 de março, a 2ª CRE realizou o seminário “Conversando sobre o Plano Municipal de Educação” no auditório do GEC Orsina da Fonseca.

 

Para o seminário “Conversando sobre o Plano Municipal de Educação”, foram convidados os Conselhos Tutelares da Zona Norte, Zona Sul e Rocinha, além dos representantes dos CECs de todas as unidades escolares, EDIs e Creches da área de abrangência da 2ª CRE. O vereador Reimont também enviou um representante.


Para todos os 63 participantes foram entregues cópias do cronograma geral de ações, da Resolução SME Nº 1336/15, de 29-01-2015, e da Lei 13.005, de 25 de junho de 2014.


A reunião foi iniciada com a apresentação do vídeo da MultiRio "Planos Municipais de Educação 2015". E, como continuação da atividade, o evento contou com a palestra do professor dr. Lincohn da Silva, diretor do Cap UERJ e delegado eleito nas etapas do CONAE 2010 e 2014. Em sua apresentação, Lincohn fez um breve relato do histórico das ações que deram origem ao Plano Nacional de Educação.


Tal relato divulga a importância de espaços de conversas sobre educação, que deve extrapolar os muros da escola. E reforça o papel dos representantes dos CECs como porta-vozes dos seus respectivos segmentos.
 

 

Participantes do seminário "Conversando sobre o Plano Municipal de Educação".

 


Em seguida, iniciou-se o debate com as intervenções da plateia. Como desdobramento, foram agendados para o dia 29 de abril reuniões nos nove polos em que a 2ª CRE está dividida. Para cada um dos polos, foram enviados cópias do vídeo e de todo material impresso que a coordenadoria possui.


Cada um dos nove polos do Conselho Diretor 2015, ao final da reunião, elaborou um relatório com sugestões de complementação das metas e foi registrada a presença dos participantes.


Nos dias 22 e 23 de maio, a Escola Municipal Orsina da Fonseca, na 2ª CRE, sediará a Conferência Municipal da Educação. Clique aqui e conheça mais sobre o evento.


Agradecemos a professora Tânia Targino por nos enviar este relato sobre as ações do Plano Municipal de Educação na 2ª CRE.

 

 

Divulgue o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net
 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 18/05/2015

Formação Continuada: É a 1ª CRE em Ação!

Tags: 1ªcre, formacaocontinuada, eventos.

 

 

 

A 1ª CRE proporciona encontros de Atualização Profissional e compartilhamento de conhecimentos entre os profissionais que atuam em suas escolas.

 

Momentos de formação e atualização profissional marcam as ações da 1ª Coordenadoria Regional de Educação neste ano de 2015.

 

Centros de estudos, palestras e encontros de formação e multiplicação são alguns dos recursos usados pela Gerência de Educação para que nossos profissionais recebam subsídios para desenvolver suas funções com mais propriedade e, assim, contribuir para o sucesso acadêmico de nossas crianças.

 

Professor Mário Mangabeira e professora Valéria Jaconiano (Gerente de Educação da 1ª CRE).

 

No início do mês de Abril, a 1ª CRE recebeu a Equipe do Rioeduca e da Educopédia para um encontro que reuniu Coordenadores Pedagógicos e Professores Regentes das Salas de Leitura das unidades escolares de sua abrangência.

 

Coordenadoras Pedagógicas atentas às orientações do professor Mário no encontro Rioeduca e Educopédia.

 

Dinamizado pelos professores Mário Mangabeira e Vinícius Farias, o evento possibilitou aos presentes conhecer as diversas ferramentas que o professor tem a seu favor para facilitar e dinamizar sua atuação em sala de aula através dos recursos oferecidos pela Educopédia e pelo Portal Rioeduca.

 

Equipe 1ª CRE com os professores Vinícius Farias e Mário Mangabeira.

 

Ainda no mês de Abril, dois momentos marcantes no Auditório da 1ª CRE:

 

 

No primeiro dia, os professores se encontraram com o autor do .ivro "Coisas que a Gente Gostaria de Dizer", João Emílio Braz, que contou um pouco do seu processo de criação literária, destacando a obra citada, que está sendo trabalhada por professores de nossas escolas.

 

Professor Júlio Emílio Braz, autor de "Coisas que a Gente Gostaria de Dizer", durante o encontro.

 

Num segundo momento, para subsidiar os trabalhos a serem desenvolvidos pelos docentes, os professores Alexandre Roque, Maria da Conceição e Ana Beatriz Glech, da Gerência de Educação, multiplicaram o "Encontro de Formação em Língua Portuguesa", tendo como público-alvo os professores regentes do 6º Ano Experimental e os Coordenadores Pedagógicos das Escolas de Turno Único e do Amanhã.

 

Professora Solange falando das características do Gênero Diário.

 

Esse encontro contou com o apoio da professora Solange Comerlato, Coordenadora Pedagógica da Escola Floriano Peixoto, que apresentou as caracterísitcas do Gênero Textual Diário para subsidiar o trabalho dos docentes.

 

Professora Valéria, Gerente da GED, abrindo o encontro com a Multirio.

 

Maio começa com a 1ª CRE recebendo a Itinerância da Multirio. Nesse encontro, o público- alvo foram os professores regentes das Salas de Leitura, que puderam conhecer um pouco mais a fundo o acervo riquíssimo produzido pela empresa e os recursos pedagógicos oferecidos aos professores. Estes poderão multiplicar tais conhecimentos aos demais regentes da comunidade escolar em que atuam.

 

Elisabeth, da Multirio, conversando com os professores.

 

E a 1ª CRE não para por aí! Muitas ações de formação deverão acontecer ao longo do ano, sempre com o objetivo maior de oferecer a melhor escola aos nossos alunos, razão maior e única de nosso trabalho!

 

Parabéns à professora Rita Eliane e toda equipe da 1ª CRE!

 

Professor , este espaço é nosso! Queremos divulgar as ações de sucesso desenvolvidas por você e por sua escola. Entre em contato com o representante Rioeduca de sua coordenadoria e envie seus trabalhos para publicação.

 

Professor Alexandre Roque de Araujo

Representante Rioeduca.net da 1ª Coordenadoria Regional de Educação

alexandrearaujo@rioeduca.net

Twitter: @Alexandre_Roque

 

COMENTE E COMPARTILHE

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 18/05/2015

Plano Municipal de Educação 6ª CRE

Tags: 6ªcre, pme.

 

 

Durante os meses de março e abril, a equipe de Ação Integradora da 6ª CRE reuniu-se com vários segmentos da comunidade escolar para realizar as discussões e estabelecer estratégias para a execução do Plano Municipal de Educação.

 

Com a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE 2014 – 2024), chegou a hora de estados e municípios elaborarem seus planos. A 6ª Coordenadoria Regional de Educação do Rio de Janeiro, através da Ação Integradora, não perdeu tempo! A equipe já começou a se articular com os vários segmentos da comunidade escolar para realizar as discussões sobre o Plano Municipal de Educação.

 

Os encontros com professores, responsáveis, funcionários e alunos foi muito intenso, pois as diretrizes são extremamente desafiadoras: erradicação do analfabetismo, universalização do atendimento escolar, superação das desigualdades educacionais, melhoria da qualidade da educação, dentre outras.

 

 A 6ª Coordenadoria Regional de Educação do Rio de Janeiro estudou, com muito cuidado e atenção, as metas estruturantes do Plano Nacional de Educação. Dentre elas, a equipe da Ação Integradora analisou, com mais dedicação, as metas cinco, sete, oito e nove.

 

Profissionais de vários segmentos da comunidade escolar se reuniram para discutir sobre as ações do PNE

 

A meta 5 fala em alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3.º ano do ensino fundamental. Já a meta 7, pretende fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem.

 

A meta 8 deseja elevar a escolaridade média da população de 18 e 29 anos. E, por fim, a meta 9 que tem o propósito de elevar a taxa de alfabetização da população com 15 anos ou mais para 93,5%.

 

Como vimos, os desafios são grandes e as metas são extremamente desafiadoras. Contudo, isso não é problema para a equipe da Ação Integradora, que conduziu os momentos de diálogo, análise e construção das ações que ajudarão a alcançar os objetivos finais com muita competência. 

 

Os encontros foram muito produtivos  e de grandes trocas de experiências

 

Os diálogos e reflexões sobre o Plano Municipal de Educação foram realizados em três momentos. Na primeira fase, a Ação Integradora da 6ª Cre divulgou as informações sobre o plano nos CEC’s, onde foram feitas as primeiras discussões, por segmento.

 

Em seguida, os representantes das Unidades Escolares se reuniram para consolidar o que cada um levou da discussão com seu grupo. E, por último, diferentes segmentos das Redes Municipal e Particular se reuniram para fechar o documento e produzir a síntese da Coordenadoria.

 

Ao final do trabalho, os grupos de debate, elencaram algumas ações que poderão contribuir para a realização do Plano Municipal de Educação da cidade do Rio de Janeiro. Dentre elas, destaco as listadas a seguir:

 

 

Os encontros aconteceram em vários espaços da 6ª Cre

 

Meta 5:


1) Garantia de um terço do planejamento para efetivar as ações pedagógicas, em ambiente apropriado, com disponibilidade de mídias;
2) Aumento do quadro de funcionários;
3) Instituir o Horário Integral para toda a Rede, para que haja um conjunto de ações que busquem o desenvolvimento global de cada aluno;
4) Funcionamento da Sala de Leitura garantido, para que possa apoiar o trabalho dos professores junto às turmas.

 

Meta 7:


1) Garantia de investimento no professor, através de capacitações, recursos humanos e materiais;
2) Ampliar o acesso à internet de qualidade, facilitando o trabalho realizado nas Unidades Escolares;
3) Reativar, no quadro de funcionários, a função de porteiro, visando a necessidade de maior segurança nas escolas;
4) Parcerias entre as instituições públicas para apoio de outros profissionais que contribuem para o sucesso do processo de ensino e aprendizagem.

 

A professora Adriana, Assessora da Ação Integradora, conduziu, junto com sua equipe, as reuniões do PME

 

Meta 8:


1) Ampliar o número de escolas que possam oferecer programas de Educação de Jovens e Adultos;
2) Criação de um núcleo de EJA presencial / semipresencial para alunos do PEJA e portadores de deficiência, com abordagens culturais, artísticas;
3) Promoção de palestras com profissionais da área de Saúde e Segurança, apresentando trabalhos de orientação e prevenção, periodicamente, nas Unidades Escolares.

 

Meta 9:


1) Garantia de profissionais de Sala de Leitura em todas as Unidades Escolares;
2) Possibilitar maior número de estagiários para atender a grande demanda de alunos integrados e/ou dificuldades de aprendizagem e reforço escolar;
3) Atuação, diretamente na escola, com atendimento aos alunos, professores e funcionários, de psicólogos, fonoaudiólogos e outros profissionais da área da saúde;
4) Garantia de ampliação de políticas públicas voltadas para a área social.

 

Agora é só colocar a mão na massa e começar a trabalhar! E você, como pode contribuir para o sucesso do Plano Municipal de Educação da cidade do Rio de Janeiro? 

 

Quer ter o seu trabalho divulgado no Portal Rioeduca? Entre em contato com a representante de sua CRE! Será um prazer ter você por aqui! Até a próxima semana!

 

Prof.ª Patrícia Fernandes – Representante do Rioeduca na 6ª CRE
Facebook: patrícia_pff@yahoo.com.br
E-mail: pferreira@rieoduca.net

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 15/05/2015

Mário Lago em Ação

Tags: 10ªcre, planodeação, interdisciplinaridade.

 

 

No 1º bimestre, a Escola Municipal Mário Lago elaborou um Plano de Ação com diversos temas que permitiram desenvolver muitos subprojetos, visando a interdisciplinariedade e a integração dos alunos e da comunidade.

 

A Unidade Escolar fica localizada no bairro de Manguariba e oferece atendimento do 3º ao 6º ano. Possui 688 alunos e funciona em horário parcial (manhã e tarde) com 23 turmas.

 

O Plano de Ação sempre teve como ponto principal o incentivo dos alunos para despertar o interesse na pesquisa e na observação da diversidade de informações dos mais diferentes mecanismos de comunicação. Também preza pela formação de indivíduos críticos, que valorizam a cultura e reconhecem seus direitos e deveres, assim como reconhecem as diversas oportunidades.

 


Destacam-se entre as principais atividades desenvolvidas ao longo do 1º bimestre:

 

 

450 anos da cidade do Rio de Janeiro:

 

Toda a Comunidade Escolar foi envolvida, apresentando diferentes aspectos e perspectivas da cidade do Rio de Janeiro. Cada um dos grupamentos (da Educação Infantil ao 6º ano) ficou responsável por pesquisar e apresentar um tema, para que todos pudessem ter contato com diferentes vertentes da cidade.

 

* O 3º ano do Ensino Fundamental ficou responsável por pesquisar e apresentar danças que representassem a cidade do Rio de Janeiro. Pesquisaram autores, trabalharam as letras das músicas escolhidas, além de desenvolver uma apresentação de dança para toda a escola.

 

* O 4º ano do Ensino Fundamental pesquisou poetas cariocas e demais autores que tinham a cidade do Rio de Janeiro como inspiração para seus textos. Também criou suas próprias poesias, recitando-as em um Sarau.

 

* O 5º ano do Ensino Fundamental trouxe, em destaque, os principais problemas ainda enfrentados pela cidade do Rio, oferecendo um debate em busca de possíveis soluções para os problemas mais graves e destacando a responsabilidade de cada cidadão diante das situações.

 

* O 6º ano do Ensino Fundamental, em caráter experimental, retratou os pontos turísticos da cidade do Rio, produzindo maquetes para uma exposição.

 

A culminância do Projeto foi apresentada no pátio da Unidade Escolar, com a presença da comunidade, que foi convidada a participar da mostra de trabalhos como forma de integração e valorização de todo o material produzido pelos alunos.

 

 

Alunos construindo as maquetes para a exposição.

 


• Problemas ambientais e a conscientização em torno da saúde:

 

O cuidado com a natureza, a consciência ambiental e a responsabilidade diante da preservação de um bem maior, que é a água, é sempre objeto de pesquisa e trabalho na Unidade Escolar. Uma semana específica com este tema foi destinada à conscientização de toda a comunidade escolar e da comunidade do entorno.

 

Em uma Assembleia, realizada semanalmente na Unidade Escolar, foi trabalhada com os alunos a carta de 2067, a partir da qual foi feita uma reflexão de como seria o mundo sem água. Os alunos foram questionados e instigados a refletir sobre o que cada um pode fazer para preservar esse bem tão especial.

 

Foi trabalhada com toda a escola uma música da turma da Mônica, que fala sobre preservação e dicas de economia, assim como uma história em quadrinhos da Turma da Mônica, chamada "Um plano para salvar o Planeta".

 

O 6º ano confeccionou cartazes e panfletos. Foi montado um estande na área externa da Unidade Escolar, onde os alunos puderam desenvolver um trabalho de conscientização com a comunidade do entorno, orientando e dando dicas sobre a preservação e economia de água, que já se reflete no cotidiano dentro e fora da escola.

 

 

Cartazes desenvolvidos pelos alunos.

 


A Literatura Infantil e os Escritores Brasileiros:

 

Diante da importância da leitura e de como essa viagem pela imaginação é importante e fundamental na formação cognitiva e imaginativa da criança, a referida escola preza o desenvolvimento do hábito da leitura e a construção desse ambiente imaginário entre a leitura, a escrita e a produção textual. Foram trabalhados diversos autores e diferentes gêneros literários através de rodas de contação de histórias, produções de texto, visitas a outras salas, alunos como multiplicadores incentivando colegas à aventura da leitura, ciranda de livros e muitas outras atividades voltadas ao mundo da leitura e da imaginação.

 

Esse momento foi marcado pela participação da personagem Emília do Sítio do Pica-pau Amarelo que cantou, dançou e brincou com as crianças no momento da Assembleia, estimulando o mundo do faz de conta e o encanto por personagens e seus mundos. Emília contou uma das suas muitas histórias ocorridas no Sítio do Pica-pau Amarelo. Foi um momento mágico, no qual foi possível perceber os olhos das crianças brilhando e o encantamento diante da magia da fantasia. Uma semana inteira foi dedicada à leitura e as atividades continuaram sendo realizadas com os professores regentes e de Sala de Leitura.

 

 

Dramatização da Personagem Emília.

 

 

Dia das Mães:

 

Mais um momento de valorizar o elo entre mãe e filho, sendo mãe a pessoa que representa essa figura materna na vida da criança. Todas as turmas desenvolveram, durante sete dias, atividades voltadas à valorização dessa figura essencial na vida e no processo de formação infantil.

 

Cada turma preparou uma apresentação especial dos professores de música e educação física, que organizaram um emocionante coral com todos os alunos da escola. Foi um lindo momento de aproximação da família com a escola e entre pais e filhos, em que foi possível o desenvolvimento de valores sociais e familiares.

 

Cartazes e apresentações para o Dia das Mães.

 


Todas as atividades desenvolvidas pela Unidade Escolar foram fundamentadas no desenvolvimento da consciência cultural e na realização de atividades que visam o desenvolvimento pleno do educando, focando tanto no indivíduo, quanto no coletivo, tornando cada participante parte importante no processo de Ensino-Aprendizagem.

 

 

Parabéns aos Gestores!
Parabéns aos Professores!
Parabéns aos Alunos!
Parabéns à Comunidade Escolar!

 


Suelen Corrêa
é Professora da Rede Municipal
e Representante do Rioeduca da 10ª CRE
Contato:
suelencorrea@rioeduca.net
twitter: @suelencorrea29

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share